Tradução Brasileira (2010) (TB)
1

LIVRO I

O contraste entre os justos e os ímpios

11Feliz é o homem que não

1.1
Pv 4.4
anda segundo o
1.1
Sl 5.9-10
10.2-11
36.1-4
conselho dos iníquos,

nem no

1.1
Sl 17.4
119.104
caminho dos pecadores se detém,

nem na roda dos escarnecedores se

1.1
Sl 26.5
Jr 15.17
assenta.

2Mas o seu

1.2
Sl 119.14,16
prazer está na lei de Jeová,

e na sua lei medita

1.2
Sl 25.5
de dia e de
1.2
Sl 63.5-6
noite.

3Ele é qual

1.3
Sl 92.12-14
Jr 17.8
Ez 19.10
árvore plantada junto às correntes das águas,

que, em tempo próprio, dá o seu fruto,

e cuja folha não cai.

Ele

1.3
Gn 39.2-3,23
leva ao fim tudo quanto empreende.

4Não são assim os iníquos,

mas são como

1.4
Sl 35.5
Is 17.13
Jó 21.8
a moinha que o vento dispersa.

5Por isso,

1.5
Sl 5.5
os iníquos não subsistirão no
1.5
Sl 9.7-8,16
juízo,

nem os pecadores,

1.5
Sl 89.5,7
na congregação dos justos.

6Pois Jeová

1.6
Na 1.7
2Tm 2.19
conhece o caminho dos justos,

mas o caminho dos

1.6
Sl 9.5-6
11.6
iníquos perecerá.