Tradução Brasileira (2010) (TB)
6

Jerusalém ameaçada de ser sitiada

61Do meio de Jerusalém levai, filhos de Benjamim, os vossos bens para um lugar seguro; tocai a trombeta em

6.1
2Sm 14.2,4,9
2Cr 11.6
Am 1.1
Tecoa e levantai o estandarte sobre
6.1
Ne 3.14
Bete-Haquerém, porque da banda do
6.1
Jr 6.22
Jr 1.14
4.6
Norte aparece um mal e uma grande destruição. 2Quanto à mulher formosa e
6.2
Dt 28.56
delicada, à
6.2
Jr 4.31
Is 1.8
filha de Sião, eu a exterminarei. 3A ela virão
6.3
Jr 12.10
pastores com os seus rebanhos; contra ela
6.3
Jr 4.17
2Rs 25.1
Lc 19.43
armarão ao redor as suas tendas; e cada um apascentará no seu lugar. 4
6.4
Jr 6.23
Jl 3.9
Preparai contra ela a guerra; levantai-vos, e subamos
6.4
Jr 15.8
Sf 2.4
ao meio-dia. Ai de nós! Porque já declina o dia, porque as sombras da tarde se dilatam. 5Levantai-vos, e subamos de noite e
6.5
Jr 52.13
Is 32.14
destruamos os seus palácios. 6Pois assim disse Jeová dos Exércitos:
6.6
Dt 20.19-20
Cortai as suas árvores e levantai uma
6.6
Jr 32.24
33.4
tranqueira contra Jerusalém. Esta é a cidade que foi visitada por dentro; ela
6.6
Jr 22.17
está cheia de opressão. 7
6.7
Tg 3.10-12
Como o poço conserva frescas as suas águas, assim ela conserva fresca a sua malícia;
6.7
Jr 20.8
Sl 55.9-11
Ez 7.11,23
a violência e o despojo se ouvem nela; diante de mim estão sem cessar
6.7
Jr 30.12-13
a enfermidade e as feridas. 8
6.8
Jr 7.28
17.23
Deixa-te ser admoestada, Jerusalém,
6.8
Ez 23.18
Os 9.12
para que não se aparte de ti a minha alma, para que eu não te torne em desolação e em terra não habitada.

9Assim diz Jeová dos Exércitos: Na verdade,

6.9
Jr 16.16
49.9
Ob 5,6
rabiscarão como uma vinha
6.9
Jr 8.3
11.23
o resto de Israel; torna a tua mão, como vindimador, às gavinhas. 10A quem falarei e darei testemunho, para que ouçam? Eis que os seus
6.10
Jr 4.4
5.21
7.26
At 7.51
ouvidos estão incircuncidados e eles não podem escutar; eis que
6.10
Jr 20.8
a palavra de Jeová se lhes tornou em opróbrio; nela não têm prazer. 11Por isso, estou
6.11
Jó 32.18-19
Mq 3.8
cheio do furor de Jeová; estou
6.11
Jr 15.6
20.9
cansado de me conter.
6.11
Jr 7.20
9.21
Derrama-o sobre os meninos na rua e juntamente sobre a assembleia dos mancebos. Pois o marido será tomado com a mulher, o velho, com o que está cheio de dias; 12as suas
6.12
Jr 8.10
38.22
Dt 28.30
casas passarão a outros, os campos e igualmente as mulheres, porque
6.12
Jr 15.6
estenderei a minha mão sobre os habitantes da terra, diz Jeová. 13
6.13
Jr 8.10
22.17
Desde o menor até o maior deles, cada um se entrega à
6.13
Jr 8.10
22.17
Is 56.11
57.17
cobiça; e, desde o profeta até o sacerdote, cada um procede perfidamente. 14Também
6.14
Jr 8.11-12
Ez 13.10
curam superficialmente o mal do meu povo, dizendo: Paz, paz; quando não há paz. 15Serão
6.15
Jr 3.3
8.12
envergonhados, por terem cometido abominação, esses que de maneira alguma sentem vergonha, nem tampouco sabem que coisa é confundir-se. Portanto, cairão entre os que caem; no tempo em que eu os visitar, tropeçarão, diz Jeová.

A queda de Jerusalém sobrevirá por causa das suas iniquidades

16Assim diz Jeová: Ponde-vos nos caminhos, vede e perguntai pelas

6.16
Jr 12.16
18.15
31.21
Is 8.20
Ml 4.4
Lc 16.29
antigas veredas, onde está o bom caminho; andai nele e
6.16
Mt 11.29
achareis descanso para as vossas almas. Mas disseram: Não andaremos nele. 17Eu pus sobre vós
6.17
Jr 25.4
Is 21.11
58.1
Ez 3.17
Hc 2.1
atalaias, dizendo: Escutai o som da trombeta; mas disseram: Não escutaremos. 18Portanto ouvi, ó nações, e informa-te, ó congregação, do que se acha entre eles. 19
6.19
Jr 22.29
Is 1.2
Ouve, terra. Eis que vou
6.19
Jr 19.3,15
trazer calamidades sobre este povo, a saber,
6.19
Pv 1.31
o fruto dos seus pensamentos, porque não escutaram as minhas palavras e
6.19
Jr 8.9
rejeitaram a minha lei. 20
6.20
Sl 40.6
50.7-9
Is 1.11
66.3
Am 5.21
Mq 6.6
Para que, pois, me vem de Sabá
6.20
Is 60.6
o incenso, e dum país remoto a
6.20
Êx 30.23
cana aromática? Os vossos
6.20
Jr 7.21
14.12
holocaustos não me são aceitos, nem os vossos sacrifícios me são agradáveis. 21Portanto, assim diz Jeová: Eis que
6.21
Jr 13.16
Is 8.14
vou pôr tropeços diante deste povo, e tropeçarão neles juntamente
6.21
Jr 9.21-22
Is 9.14-17
os pais e os filhos; o vizinho e o seu amigo perecerão.

22Assim diz Jeová: Eis que da terra do Norte

6.22
Jr 1.15
5.15
10.22
50.41-43
vem um povo, e
6.22
Ne 1.9
dos últimos confins da terra será suscitada uma grande nação. 23Trazem
6.23
Jr 4.29
Is 13.18
arco e escudo; são
6.23
Jr 50.42
cruéis e não têm misericórdia; a voz deles
6.23
Is 5.30
brama como o mar, e montam em cavalos, disposto cada um como homem de guerra contra ti, filha de Sião. 24Temos
6.24
Jr 4.19-21
Is 28.19
ouvido a fama disso: afrouxam-se as nossas mãos; apoderaram-se de nós a angústia e
6.24
Jr 4.31
13.21
30.6
Is 21.3
as dores como as da mulher que está de parto. 25
6.25
Jr 14.18
Não saiais ao campo, nem andeis pelo caminho, porque ali está
6.25
Jr 12.12
a espada do inimigo,
6.25
Jr 20.10
46.5
49.29
e há terror por todos os lados. 26Ó filha do meu povo,
6.26
Jr 4.8
cinge-te de saco e
6.26
Jr 25.34
Mq 1.10
revolve-te na cinza;
6.26
Am 8.10
Zc 12.10
toma luto como por um filho único, pranto amargosíssimo; porque de repente virá sobre nós o despojador.

27Por averiguador e fortaleza

6.27
Jr 1.18
15.20
te pus entre o meu povo, para que saibas e
6.27
Jr 9.7
examines o seu caminho. 28Todos eles são sobremaneira
6.28
Jr 5.23
refratários,
6.28
Jr 9.4
andam espalhando calúnias, são
6.28
Ez 22.18
cobre e ferro;
6.28
Jr 6.13
todos eles procedem aleivosamente. 29Sopram a fole, consumido está do fogo o chumbo; debalde, continuam a fundição, porque os
6.29
Jr 15.19
iníquos não são separados. 30
6.30
Sl 119.119
Is 1.22
Prata de refugo lhes chamarão, porque Jeová
6.30
Jr 7.29
os refugou.

7

Promessas e ameaças proferidas à porta do templo

71A

7.1
Jr 26.1-2
Palavra que da parte de Jeová veio a Jeremias, dizendo: 2
7.2
Jr 17.19
Põe-te em pé na porta da Casa de Jeová, e proclama ali esta palavra, e dize:
7.2
Jr 2.4
10.1
1Rs 22.19
Is 1.10
Ouvi a palavra de Jeová, todo Judá que entrais por estas portas para adorardes a Jeová. 3Assim diz Jeová dos Exércitos, Deus de Israel:
7.3
Jr 7.5
Jr 4.1
18.11
26.13
Emendai os vossos caminhos e os vossos feitos, e vos farei habitar neste lugar. 4
7.4
Jr 7.8
Mq 3.11
Não confieis em palavras mentirosas, dizendo:
7.4
Jr 7.9-11,14
Templo de Jeová, templo de Jeová é este. 5
7.5
Jr 4.1-2
Is 1.19
Se emendardes radicalmente os vossos caminhos e os vossos feitos; se deveras
7.5
Jr 21.12
22.3
1Rs 6.12-13
executardes o juízo entre um homem e o seu próximo; 6se não oprimirdes o estrangeiro,
7.6
Jr 5.28
Êx 22.21-24
o órfão e a viúva
7.6
Jr 2.34
19.4
e não derramardes neste lugar o sangue inocente, nem, em prejuízo vosso,
7.6
Jr 13.10
Dt 6.14-15
8.19
11.28
andardes após outros deuses, 7então, vos farei
7.7
Jr 4.1
Dt 4.40
habitar neste lugar,
7.7
Jr 3.18
na terra que dei a vossos pais, desde os tempos antigos e para sempre.

8Eis que vós confiais em

7.8
Jr 7.4
Jr 13.25
23.32
28.15
palavras mentirosas, que não vos podem aproveitar. 9Acaso,
7.9
Êx 20.3,13-16
furtareis, matareis, cometereis adultério, jurareis falso,
7.9
Jr 11.13,17
queimareis incenso a Baal e andareis após
7.9
Jr 7.6
Jr 19.4
outros deuses a quem não conhecestes, 10e
7.10
Ez 23.39
vireis a apresentar-vos diante de mim
7.10
Jr 7.11,14,30
Jr 32.34
nesta casa, que é chamada do meu nome, e direis:
7.10
Jr 2.23,35
Somos livres, para que pratiqueis todas estas abominações? 11
7.11
Is 56.7
Esta casa, que é chamada do meu nome, porventura, se tornou aos vossos olhos
7.11
Mt 21.13
Mc 11.17
Lc 19.46
um covil de salteadores? Eis que
7.11
Jr 29.23
eu, eu o vi, diz Jeová.

12Pois ide, agora, ao meu lugar que estava em

7.12
Jr 26.6
Jz 18.31
Siló, onde no princípio
7.12
Jz 18.1,10
fiz habitar o meu nome,
7.12
1Sm 4.10-11,22
Sl 78.60-64
e vede o que lhe fiz por causa da maldade do meu povo de Israel. 13Agora, porque fizestes todas essas obras, diz Jeová, porque eu vos falei,
7.13
Jr 7.25
Jr 11.7
2Cr 36.15
levantando-me cedo e
7.13
Jr 35.17
falando, mas vós não ouvistes; porque
7.13
Pv 1.24
Is 65.12
66.4
vos chamei, porém não respondestes; 14portanto, como
7.14
Jr 7.12
fiz a Siló, assim farei
7.14
Dt 12.5
1Rs 9.7
à casa que é chamada do meu nome,
7.14
Jr 7.4
e em que vós confiais, e ao lugar que vos dei a vós e a vossos pais. 15
7.15
Jr 15.1
52.3
Lançar-vos-ei de diante da minha face, como
7.15
2Rs 17.23
lancei a todos os vossos irmãos, a toda a linhagem de
7.15
Sl 78.67
Os 7.13
9.3
12.1
Efraim.

16Tu, pois,

7.16
Jr 11.14
Êx 32.10
Dt 9.14
não rogues por este povo, não levantes por ele clamor nem oração, não me importunes, porque
7.16
Jr 15.1
te não escutarei. 17Acaso, não vês tu o que
7.17
Jr 11.13
44.6
fazem nas cidades de Judá e nas ruas de Jerusalém? 18Os filhos ajuntam lenha, os pais acendem fogo, e
7.18
Jr 44.17-19
as mulheres preparam massas para fazerem tortas à rainha do céu e
7.18
Jr 10.13
oferecerem libações a outros deuses, afim de me
7.18
Jr 11.17
Dt 32.16,21
1Rs 14.9
16.2
Ez 8.17
provocarem à ira. 19
7.19
Jó 35.6
Acaso, eles a mim me provocam à ira? — diz Jeová; não se provocam a si mesmos
7.19
Jr 9.19
15.9
22.22
à confusão do seu rosto? 20Portanto, assim diz o Senhor Jeová: Eis que a minha
7.20
Jr 6.11-12
42.18
Is 42.25
Lm 2.3-5
4.11
ira e o meu furor serão derramados sobre este lugar, e sobre os homens, e sobre os animais, e sobre as
7.20
Jr 8.13
11.16
árvores do campo, e sobre os frutos da terra; acender-se-á e não se apagará.

21Assim diz Jeová dos Exércitos, o Deus de Israel:

7.21
Jr 6.20
14.12
Is 1.11
Am 5.21
Ajuntai os vossos holocaustos aos vossos sacrifícios,
7.21
Ez 33.25
Os 8.13
e comei carne. 22Pois no dia em que os tirei da terra do Egito
7.22
1Sm 15.22
Sl 51.16
Os 6.6
não falei com vossos pais, não lhes dei mandamento acerca de holocaustos ou sacrifícios; 23mas dei-lhes este mandamento, dizendo:
7.23
Êx 15.26
Dt 6.3
Escutai a minha voz,
7.23
Jr 11.4
13.11
Êx 19.5-6
Lv 26.12
e eu serei o vosso Deus, e vós sereis o meu povo; andai por todo o caminho que vos ordeno, para que
7.23
Jr 38.20
42.6
Is 3.10
te vá bem. 24Porém
7.24
Jr 11.8
Sl 81.11
Ez 20.8,13,16,21
não escutaram, nem inclinaram os seus ouvidos,
7.24
Jr 15.6
mas andaram para trás em vez de irem para diante. 25Desde o dia em que vossos pais saíram da terra do Egito até o dia de hoje, tenho-vos
7.25
Jr 7.13
Jr 25.4
2Cr 36.15
Lc 11.49
enviado todos os meus servos, os profetas, levantando-me cedo cada dia e enviando-os. 26Contudo,
7.26
Jr 7.24
não me escutaram, nem inclinaram os seus ouvidos,
7.26
Jr 17.23
19.15
Ne 9.17
mas endureceram a sua cerviz:
7.26
Jr 16.12
Mt 23.32
fizeram pior que seus pais.

27

7.27
Jr 1.8
26.2
Ez 2.7
Dir-lhes-ás todas estas palavras, porém
7.27
Jr 7.13
Ez 3.7
não te escutarão; chamá-los-ás, porém não
7.27
Is 50.2
65.12
Zc 7.13
te responderão. 28Dir-lhes-ás: Esta é a nação que
7.28
Jr 6.17
11.10
não escutou a voz de Jeová, seu Deus,
7.28
Jr 5.3
Sl 50.17
nem recebeu instrução;
7.28
Jr 9.5
Is 59.14-15
já pereceu a verdade, e está exterminada da boca deles.

A abominação de Tofete e o seu castigo

29

7.29
Jr 16.6
Jó 1.20
Is 15.2
22.12
Mq 1.16
Corta os teus cabelos, Jerusalém, e lança-os fora,
7.29
Jr 3.21
9.17-18
e levanta um pranto sobre os altos escalvados; porque Jeová
7.29
Jr 6.30
14.19
rejeitou e desamparou a geração, objeto do seu furor. 30Pois os filhos de Judá fizeram o que é mau aos meus olhos, diz Jeová;
7.30
Jr 32.34-35
2Rs 21.4
2Cr 33.4-5,7
Ez 7.20
Dn 9.27
11.31
puseram as suas abominações na casa, que é chamada do meu nome, para a profanarem. 31
7.31
Jr 19.5
2Rs 23.10
Edificaram os altos de Tofete, que está no vale do filho de Hinom,
7.31
2Rs 17.17
Sl 106.38
para queimarem no fogo seus filhos e suas filhas, coisa
7.31
Dt 17.3
que não ordenei, nem me veio à mente. 32
7.32
Jr 19.6-7
Portanto, eis que vêm os dias, diz Jeová, em que não se chamará mais Tofete, nem vale do filho de Hinom, mas vale de matança;
7.32
Jr 19.11
2Rs 23.10
e enterrarão em Tofete, por não haver mais outro lugar. 33
7.33
Jr 12.9
Dt 28.26
Sl 79.2
Os cadáveres deste povo servirão de pasto às aves do céu, e aos animais da terra; e ninguém os enxotará. 34Então, das cidades de Judá e das ruas de Jerusalém farei
7.34
Jr 16.9
Is 24.7-8
Ez 26.13
Os 2.11
cessar a voz de gozo e a voz de alegria, a voz do noivo e a voz da noiva; porque
7.34
Jr 4.27
Is 1.7
a terra se converterá em ermo.

8

81Naquele tempo, diz Jeová,

8.1
Ez 6.5
tirarão fora dos seus sepulcros os ossos dos reis de Judá, e os ossos dos príncipes, e os ossos dos sacerdotes, e os ossos dos profetas, e os ossos dos habitantes de Jerusalém. 2Expô-los-ão ao sol, e à lua, e a todo o
8.2
Jr 19.13
2Rs 23.5
Sf 1.5
At 7.42
exército do céu, a quem eles amaram, e a quem serviram, e após quem andaram, e a quem buscaram, e a quem adoraram; não serão recolhidos,
8.2
Jr 22.19
36.30
nem sepultados; serão
8.2
Jr 9.22
2Rs 9.37
Sl 83.10
por esterco sobre a face da terra. 3Escolherão
8.3
Jó 3.21-22
7.15-16
Jn 4.3
Ap 9.6
antes a morte que a vida todos os que ficarem dessa malvada família, em todos os
8.3
Jr 23.3,8
29.14
Dt 30.1,4
lugares para onde os arrojei, diz Jeová dos Exércitos.

A apostasia do povo de Deus. O castigo é inevitável

4Também lhes dirás: Assim diz Jeová: Porventura, cairão os homens

8.4
Pv 24.16
Am 5.2
Mq 7.8
e não se levantarão? Acaso, o que se desvia não voltará? 5Por que, pois,
8.5
Jr 5.6
7.24
apostatou este povo de Jerusalém com uma perpétua apostasia? Ele
8.5
Jr 5.27
9.6
retém o engano, recusa-se a voltar. 6
8.6
Sl 14.2
Ml 3.16
Eu escutei e ouvi, mas não falam o que é reto;
8.6
Ez 22.30
Mq 7.2
Ap 9.20
ninguém se arrepende da sua maldade, dizendo: Que fiz eu? Cada um se volta para a sua carreira, como um
8.6
Jó 39.21-25
cavalo que, na batalha, corre a toda a brida. 7
8.7
Pv 6.6-8
Is 1.3
A cegonha no céu conhece os seus tempos determinados;
8.7
Ct 2.12
a rola, a andorinha e o grou observam o tempo da sua arribação; mas
8.7
Jr 5.4-5
o meu povo não conhece a ordenação de Jeová.

8Como dizeis:

8.8
Jr 4.22
Jó 5.12-13
Rm 1.22
2.17
Nós somos sábios, e a lei de Jeová está conosco? Mas, na verdade, eis que a falsa pena dos escribas a converteu em mentira. 9Os sábios são
8.9
Jr 6.15
Is 19.11
1Co 1.27
envergonhados, espantados e presos;
8.9
Jr 6.19
rejeitaram a palavra de Jeová, e que sabedoria é essa que eles têm? 10Portanto,
8.10
Jr 6.12-13
38.22
Dt 28.30
darei suas mulheres a outros, e os seus campos, aos que hão de possuí-los; porque, desde o menor até o maior, cada um está entregue
8.10
Jr 6.13
Is 56.11
57.17
à cobiça; desde o profeta até o sacerdote, cada um procede aleivosamente. 11Eles
8.11
Jr 6.14
14.13-14
Lm 2.14
Ez 13.10
curam superficialmente o mal da filha do meu povo, dizendo: Paz, paz, quando não há paz. 12Serão
8.12
Jr 3.3
6.15
Sl 52.1,7
Is 3.9
Sf 3.5
envergonhados, por terem cometido abominação, esses que de maneira alguma sentem vergonha, nem tampouco sabem que coisa é confundir-se. Portanto,
8.12
Jr 6.21
Is 9.14
Os 4.5
cairão entre os que caem;
8.12
Jr 10.15
Dt 32.35
no tempo em que eu os visitar, tropeçarão, diz Jeová. 13Eu os
8.13
Jr 14.12
Ez 22.20-21
consumirei de todo, diz Jeová; não haverá
8.13
Jr 5.17
7.20
Is 5.2
Jl 1.7
uvas na vide,
8.13
Mt 21.19
nem figos, na figueira, e murchará a folha; o que lhes tenho dado deles passará.

14Por que nos sentamos quietos?

8.14
Jr 4.5
Ajuntai-vos, e
8.14
Jr 35.11
2Sm 20.6
entremos nas cidades fortificadas e ali nos calemos, porque Jeová, nosso Deus, nos fez calar e nos deu a beber água de
8.14
Jr 9.15
Dt 29.18
Sl 69.21
Lm 3.19
Mt 27.34
fel,
8.14
Jr 3.25
14.20
porque pecamos contra Jeová. 15
8.15
Jr 8.11
Jr 14.19
Aguardamos a paz, porém não chegou bem algum; e o tempo da cura, e eis o pavor! 16Já desde
8.16
Jr 4.15
Jz 18.29
Dã se ouve o ronco dos seus cavalos; à voz dos rinchos dos seus
8.16
Jz 5.22
ginetes, estremece a terra toda; porque vieram e
8.16
Jr 3.24
10.25
devoraram a terra e quanto nela havia, a cidade e os que nela habitavam. 17Pois eis que vou
8.17
Nm 21.6
Dt 32.24
enviar entre vós serpentes, basiliscos contra os quais
8.17
Sl 58.4-5
não há encantamentos; eles vos morderão, diz Jeová. 18Oxalá que eu pudesse
8.18
Is 22.4
Lm 1.16-17
confortar-me contra a tristeza; o meu
8.18
Jr 23.9
Lm 5.17
coração desfalece dentro de mim. 19Eis a voz do clamor da filha do meu povo desde a terra que está mui
8.19
Jr 4.16
9.16
Is 13.5
39.3
remota: Porventura,
8.19
Jr 14.9
não está Jeová em Sião? Não está nela o seu Rei? Por que
8.19
Jr 7.19
Dt 32.21
me provocaram à ira as suas imagens esculpidas e com estranhas
8.19
Sl 31.6
vaidades? 20Já se passou a ceifa, já se acabou o verão, e nós não estamos salvos. 21Quebrantado estou pelo
8.21
Jr 4.19
9.1
14.17
mal da filha do meu povo;
8.21
Jr 14.2
Na 2.10
estou de luto; o espanto apoderou-se de mim. 22Acaso, não há
8.22
Jr 46.1
Gn 37.25
bálsamo em Gileade? Ou não se acha lá médico?
8.22
Jr 14.19
30.13
Por que, pois, não se realizou a cura da filha do meu povo?