Tradução Brasileira (2010) (TB)
28

Davi roga a Deus que o auxilie e louva a Deus porque ouviu as suas súplicas

Salmo de Davi

281A ti, Jeová, clamarei.

28.1
Sl 18.2
Rocha minha, não sejas surdo para comigo;

não suceda que,

28.1
Sl 35.22
39.12
83.1
ficando tu em silêncio a meu respeito,

eu me torne semelhante

28.1
Sl 88.4
143.7
Pv 1.12
aos que descem à cova.

2Ouve a

28.2
Sl 140.6
voz das minhas súplicas, quando a ti clamar por socorro,

28.2
Sl 134.2
141.2
Lm 2.19
1Tm 2.8
quando levantar as minhas mãos
28.2
Sl 5.7
138.2
para o teu
28.2
1Rs 6.5
santo oráculo.

3

28.3
Sl 26.9
Não me arrastes juntamente com os iníquos

e com os que obram a iniquidade,

28.3
Sl 12.2
55.21
62.4
Jr 9.8
os quais falam de paz com o seu próximo,

mas têm em seus corações a maldade.

4Dá-lhes

28.4
Sl 62.12
2Tm 4.14
segundo a sua obra e segundo a maldade dos seus feitos;

dá-lhes segundo o que fizeram as suas mãos.

Retribui-lhes o que eles merecem.

5Porquanto não

28.5
Is 5.12
prestam atenção às obras de Jeová,

nem ao que ele fez com as suas mãos.

Derrubá-los-á e não os reedificará.

6Bendito seja Jeová, porque

28.6
Sl 28.2
ouviu a voz das minhas súplicas!

7Jeová é a

28.7
Sl 59.17
minha força e o
28.7
Sl 3.3
meu escudo;

nele

28.7
Sl 13.5
112.7
tem confiado o meu coração, e sou ajudado.

Por isso,

28.7
Sl 16.9
exulta o meu coração,

e, com o

28.7
Sl 40.3
69.30
meu cântico, o louvarei.

8Jeová é a

28.8
Sl 89.17
força do seu povo,

é uma

28.8
Sl 27.1
140.7
fortaleza salvadora para o seu ungido.

9

28.9
Sl 106.47
Salva o teu povo e abençoa a
28.9
Sl 33.12
106.40
Dt 9.29
32.9
1Rs 8.51
tua herança;

28.9
Sl 80.1
pastoreia-os e
28.9
Dt 1.31
Is 40.11
46.3
63.9
exalta-os para sempre.

29

A voz de Jeová na tempestade

Salmo de Davi

291

29.1
1Cr 16.28-29
Sl 96.7-9
Tributai a Jeová, filhos de Deus,

tributai a Jeová glória e força.

2Tributai a Jeová a glória devida ao seu nome;

adorai a Jeová,

29.2
2Cr 20.21
Sl 110.3
vestidos de sagrados ornamentos.

3

29.3
Sl 104.7
A voz de Jeová está sobre as águas;

o Deus da glória

29.3
Jó 37.4-5
18.13
troveja,

Jeová está

29.3
Sl 18.16
107.23
sobre as muitas águas.

4A voz de Jeová

29.4
Sl 68.33
é poderosa,

a voz de Jeová é cheia de majestade.

5A voz de Jeová quebra os cedros;

29.5
Sl 104.16
Jz 9.15
1Rs 5.6
Is 2.13
14.8
os cedros do Líbano, Jeová os despedaça;

6e os faz

29.6
Sl 114.4,6
saltar como um bezerro;

o Líbano e o

29.6
Dt 3.9
Siriom, como um filho de boi selvagem.

7A voz de Jeová despede línguas de fogo.

8A voz de Jeová faz tremer o deserto,

Jeová faz tremer o deserto de

29.8
Nm 13.26
Cades.

9A voz de Jeová

29.9
Jó 39.1
traz dores de parto às corças

e desnuda os bosques;

29.9
Sl 26.8
e no seu templo, tudo diz: Glória.

10Jeová presidiu como rei ao

29.10
Gn 6.17
dilúvio;

como

29.10
Sl 10.16
rei, Jeová preside para sempre.

11Jeová dará

29.11
Sl 28.8
68.35
Is 40.29
força ao seu povo,

Jeová abençoará com

29.11
Sl 37.11
paz ao seu povo.

30

Ação de graças pela libertação da morte

Salmo. Cântico por ocasião da dedicação da casa. Salmo de Davi

301

30.1
Sl 118.28
145.1
Exaltar-te-ei, Jeová, porque
30.1
Sl 3.3
me levantaste

e não permitiste que

30.1
Sl 25.2
35.19,24
os meus inimigos se regozijassem sobre mim.

2Jeová, Deus meu,

30.2
Sl 88.13
a ti clamei por socorro, e
30.2
Sl 6.2
103.3
me saraste.

3Jeová,

30.3
Sl 86.13
fizeste subir a minha alma do Sheol;

vivificaste-me dentre os que

30.3
Sl 28.1
descem à cova.

4

30.4
Sl 149.1
Cantai louvores a Jeová, vós que sois seus
30.4
Sl 50.5
santos,

30.4
Sl 97.12
e dai graças ao seu
30.4
Êx 3.15
Sl 135.13
Os 12.5
santo nome.

5Pois a

30.5
Sl 103.9
Is 26.20
54.7-8
sua ira dura apenas um momento.

No seu

30.5
Sl 118.1
favor, está a vida.

O choro pode

30.5
Sl 126.5
2Co 4.17
entrar à tarde para pousar;

pela manhã, porém, vem o cântico de júbilo.

6Quanto a mim,

30.6
Jó 29.18
dizia eu na minha prosperidade:

30.6
Sl 10.6
62.2,6
Nunca jamais serei abalado.

7Tu, Jeová, pelo teu favor, fizeras que o meu monte permanecesse forte.

30.7
Sl 104.29
143.7
Dt 31.17
Ocultaste o teu rosto, fiquei conturbado.

8A ti, Jeová, clamei

e ao Senhor supliquei.

9Que proveito há no meu sangue,

30.9
Sl 28.1
em ir eu para a cova?

Porventura, louvar-te-á

30.9
Sl 6.5
o pó? Declarará ele a tua verdade?

10

30.10
Sl 4.1
27.7
Ouve, Jeová, e compadece-te de mim.

Sê tu, Jeová,

30.10
Sl 27.9
54.4
o meu ajudador.

11Converteste o meu

30.11
Sl 6.8
Ec 3.4
Jr 31.4,13
pranto em regozijo,

30.11
Is 20.2
tiraste o meu cilício e cingiste-me de
30.11
Sl 4.7
alegria,

12a fim de que a

30.12
Sl 16.9
57.8
108.1
minha glória cante louvores a ti e não se cale.

Jeová, Deus meu,

30.12
Sl 44.8
dar-te-ei graças para sempre.