Tradução Brasileira (2010) (TB)
1

A vocação de Jonas; a sua fuga e o seu castigo

11

1.1
2Rs 14.25
Mt 12.39-41
16.4
Lc 11.29-30,32
A palavra de Jeová veio a Jonas, filho de Amitai, dizendo: 2Levanta-te, vai à
1.2
Jn 3.2-3
4.11
grande cidade de
1.2
Gn 10.11
2Rs 19.36
Is 37.37
Na 1.1
Sf 2.13
Nínive
1.2
Is 53.1
e clama contra ela, porque
1.2
Gn 18.20
Os 7.2
a sua malícia subiu à minha presença. 3Jonas, porém, levantou-se para fugir
1.3
Sl 139.7,9,10
da presença de Jeová,
1.3
Is 23.1,6,10
Jr 10.9
para Társis. Desceu a
1.3
2Cr 2.16
Ed 3.7
At 9.36,43
Jope e achou um navio que ia para Társis; pagou, pois, a sua passagem e embarcou nele para ir com eles a Társis da presença de Jeová.

4Mas

1.4
Sl 107.25-28
135.7
Jeová lançou no mar um grande vento, e fez-se no mar uma grande tempestade, de sorte que o navio estava em perigo de se fazer em pedaços. 5Então, os marinheiros tiveram medo, e clamavam cada um
1.5
1Rs 18.26
ao seu deus,
1.5
At 27.18-19,38
e alijaram ao mar a carga que estava no navio, para o aliviarem. Jonas, porém, tinha descido ao interior do navio; e, tendo-se deitado, dormia um profundo sono. 6Chegou-se a ele o piloto e disse-lhe: Que estás fazendo, ó tu que dormes? Levanta-te,
1.6
Sl 107.23
clama ao teu Deus, a ver se, acaso,
1.6
Jn 3.9
2Sm 12.22
Am 5.15
Deus se lembrará de nós, para que não pereçamos. 7Disseram uns aos outros: Vinde,
1.7
Js 7.14-18
1Sm 10.20-21
14.41-42
At 1.23-26
e deitemos sortes, para sabermos por causa de quem nos acontece este mal. Deitaram, pois, sortes,
1.7
Nm 32.23
Pv 16.33
e a sorte caiu sobre Jonas. 8Então, lhe disseram:
1.8
Js 7.19
1Sm 14.43
Dize-nos: por causa de quem nos acontece este mal. Qual é a tua
1.8
Gn 47.3
1Sm 30.13
ocupação? Donde vens? Qual é a tua terra? E de que povo és? 9Respondeu-lhes ele: Eu sou
1.9
Gn 14.13
Êx 1.15
2.13
hebreu
1.9
2Rs 17.25,28,32-33
e temo a Jeová,
1.9
Ed 1.2
Ne 1.4
Sl 136.26
Dn 2.18
Deus do céu,
1.9
Ne 9.6
Sl 95.5
146.6
que fez o mar e a terra. 10Então, os homens ficaram possuídos de grande medo e lhe disseram: Que é isso que fizeste? Pois os homens souberam que ele
1.10
Jn 1.3
Jó 27.22
fugia da presença de Jeová, porque lho havia dito.

11Disseram-lhe: Que te faremos nós, para que o mar cesse de se levantar contra nós? Pois o mar se ia tornando cada vez mais tempestuoso. 12Respondeu-lhes:

1.12
2Sm 24.17
Levantai-me e lançai-me no mar; assim, cessará o mar de se levantar contra vós, porque eu sei que é
1.12
1Cr 21.17
por minha causa que vos sobreveio esta grande tempestade. 13Todavia, os homens se esforçavam com os remos para tornar a ganhar a terra; porém
1.13
Pv 21.30
não podiam, pois o mar se ia tornando cada vez mais tempestuoso contra eles. 14Por isso, clamaram
1.14
Jn 1.16
Sl 107.28
a Jeová e disseram: Rogamos-te, Jeová, que não pereçamos por causa da vida deste homem e que não faças cair sobre nós o sangue inocente; pois tu,
1.14
Sl 115.3
135.6
Dn 4.34-35
Jeová, fizeste como foi do teu agrado. 15Levantaram, pois, a Jonas e lançaram-no ao mar; e o mar
1.15
Sl 65.7
93.3-4
107.29
cessou da sua fúria. 16Então, os homens temeram em extremo a Jeová; ofereceram sacrifícios
1.16
1Sm 6.2-5
Dn 4.34-37
a Jeová e fizeram
1.16
Sl 50.14
66.13-14
votos.

Jonas no ventre do grande peixe; sua oração e seu salvamento

17

1.17
Jn 4.6
Jeová preparou um grande peixe que tragasse a Jonas, e Jonas esteve no
1.17
Mt 12.40
ventre do peixe três dias e três noites.

2

21Então, orou Jonas a Jeová, seu Deus, lá

2.1
Jó 13.15
Sl 130.1-2
Lm 3.53-56
do ventre do peixe. 2Ele disse:

Da minha aflição,

2.2
1Sm 30.6
Sl 18.4-6
22.24
120.1
clamei a Jeová,

e ele me respondeu;

do ventre do

2.2
Sl 18.5-6
61.2
86.13
83.1-7
Sheol gritei,

e tu ouviste a minha voz.

3Pois me

2.3
Sl 69.1-2,14-15
Lm 3.54
lançaste no profundo, no coração dos mares,

e a corrente das águas me cercou;

todas as tuas

2.3
Sl 42.7
ondas e as tuas vagas passaram por cima de mim.

4Eu disse:

2.4
Sl 31.22
Jr 7.15
Lançado estou de diante dos teus olhos;

todavia, tornarei a olhar

2.4
1Rs 8.38
2Cr 6.38
Sl 5.7
para o teu santo templo.

5

2.5
Lm 3.54
As águas me cercaram até a alma,

2.5
Sl 69.1-2
o abismo me rodeou;

a alga se pegava à minha cabeça.

6

2.6
Sl 18.5
116.3
Desci até os fundamentos dos montes;

a terra me encerrou para sempre com os seus

2.6
Is 38.10
Mt 16.18
ferrolhos;

contudo, tu, Jeová, meu Deus,

2.6
Jó 33.28
Sl 16.10
30.3
Is 38.17
fizeste subir da cova a minha vida.

7Quando, dentro de mim,

2.7
Sl 142.3
desfalecia a minha alma,
2.7
Sl 77.10-11
143.5
lembrei-me de Jeová;

e entrou a ti a

2.7
2Cr 30.27
Sl 18.6
minha oração, no
2.7
Jn 2.4
Sl 11.4
65.4
Mq 1.2
Hc 2.20
teu santo templo.

8Os que

2.8
2Rs 17.15
Sl 31.6
Jr 16.19
observam vaidades mentirosas

abandonam aquele que lhes é misericordioso.

9Eu, porém,

2.9
Sl 50.14,23
Jr 33.11
Os 14.2
te oferecerei sacrifícios com a voz de ação de graças;

2.9
Jó 22.27
Ec 5.4-5
pagarei o que votei.

2.9
Sl 3.8
Is 45.17
A Jeová pertence a salvação.

10Jeová falou ao

2.10
Jn 1.17
peixe, e o peixe vomitou a Jonas na terra.