Tradução Brasileira (2010) (TB)
50

Profecia acerca da destruição de Babilônia e libertação de Israel

501A palavra que falou Jeová acerca de

50.1
Jr 20.4-6
Gn 10.10
11.9
2Rs 17.24
Is 13.1
Dn 1.1
Ap 14.8
Babilônia, acerca da terra dos caldeus, por meio do profeta Jeremias.

2

50.2
Jr 4.16
Anunciai entre as nações e publicai, e
50.2
Jr 51.27
arvorai um estandarte; publicai e não encubrais; dizei:
50.2
Jr 51.31
Tomada está Babilônia,
50.2
Is 46.1
envergonhado Bel, espantado Merodaque; envergonhadas estão
50.2
Jr 51.47
as suas imagens, espantados os seus ídolos. 3Pois do
50.3
Jr 50.9
Jr 51.11,27
Is 13.17
norte vem contra ela uma nação, que tornará a sua terra
50.3
Jr 50.13
Is 14.22-23
em desolação, e ninguém habitará nela; tanto os homens como os animais já
50.3
Jr 9.10
Sf 1.3
fugiram e se foram. 4Naqueles dias e naquele tempo, diz Jeová, virão os filhos de Israel,
50.4
Jr 3.18
31.31
33.7
Is 11.12-13
Os 1.11
juntamente com os filhos de Judá, seguirão o seu caminho
50.4
Jr 31.9
Ed 3.12-13
chorando, e buscarão a Jeová seu Deus. 5Tendo os seus rostos voltados para lá,
50.5
Jr 6.16
Is 35.8
indagarão acerca de Sião, dizendo: Vinde, e uni-vos a Jeová com uma
50.5
Jr 32.40
Is 55.3
Hb 8.6-10
aliança sempiterna que nunca será esquecida.

6

50.6
Is 53.6
Ez 34.15-16
Mt 9.36
10.6
Ovelhas perdidas têm sido o meu povo;
50.6
Jr 23.11-14
os seus pastores fizeram-nas errar, e voltar aos
50.6
Jr 13.16
Ez 34.6
montes; do monte passaram ao outeiro, esqueceram-se do
50.6
Jr 50.19
Jr 33.12
lugar do seu repouso. 7
50.7
Jr 50.17
Todos os que os acharam, os devoraram, e os seus adversários disseram: Não somos culpados; porque
50.7
Jr 40.2-3
pecaram contra Jeová,
50.7
Jr 31.23
morada de justiça, contra Jeová,
50.7
Jr 14.8
17.13
esperança de seus pais. 8
50.8
Jr 50.28
Jr 51.6
Fugi do meio de Babilônia, e saí da terra dos caldeus, e sede como os bodes que vão adiante dos rebanhos. 9Pois eis que
50.9
Jr 51.1-2
suscitarei e farei vir da
50.9
Jr 50.3
terra boreal contra Babilônia uma assembleia de grandes nações;
50.9
Jr 50.14,29
por-se-ão em ordem contra ela, e dali será ela tomada. As suas flechas serão as de um valente perito que não tornará vazio. 10
50.10
Jr 51.24,35
Ez 11.24
Caldeia servirá de presa; e todos os que a despojaram, serão fartos, diz Jeová.

11Porquanto vos alegrais, porquanto vos regozijais, ó vós que

50.11
Jr 12.14
saqueais a minha herança, porquanto estais soltos como
50.11
Jr 46.20
novilha que pisa o trigo, e rinchais como ginetes; 12mui envergonhada será
50.12
Jr 15.9
vossa mãe, confundida será a que vos deu à luz; eis que será a última das nações,
50.12
Jr 22.6
51.43
erma, terra árida, e deserta. 13Por causa do furor de Jeová
50.13
Jr 25.12
34.22
não será habitada, mas será
50.13
Jr 50.3
Jr 51.36
de todo desolada; todo o que passar por Babilônia,
50.13
Jr 18.16
49.17
se espantará e assobiará por causa de todas as suas pragas. 14
50.14
Jr 50.29
Ponde-vos em ordem contra Babilônia ao redor, todos vós os que armais o arco; atirai-lhe, não poupeis as flechas; porque ela tem
50.14
Hc 2.8,17
pecado contra Jeová. 15
50.15
Jr 51.14
Gritai contra ela ao redor;
50.15
1Cr 29.24
ela se submeteu, caídos estão os seus baluartes, derrubados
50.15
Jr 51.44,58
os seus muros. Pois é
50.15
Jr 50.29
Jr 46.10
vingança de Jeová; tomai vingança dela:
50.15
Jr 50.29
Sl 137.8
como ela tem feito, assim fazei-lhe a ela. 16Exterminai de Babilônia
50.16
Jl 1.11
o que semeia e o que maneja a foice no tempo da ceifa; por causa da
50.16
Jr 25.38
46.16
espada opressora
50.16
Jr 51.9
Is 13.14
tornarão cada um para o seu povo, e fugirão, cada um para a sua terra.

17Israel é

50.17
Jr 50.6
ovelha desgarrada que
50.17
Jr 2.15
4.7
os leões afugentaram:
50.17
Jr 50.7
devorou-o primeiro o
50.17
2Rs 15.29
17.6
18.9-13
rei da Assíria, e por fim este
50.17
2Rs 24.1,10-12
25.1-7
Nabucodonosor, rei de Babilônia, quebrou-lhe os ossos. 18Portanto assim diz Jeová dos Exércitos, Deus de Israel: Eis que
50.18
Is 10.12
Ez 31.3,11-12
Na 1.1
3.7,18-19
castigarei o rei de Babilônia e a sua terra, como castiguei o rei da Assíria. 19
50.19
Jr 31.10
33.12
Farei voltar Israel para a sua morada, e pastará no Carmelo e em Basã, e a sua alma se fartará nos
50.19
Jr 31.5
outeiros de Efraim e de Gileade. 20Naqueles dias e naquele tempo, diz Jeová, buscar-se-á a iniquidade de Israel,
50.20
Jr 31.34
Is 43.25
Mq 7.19
e não a haverá mais; e os pecados de Judá, e não se acharão: pois
50.20
Jr 33.8
Is 1.9
Rm 9.26-27
perdoarei aos que eu reservar.

21Sobe à terra de Merataim, sobe contra ela e contra os habitantes de

50.21
Ez 23.23
Pécode; mata e de todo destrói após eles, diz Jeová,
50.21
Jr 48.10
e faze conforme tudo o que te ordenei. 22Na terra há som de guerra, e de grande destruição
50.22
Jr 4.19-21
51.54-56
. 23Como está partido e quebrado
50.23
Jr 51.20-24
o martelo de toda a terra! como se tornou Babilônia um espetáculo horrendo entre as nações! 24Eu te
50.24
Jr 48.43-44
51.31
enredei, e foste também
50.24
Dn 5.30-31
tomada, ó Babilônia, e tu não o soubeste; estás surpreendida e também apanhada, porque tens
50.24
Jó 9.4
40.2,9
provocado a Jeová. 25Jeová acaba de abrir o seu arsenal, e tirar dele as
50.25
Is 13.5
armas da sua indignação; porque o Senhor, Jeová dos Exércitos,
50.25
Jr 50.15
Jr 51.12,25,55
tem que fazer na terra dos caldeus. 26Vinde contra ela
50.26
Jr 50.41
de todos os lados,
50.26
Jr 50.10
Is 45.3
abri os seus celeiros, fazei dela montões,
50.26
Is 14.23
e destruí-a de todo; não fique dela resto algum. 27
50.27
Is 34.7
Matai a todos os seus novilhos;
50.27
Jr 48.15
desçam eles ao degoladouro: ai deles! pois é chegado o
50.27
Jr 46.21
Sl 37.13
Ez 7.7
seu dia, o tempo da sua visitação. 28Eis
50.28
Is 48.20
a voz dos que
50.28
Jr 50.8
Jr 51.6
fogem e escapam da terra de Babilônia para anunciar em Sião
50.28
Jr 50.15
Jr 51.10
Sl 149.6-9
a vingança de Jeová, nosso Deus, a vingança do seu
50.28
Lm 1.10
2.6-7
templo.

29

50.29
Jr 50.14
Convocai contra Babilônia os flecheiros, todos os que armam o arco; acampai-vos contra ela em redor; e não escape ninguém. Pagai-lhe
50.29
Jr 50.15
Jr 51.56
Sl 137.8
conforme a sua obra; conforme tudo o que ela tem feito, assim lhe fazei a ela; porque se houve
50.29
Jr 49.16
Êx 10.3
Dn 4.37
arrogantemente contra Jeová, contra o Santo de Israel. 30Por isso os
50.30
Jr 9.21
18.21
49.26
Is 13.17-18
seus mancebos cairão nas suas ruas, e todos os seus homens de guerra serão
50.30
Jr 51.56-57
reduzidos ao silêncio naquele dia, diz Jeová. 31Eis
50.31
Jr 21.13
Na 2.13
que sou contra ti, ó orgulhosa, diz o Senhor, Jeová dos Exércitos: pois é chegado o teu dia, o tempo em que te visitarei. 32A
50.32
Is 10.12-15
orgulhosa tropeçará, e cairá, e ninguém a levantará; e
50.32
Jr 21.14
49.27
acenderei fogo nas suas cidades, que devorará todos os que estão ao redor dela.

33Assim diz Jeová dos Exércitos: Os filhos de Israel e os filhos de Judá juntamente sofrem opressão; e

50.33
Is 14.17
58.6
todos os que os levaram cativos, os retêm; recusam deixá-los ir. 34O
50.34
Jr 15.21
31.11
Is 43.14
redentor deles é forte;
50.34
Jr 32.18
51.19
Jeová dos Exércitos é o seu nome; certamente
50.34
Jr 51.36
Mq 7.9
defenderá em juízo a causa deles, para
50.34
Is 14.3-7
dar descanso à terra, e para inquietar os habitantes de Babilônia. 35A
50.35
Jr 47.6
Os 11.6
espada está sobre os caldeus, diz Jeová, e sobre os habitantes de Babilônia, e sobre os seus
50.35
Dn 5.1-2,30
príncipes, e sobre os seus
50.35
Dn 5.7-8
sábios. 36A espada está sobre os
50.36
Is 44.25
paroleiros, e eles ficarão insensatos; a espada está sobre os seus
50.36
Jr 49.22
valentes, e eles serão
50.36
Na 3.13
espantados. 37A espada está sobre os
50.37
Jr 51.21-22
Sl 20.7-8
seus cavalos, e sobre os seus carros, e sobre todo
50.37
Jr 25.20
Ez 30.5
o povo misto que se acha no meio dela, e eles tornar-se-ão
50.37
Jr 48.41
51.30
como mulheres; a espada está sobre os seus tesouros, e eles serão roubados. 38A
50.38
Jr 51.36
seca está sobre as suas águas, e elas secarão; pois é terra de
50.38
Jr 50.2
Is 46.1,6,7
imagens esculpidas, e pelos seus ídolos fazem-se loucos. 39Portanto
50.39
Jr 51.37
Is 13.21-22
feras do deserto juntamente com lobos habitarão ali, e morarão nela avestruzes e nunca mais será habitada,
50.39
Is 13.20
nem servirá de moradia de geração em geração. 40Como quando Deus subverteu
50.40
Jr 49.13
Lc 17.28-30
2Pe 2.6
Jd 7
a Sodoma e a Gomorra e as suas cidades vizinhas, diz Jeová, não habitará ali homem, nem nela peregrinará filho de homem.

41

50.41
Jr 6.22-24
Eis que um povo vem
50.41
Jr 50.3,9
Jr 51.27-28
Is 13.2-5
do norte; e uma grande nação e muitos reis serão suscitados dos últimos confins da terra. 42Armam-se de arco e de lança;
50.42
Is 13.17-18
47.6
são cruéis, e não têm piedade; a voz deles
50.42
Is 5.30
brama como o mar, e montam
50.42
Jr 8.16
47.3
Hc 1.8
em cavalos, cada um
50.42
Jr 50.9,14
Jl 2.5
posto em ordem, como homem para a batalha, contra ti, ó filha de Babilônia. 43Já ouviu o
50.43
Jr 51.31
rei de Babilônia a fama deles, e desfalecem as suas mãos; dele se apoderou a
50.43
Jr 30.6
angústia, e dores como as da mulher que está de parto. 44
50.44
Jr 49.19-21
Eis que subirá um inimigo, como leão, da soberba do Jordão contra a morada forte; mas de repente o farei correr dela; quem for
50.44
Nm 16.5
escolhido, pô-lo-ei sobre ela. Pois quem
50.44
Is 46.9
há semelhante a mim? quem me fixará um prazo? e quem é o pastor que
50.44
Jr 30.21
Jó 41.10
me poderá resistir. 45Portanto ouvi
50.45
Jr 51.10-11
Is 14.24
o conselho de Jeová, que tomou contra Babilônia, e os desígnios que formou contra a terra dos caldeus:
50.45
Jr 49.20
certamente eles, os mais pequenos do rebanho, serão arrastados; certamente a sua habitação será espantada por causa deles. 46Ao estrondo da tomada de Babilônia,
50.46
Jr 10.10
49.21
Ez 26.18
31.16
estremece a terra; e ouve-se entre as nações
50.46
Jr 46.12
51.54
Is 5.7
15.5
Ez 27.28
o grito.

51

511Assim diz Jeová: Eis que vou levantar contra Babilônia e contra os que habitam em Lebecamai um

51.1
Jr 4.11-12
23.19
Os 13.15
vento destruidor. 2Enviarei a Babilônia padejadores, que a
51.2
Jr 15.7
Is 41.16
Mt 3.12
padejarão, e tornar-lhe-ão vazia a terra; porque virão contra ela em redor no dia da calamidade. 3
51.3
Jr 50.14,29
Não arme o flecheiro o seu arco, nem se levante o que estiver armado de
51.3
Jr 46.4
sua couraça; e não perdoeis aos mancebos dela;
51.3
Jr 50.21
destruí completamente todo o seu exército. 4Cairão mortos na terra dos caldeus,
51.4
Is 13.15
14.19
e atravessados nas suas ruas.

5Porque Israel

51.5
Jr 33.24-26
Is 54.7-8
não enviuvou, nem Judá, do seu Deus, de Jeová dos exércitos; ainda que a terra deles está
51.5
Os 4.1-2
cheia de culpas contra o Santo de Israel. 6
51.6
Jr 51.45
Jr 50.8,28
Fugi do meio de Babilônia, e salve cada um a sua vida; não sejais
51.6
Nm 16.26
exterminados na sua iniquidade; pois é tempo da
51.6
Jr 51.11,36
Jr 50.15
vingança de Jeová; ele
51.6
Jr 51.24,56
Jr 25.14
lhe dará o pago. 7Na mão de Jeová tem sido Babilônia um
51.7
Jr 25.15
Hc 2.16
Ap 14.8
copo de ouro que embriaga toda a terra; do seu vinho beberam
51.7
Ap 18.3
as nações; por isso estão
51.7
Jr 25.16
fora de si. 8Repentinamente
51.8
Jr 51.41
Jr 50.2
Is 21.9
Ap 14.8
18.2
caiu Babilônia e ficou arruinada;
51.8
Is 13.6
uivai sobre ela; tomai
51.8
Jr 46.11
bálsamo para a sua dor, porventura sarará. 9Teríamos sarado a Babilônia, porém não está sarada; abandonai-a, e
51.9
Jr 46.16
50.16
Is 13.14
vamo-nos, cada qual para sua terra; pois o seu juízo chega ao
51.9
Ed 9.6
céu, e se eleva até as nuvens. 10Jeová
51.10
Sl 37.6
Mq 7.9
manifestou a nossa justiça; vinde,
51.10
Jr 50.28
Is 40.2
e anunciemos em Sião a obra de Jeová nosso Deus.

11

51.11
Jr 46.4,9
Jl 3.9-10
Aguçai as setas, preparai os arneses: Jeová despertou o espírito dos reis dos
51.11
Jr 51.28
Jr 50.3,9
medos; porque o seu intento é contra Babilônia para a destruir. Pois é
51.11
Jr 50.28
vingança de Jeová, vingança do seu templo. 12
51.12
Jr 51.27
Jr 50.2
Is 13.2
Arvorai um estandarte contra os muros de Babilônia, reforçai a guarda, colocai os vigias, disponde as emboscadas; porque Jeová tanto
51.12
Jr 51.29
Jr 4.28
23.20
intentou como fez o que falou acerca dos habitantes de Babilônia. 13
51.13
Jr 50.37-38
Ó tu, que habitas sobre muitas águas, abundante em
51.13
Is 45.3
tesouros, é chegado o teu fim, é medida a tua
51.13
Is 57.17
Hc 2.9-11
ganância. 14Jeová dos Exércitos jurou por si mesmo, dizendo: Certamente te encherei de homens, como de
51.14
Jr 51.27
Na 3.15
pulgão; e eles levantarão um grito contra ti.

15

51.15
Jr 51.15-19
Jr 10.12-16
Ele
51.15
Jr 32.17
Sl 146.5-6
At 14.15
Rm 1.20
fez a terra com o seu poder, estabeleceu o mundo com a sua sabedoria, e com o seu entendimento
51.15
Jó 9.8
Sl 104.2
Is 42.5
estendeu os céus. 16Ao dar ele a
51.16
Jó 37.2-6
Sl 18.13
sua voz, há um tumulto de águas nos céus, e faz subir das extremidades da terra
51.16
Jr 10.13
Sl 135.7
os vapores; faz os relâmpagos para a chuva, e dos seus tesouros faz sair
51.16
Jn 1.4
o vento. 17
51.17
Jr 10.14
Is 44.18-20
Todo o homem tem-se embrutecido, e não tem conhecimento; todo o ourives é envergonhado pela imagem que esculpiu. Pois a imagem que ele fundiu é
51.17
Hc 2.18-19
mentira, e nelas não há fôlego. 18
51.18
Jr 18.15
Vaidade são, obra de enganos; no tempo da sua visitação perecerão. 19Não é semelhante a estes o que é
51.19
Jr 10.16
Sl 73.26
a porção de Jacó; porque ele é o que forma todas as coisas, e Israel é a tribo da sua herança.
51.19
Jr 50.34
Jeová dos exércitos é o seu nome.

20Tu me serves de

51.20
Jr 50.23
Is 41.15-16
machado e de armas de guerra; por ti
51.20
Is 8.9
41.15-16
Mq 4.12-13
despedaçarei as nações, e por ti destruirei reinos; 21por ti
51.21
Êx 15.1
despedaçarei o cavalo e o seu cavaleiro; 22por ti despedaçarei
51.22
Êx 15.4
Is 43.17
o carro e o que vai montado nele; por ti despedaçarei
51.22
2Cr 36.17
o homem e a mulher; por ti despedaçarei o velho e
51.22
Is 13.15-16,18
o moço; por ti despedaçarei o mancebo e a donzela; 23por ti despedaçarei o pastor e o seu rebanho; por ti despedaçarei o lavrador e a sua junta de bois; e por ti despedaçarei
51.23
Jr 51.57
governadores e vice-reis. 24
51.24
Jr 51.6,56
Pagarei a Babilônia e a todos os habitantes
51.24
Jr 51.35
Jr 50.10
da Caldeia
51.24
Jr 50.15,29
todo o seu mal que fizeram em Sião ante os vossos olhos, diz Jeová.

25Eis

51.25
Jr 50.31
que sou contra ti, diz Jeová,
51.25
Jr 51.53,58
ó monte destruidor, que destrói
51.25
Jr 51.7
toda a terra; estenderei a minha mão sobre ti, e te farei rodar dos penhascos abaixo, e te tornarei em
51.25
Ap 8.8
um monte queimado. 26De ti não tomarão pedra para um ângulo, nem pedra para fundamentos; mas
51.26
Jr 51.29
Jr 50.13
Is 13.19-22
desolada ficarás para sempre, diz Jeová.

27

51.27
Jr 51.12
Jr 50.2
Is 13.2-5
18.3
Arvorai um estandarte na terra, tocai a trombeta entre
51.27
Jr 25.14
as nações, preparai contra ela as nações, convocai contra ela
51.27
Jr 50.3,9
os reinos de
51.27
Gn 8.4
2Rs 19.37
Is 37.38
Ararate, de Mini, e de
51.27
Gn 10.3
Asquenaz; apontai contra ela um marechal; fazei subir
51.27
Jr 50.42
cavalos como
51.27
Jr 51.14
pulgões ásperos. 28Preparai contra ela as nações,
51.28
Jr 51.11
os reis dos medos, os seus governadores e todos os seus vice-reis, e toda a terra do seu domínio. 29Estremece
51.29
Jr 8.16
10.10
50.46
Am 8.8
a terra, e está angustiada; porque estão em vigor contra Babilônia os desígnios de Jeová, para fazer da terra de Babilônia
51.29
Jr 51.26,43
Is 13.19-20
47.11
uma desolação sem habitantes. 30Os
51.30
Jr 50.15,36-37
Sl 76.5
valentes de Babilônia deixam de pelejar, ficam nos seus presídios;
51.30
Is 13.7-8
Na 3.13
têm minguado a sua força, têm-se tornado como mulheres; incendiadas são as suas moradas,
51.30
Is 45.1-2
Lm 2.9
Am 1.5
Na 3.13
quebrados os seus ferrolhos. 31Um
51.31
2Cr 30.6
correio corre ao encontro de outro, e um
51.31
2Sm 18.19-31
mensageiro ao encontro de outro, para dizer ao rei de Babilônia que a sua cidade está
51.31
Jr 51.41
Jr 50.2,9,24
tomada de todos os lados; 32e que as passagens estão surpreendidas, e os canaviais incendiados, e amedrontados
51.32
Jr 51.30
Jr 50.37
os homens de guerra.

33Pois assim diz Jeová dos Exércitos, Deus de Israel:

51.33
Jr 50.42
A filha de Babilônia é como a
51.33
Is 21.10
41.15-16
eira ao tempo em que é pisada; ainda um pouco, e o tempo
51.33
Os 6.11
Jl 3.13
da ceifa lhe virá. 34
51.34
Jr 50.17
Nabucodonosor, rei de Babilônia, devorou-me, esmagou-me, fez de mim um
51.34
Is 24.1-3
vaso vazio, como
51.34
Jr 51.44
Jó 20.15
Am 8.4
dragão tragou-me, encheu o seu ventre do que eu tinha de delicioso; e deitou-me fora. 35
51.35
Sl 137.8
A violência que se me fez a mim e a minha carne, seja sobre Babilônia, diga a moradora de Sião; e o meu sangue sobre os habitantes de
51.35
Jr 51.24
Caldeia, diga Jerusalém. 36Portanto assim diz Jeová: Eis que
51.36
Sl 140.12
defenderei a tua causa,
51.36
Jr 51.6,11
Rm 12.19
e te vingarei;
51.36
Jr 50.38
secarei o seu mar, e farei que se esgote a sua fonte. 37Babilônia virá a
51.37
Jr 9.11
ser montões,
51.37
Jr 49.33
morada de chacais,
51.37
Jr 50.13
espetáculo horrendo, e objeto de assobios, sem que nela haja habitantes. 38Juntos rugem
51.38
Jr 2.15
como leões novos, rosnam como cachorros de leões. 39Estando eles esquentados, preparar-lhes-ei um banquete,
51.39
Jr 51.57
Jr 25.27
48.26
e os embriagarei para que se regozijem,
51.39
Sl 76.5
e durmam um sono sem fim, e não despertem, diz Jeová. 40Fá-los-ei descer como cordeiros
51.40
Jr 48.15
50.27
ao matadouro, como carneiros, como bodes.

41Como está

51.41
Jr 25.26
Sisaque tomada! e surpreendida a
51.41
Jr 49.25
glória de toda a terra! como se tornou Babilônia um espetáculo horrendo entre as nações! 42
51.42
Jr 51.55
Is 8.7-8
Dn 9.26
O mar é vindo sobre Babilônia, coberta está da multidão das suas ondas. 43As suas cidades tornaram-se
51.43
Jr 51.29,62
Jr 50.12
em desolação, terra árida, e deserta;
51.43
Jr 2.6
Is 13.20
não habitará nelas homem, nem por elas passará filho de homem. 44Castigarei
51.44
Jr 50.2
a Bel, em Babilônia,
51.44
Ed 1.7-8
e farei que lance da sua boca
51.44
Jr 51.34
o que tem tragado; e nunca
51.44
Is 2.2
mais concorrerão
51.44
Jr 51.7
as nações: na verdade já caiu
51.44
Jr 51.58
Jr 50.15
o muro de Babilônia.

45

51.45
Jr 51.6
Jr 50.8,28
Is 48.20
Saí do meio dela, povo meu,
51.45
Gn 19.12-16
At 2.40
e salvai do furor da ira de Jeová, cada um a sua vida. 46
51.46
Jr 46.27-28
Is 43.5
Não desfaleça o vosso coração, nem tenhais medo por causa do rumor que se há de ouvir na terra; pois virá num ano um
51.46
2Rs 19.7
Is 13.3-5
rumor, e depois desse em outro ano um rumor, e haverá violência na terra,
51.46
Is 19.2
dominador contra dominador. 47Portanto eis que vêm os dias, em que executarei juízo sobre
51.47
Jr 51.52
Jr 50.2
Is 21.9
46.1-2
as imagens esculpidas de Babilônia, e toda a terra dela ficará
51.47
Jr 50.12,35-37
envergonhada; e todos os seus mortos cairão no meio dela. 48Então
51.48
Is 44.23
48.20
49.13
o céu e a terra, e tudo quanto neles há, cantarão de júbilo sobre Babilônia; porque
51.48
Jr 51.11,27
do norte lhe virão a ela os espoliadores, diz Jeová. 49
51.49
Jr 50.29
Sl 137.8
Como Babilônia fez cair os mortos de Israel, assim cairão em Babilônia os mortos de toda a terra.

50Vós que

51.50
Jr 51.45
escapastes da espada, ide-vos, não fiqueis parados;
51.50
Dt 4.29-31
Sl 137.6
lembrai-vos de Jeová desde terras remotas, e suba Jerusalém à vossa mente. 51Envergonhados estamos, porque ouvimos opróbrio; a confusão nos cobriu o rosto; pois
51.51
Sl 74.3-8
Lm 1.10
estrangeiros entraram nos santuários da casa de Jeová. 52Por isso eis que vêm os dias, diz Jeová, em que executarei juízo sobre as
51.52
Jr 51.47
Jr 50.38
suas imagens esculpidas; e em toda a sua terra gemerão os feridos. 53Ainda que
51.53
Jr 49.16
Jó 20.6
Sl 139.8-10
Is 14.12-13
suba Babilônia ao céu, e ainda que fortifique o alto da sua força, contudo
51.53
Is 13.3
de mim virão sobre ela espoliadores, diz Jeová.

54Uma voz de

51.54
Jr 48.3-5
50.46
clamor ouve-se de Babilônia, e de grande destruição da terra dos caldeus; 55pois Jeová está despojando a Babilônia, e fará cessar dela a sua grande voz; bramarão
51.55
Jr 51.42
Sl 18.4
69.2
124.2,4,5
as ondas do inimigo como muitas águas, dá-se o estrondo da sua voz. 56O
51.56
Jr 51.48
Hc 2.8
espoliador é vindo sobre ela, isto é, sobre Babilônia, tomados são os seus valentes, despedaçados
51.56
Sl 46.9
76.3
os seus arcos: pois Jeová é Deus
51.56
Jr 51.6,24
Sl 94.1-2
que recompensa, ele certamente pagará. 57
51.57
Jr 51.39
Jr 25.27
Embriagarei os seus príncipes, e os seus sábios, os seus governadores e os seus vice-reis, e os seus valentes; dormirão
51.57
Sl 76.5-6
um sono perpétuo, e não despertarão, diz
51.57
Jr 46.18
48.15
o Rei, cujo nome é Jeová dos Exércitos. 58Assim diz Jeová dos Exércitos: Os largos
51.58
Jr 51.44
Jr 50.15
muros de Babilônia serão de todo derrubados, e as suas altas
51.58
Is 45.1-2
portas serão abrasadas pelo fogo; os povos
51.58
Hc 2.13
trabalharão para a vaidade, e as nações para o fogo, e tanto uns como outros
51.58
Jr 51.64
Jr 9.5
Lm 5.5
ficarão cansados.

Jeremias ordena que o livro das profecias depois de lido seja lançado no Eufrates

59A palavra que o profeta Jeremias mandou a Seraías, filho de

51.59
Jr 32.12
36.4
45.1
Nerias, filho de Maaseias, quando ia com
51.59
Jr 28.1
52.1
Zedequias, rei de Judá, a Babilônia, no quarto ano do seu reinado. Ora Seraías era o camareiro-mor. 60
51.60
Jr 30.2-3
36.2,4,32
Is 30.8
Escreveu Jeremias em um livro todo o mal que havia de vir sobre Babilônia, a saber, todas estas palavras que ficam escritas acerca de Babilônia. 61Disse Jeremias a Seraías: Quando chegares a Babilônia, vê que leias todas estas palavras, 62e dize:
51.62
Jr 25.12
Tu, Jeová, falaste acerca deste lugar,
51.62
Jr 50.3,13,39-40
Is 13.19-22
14.22-23
para o exterminares,
51.62
Jr 51.43
Ez 35.9
a fim de que não haja quem nele habite, nem homem nem animal, mas que fique deserto para sempre. 63Quando tiveres acabado de ler este livro, atar-lhe-ás uma pedra,
51.63
Jr 19.10-11
Ap 18.21
e o lançarás no meio do Eufrates: 64e dirás: Assim se submergirá Babilônia,
51.64
Na 1.8-9
e não se levantará, por causa do mal que vou trazer sobre ela e ela
51.64
Jr 51.58
ficará cansada.

51.64
Jó 31.40
Sl 72.20
Até aqui são as palavras de Jeremias.

52

O cerco, tomada e destruição de Jerusalém

521

52.1
2Rs 24.18-20
2Cr 36.11-13
Zedequias tinha vinte e um anos quando começou a reinar, e reinou onze anos em Jerusalém. Sua mãe chamava-se Hamutal, filha de Jeremias de
52.1
Js 10.29
2Rs 8.22
Is 37.8
Libna. 2Ele fez o que era
52.2
1Rs 14.22
mau aos olhos de Jeová, conforme tudo o que
52.2
Jr 36.30-31
Jeoaquim fizera. 3Isto aconteceu por causa
52.3
Is 3.1,4,5
da ira de Jeová em Jerusalém até os ter lançado da sua presença.

Zedequias

52.3
2Cr 36.13
rebelou-se contra o rei de Babilônia. 4
52.4
Jr 39.1
2Rs 25.1-7
Ez 24.1-2
Sucedeu que, no ano nono do seu reinado, no décimo mês, aos dez dias do mês, veio Nabucodonosor, rei de Babilônia, com todo o seu exército contra Jerusalém, e acampou-se contra ela; e contra ela levantaram
52.4
Jr 32.24
trincheiras ao redor. 5A cidade ficou sitiada até o undécimo ano de Zedequias. 6
52.6
Jr 39.2
No quarto mês aos nove dias do mês, viu-se a cidade apertada
52.6
Jr 38.9
2Rs 25.3
de fome, de modo que não havia pão para o povo da terra. 7Então se abriu
52.7
Jr 39.2
uma brecha na cidade,
52.7
Jr 39.4-7
51.32
e todos os homens de guerra fugiram, e saíram da cidade de noite, pelo caminho da porta entre os dois muros, a qual está junto ao jardim do rei (ora os caldeus cercavam a cidade ao redor); e foram-se pelo caminho da Arabá. 8Mas o exército dos caldeus perseguiu o rei,
52.8
Jr 21.7
32.4
34.21
37.17
38.23
e alcançou a Zedequias nas campinas de Jericó; todo o seu exército dispersou-se e o abandonou. 9Prenderam o rei,
52.9
Jr 39.5
2Rs 25.6
e o levaram ao rei de Babilônia a
52.9
Jr 39.5
Nm 34.11
Ribla na terra de
52.9
Nm 13.21
Js 13.5
Hamate; e ele lhe pronunciou a sentença. 10O rei de Babilônia
52.10
Jr 22.30
39.6
matou os filhos de Zedequias diante dos seus olhos; e bem assim matou todos os príncipes de Judá em Ribla. 11
52.11
Jr 39.7
Ez 12.13
Vazou os olhos de Zedequias, atou-o com cadeias, levou-o para Babilônia e o pôs no cárcere até o dia da sua morte.

12

52.12
2Rs 25.8-21
Ora no quinto mês, aos dez dias do mês, era o
52.12
Jr 52.29
2Rs 24.12
25.8
décimo nono ano de Nabucodonosor, rei de Babilônia, veio a Jerusalém Nebuzaradã, capitão da guarda, que assistia na presença do rei de Babilônia; 13
52.13
2Cr 36.19
Sl 74.6-8
79.1
Is 64.10-11
Lm 2.7
Mq 3.12
queimou a casa de Jeová,
52.13
Jr 39.8
e a casa do rei; e todas as casas de Jerusalém, a saber, todas as casas importantes, ele as entregou às chamas. 14Todo o exército dos caldeus que estava com o capitão da guarda
52.14
2Rs 25.10
Ne 1.3
deitou abaixo em roda todos os muros de Jerusalém. 15Dos mais pobres da terra, e o resto do povo que havia ficado na cidade, e
52.15
Jr 39.9
os desertores que se tinham passado ao rei de Babilônia, e o resto da multidão,
52.15
2Rs 25.11
levou-os cativos Nebuzaradã, capitão da guarda. 16Mas dos mais pobres da terra
52.16
Jr 39.10
40.2-6
2Rs 25.12
deixou Nebuzaradã, capitão da guarda, para serem vinheiros e lavradores.

17Os caldeus despedaçaram as

52.17
Jr 52.21-23
Jr 27.19-22
1Rs 7.15-22
colunas de cobre que estavam na casa de Jeová,
52.17
1Rs 7.27-36
e as bases,
52.17
1Rs 7.23-26
e o mar de cobre que estava na casa de Jeová, e levaram todo o cobre para Babilônia. 18Levaram também
52.18
1Rs 7.40,45
as panelas, e as pás e os apagadores, e as bacias, e as colheres, e todos os vasos de cobre, de que usavam no ministério. 19Levou o capitão da guarda
52.19
1Rs 7.49-50
os copos, e os braseiros, e as bacias, e as panelas, e os candeeiros, e as colheres e as taças, o que era de ouro, em ouro, e o que era de prata, em prata, 20as duas colunas, o único mar, e os doze bois de cobre que estavam debaixo das bases, que o rei Salomão tinha feito para a casa de Jeová. O cobre de todos estes vasos
52.20
1Rs 7.47
não tinha peso. 21Quanto às colunas,
52.21
1Rs 7.15
a altura de cada coluna era de dezoito cúbitos; um cordão de doze cúbitos a cercava; e a sua grossura era de quatro dedos: era oca. 22Sobre ela havia um
52.22
1Rs 7.16
capitel de cobre; e cada capitel tinha cinco cúbitos de alto, e uma rede e
52.22
1Rs 7.20,42
romãs sobre o capitel ao redor, tudo de cobre; e a segunda coluna tinha as mesmas coisas, e romãs. 23Havia noventa e seis romãs aos lados; as romãs todas eram cem, postas sobre a rede ao redor.

24Levou o capitão da guarda a

52.24
2Rs 25.18
1Cr 6.14
Ed 7.1
Seraías, o sumo sacerdote, e a
52.24
Jr 21.1
29.25,29
37.3
2Rs 25.18
Sofonias o segundo sacerdote e os três
52.24
Jr 35.4
1Cr 9.19
Sl 84.10
guardas da porta; 25e da cidade levou a um oficial que tinha a seu cargo os homens de guerra; e a sete homens dos
52.25
Et 1.14
Mt 18.10
que assistiam ao rei e que se achavam na cidade; e ao escriba do capitão do exército que registrava o povo da terra; e sessenta homens do povo da terra, que se achavam no meio da cidade. 26Tomando-os
52.26
Jr 52.12,15-16
Nebuzaradã, capitão da guarda,
52.26
2Rs 25.20-21
levou-os ao rei de Babilônia, a
52.26
Jr 52.9
Ribla. 27O rei de Babilônia
52.27
Ez 8.11-18
os feriu, assim matando-os, em Ribla na terra de Hamate. Assim Judá
52.27
Jr 13.19
20.4
25.9-11
39.9
Is 6.11-12
27.10
32.13-14
Ez 33.28
Mq 4.10
foi levado cativo fora da sua terra.

28Esta é a gente que

52.28
2Rs 24.2-3,12-16
2Cr 36.20
Ed 2.1
Ne 7.6
Dn 1.1-3
Nabucodonosor levou cativo: no sétimo ano três mil e vinte e três judeus; 29no décimo oitavo ano de Nabucodonosor, levou de Jerusalém oitocentas e trinta e duas pessoas; 30no vigésimo terceiro ano de Nabucodonosor,
52.30
Jr 52.12-15
Jr 39.9
2Rs 25.11
Nebuzaradã, capitão da guarda, levou cativas dentre os judeus setecentas e quarenta e cinco pessoas: todas as pessoas foram quatro mil e seiscentas.

31

52.31
2Rs 25.27-30
No trigésimo sétimo ano do cativeiro de Jeoaquim, rei de Judá, no duodécimo mês aos vinte e cinco dias do mês, Evil-Merodaque, rei de Babilônia, no primeiro ano do seu reinado,
52.31
Gn 40.13,20
Sl 3.3
27.6
levantou a cabeça de Jeoaquim, rei de Judá, e o tirou do cárcere. 32Falou-lhe benignamente, pôs o trono dele acima dos tronos dos reis que estavam com ele em Babilônia. 33
52.33
Gn 41.14,42
Fez-lhe mudar os vestidos de que usava no cárcere; e Jeoaquim
52.33
2Sm 9.7,13
1Rs 2.7
comia pão na presença do rei continuamente todos os dias de sua vida. 34Para a sua ração, foi-lhe dada pelo rei de Babilônia
52.34
2Sm 9.10
uma ração contínua, em cada dia a sua porção até o dia da sua morte, durante todos os dias da sua vida.