Tradução Brasileira (2010) (TB)
9

Paulo lamenta a incredulidade dos judeus

91

9.1
2Co 11.10
Gl 1.20
1Tm 2.7
Rm 1.9
Digo a verdade em Cristo, não minto, dando testemunho comigo a minha consciência no Espírito Santo: 2que tenho grande tristeza e incessante dor no meu coração. 3Pois
9.3
cp.
eu mesmo desejaria ser
9.3
1Co 12.3
16.22
Gl 1.8
anátema, separado de Cristo, por amor de meus irmãos, meus compatriotas
9.3
Rm 11.14
Ef 6.5Rm 1.3
segundo a carne, 4os quais são
9.4
cp.
israelitas; de quem é
9.4
Êx 4.22Rm 8.15
a adoção,
9.4
Êx 40.34
1Rs 8.11
Ez 1.28Hb 9.5
a glória,
9.4
Gn 17.2
Dt 29.14
Ef 2.12
Lc 1.72
At 3.25
as alianças,
9.4
Dt 4.13Sl 147.19
a promulgação da Lei,
9.4
Hb 9.1,6Dt 7.6
14.1
o culto de Deus e
9.4
At 2.39
13.32
Ef 2.12
as promessas; 5de quem são
9.5
Rm 11.28
At 3.13
os patriarcas, e
9.5
Mt 1.1-16
Rm 1.3
de quem descende o Cristo segundo a carne,
9.5
Cl 1.16-19
o qual é sobre todas as coisas,
9.5
Jo 1.1Cl 2.9
Deus
9.5
Rm 1.25
bendito para sempre. Amém.

A rejeição de Israel não é incompatível com as promessas de Deus

6Porém não é como se

9.6
cp.
a palavra de Deus haja falhado.
9.6
Rm 2.28Gl 6.16Jo 1.47
Pois nem todos os que são de Israel são israelitas; 7nem
9.7
Gl 4.23Jo 8.33,39
por serem descendência de Abraão são todos filhos; mas:
9.7
Gn 21.12
Hb 11.18
Em Isaque será chamada a tua descendência. 8Isto é, não são
9.8
Rm 8.14
filhos de Deus os filhos da carne, mas
9.8
Rm 4.13,16
Gl 3.29
4.28Hb 11.11
os filhos da promessa são considerados como descendência. 9A palavra da promessa é esta:
9.9
Gn 18.10
Por este tempo, virei, e Sara terá um filho. 10
9.10
Rm 5.3
E não somente isso, mas também
9.10
Gn 25.21
Rebeca, que havia concebido de um, de Isaque, nosso pai 11(porque não tendo os filhos gêmeos ainda nascido, nem tendo eles feito bem ou mal algum, para que
9.11
Rm 8.284.17
o propósito de Deus, segundo a eleição, ficasse firme, não por causa das obras, mas daquele que chama), 12foi dito a ela:
9.12
Gn 25.23
O mais velho servirá ao mais moço. 13Como está escrito:
9.13
Ml 1.2
Eu amei a Jacó, porém aborreci a Esaú.

A rejeição de Israel não é incompatível com a justiça de Deus

14

9.14
Rm 3.5
Que diremos, pois?
9.14
2Cr 19.7Rm 2.11
Há, porventura, em Deus injustiça?
9.14
Lc 20.16
De modo nenhum! 15Pois a Moisés disse:
9.15
Êx 33.19
Terei misericórdia de quem me aprouver ter misericórdia e terei compaixão de quem me aprouver ter compaixão. 16Assim, pois, não é daquele que quer, nem daquele
9.16
Gl 2.2
que corre, mas de
9.16
Ef 2.8
Deus, que usa de misericórdia. 17Pois
9.17
Êx 9.16
disse a Escritura a Faraó: Para isto mesmo te levantei, para mostrar em ti o meu poder e para que seja anunciado o meu nome por toda a terra. 18Logo, ele tem misericórdia de quem quer e a quem quer
9.18
Êx 4.21
7.3
9.12
10.20,27
11.10
14.4,17
Dt 2.30
Js 11.20Jo 12.40
Rm 11.7,25
endurece.

A soberania de Deus. O Velho Testamento citado

19

9.19
Rm 11.191Co 15.35
Tg 2.18
Dir-me-ás, então:
9.19
cp.
Por que se queixa ele ainda? Pois
9.19
2Cr 20.6
Jó 9.12
Dn 4.35
quem resiste à sua vontade? 20Mas, antes,
9.20
Rm 2.1
ó homem, quem és tu que
9.20
Jó 33.13
replicas a Deus? Porventura,
9.20
Is 29.16
45.9
64.8
Jr 18.62Tm 2.20
Rm 9.22
a coisa formada dirá a quem a formou: Por que me fizeste assim? 21Porventura, não tem o oleiro poder sobre o barro para fazer da mesma massa um vaso para honra e outro para desonra? 22Que diremos, se Deus, querendo mostrar a sua ira e dar a conhecer o seu poder, suportou com muita
9.22
Rm 2.4
longanimidade os vasos de ira,
9.22
Pv 16.4
1Pe 2.8
preparados para a perdição, 23a fim de que também desse a conhecer
9.23
Rm 2.4
Ef 3.16
as riquezas da sua glória sobre
9.23
At 9.15
os vasos de misericórdia, que
9.23
cp.
de antemão preparou para a glória, 24os quais somos nós, a quem ele também
9.24
Rm 8.28
chamou
9.24
Rm 3.29
não só dos judeus, mas também dos gentios? 25Como ele também disse em Oseias:

9.25
Os 2.231Pe 2.10
Chamarei meu povo ao que não era meu povo

e amada, à que não era amada;

26

9.26
Os 1.10
e no lugar em que se lhes disse: Vós não sois povo meu,

ali serão chamados

9.26
Mt 16.16
filhos do Deus vivo.

27
9.27
Is 10.22
Isaías exclama a respeito de Israel: Ainda que o número dos filhos de Israel seja
9.27
Gn 22.17
Os 1.10
como a areia do mar, é somente
9.27
Rm 11
o resto que será salvo. 28Pois o Senhor cumprirá a sua palavra sobre a terra, consumando-a e abreviando-a; 29
9.29
Is 1.9
como Isaías predisse:

Se

9.29
Tg 5.4
o Senhor dos Exércitos não nos tivesse deixado descendência,

9.29
Dt 29.23
Is 13.19
Jr 49.18
50.40
Am 4.11
ter-nos-íamos tornado como Sodoma e tais como Gomorra.

Israel é responsável pela sua rejeição

30

9.30
Rm 9.14
Que diremos, pois? Que os gentios, que não buscavam a justiça, alcançaram a justiça, mas
9.30
Rm 10.6
Gl 2.16
3.24
Fp 3.9
Hb 11.7Rm 1.17
3.21
a justiça que vem da fé; 31porém que Israel,
9.31
Is 51.1
Rm 10.211.7Rm 9.30
10.20
buscando uma lei da justiça, não
9.31
cp.
chegou a essa lei. 32Por que? Porque não a buscavam pela fé, mas como que pelas obras. Tropeçaram
9.32
1Pe 2.6,8
na pedra de tropeço, 33como está escrito:

9.33
Is 28.16
Eis que ponho em Sião uma pedra de tropeço e uma rocha de escândalo.

9.33
Rm 10.11
Aquele que nele crê
9.33
cp.
não será envergonhado.

10

101Irmãos, a boa vontade do meu coração e a minha súplica a Deus por eles é que sejam salvos. 2Pois lhes dou testemunho de que têm

10.2
At 21.20
zelo de Deus, porém não segundo o conhecimento; 3ignorando
10.3
Rm 1.17
a justiça de Deus
10.3
Is 51.1
Rm 9.3111.7Rm 9.30
Rm 10.20
e procurando estabelecer a sua própria, não se sujeitaram à justiça de Deus. 4Pois
10.4
cp.
Cristo é o fim da lei para justificar a
10.4
Rm 3.22
todo aquele que crê. 5Moisés escreveu que o homem que pratica a justiça que vem da Lei
10.5
Ne 9.29
Ez 20.11,13,21
Rm 7.10
viverá por ela. 6Mas
10.6
Rm 9.30
a justiça que vem da fé diz assim: Não digas no teu coração:
10.6
Dt 30.12
Quem subirá ao céu (isto é, para trazer do alto a Cristo)? 7Ou: Quem descerá ao
10.7
Lc 8.31
abismo (isto é,
10.7
Hb 13.20
para fazer subir a Cristo dentre os mortos)? 8Mas que diz?
10.8
Dt 30.14
A palavra está perto de ti, na tua boca e no teu coração, isto é, a palavra da fé, que pregamos. 9
10.9
Mt 10.32
Lc 12.8Rm 14.9
1Co 12.3
Fp 2.11
Se confessares com a tua boca a Jesus como Senhor
10.9
Rm 4.24At 16.31
e creres no teu coração
10.9
At 2.24
que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo; 10porque com o coração se crê para a justiça e com a boca se confessa para a salvação. 11Pois a Escritura diz:
10.11
Rm 9.33
Is 28.16
Todo o que nele crê não será envergonhado. 12
10.12
Rm 3.22Rm 3.29
Não há distinção entre judeu e grego pois o mesmo
10.12
At 10.36
Senhor o é de
10.12
Rm 3.29
todos, rico para com todos que o invocam; 13porque:
10.13
Jl 2.32
At 2.21
7.59
Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo. 14Como, pois, invocarão aquele em quem não têm crido? E como crerão naquele de
10.14
Ef 2.17
4.21
quem não têm ouvido falar? 15E como ouvirão sem
10.15
cp.
pregador? E como pregarão, se não forem enviados? Assim, como está escrito:
10.15
Is 52.7
Quão formosos são os pés dos que
10.15
cp.
anunciam coisas boas!

Israel não pode alegar a falta de oportunidade

16Mas nem

10.16
Rm 3.3
todos deram ouvidos ao evangelho. Pois Isaías disse:
10.16
Jo 12.38
Is 53.1
Senhor, quem creu a nossa mensagem? 17Logo, a fé vem
10.17
cp.
pelo ouvir, e o ouvir vem
10.17
Cl 3.16
pela palavra de Cristo. 18Mas digo: Porventura, não ouviram? Sim, na verdade:

10.18
Sl 19.4
Cl 1.6,23
1Ts 1.8Rm 1.8
Por toda a terra saiu o som deles,

e as suas palavras, até os confins do mundo.

19Mas digo: Porventura, Israel não o soube?
10.19
Dt 32.21
Primeiro disse Moisés:

Eu vos

10.19
Rm 11.11,14
porei em ciúme com a que não é nação;

eu vos provocarei à ira com uma nação insensata.

20

10.20
Is 65.1
Isaías foi muito ousado e disse:

10.20
Rm 9.30
Fui achado pelos que não me buscavam;

descobri-me aos que não perguntavam por mim.

21Mas, quanto a Israel, disse:
10.21
Is 65.2
Todo o dia estendi as minhas mãos a um povo desobediente e contradizente.
11

A rejeição de Israel não é completa

111Digo, pois: porventura,

11.1
1Sm 12.22
Jr 31.37
33.24-26
rejeitou Deus ao seu povo?
11.1
Lc 20.16
De modo nenhum! Porque
11.1
2Co 11.22
Fp 3.5
eu também sou israelita, da descendência de Abraão, da tribo de Benjamim. 2Deus
11.2
Sl 94.14
não rejeitou ao seu povo, que ele,
11.2
Rm 8.29
antes, conheceu.
11.2
Rm 6.16
Não sabeis o que a Escritura diz de
11.2
1Rs 19.10,18
Elias, como ele insta com Deus contra Israel? 3Senhor, mataram os teus profetas, derrubaram os teus altares, e eu fiquei só, e procuram tirar-me a vida. 4Mas que lhe disse a resposta divina? Eu tenho reservado para mim sete mil homens, os quais não dobraram o joelho a Baal. 5Do mesmo modo, pois, ainda no tempo presente, há um
11.5
Rm 9.272Rs 19.4
resto segundo a eleição da graça. 6Mas,
11.6
Rm 4.4
se é pela graça, já não é pelas obras; doutra maneira, a graça já não é graça. 7Pois quê? O que
11.7
Rm 9.31
Israel busca, isso não tem conseguido, mas a eleição o conseguiu; e os mais foram
11.7
Mc 6.52
2Co 3.14
Rm 11.25
Rm 9.18
endurecidos, 8como está escrito:
11.8
Is 29.10
Dt 29.4Mt 13.13
Deu-lhes Deus um espírito de torpor, olhos para não verem e ouvidos para não ouvirem, até o dia de hoje. 9Davi disse:

11.9
Sl 69.22
A sua mesa se lhes torne em laço, em armadilha,

em tropeço e em retribuição;

10os olhos se lhes escureçam, para não verem,

e tu encurva-lhes sempre as costas.

A rejeição de Israel não é final

11

11.11
Rm 11.1
Digo, pois: porventura, tropeçaram para que caíssem?
11.11
Lc 20.16
De modo nenhum! Mas, pela transgressão deles, veio a
11.11
At 28.28
salvação aos gentios, para
11.11
Rm 10.19
Rm 11.14
incitá-los à emulação. 12Ora, se a sua transgressão é a riqueza do mundo, e o seu abatimento, a riqueza dos gentios, quanto mais a sua
11.12
Rm 11.25
plenitude. 13Falo, porém, a vós, que sois gentios. Visto, pois, que
11.13
At 9.15
eu sou apóstolo dos gentios, glorifico o meu ministério, 14para ver se, de algum modo, posso incitar à emulação os da
11.14
Rm 9.3Gn 29.14
2Sm 19.12
minha raça
11.14
1Co 7.16
9.22
1Tm 1.15
2.4
2Tm 1.9
Tt 3.51Co 1.21
e salvar alguns deles. 15Pois, se a rejeição deles é a
11.15
cp.
reconciliação do mundo, que será a sua admissão, senão a
11.15
cp.
vida dentre os mortos? 16Mas, se as
11.16
Nm 15.18Ne 10.37
Ez 44.30
primícias são santas, também a massa o é; e, se a raiz é santa, também os ramos o são. 17Porém, se alguns dos
11.17
Jr 11.16Jo 15.2
ramos foram quebrados, e
11.17
cp.
tu, sendo zambujeiro, foste enxertado entre eles e te tornaste participante com eles da raiz e da seiva da oliveira, 18não te glories contra os ramos; porém, se te gloriares,
11.18
cp.
não és tu o que sustentas a raiz, mas a raiz, a ti. 19
11.19
Rm 9.19
Dirás, pois: Alguns ramos foram quebrados, para que eu fosse enxertado. 20Bem! Pela sua incredulidade, foram quebrados, mas tu, pela tua fé,
11.20
2Co 1.241Co 10.12
Rm 5.2
estás firme. 21
11.21
cp.
Não te ensoberbeças, mas teme; porque, se Deus não poupou os ramos naturais, não te poupará a ti. 22Notai, pois, a bondade e a severidade de Deus: severidade para com aqueles que caíram, mas
11.22
Rm 2.4
bondade de Deus para contigo,
11.22
1Co 15.2
Hb 3.6,14
se permaneceres nessa bondade; doutra maneira, também tu
11.22
cp.
serás cortado. 23Eles também,
11.23
2Co 3.16
se não permanecerem na sua incredulidade, serão enxertados; pois Deus é poderoso para os enxertar de novo. 24Se tu foste cortado do natural zambujeiro e, contra a natureza, foste enxertado em boa oliveira, quanto mais não serão enxertados na sua própria oliveira aqueles que são ramos naturais!

O último desígnio de Deus é misericórdia para com todos

25Pois

11.25
Rm 1.13
não quero, irmãos, que ignoreis este
11.25
Rm 16.25
1Co 2.7,10
Ef 3.3-5,9Mt 13.11
mistério, para que não sejais
11.25
Rm 12.16
sábios em vós mesmos: que o
11.25
Rm 11.7
endurecimento veio em parte a Israel, até que haja entrado
11.25
Rm 11.12
Lc 21.24Jo 10.16
a plenitude dos gentios; 26assim, todo o Israel será salvo,
11.26
Is 59.20
como está escrito:

Virá de Sião o Libertador,

ele apartará de Jacó a impiedade.

27

11.27
cp.
Esta é a minha aliança com eles,

quando eu tirar os seus pecados.

28Quanto ao evangelho, eles são
11.28
Rm 5.10
inimigos por vossa causa; mas, quanto à eleição, são amados
11.28
Rm 9.5Dt 7.8
10.15
por causa de seus pais; 29porque dos dons e da sua
11.29
1Co 1.26
Ef 1.18
4.1,4
Fp 3.14
2Ts 1.11
2Tm 1.9
Hb 3.1
2Pe 1.10
Rm 8.28
vocação Deus
11.29
cp.
não se arrepende. 30Assim como vós, em outro tempo, fostes desobedientes a Deus, mas, agora, haveis alcançado misericórdia pela desobediência deles, 31assim também estes, agora, foram desobedientes, para que, pela vossa misericórdia, eles, agora, também alcancem misericórdia. 32Pois
11.32
Gl 3.22Rm 3.9
Deus encerrou a todos na desobediência, para usar com todos de misericórdia.

A maravilhosa sabedoria dos desígnios divinos

33Ó profundidade das

11.33
Ef 3.8
Rm 2.4
riquezas, da
11.33
Cl 2.3
Ef 3.10
sabedoria e da ciência de Deus!
11.33
cp.
Quão inescrutáveis são os seus juízos, e quão impenetráveis os seus caminhos! 34Pois
11.34
Is 40.131Co 2.16
quem conheceu a mente do Senhor? Ou quem se fez o seu conselheiro? 35
11.35
Jó 35.7
41.11
Ou quem lhe deu primeiro, para que lhe seja retribuído? 36Pois
11.36
1Co 8.6
11.12
Cl 1.16
Hb 2.10
dele, por ele e para ele são todas as coisas.
11.36
Rm 16.27
Ef 3.21
Fp 4.20
1Tm 1.17
2Tm 4.18
1Pe 4.11
5.11
2Pe 3.18
Jd 25
Ap 1.6
5.13
7.12
A ele seja dada a glória para sempre. Amém.