Arca da Aliança
Tópico

Arca da Aliança

A Arca da Aliança é um objeto especialmente sagrado na Bíblia. A arca é um baú sagrado que tem um lugar dedicado no tabernáculo e no templo, em Jerusalém. 

O termo “arca”

Em hebraico, a palavra para “arca” é aron. Esta palavra significa "baú" e é usada principalmente para a Arca da Aliança, mas também para um cofre de dinheiro no templo (veja 2 Reis 12: 10) e para o sarcófago de José ( Génesis 50: 25-26). No entanto, o hebraico usa uma palavra diferente para “arca de Noé”.

A palavra “arca” raramente é usada sozinha na Bíblia. É quase exclusivamente combinada com “Deus” ou “Senhor”, mas também frequentemente com “aliança”.

Em alguns textos, a arca também é vista como um “escabelo” ( 1 Crónicas 28: 2) e um “trono” ( 1 Samuel 4: 4) para Deus.

Descrição da Arca

Há um extensa descrição da arca em Êxodo 25: 10-22. É uma caixa de madeira de acácia, incrustada com ouro por dentro e por fora.

Na arca, há duas tábuas de pedra com os Dez Mandamentos, como uma referência à aliança de Deus com Israel.

Uso da Arca

Na Bíblia, diferentes ocasiões em que a arca desempenha um papel importante, como nas ofertas, em batalhas e no templo.

A arca é vista como um lembrete de que Deus habita com seu povo e o protege.

O desaparecimento da Arca

A arca desempenhou um papel importante de Êxodo a 2 Crónicas, mas depois disso não é mencionada novamente. Não se sabe ao certo como e quando a arca desapareceu.

A Bíblia não diz como e quando isso aconteceu. No entanto, há quatro eventos que poderiam ter desempenhado um papel:

  • a batalha entre o rei Joás de Israel e o rei Amazias de Judá ( 2 Reis 14: 8-14);

  • a pilhagem de Jerusalém pelo Faraó Chichac ( 1 Reis 14: 25-28);

  • a profanação do templo pelo rei Manassés ( 2 Reis 21: 4-6);

  • a pilhagem do templo pelo rei Nabucodonosor ( 2 Reis 25: 13-17.

Arca: função

Na Bíblia, a Arca da Aliança tem uma importante função religiosa. 

Presença de Deus

A arca sagrada é um símbolo da presença de Deus.

A arca era vista como o "escabelo" de Deus ( 1 Crónicas 28: 2 e seu "trono" 1 Samuel 4: 4).

A arca foi feita ao mesmo tempo que o tabernáculo, e foi colocada no lugar santíssimo do tabernáculo.

Eventualmente, a arca recebeu um lugar no templo em Jerusalém. Quando Salomão construiu o templo , os sacerdotes colocaram a arca na secção mais posterior do edifício, o lugar santíssimo. A descrição pode ser encontrada em 1 Reis 8: 6-9.

Purificação

No Yom Kippur, de acordo com Levítico 16: 11-15, o sumo sacerdote deve aspergir o sangue do animal do sacrifício sobre o propiciatório, que é a tampa da arca (ver ofertas de purificação). Por meio desse sangue ele expia os seus próprios pecados, os da sua família e os do povo.

Luta contra os inimigos

A Arca da Aliança também faz parte das histórias da conquista de Canaã e da luta contra os filisteus:

  • Na travessia do rio Jordão ( Josué 3-4) e na destruição de Jericó ( Joshua 6). 

  • Numa guerra contra os filisteus ( 1 Samuel 4: 3-8). A arca é levada para a batalha como um sinal visível de que Deus protegeria e ajudaria os israelitas. 

Arca: aparência

Na Bíblia, a Arca da Aliança é descrita de duas maneiras: como um baú muito especial e bonito, ou como um simples baú.

Êxodo

No Antigo Testamento, em Êxodo 25: 10-22, Deus dá a Moisés as instruções para a construção da arca.

A arca é um baú de madeira de acácia. Tem 1 metro e meio de comprimento, 75 centímetros de largura e 75 de altura. A arca é revestida de ouro puro por fora e por dentro, e também é decorada com uma cercadura de ouro.

No topo da arca estão dois querubins frente a frente. Têm as suas asas abertas, como que protegendo o propiciatório.

A arca é carregada por dois longos varais revestidos de ouro, encaixados em argolas na parte inferior do baú. Desta forma, o baú podia ser movido sem que ninguém lhe tocasse. Tocar na arca era proibido, por ser sagrada.

Deuteronómio

Em Deuteronómio 10: 3 diz apenas que Moisés fez um baú de madeira de acácia. Não há menção de decorações em ouro.

Conteúdo da Arca

De acordo com Êxodo 25: 16 e Deuteronómio 10: 2, as duas placas de pedra contendo os dez mandamentos deviam ser mantidas dentro da arca. Havia outros itens especiais que também deviam ser guardados com a arca:

  • a vara de Aarão que floresceu (ver Números 17: 23-26;

  • um recipiente com o maná (ver Êxodo 16: 33-34);

  • o livro das leis de Moisés ( Deuteronómio 31: 26). 

De acordo com Hebreus 9: 4, a vara de Aarão e o recipiente com maná eram guardados dentro da arca, e não ao lado dela.

Versículos

  • Levítico 16
  • 2Crônicas 24:8
  • 2Reis 12:10-11
  • Êxodo 25-28
  • 1Samuel 1-31