Tradução Brasileira (2010) (TB)
46

Deus, o refúgio do seu povo

Ao cantor-mor. Salmo dos filhos de Coré. Adaptado a alimote. Uma canção

461Deus é para nós

46.1
Sl 14.6
62.7-8
refúgio e fortaleza,

46.1
Sl 145.18
Dt 4.7
auxílio encontrado sem falta
46.1
Sl 9.9
em tribulações.

2Portanto,

46.2
Sl 23.4
27.1
não temeremos, ainda que
46.2
Sl 82.5
se mude a terra,

ainda que se abalem

46.2
Sl 18.7
os montes nos seios dos mares;

3

46.3
Sl 93.3-4
Jr 5.22
ainda que bramem e se perturbem as suas águas,

ainda que se estremeçam os montes combatidos por elas. (Selá)

4Há um

46.4
Sl 36.8
65.9
Is 8.6
Ap 22.1
rio cujas correntes alegram
46.4
Sl 48.1
87.3
101.8
Is 60.14
Ap 3.12
a cidade de Deus,

lugar santo dos

46.4
Sl 43.3
tabernáculos do Altíssimo.

5Deus está

46.5
Dt 23.14
Is 12.6
Ez 43.7,9
Os 11.9
Jl 2.27
Zc 2.5
no meio dela; jamais será abalada;

Deus a

46.5
Sl 37.40
Is 41.14
Lc 1.54
auxiliará ao romper da alva.

6

46.6
Sl 2.1-2
Bramaram nações, abalaram-se reinos;

46.6
Sl 18.13
68.33
Jr 25.30
Jl 2.11
Am 1.2
ele fez soar a sua voz, e
46.6
Am 9.5
Mq 1.4
Na 1.5
a terra se derreteu.

7Jeová dos Exércitos

46.7
Nm 14.9
2Cr 13.12
é conosco;

o Deus de Jacó

46.7
Sl 9.9
48.3
é nosso alto refúgio. (Selá)

8Vinde,

46.8
Sl 66.5
contemplai os feitos de Jeová,

que tem feito

46.8
Sl 61.4
Jr 51.43
desolações na terra.

9Ele

46.9
Sl 2.4
Mq 4.3
faz cessar as guerras até os confins da terra;

46.9
Sl 76.3
1Sm 2.4
quebra o arco, despedaça a lança;

46.9
Is 9.5
Ez 39.9
queima os carros no fogo.

10Aquietai-vos e

46.10
Sl 100.3
sabei que eu sou Deus;

46.10
Is 2.11,17
serei exaltado entre as nações,

serei exaltado na terra.

11Jeová dos Exércitos é conosco;

o Deus de Jacó é o nosso alto refúgio. (Selá)

47

Deus, o Rei da terra

Ao cantor-mor. Salmo dos filhos de Corá

471

47.1
Sl 98.8
Batei palmas, todos os povos;

aclamai a Deus com vozes de

47.1
Sl 106.47
júbilo.

2Pois Jeová Altíssimo

47.2
Sl 66.3,5
68.35
Dt 7.21
Ne 1.5
é terrível;

47.2
Ml 1.14
é grande Rei sobre toda a terra.

3

47.3
Sl 18.47
Ele nos submeteu os povos a nós,

e as nações, debaixo dos nossos pés.

4Para nós, escolheu

47.4
1Pe 1.4
a nossa herança,

47.4
Am 6.8
8.7
Na 2.2
a glória de Jacó, a quem amou. (Selá)

5

47.5
Sl 68.18,25
Subiu Deus com aplauso;

Jeová subiu ao

47.5
Sl 98.6
som de trombeta.

6

47.6
Sl 68.4
Cantai louvores a Deus, cantai louvores;

cantai louvores ao

47.6
Sl 89.18
nosso Rei, cantai louvores.

7Pois Deus é o

47.7
Zc 14.9
Rei de toda a terra;

cantai louvores

47.7
1Co 14.15
com canto harmonioso.

8

47.8
Sl 22.28
1Cr 16.31
Deus reina sobre as nações;

Deus está sentado sobre

47.8
Sl 97.2
o seu santo trono.

9Os

47.9
Sl 72.11
102.22
Is 49.7,23
príncipes dos povos estão reunidos

para serem o

47.9
Rm 4.11-12
povo do Deus de Abraão,

porque a Deus pertencem

47.9
Sl 89.18
os escudos da terra.

Ele é

47.9
Sl 97.9
sumamente exaltado.

48

A beleza e glória de Sião

Uma canção. Salmo dos filhos de Corá

481

48.1
Sl 96.4
145.3
1Cr 16.25
Grande é Jeová e mui digno de ser louvado,

48.1
Sl 46.4
na cidade de nosso Deus, no
48.1
Sl 2.6
87.1
Is 2.3
Mq 4.1
Zc 8.3
seu santo monte.

2

48.2
Sl 50.2
De bela e alta situação,
48.2
Lm 2.15
alegria da terra toda,

é o monte de Sião aos lados do norte,

48.2
Mt 5.35
cidade do grande Rei.

3Nos palácios dela, fez-se Deus conhecer como

48.3
Sl 46.7
alto refúgio.

4Pois eis que

48.4
2Sm 10.6-13
os reis se ajuntaram;

juntos marcharam.

5Eles viram, ficaram então assombrados;

ficaram

48.5
Êx 15.15
conturbados, apressaram-se em fugir.

6Ali, se apoderou deles o tremor,

dores, como as

48.6
Is 13.8
duma mulher que está de parto.

7Com um

48.7
Jr 18.17
vento oriental,

48.7
1Rs 22.48
quebras as
48.7
1Rs 10.22
Ez 27.25
naus de Társis.

8Como temos ouvido, assim vimos

na cidade de Jeová dos Exércitos, na cidade de nosso Deus.

Deus a

48.8
Sl 87.5
estabelecerá para sempre. (Selá)

9Meditamos, ó Deus,

48.9
Sl 26.3
40.10
sobre a tua benignidade,

no meio do teu templo.

10Como é

48.10
Dt 28.58
Js 7.9
Ml 1.11
o teu nome, ó Deus,

assim é o

48.10
Sl 65.1-2
100.1
teu louvor até os confins da terra.

48.10
Is 41.10
De retidão está cheia a tua destra.

11Alegre-se o monte de

48.11
Sl 97.8
Sião;

regozijem-se as filhas de Judá,

por causa dos teus juízos.

12Dai voltas a Sião, ide ao redor dela;

contai as suas

48.12
Ne 3.1
11.25-27
torres.

13Notai bem os seus

48.13
Sl 122.7
baluartes;

considerai os seus palácios,

para que o

48.13
Sl 78.5-7
conteis à geração seguinte.

14Pois este Deus é o nosso Deus para todo o sempre.

É ele quem nos

48.14
Sl 23.4
Is 58.11
guiará até a morte.