Tradução Brasileira (2010) (TB)
44

O povo de Deus recorda os favores antigos e roga o livramento dos males presentes

Ao cantor-mor. Salmo dos filhos de Corá. Masquil

441Com os nossos ouvidos, temos ouvido; nossos

44.1
Sl 78.3
Êx 12.26-27
Dt 6.20
Jz 6.13
pais nos têm contado

44.1
Sl 78.12
o que fizeste nos seus dias,
44.1
Sl 77.5
Dt 32.7
Is 51.9
63.9
nos dias antigos.

2Por tuas próprias mãos,

44.2
Sl 78.55
80.8
Js 3.10
Ne 9.24
desapossaste as nações e os
44.2
Êx 15.17
2Sm 7.10
Jr 24.6
Am 9.15
plantaste a eles.

44.2
Sl 135.10-12
Afligiste os povos e a eles os
44.2
Sl 80.9-11
Zc 2.6
estendeste largamente.

3Pois não foi

44.3
Js 24.12
pela sua espada que se apossaram da terra,

nem foi o seu braço que os salvou;

mas a tua destra, e o teu

44.3
Sl 77.15
braço, e a
44.3
Sl 4.6
89.15
luz do teu rosto,

porque os

44.3
Sl 106.4
Dt 4.37
7.7-8
10.15
favoreceste.

4Tu é que és

44.4
Sl 74.12
meu rei, ó Deus.

44.4
Sl 42.8
Ordena as salvações de Jacó.

5Com o teu auxílio,

44.5
Sl 60.12
Dt 33.17
Dn 8.4
derrubaremos os nossos adversários.

Em teu nome,

44.5
Sl 108.13
Zc 10.5
calcaremos aos pés os que se levantam contra nós.

6Pois não

44.6
Sl 33.16
1Sm 17.47
Os 1.7
confiarei no meu arco,

nem me salvará a minha espada.

7Mas tu nos

44.7
Sl 136.24
salvaste dos nossos adversários

e

44.7
Sl 53.5
cobriste de vergonha os que nos odeiam.

8Em Deus é que

44.8
Sl 34.2
temos gloriado continuamente

e ao teu nome sempre

44.8
Sl 30.12
daremos graças. (Selá)

9Mas, agora, nos

44.9
Sl 43.2
60.1,10
74.1
89.38
108.11
lançaste fora, e nos expuseste à
44.9
Sl 69.19
ignomínia;

44.9
Sl 60.10
108.11
e não sais com os nossos exércitos.

10Fazes-nos

44.10
Sl 89.43
Lv 26.17
Js 7.8,12
dar as costas aos nossos adversários,

e os que nos odeiam

44.10
Sl 89.41
despojam-nos à vontade.

11Entregaste-nos como

44.11
Sl 44.22
ovelhas para alimento

e, por entre as nações, nos

44.11
Sl 106.27
Lv 26.33
Dt 4.27
28.64
Ez 20.23
espalhaste.

12

44.12
Dt 32.30
Jz 2.14
3.8
Jr 15.13
Vendes por nada o teu povo;

não lucras com o preço dele.

13Pões-nos

44.13
Sl 79.4
89.41
por opróbrio aos nossos vizinhos,

por escárnio e

44.13
Sl 80.6
Ez 23.32
zombaria aos que nos rodeiam.

14Pões-nos por

44.14
Sl 69.11
Jó 17.6
Jr 24.9
provérbio entre as nações,

44.14
Sl 109.25
2Rs 19.21
por menear de cabeça entre os povos.

15Durante o dia todo, está diante de mim a minha ignomínia,

e me cobriu a

44.15
Sl 69.7
2Cr 32.21
vergonha do meu rosto,

16à voz do que

44.16
Sl 74.10
afronta e do que blasfema,

à vista do

44.16
Sl 8.2
inimigo e do vingador.

17Tudo isso é vindo sobre nós; contudo, não

44.17
Sl 78.7
119.61,83,109,141,153,176
nos temos esquecido de ti,

nem temos sido

44.17
Sl 78.57
infiéis à tua aliança.

18O nosso coração

44.18
Sl 78.57
não tem voltado atrás,

nem do teu caminho têm

44.18
Sl 119.51,157
Jó 23.11
declinado os nossos passos,

19para nos teres

44.19
Sl 51.8
94.5
esmagado onde habitam os
44.19
Jó 30.29
Is 13.22
Jr 9.11
chacais

e nos teres coberto da

44.19
Jó 3.5
sombra da morte.

20Se nos

44.20
Sl 78.11
esquecemos do nome do nosso Deus

ou estendemos as nossas mãos a um Deus

44.20
Sl 81.9
estranho,

21porventura, Deus não há de

44.21
Sl 139.1-2
Jr 17.10
esquadrinhar isso?

Pois ele conhece os segredos do coração.

22Mas,

44.22
Rm 8.36
por amor de ti, somos entregues à morte continuamente,

somos considerados como

44.22
Is 53.7
Jr 12.3
ovelhas para o matadouro.

23

44.23
Sl 7.6
Acorda! Por que
44.23
Sl 78.65
dormes, Senhor?

Desperta! Não nos

44.23
Sl 77.7
enjeites para sempre.

24Por que

44.24
Sl 88.14
Jó 13.24
escondes o teu rosto

44.24
Sl 42.9
Lm 5.20
e te esqueces da nossa miséria e da nossa opressão?

25

44.25
Sl 119.25
Pois a nossa alma está abatida até o pó,

pegado à terra está o nosso ventre.

26

44.26
Sl 35.2
Levanta-te em nosso auxílio

44.26
Sl 6.4
25.22
e redime-nos por amor da tua benignidade.

45

Um cântico celebrando as bodas do Rei

Ao cantor-mor, adaptado a Sosanim. Salmo dos filhos de Coré. Masquil. Canção de amores

451De boas palavras trasborda o meu coração.

Repito o que compus no tocante a um rei.

A minha língua é pena de

45.1
Ed 7.6
escritor expedito.

2Tu és mais formoso do que os filhos dos homens;

sobre os teus lábios está derramada a graça.

Por isso, Deus te

45.2
Sl 21.6
abençoou para sempre.

3Cinge a tua espada,

45.3
Is 9.6
ó grande herói,

cinge a tua glória e a tua majestade.

4Na tua majestade monta prosperamente,

pela causa da verdade,

45.4
Sf 2.3
da mansidão e da justiça,

e a tua

45.4
Sl 21.8
destra te ensinará coisas terríveis.

5As tuas

45.5
Sl 18.14
120.4
Is 5.28
7.13
setas são agudas

45.5
Sl 92.9
(Os povos caem debaixo de ti.)

45.5
2Sm 18.14
no coração dos inimigos do rei.

6

45.6
Sl 93.2
Hb 1.8-9
O teu trono, ó Deus, é pelos séculos dos séculos;

45.6
Sl 98.9
e cetro de equidade é o cetro do teu reino.

7

45.7
Sl 11.7
33.5
Amaste a justiça e odiaste a iniquidade.

Portanto, Deus, o teu Deus,

45.7
Sl 2.2
te ungiu

com o óleo de alegria acima dos teus companheiros.

8Todas as tuas vestes cheiram

45.8
Ct 4.14
Jo 19.39
à mirra, aloés e cássia.

De palácios de marfim soam

45.8
Sl 150.4
instrumentos de cordas que te alegram.

9Filhas de reis estão em o número

45.9
Ct 6.8
das tuas queridas;

45.9
1Rs 2.19
à tua mão direita está a rainha, ataviada
45.9
1Rs 9.28
Is 13.12
de ouro de Ofir.

10Ouve, filha, considera e inclina o teu ouvido;

45.10
Dt 21.13
Rt 1.16-17
esquece-te do teu povo e da casa de teu pai.

11Assim, o rei desejará a tua formosura,

45.11
Gn 18.12
1Pe 3.6
pois ele é o teu Senhor;
45.11
Ef 5.33
presta-lhe tu homenagem.

12A ti virá com donativos a filha

45.12
Sl 87.4
de Tiro;

45.12
Sl 22.29
68.29
72.10-11
os mais ricos do povo suplicarão o teu favor.

13Toda esplêndida está a filha do Rei lá dentro do palácio;

a sua vestidura é

45.13
Êx 39.2-3
recamada de ouro.

14

45.14
Jz 5.30
Ez 16.10
Em vestidos bordados é ela
45.14
Ct 1.4
conduzida ao Rei.

45.14
Sl 45.9
As virgens, suas companheiras que a seguem,

serão trazidas à tua presença.

15Serão conduzidas com alegria e regozijo;

entrarão no palácio do Rei.

16Em lugar de teus pais, serão teus filhos,

a quem farás príncipes por toda a terra.

17Farei que seja lembrado

45.17
Ml 1.11
o teu nome em todas as gerações,

porquanto

45.17
Sl 138.4
te darão graças os povos para todo o sempre.

46

Deus, o refúgio do seu povo

Ao cantor-mor. Salmo dos filhos de Coré. Adaptado a alimote. Uma canção

461Deus é para nós

46.1
Sl 14.6
62.7-8
refúgio e fortaleza,

46.1
Sl 145.18
Dt 4.7
auxílio encontrado sem falta
46.1
Sl 9.9
em tribulações.

2Portanto,

46.2
Sl 23.4
27.1
não temeremos, ainda que
46.2
Sl 82.5
se mude a terra,

ainda que se abalem

46.2
Sl 18.7
os montes nos seios dos mares;

3

46.3
Sl 93.3-4
Jr 5.22
ainda que bramem e se perturbem as suas águas,

ainda que se estremeçam os montes combatidos por elas. (Selá)

4Há um

46.4
Sl 36.8
65.9
Is 8.6
Ap 22.1
rio cujas correntes alegram
46.4
Sl 48.1
87.3
101.8
Is 60.14
Ap 3.12
a cidade de Deus,

lugar santo dos

46.4
Sl 43.3
tabernáculos do Altíssimo.

5Deus está

46.5
Dt 23.14
Is 12.6
Ez 43.7,9
Os 11.9
Jl 2.27
Zc 2.5
no meio dela; jamais será abalada;

Deus a

46.5
Sl 37.40
Is 41.14
Lc 1.54
auxiliará ao romper da alva.

6

46.6
Sl 2.1-2
Bramaram nações, abalaram-se reinos;

46.6
Sl 18.13
68.33
Jr 25.30
Jl 2.11
Am 1.2
ele fez soar a sua voz, e
46.6
Am 9.5
Mq 1.4
Na 1.5
a terra se derreteu.

7Jeová dos Exércitos

46.7
Nm 14.9
2Cr 13.12
é conosco;

o Deus de Jacó

46.7
Sl 9.9
48.3
é nosso alto refúgio. (Selá)

8Vinde,

46.8
Sl 66.5
contemplai os feitos de Jeová,

que tem feito

46.8
Sl 61.4
Jr 51.43
desolações na terra.

9Ele

46.9
Sl 2.4
Mq 4.3
faz cessar as guerras até os confins da terra;

46.9
Sl 76.3
1Sm 2.4
quebra o arco, despedaça a lança;

46.9
Is 9.5
Ez 39.9
queima os carros no fogo.

10Aquietai-vos e

46.10
Sl 100.3
sabei que eu sou Deus;

46.10
Is 2.11,17
serei exaltado entre as nações,

serei exaltado na terra.

11Jeová dos Exércitos é conosco;

o Deus de Jacó é o nosso alto refúgio. (Selá)