Tradução Brasileira (2010) (TB)

A videira e as varas

151

15.1
cp.
Eu sou a verdadeira videira, e meu Pai é o
15.1
cp.
viticultor. 2Toda vara em mim que não dá fruto, ele a corta; e toda vara que dá fruto, ele a limpa, para que o dê mais abundante. 3
15.3
Jo 13.10
17.17Ef 5.26
Vós já estais limpos pela palavra que vos tenho falado; 4
15.4
Jo 15.4-7
1Jo 2.6
Jo 6.56
permanecei em mim, e eu permanecerei em vós. Como a vara não pode dar fruto de si mesma, se não permanecer na videira, assim nem vós o podeis dar, se não permanecerdes em mim. 5Eu sou a videira; vós sois as varas. Aquele que permanece em mim e no qual eu permaneço
15.5
cp.
dá muito fruto, pois sem mim nada podeis fazer. 6Se alguém não permanecer em mim, é
15.6
Jo 15.2
lançado fora, como a vara, e seca-se; semelhantes varas são ajuntadas, lançadas no fogo e elas ardem. 7Se permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós,
15.7
Mt 7.7
Jo 15.16
pedi o que quiserdes, e ser-vos-á feito. 8
15.8
Mt 5.16
Nisso é glorificado meu Pai, em que deis muito fruto; e assim vos
15.8
Jo 8.31
tornareis meus discípulos. 9Como
15.9
Jo 17.23-24,26
Jo 3.35
o Pai me amou, assim também eu vos amei; permanecei no meu amor. 10
15.10
cp.
Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor, assim como
15.10
cp.
eu tenho guardado os mandamentos de meu Pai e permaneço no seu amor. 11
15.11
Jo 17.13
Eu vos tenho dito essas coisas a fim de que o meu gozo esteja em vós, e o
15.11
Jo 3.29
vosso gozo seja completo. 12Este é
15.12
Jo 13.34
Jo 15.17
o meu mandamento: que vos ameis uns aos outros como eu vos amei. 13Ninguém tem
15.13
Rm 5.7
maior amor do que este:
15.13
cp.
de dar alguém a sua vida pelos seus amigos. 14Vós sois meus
15.14
Lc 12.4
amigos,
15.14
Mt 12.50
se fizerdes o que vos mando. 15Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque vos revelei
15.15
cp.
tudo quanto ouvi de meu Pai. 16
15.16
Jo 15.19
Jo 6.7013.18
Vós não me escolhestes a mim, mas eu vos escolhi a vós e vos designei para que vades e
15.16
cp.
deis fruto, e o vosso fruto permaneça, a fim de que
15.16
Jo 14.13
16.23Jo 15.7
tudo quanto pedirdes ao Pai, em meu nome, ele vo-lo conceda. 17Isto
15.17
Jo 15.12
vos mando: que vos ameis uns aos outros. 18
15.18
Jo 7.7
1Jo 3.13
Se o mundo vos aborrece, sabei que primeiro do que a vós me tem aborrecido a mim. 19
15.19
cp.
Se vós fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu; mas, como não sois do mundo, antes, vos
15.19
Jo 15.16
escolhi eu do mundo,
15.19
Jo 17.14
por isso é que o mundo vos aborrece. 20Lembrai-vos das palavras que eu vos disse:
15.20
Jo 13.16
o servo não é maior do que seu senhor. Se me perseguiram a mim,
15.20
1Co 4.12
2Co 4.9
2Tm 3.12
também vos hão de perseguir a vós;
15.20
cp.
se guardaram as minhas palavras, também hão de guardar as vossas. 21Mas todas essas coisas vos farão
15.21
Mt 10.22
24.9
Mc 13.13
Lc 21.12,17At 4.17
5.41
9.14
26.9
1Pe 4.14
Ap 2.3
por causa do meu nome,
15.21
Jo 16.38.19,55
17.25
At 3.17
1Jo 3.1
porque não conhecem aquele que me enviou. 22
15.22
cp.
Se eu não viera e não lhes falara, não teriam eles cometido pecado; agora, porém, não têm desculpa do seu pecado. 23Aquele que me aborrece aborrece também a meu Pai. 24Se eu não tivesse feito entre eles
15.24
Jo 5.3610.37
tais obras, quais nenhum outro fez, não teriam cometido pecado; mas agora não somente têm eles visto, mas também aborrecido tanto a mim como a meu Pai. 25Mas isso é para que se cumpra a palavra que está escrita na sua
15.25
Jo 10.34
Sl 35.19
69.4
Lei: Eles me aborreceram sem motivo. 26Quando, porém, vier o
15.26
Jo 14.16
Paráclito,
15.26
Jo 14.26
que eu vos enviarei da parte do Pai,
15.26
Jo 14.17
o Espírito da verdade, que procede do Pai, este
15.26
1Jo 5.7
dará testemunho de mim; 27
15.27
Jo 19.35
21.24
1Jo 1.2
4.14
Lc 24.48
e vós também dareis testemunho, porque estais comigo
15.27
Lc 1.2
desde o princípio.

16

A missão do Paráclito

161Eu tenho dito

16.1
Jo 15.18-27
essas coisas, para que não vos
16.1
Mt 11.6
escandalizeis. 2
16.2
Jo 9.22
Expulsar-vos-ão das sinagogas; ainda mais
16.2
Jo 4.21Jo 16.25
vem a hora em que
16.2
At 26.9-11Is 66.5
Ap 6.9
todo o que vos mata julgará oferecer um culto a Deus. 3Isso farão,
16.3
Jo 15.218.15,55
17.25
At 3.17
1Jo 3.1
porque não conheceram ao Pai, nem a mim. 4Ora, eu vos tenho dito essas coisas,
16.4
cp.
para que, quando chegar aquela hora, vos lembreis de que eu vo-las disse. Não vo-las disse
16.4
Lc 1.2
Jo 15.27
desde o princípio, porque estava convosco. 5Agora, porém,
16.5
Jo 7.33
Jo 16.10,17,28
vou para aquele que me enviou, e nenhum de vós me pergunta:
16.5
Jo 13.36
14.5
Para onde vais? 6Antes, porque vos tenho falado essas coisas,
16.6
Jo 16.22Jo 14.1
encheu-se o vosso coração de tristeza. Contudo, eu vos digo a verdade: 7convém-vos que eu vá. Pois, se eu não for, não virá a vós o
16.7
Jo 14.16
15.26
Paráclito; mas, se eu for,
16.7
Jo 14.26
15.26
enviar-vo-lo-ei. 8Quando ele vier, convencerá o mundo de pecado, de justiça e de juízo; 9de pecado,
16.9
Jo 15.22,24
porque não creem em mim; 10de
16.10
cp.
justiça,
16.10
Jo 16.5
porque vou para o Pai, e não me vereis mais; 11
16.11
Jo 12.31
de juízo, porque o príncipe deste mundo está julgado. 12Tenho ainda muito que vos dizer, mas não o podeis suportar agora; 13quando vier, porém, aquele
16.13
Jo 14.17
Espírito da verdade,
16.13
Jo 14.26
ele vos guiará a toda a verdade; porque não falará por si mesmo, mas dirá o que tiver ouvido e vos anunciará as coisas que estão para vir. 14Ele me
16.14
Jo 7.39
glorificará, porque há de receber do que é meu e vo-lo há de anunciar. 15
16.15
Jo 17.10
Tudo o que o Pai tem é meu; por isso eu vos disse que ele receberá do que é meu e vo-lo anunciará. 16
16.16
Jo 7.33
Um pouco
16.16
Jo 16.16-24Jo 14.18-24
e já não me vereis, e outra vez um pouco
16.16
Jo 16.22
e ver-me-eis. 17Então alguns de seus discípulos perguntaram entre si: Que vem a ser isso que ele nos diz:
16.17
Jo 16.16
Um pouco e já não me vereis, e outra vez um pouco e ver-me-eis; e: Porque
16.17
Jo 16.5
eu vou para o Pai? 18Diziam, pois: Que vem a ser esse “um pouco”? Não compreendemos o que está ele dizendo. 19
16.19
cp.
Jesus, percebendo que desejavam interrogá-lo, perguntou-lhes: Indagais entre vós sobre o que vos disse: Um pouco e já não me vereis, e outra vez um pouco e ver-me-eis? 20Em verdade, em verdade vos digo que
16.20
Mc 16.10
Lc 23.27
vós haveis de chorar e lamentar, mas o mundo há de regozijar-se; vós vos entristecereis,
16.20
Jo 20.20
mas a vossa tristeza se tornará em gozo. 21
16.21
cp.
A mulher, quando dá à luz, enche-se de tristeza, porque chegou a sua hora; mas depois de nascida a criança, já não se lembra da aflição pelo gozo de haver um homem nascido ao mundo. 22
16.22
Jo 16.6
Assim também vós estais agora em tristeza; mas
16.22
Jo 16.16
eu vos tornarei a ver, e o vosso coração se encherá de gozo, e esse gozo ninguém vo-lo tirará. 23
16.23
Jo 16.26
Jo 14.20
Naquele dia
16.23
cp.
nada me perguntareis. Em verdade, em verdade vos digo que,
16.23
Jo 15.16
se pedirdes alguma coisa ao Pai, ele vo-la concederá em meu nome. 24
16.24
Jo 14.14
Até agora nada tendes pedido em meu nome; pedi, e recebereis, para que o
16.24
Jo 3.2915.11
vosso gozo seja completo.

Palavras de despedida

25Estas coisas vos tenho falado por

16.25
Jo 16.29Jo 10.6
Mt 13.34
figuras;
16.25
Jo 16.2
vem a hora, em que não vos falarei mais por figuras, mas vos falarei abertamente acerca do Pai. 26Naquele dia pedireis em meu nome, e não vos digo que eu rogarei ao Pai por vós; 27
16.27
Jo 14.21,23
pois o Pai mesmo vos ama, visto que vós me tendes amado e
16.27
Jo 16.302.11
crido que
16.27
Jo 8.42Jo 16.30
eu saí de Deus. 28Saí do Pai e vim ao mundo, outra vez deixo o mundo
16.28
Jo 16.5,10,17
Jo 13.1,3
e volto para o Pai. 29Disseram seus discípulos: Agora é que falas abertamente e não usas mais de
16.29
Jo 16.25Jo 10.6
Mt 13.34
figuras. 30Agora vemos que tu sabes todas as coisas, e que não precisas de ser interrogado; por isso
16.30
Jo 16.272.11
cremos que
16.30
Jo 8.42Jo 16.27-28
saíste de Deus. 31Disse-lhes Jesus: Agora credes? 32Eis que
16.32
Jo 4.23Jo 16.2,25
vem a hora e é já chegada,
16.32
Mt 26.31Zc 13.7
em que sereis espalhados cada um para
16.32
Jo 19.27
o seu lado e me deixareis só; mas
16.32
Jo 8.29
eu não estou só, porque o Pai está comigo. 33Eu vos tenho falado essas coisas para que
16.33
Jo 14.27
tenhais paz em mim.
16.33
Jo 15.18
No mundo tereis tribulações;
16.33
Mt 9.2
mas tende bom ânimo;
16.33
cp.
eu tenho vencido o mundo.

17

A oração sacerdotal de Jesus

171Depois de assim falar, Jesus,

17.1
Jo 11.41
levantando os olhos ao céu, disse: Pai, é chegada a hora;
17.1
cp.
glorifica a teu Filho, para que o Filho te glorifique a ti, 2assim como
17.2
Jo 3.35
lhe deste poder sobre toda a humanidade, a fim de que ele
17.2
Jo 10.28
conceda vida eterna
17.2
Jo 17.6,9,24
Jo 6.37,39
a todos aqueles que tu lhe tens dado. 3A vida eterna, porém, é esta: que conheçam a ti,
17.3
Jo 5.44
único verdadeiro Deus, e a Jesus Cristo,
17.3
Jo 3.17
Jo 17.8,18,21,23,25
aquele que tu enviaste. 4
17.4
cp.
Eu te glorifiquei na terra,
17.4
Jo 4.34Lc 22.37
cumprindo a obra que me tens dado para fazer; 5agora,
17.5
Jo 17.1
glorifica-me tu, Pai, contigo mesmo com a glória que eu tive
17.5
cp.
junto de ti, antes que houvesse mundo. 6
17.6
Jo 17.26
Manifestei o teu nome aos homens que me deste do mundo.
17.6
Jo 17.9
Eram teus, e tu mos deste, e eles têm
17.6
Jo 8.51
guardado a tua palavra. 7Agora, eles conhecem que todas as coisas que me tens dado vêm de ti; 8porque
17.8
Jo 17.14,26
Jo 15.15
eu lhes tenho dado
17.8
Jo 6.68
12.49
as palavras que me deste, e eles as receberam, e verdadeiramente conheceram que
17.8
Jo 8.42
16.27,30
saí de ti, e creram que tu me enviaste. 9
17.9
cp.
Eu rogo por eles;
17.9
cp.
não rogo pelo mundo, mas por aqueles que me tens dado, porque são teus; 10
17.10
Jo 16.15
tudo o que é meu é teu; e tudo o que é teu é meu; e neles sou glorificado. 11Não estou mais no mundo, mas
17.11
Jo 13.1
eles estão no mundo,
17.11
Jo 17.13Jo 7.33
e eu vou para ti.
17.11
cp.
Pai santo, guarda-os no teu nome,
17.11
cp.
no nome que me deste, para que
17.11
Jo 17.21Rm 12.5
Gl 3.28
eles sejam um, assim como nós. 12Quando eu estava com eles, guardava-os no teu nome,
17.12
cp.
que me deste, e protegi-os,
17.12
Jo 6.39
18.9
e nenhum deles se perdeu, a não ser
17.12
cp.
o filho da perdição, para que se cumprisse
17.12
Sl 41.9
a Escritura. 13Mas agora
17.13
Jo 17.13Jo 7.33
vou para ti, e
17.13
Jo 15.11
isso falo no mundo, para que eles tenham
17.13
Jo 3.29
o meu gozo completo em si mesmos. 14Eu lhes tenho dado a tua palavra,
17.14
Jo 15.19
e o mundo os aborreceu, porque
17.14
Jo 17.16
Jo 8.23
eles não são do mundo, como eu não sou do mundo. 15Não rogo que os tires do mundo, mas que os guardes do
17.15
Mt 5.37
Maligno. 16
17.16
Jo 17.14
Eles não são do mundo, como eu não sou do mundo. 17
17.17
cp.
Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade. 18Assim
17.18
Jo 17.3,8,21,23,25
Jo 3.17
como tu me enviaste ao mundo,
17.18
Jo 20.21Mt 10.5
Jo 4.38
também eu os enviei ao mundo. 19Por amor deles,
17.19
cp.
me santifico, para que eles também em mim mesmo sejam santificados
17.19
2Co 7.14
Cl 1.6
1Jo 3.18
em verdade. 20Não rogo somente por estes, mas também por aqueles que creem em mim por meio da sua palavra; 21a fim de que todos sejam um; e que,
17.21
Jo 10.38
Jo 17.23Jo 17.11
como tu, Pai, és em mim, e eu, em ti, também sejam eles em nós; para que
17.21
cp.
o mundo creia que tu me enviaste. 22Eu lhes tenho dado
17.22
Jo 17.24Jo 1.14
a glória que tu me tens dado, para que sejam um como nós somos um; 23eu neles, e tu em mim, para que sejam aperfeiçoados em um; e para que o mundo conheça que tu me enviaste e que
17.23
Jo 16.27
tu os amaste, como também amaste a mim. 24Pai, quero que,
17.24
Jo 12.26
onde eu estou, estejam comigo os que
17.24
Jo 17.2
me tens dado, a fim de verem a minha glória que me tens dado, pois me amaste antes
17.24
Mt 25.34Jo 17.5
da fundação do mundo. 25
17.25
cp.
Pai justo,
17.25
Jo 7.29
15.21
o mundo não te conheceu, mas eu te conheci; e estes conheceram que tu me enviaste. 26
17.26
Jo 17.6
Eu lhes fiz conhecer o teu nome e o farei conhecer, a fim de que
17.26
Jo 15.9
o amor com que me amaste esteja neles, e eu, neles.