Tradução Brasileira (2010) (TB)
3

O sumo sacerdote Josué é o tipo do Renovo

31Ele me mostrou o sumo sacerdote

3.1
Zc 6.11
Ed 5.2
Ag 1.1
Josué, que estava diante do Anjo de Jeová,
3.1
1Cr 21.1
Jó 1.6
Sl 109.6
e Satanás, que estava à mão direita dele para ser o seu adversário. 2Jeová disse a Satanás: Que
3.2
Jd 9
Jeová te repreenda, ó Satanás; sim, repreenda-te Jeová, que
3.2
Zc 2.12
escolheu a Jerusalém; acaso, não é este um
3.2
Am 4.11
Jd 23
tição tirado do fogo? 3Ora, Josué estava vestido
3.3
Ed 9.15
Is 4.4
64.6
de hábitos sujos e posto em pé diante do Anjo. 4Este começou a falar e disse aos que estavam diante dele:
3.4
Is 43.25
Ez 36.25
Tirai-lhe estes hábitos sujos. A Josué disse: Eis
3.4
Zc 3.9
Mq 7.18-19
que hei feito passar de ti a tua iniquidade
3.4
Is 52.1
61.10
e te vestirei de ricos trajos. 5Eu disse: Ponham-lhe sobre a cabeça uma mitra limpa. Puseram-lhe, pois, sobre a cabeça uma
3.5
Jó 29.14
Is 3.23
62.3
mitra limpa e vestiram-no de vestidos; e o Anjo de Jeová estava perto, de pé.

6O Anjo de Jeová protestou a Josué, dizendo: 7Assim diz Jeová dos Exércitos: Se

3.7
1Rs 3.14
andares nos meus caminhos e observares o que tenho prescrito, também
3.7
Dt 17.9,12
tu julgarás a minha casa e bem assim guardarás os meus
3.7
Is 62.9
átrios, e te permitirei entrar e sair entre os que estão aqui. 8Ouve, pois, Josué, sumo sacerdote, tu e teus colegas que se assentam diante de ti; porque são homens
3.8
Is 8.18
20.3
Ez 12.11
de presságio; porquanto eis que farei vir o meu servo,
3.8
Zc 6.12
Is 11.1
53.2
Jr 33.15
o Renovo. 9Eis a pedra que tenho posto diante de Josué; sobre uma só pedra são
3.9
Zc 4.10
2Cr 16.9
sete olhos. Eis que eu farei ao buril a sua escultura, diz Jeová dos Exércitos,
3.9
Zc 3.4
Jr 31.34
50.20
e tirarei a iniquidade desta terra num só dia. 10Naquele dia, diz Jeová dos Exércitos, chamareis, cada um de vós ao seu próximo para debaixo da
3.10
1Rs 4.25
Is 36.16
Mq 4.4
videira e para debaixo da figueira.

4

A visão do castiçal de ouro e dos ramos de oliveira

41

4.1
Zc 1.9
O anjo que falava comigo voltou
4.1
1Rs 19.5-7
Jr 31.26
e me despertou a mim, como a um homem que é despertado do seu sono. 2Perguntou-me:
4.2
Zc 5.2
Jr 1.13
Que vês tu? Respondi: Vi, e eis um
4.2
Êx 25.31,37
Jr 52.19
candeeiro todo de ouro, que tem o seu vaso em cima e, sobre si, as suas
4.2
Ap 4.5
sete lâmpadas; há sete canudos, e cada um deles vai unir-se a uma das lâmpadas que estão em cima do candeeiro. 3Vi junto a ele
4.3
Zc 4.11
Ap 11.4
duas oliveiras, uma à direita do vaso e a outra à sua esquerda. 4Respondi e perguntei ao anjo que falava comigo: Que são essas coisas,
4.4
Zc 4.5,13
Zc 1.9
6.4
meu senhor? 5Respondeu-me
4.5
Zc 4.1
Zc 1.9
o anjo que falava comigo:
4.5
Zc 4.13
Não sabes o que são elas? Respondi: Não, meu senhor. 6Ele prosseguiu e me disse: Esta é a palavra de Jeová a
4.6
Ag 2.4-5
Zorobabel, a qual diz:
4.6
Is 11.2-4
30.1
Os 1.7
Não por força nem por poder, mas por meu
4.6
2Cr 32.7-8
Ef 6.17
Espírito, diz Jeová dos Exércitos. 7Quem és tu,
4.7
Zc 14.4-5
Sl 114.4,6
Is 40.3-4
Na 1.5-6
ó grande monte? Diante de Zorobabel, tornar-te-ás uma campina; ele produzirá a
4.7
Zc 4.9
pedra angular, dizendo com
4.7
Ed 3.10-11
Sl 84.11
algazarras: Graça, graça a ela! 8Demais, veio a mim a palavra de Jeová, dizendo: 9As mãos de Zorobabel
4.9
Ed 3.8-10
5.16
Ag 2.18
têm posto os alicerces desta casa; também as suas mãos
4.9
Zc 6.12-13
Ed 6.14-15
a acabarão; e sabereis que Jeová dos Exércitos me enviou a vós. 10Quem desprezou o dia das
4.10
Ne 4.2-4
Am 7.2,5
Ag 2.3
coisas pequenas? Pois se regozijarão e verão o
4.10
Am 7.7-8
prumo na mão de Zorobabel, estes
4.10
Zc 3.9
Ap 8.2
sete, que são os olhos de Jeová;
4.10
Zc 1.10
eles discorrem por toda a terra.

11Então, prossegui e lhe perguntei: Que são estas

4.11
Zc 4.3
duas oliveiras à direita do candeeiro e à sua esquerda? 12Segunda vez falei e perguntei-lhe: Que são estes dois ramos de oliveira que se acham junto às duas bicas de ouro e que vertem de si ouro? 13Respondeu-me ele:
4.13
Zc 4.5
Não sabes o que são eles? Tornei-lhe: Não,
4.13
Zc 4.4-5
meu senhor. 14Disse ele: São os dois
4.14
Êx 29.7
40.15
1Sm 16.1,12-13
Is 61.1-3
Dn 9.24-26
ungidos, que
4.14
Zc 3.1-7
assistem junto ao
4.14
Mq 4.13
Senhor de toda a terra.

5

A visão do rolo volante

51Tornei a levantar os olhos e vi, e eis um

5.1
Jr 36.2
Ez 2.9
rolo volante. 2Perguntou-me o anjo:
5.2
Zc 4.2
Que vês tu? Eu respondi: Vejo um rolo volante; o seu comprimento é de vinte cúbitos, e a sua largura, de dez cúbitos. 3Ele me disse: Esta é a
5.3
Is 24.6
43.28
Jr 26.6
maldição que sai pela face de toda a terra; porque, de um lado, será purgado conforme ela todo o que
5.3
Êx 20.15
Lv 19.11
Ml 3.8-9
furtar, e, de outro lado, será purgado conforme ela todo o
5.3
Zc 5.4
Êx 20.7
Lv 19.12
Is 48.1
Jr 5.2
23.10
que jurar. 4
5.4
Ml 3.5
Fá-la-ei sair para fora, diz Jeová dos Exércitos,
5.4
Os 4.2-3
e entrará ela na casa do
5.4
Jr 2.26
ladrão e na casa daquele que jurar falsamente pelo meu nome; ficará no meio da casa do tal e
5.4
Lv 14.34-45
Jó 18.15
Pv 3.33
Hc 2.9-11
Tg 5.2-3
a consumirá juntamente com a sua madeira e com as suas pedras.

A visão da mulher e do efa

5Então, saiu para fora o

5.5
Zc 1.9
anjo que falava comigo e me disse:
5.5
Zc 5.1
Zc 1.18
2.1
6.1
Levanta os teus olhos e vê que é o que sai. 6Eu perguntei: Que é isso? Ele disse: É um
5.6
Lv 19.36
Am 8.5
Mq 6.10
efa que sai. Disse ele mais: Esta é a sua semelhança em toda a terra. 7Eis que foi levantado um talento de chumbo, e uma mulher estava sentada no meio do efa. 8Prosseguiu o anjo: Esta é
5.8
Os 12.7
Am 8.5
Mq 6.11
a impiedade. Ele a lançou no fundo do efa e sobre a boca do efa pôs
5.8
Zc 5.7
o peso de chumbo. 9Então,
5.9
Zc 5.5
levantei os meus olhos e vi: eis que saíram duas mulheres, e o vento estava nas suas asas (ora, tinham elas asas como as asas da
5.9
Lv 11.13,19
Sl 104.17
Jr 8.7
cegonha), e elevaram o efa entre a terra e o céu. 10Perguntei ao anjo que falava comigo: Para onde levam elas o efa? 11Respondeu-me: Para lhe edificar uma casa na terra de
5.11
Gn 10.10
11.2
14.1
Is 11.11
Dn 1.2
Sinear; quando a casa tiver sido preparada, ela será estabelecida no seu lugar.