Tradução Brasileira (2010) (TB)
42

LIVRO II

A alma na aflição e no exílio anela por servir a Deus

Ao cantor-mor. Masquil dos filhos de Corá

421Como uma corça suspira pelas correntes das águas,

assim a minha alma

42.1
Sl 119.131
suspira por ti, ó Deus.

2A minha alma

42.2
Sl 63.1
84.2
143.6
tem sede de Deus, do Deus
42.2
Sl 84.2
Js 3.10
Jr 10.10
Dn 6.26
Mt 26.63
Rm 9.26
1Ts 1.9
vivo;

quando virei e

42.2
Sl 43.4
84.7
Êx 23.17
comparecerei diante de Deus?

3As minhas

42.3
Sl 80.5
102.9
lágrimas têm sido o meu alimento de dia e de noite,

enquanto me

42.3
Sl 79.10
115.2
Jl 2.17
Mq 7.10
dizem continuamente: Onde está o teu Deus?

4Eu me lembro, com

42.4
Sl 62.8
1Sm 1.15
Jó 30.16
Lm 2.19
efusão de coração,

de como eu

42.4
Sl 55.14
122.1
Is 30.29
passava com a turba e os guiava em procissão à Casa de Deus,

com voz de

42.4
Sl 100.4
júbilo e louvor — uma multidão em festa.

5Por que estás

42.5
Sl 38.6
Mt 26.38
abatida, minha alma?

Por que estás

42.5
Sl 77.3
perturbada dentro de mim?

42.5
Sl 71.14
Lm 3.24
Espera em Deus, pois ainda lhe darei graças pelo
42.5
Sl 44.3
auxílio do seu rosto.

6Deus meu, dentro de mim está abatida a minha alma.

Portanto, me

42.6
Sl 61.2
lembrarei de ti desde a
42.6
2Sm 17.22
região do Jordão,

e desde os

42.6
Dt 3.8
montes do Hermom, desde o outeiro de Mizar.

7Um abismo chama outro abismo ao ruído das tuas catadupas;

todas as tuas

42.7
Sl 69.1-2
88.7
Jn 2.3
ondas e vagas passaram por cima de mim.

8Contudo, de dia, Jeová

42.8
Sl 57.3
133.3
ordenará a sua benignidade,

42.8
Sl 16.7
63.6
77.6
149.5
Jó 35.10
e, de noite, estará comigo o seu cântico,

a saber, uma oração ao

42.8
Ec 5.18
8.15
Deus da minha vida.

9Direi a Deus,

42.9
Sl 18.2
minha rocha:

Por que te esqueceste de mim?

Por que ando eu

42.9
Sl 38.6
em pranto por causa da
42.9
Sl 17.9
opressão dos meus inimigos?

10Os meus ossos se esmigalham quando os meus adversários me ultrajam,

em me

42.10
Sl 42.3
dizendo continuamente: Onde está o teu Deus?

11Por que estás

42.11
Sl 42.5
abatida, minha alma?

Por que estás perturbada dentro de mim?

Espera em Deus, porque ainda lhe darei graças,

a ele, que é a salvação do meu rosto e Deus meu.

43

Oração para que seja restituído aos privilégios do santuário

431

43.1
Sl 26.1
35.24
Julga-me, ó Deus, e
43.1
1Sm 24.15
pleiteia a minha causa contra uma nação desumana;

livra-me do

43.1
Sl 5.6
38.12
homem fraudulento e iníquo.

2Pois tu és

43.2
Sl 18.1
28.7
31.4
o Deus da minha fortaleza; por que
43.2
Sl 44.9
83.14
me rejeitaste?

Por que

43.2
Sl 42.9
ando de pranto por causa da opressão do inimigo?

3Envia a tua

43.3
Sl 36.9
luz e a tua verdade, que elas me guiem.

Levem-me elas ao

43.3
Sl 2.6
2.4
46.4
teu santo monte e ao
43.3
Sl 84.1
teu tabernáculo.

4Então, irei

43.4
Sl 26.6
ao altar de Deus.

ao Deus da minha exaltação e

43.4
Sl 21.6
regozijo.

E, ao som da

43.4
Sl 33.2
49.4
57.8
71.22
harpa, dar-te-ei graças, ó Deus, Deus meu.

5Por que estás

43.5
Sl 42.11
abatida, minha alma?

Por que estás perturbada dentro de mim?

Espera em Deus, pois ainda lhe darei graças,

a ele, que é a salvação do meu rosto e Deus meu.

44

O povo de Deus recorda os favores antigos e roga o livramento dos males presentes

Ao cantor-mor. Salmo dos filhos de Corá. Masquil

441Com os nossos ouvidos, temos ouvido; nossos

44.1
Sl 78.3
Êx 12.26-27
Dt 6.20
Jz 6.13
pais nos têm contado

44.1
Sl 78.12
o que fizeste nos seus dias,
44.1
Sl 77.5
Dt 32.7
Is 51.9
63.9
nos dias antigos.

2Por tuas próprias mãos,

44.2
Sl 78.55
80.8
Js 3.10
Ne 9.24
desapossaste as nações e os
44.2
Êx 15.17
2Sm 7.10
Jr 24.6
Am 9.15
plantaste a eles.

44.2
Sl 135.10-12
Afligiste os povos e a eles os
44.2
Sl 80.9-11
Zc 2.6
estendeste largamente.

3Pois não foi

44.3
Js 24.12
pela sua espada que se apossaram da terra,

nem foi o seu braço que os salvou;

mas a tua destra, e o teu

44.3
Sl 77.15
braço, e a
44.3
Sl 4.6
89.15
luz do teu rosto,

porque os

44.3
Sl 106.4
Dt 4.37
7.7-8
10.15
favoreceste.

4Tu é que és

44.4
Sl 74.12
meu rei, ó Deus.

44.4
Sl 42.8
Ordena as salvações de Jacó.

5Com o teu auxílio,

44.5
Sl 60.12
Dt 33.17
Dn 8.4
derrubaremos os nossos adversários.

Em teu nome,

44.5
Sl 108.13
Zc 10.5
calcaremos aos pés os que se levantam contra nós.

6Pois não

44.6
Sl 33.16
1Sm 17.47
Os 1.7
confiarei no meu arco,

nem me salvará a minha espada.

7Mas tu nos

44.7
Sl 136.24
salvaste dos nossos adversários

e

44.7
Sl 53.5
cobriste de vergonha os que nos odeiam.

8Em Deus é que

44.8
Sl 34.2
temos gloriado continuamente

e ao teu nome sempre

44.8
Sl 30.12
daremos graças. (Selá)

9Mas, agora, nos

44.9
Sl 43.2
60.1,10
74.1
89.38
108.11
lançaste fora, e nos expuseste à
44.9
Sl 69.19
ignomínia;

44.9
Sl 60.10
108.11
e não sais com os nossos exércitos.

10Fazes-nos

44.10
Sl 89.43
Lv 26.17
Js 7.8,12
dar as costas aos nossos adversários,

e os que nos odeiam

44.10
Sl 89.41
despojam-nos à vontade.

11Entregaste-nos como

44.11
Sl 44.22
ovelhas para alimento

e, por entre as nações, nos

44.11
Sl 106.27
Lv 26.33
Dt 4.27
28.64
Ez 20.23
espalhaste.

12

44.12
Dt 32.30
Jz 2.14
3.8
Jr 15.13
Vendes por nada o teu povo;

não lucras com o preço dele.

13Pões-nos

44.13
Sl 79.4
89.41
por opróbrio aos nossos vizinhos,

por escárnio e

44.13
Sl 80.6
Ez 23.32
zombaria aos que nos rodeiam.

14Pões-nos por

44.14
Sl 69.11
Jó 17.6
Jr 24.9
provérbio entre as nações,

44.14
Sl 109.25
2Rs 19.21
por menear de cabeça entre os povos.

15Durante o dia todo, está diante de mim a minha ignomínia,

e me cobriu a

44.15
Sl 69.7
2Cr 32.21
vergonha do meu rosto,

16à voz do que

44.16
Sl 74.10
afronta e do que blasfema,

à vista do

44.16
Sl 8.2
inimigo e do vingador.

17Tudo isso é vindo sobre nós; contudo, não

44.17
Sl 78.7
119.61,83,109,141,153,176
nos temos esquecido de ti,

nem temos sido

44.17
Sl 78.57
infiéis à tua aliança.

18O nosso coração

44.18
Sl 78.57
não tem voltado atrás,

nem do teu caminho têm

44.18
Sl 119.51,157
Jó 23.11
declinado os nossos passos,

19para nos teres

44.19
Sl 51.8
94.5
esmagado onde habitam os
44.19
Jó 30.29
Is 13.22
Jr 9.11
chacais

e nos teres coberto da

44.19
Jó 3.5
sombra da morte.

20Se nos

44.20
Sl 78.11
esquecemos do nome do nosso Deus

ou estendemos as nossas mãos a um Deus

44.20
Sl 81.9
estranho,

21porventura, Deus não há de

44.21
Sl 139.1-2
Jr 17.10
esquadrinhar isso?

Pois ele conhece os segredos do coração.

22Mas,

44.22
Rm 8.36
por amor de ti, somos entregues à morte continuamente,

somos considerados como

44.22
Is 53.7
Jr 12.3
ovelhas para o matadouro.

23

44.23
Sl 7.6
Acorda! Por que
44.23
Sl 78.65
dormes, Senhor?

Desperta! Não nos

44.23
Sl 77.7
enjeites para sempre.

24Por que

44.24
Sl 88.14
Jó 13.24
escondes o teu rosto

44.24
Sl 42.9
Lm 5.20
e te esqueces da nossa miséria e da nossa opressão?

25

44.25
Sl 119.25
Pois a nossa alma está abatida até o pó,

pegado à terra está o nosso ventre.

26

44.26
Sl 35.2
Levanta-te em nosso auxílio

44.26
Sl 6.4
25.22
e redime-nos por amor da tua benignidade.