Tradução Brasileira (2010) (TB)
17

A vara de Arão floresce

171Disse Jeová a Moisés: 2Fala aos filhos de Israel e recebe deles varas, uma pela casa de cada pai de todos os seus príncipes, segundo as casas de seus pais, isto é, doze varas; escreve o nome de cada um sobre a sua vara. 3Escreverás o nome de Arão sobre a vara de Levi, porque cada cabeça das casas de seus pais terá uma vara. 4Depositá-las-ás na tenda da revelação, diante do

17.4
Nm 17.7
Êx 25.16,21-22
Testemunho, onde venho a vós. 5Brotará a vara do
17.5
Nm 16.5
homem que eu escolher; assim farei cessar de mim as murmurações dos filhos de Israel, que murmuram contra vós. 6Falou Moisés aos filhos de Israel, e todos os seus príncipes deram-lhe varas, cada príncipe lhe deu uma, segundo as casas de seus pais, isto é, doze varas; e a vara de Arão achava-se entre as varas deles. 7Moisés depositou as varas diante de Jeová na
17.7
Nm 1.50,53
9.15
tenda do Testemunho.

8No dia seguinte, entrou Moisés na tenda do Testemunho; eis que a

17.8
Hb 9.4
vara de Arão pela casa de Levi tinha brotado, e, inchando os gomos, arrebentou em flores, e deu amêndoas maduras. 9Então, Moisés trouxe todas as varas de diante de Jeová a todos os filhos de Israel; eles viram, e receberam, cada um a sua vara. 10Disse Jeová a Moisés: Torna a pôr a vara de Arão
17.10
Nm 17.4
diante do Testemunho, para se guardar, como memorial, contra os
17.10
Dt 9.7,24
filhos de rebelião; para que faças acabar as suas murmurações contra mim, a fim de que não morram. 11Assim fez Moisés; como Jeová lhe ordenou, assim fez.

12Os filhos de Israel disseram a Moisés:

17.12
Is 6.5
Eis que expiramos, perecemos, todos nós perecemos. 13
17.13
Nm 1.51
Todo o que se chegar ao tabernáculo de Jeová morrerá; porventura, expiraremos todos?