Tradução Brasileira (2010) (TB)
29

A carta de Jeremias aos cativos de Babilônia

291Ora, são estas as palavras da

29.1
Jr 29.25,29
2Cr 30.1,6
Et 9.20
carta que o profeta Jeremias enviou de Jerusalém aos que restavam dos anciãos do cativeiro, e aos sacerdotes, e aos profetas, e a todo o povo que Nabucodonosor levara cativos de Jerusalém para Babilônia, 2depois que saíram de Jerusalém o rei
29.2
Jr 22.24-28
24.1
27.20
2Rs 24.12-16
2Cr 36.9-10
Jeconias, e a
29.2
Jr 13.18
rainha-mãe, e os eunucos, e os príncipes de Judá e Jerusalém, e os artífices, e os ferreiros. 3Estas são as palavras da carta mandada por mão de Elasa, filho de Safã, e de Gemarias, filho de
29.3
1Cr 6.13
Hilquias (os quais enviou Zedequias, rei de Judá, a Babilônia, a Nabucodonosor, rei de Babilônia): 4Assim diz Jeová dos Exércitos, Deus de Israel, a todos os do cativeiro que
29.4
Jr 24.5
Is 10.5-6
fiz levar cativos de Jerusalém para Babilônia: 5
29.5
Jr 29.10,28
Edificai casas e habitai nelas; plantai jardins e comei o fruto deles; 6tomai
29.6
Jr 16.2-4
mulheres e gerai filhos e filhas; tomai mulheres para vossos filhos e dai vossas filhas a maridos, para que tenham filhos e filhas; multiplicai-vos aí e não vos diminuais. 7
29.7
Dn 4.27
6.4-5
Buscai a paz da cidade, para a qual fiz que fosseis levados cativos, e
29.7
Ed 6.10
7.23
Dn 4.19
1Tm 2.1-2
orai por ela a Jeová; porque, na sua paz, vós tereis paz. 8Pois assim diz Jeová dos Exércitos, Deus de Israel:
29.8
Jr 14.14
23.21
28.15
Não vos enganem os vossos
29.8
Jr 29.1
Jr 27.9
profetas que estão no meio de vós, e os vossos adivinhadores, nem deis ouvidos aos vossos
29.8
Jr 23.25,27
sonhos que vós sonhais. 9Pois eles vos
29.9
Jr 29.21
Jr 27.15
profetizam falsamente em meu nome;
29.9
Jr 29.31
não os enviei, diz Jeová. 10Assim diz Jeová: Logo que forem cumpridos para Babilônia
29.10
Jr 25.12
2Cr 36.21-23
Dn 9.2
Zc 7.5
setenta anos, visitar-vos-ei e cumprirei a
29.10
Jr 24.6-7
Sf 2.7
minha boa palavra dada a vós, fazendo-vos voltar para este lugar. 11Eu sei os
29.11
Jr 23.5-6
30.9-10
Sl 40.5
pensamentos que tenho acerca de vós, diz Jeová, pensamentos de
29.11
Jr 30.18-22
Is 40.9-11
paz e não de mal, para vos dar
29.11
Jr 31.17
Os 2.15
um futuro e uma expectação. 12
29.12
Jr 33.3
Sl 50.15
Invocar-me-eis, e ireis, e orareis a mim, e
29.12
Sl 145.19
eu vos ouvirei. 13
29.13
Dt 4.29
Buscar-me-eis e me achareis quando me
29.13
Jr 24.7
1Cr 22.19
2Cr 22.9
buscardes de todo o vosso coração. 14Eu serei
29.14
Dt 30.1-10
achado de vós, diz Jeová, e
29.14
Jr 30.3
32.37-41
farei voltar os vossos cativos,
29.14
Jr 23.8
Is 43.5-6
e ajuntar-vos-ei de todas as nações e todos os lugares para onde vos tenho lançado, diz Jeová;
29.14
Jr 3.14
12.15
16.15
e far-vos-ei voltar para o lugar donde vos fiz ir para o exílio.

15Pois dissestes: Jeová nos suscitou profetas em

29.15
Jr 29.21,24
Babilônia. 16Assim diz Jeová acerca do rei que se assenta sobre o trono de Davi e acerca de todo o povo que habita nesta cidade, a saber, vossos irmãos que
29.16
Jr 38.2-3,17,23
não saíram conosco para o exílio; 17assim diz Jeová dos Exércitos: Eis que vou enviar sobre eles
29.17
Jr 29.18
Jr 27.8
32.24
a espada, a fome e a peste e fá-los-ei como
29.17
Jr 24.3,8-10
figos péssimos, que não se podem comer, de ruins que são. 18Persegui-los-ei com a espada, com a fome e com a peste e
29.18
Jr 24.9
34.17
Ez 12.15
fá-los-ei um espetáculo horrendo para todos os reinos da terra,
29.18
Jr 42.18
Is 65.15
e objeto de execração, e de espanto, e de assobios,
29.18
Jr 25.9
Lm 2.15-16
e de opróbrio, entre todas as nações para onde os tenho lançado; 19porque
29.19
Jr 6.19
não escutaram as minhas palavras, diz Jeová, com as quais lhes enviei os
29.19
Jr 26.5
35.15
meus servos, os profetas, levantando-me cedo e enviando-os. Na verdade, não escutaram, diz Jeová. 20Ouvi, pois, a palavra de Jeová, vós todos os exilados que
29.20
Jr 24.5
Ez 11.9
enviei de Jerusalém para Babilônia.

21Assim diz Jeová dos Exércitos, Deus de Israel, acerca de Acabe, filho de Colaías, e acerca de Zedequias, filho de Maaseias, que vos

29.21
Jr 29.8-9
Jr 14.14-15
Lm 2.14
profetizam mentiras em meu nome: Eis que os entregarei nas mãos de Nabucodonosor, rei de Babilônia; e ele fará matá-los diante dos vossos olhos. 22Deles será formulada
29.22
Is 65.15
uma maldição por todos os exilados de Judá que estão em Babilônia, dizendo: Faça-te Jeová como a Zedequias e como a Acabe, os quais o rei de Babilônia
29.22
Dn 3.6,21
assou no fogo; 23porque
29.23
Gn 34.7
2Sm 13.12
cometeram insensatez em Israel, e
29.23
Jr 5.8
23.14
adulteraram com as mulheres dos seus próximos, e falaram
29.23
Jr 29.8-9,21
falsamente em meu nome palavras que não lhes mandei. Eu é
29.23
Jr 7.11
16.17
Pv 5.21
Ml 3.5
que sei e sou testemunha, diz Jeová.

24

29.24
Jr 29.31-32
A Semaías, neelamita, dirás: 25Assim diz Jeová dos Exércitos, Deus de Israel: Porquanto tu enviaste em teu nome
29.25
Jr 29.1
cartas a todo o povo que está em Jerusalém, e
29.25
Jr 29.29
Jr 21.1
37.3
52.24
2Rs 25.18
a Sofonias, filho do sacerdote Maaseias, e a todos os sacerdotes, dizendo: 26Jeová te constituiu sacerdote em lugar do sacerdote Joiada, para que
29.26
Jr 20.1
fosses encarregado da Casa de Jeová, no tocante a todo homem que
29.26
2Rs 9.11
Os 9.7
Mc 3.21
Jo 10.20
At 26.24-25
2Co 5.13
está fora de si e
29.26
Dt 13.1-5
Zc 13.1-5
profetiza, a fim de que
29.26
Jr 20.1-2
At 16.24
o metas no cepo e no tronco; 27agora, pois, por que não repreendeste a Jeremias de
29.27
Jr 1.1
Anatote, que vos profetiza? 28Pois
29.28
Jr 29.1
enviou mensageiros a vós, em Babilônia, a dizer:
29.28
Jr 29.10
Coisa dilatada é;
29.28
Jr 29.5
edificai casas e habitai nelas; plantai jardins e comei o fruto deles. 29
29.29
Jr 29.25
Sofonias, o sacerdote, leu esta carta aos ouvidos do profeta Jeremias. 30Então, veio a palavra de Jeová a Jeremias, dizendo: 31Manda dizer
29.31
Jr 29.20
a todos os exilados: Assim diz Jeová acerca de
29.31
Jr 29.24
Semaías, neelamita: Porquanto vos
29.31
Jr 29.9,23
Jr 14.14-15
Ez 13.8-16,22-23
profetizou Semaías, e eu não o enviei,
29.31
Jr 28.15
e ele fez que vós confiásseis numa mentira, 32portanto assim diz Jeová: Eis que
29.32
Jr 36.31
castigarei a Semaías, neelamita, e a sua posteridade.
29.32
Jr 22.30
1Sm 2.30-34
Não haverá dele varão que habite entre este povo,
29.32
Jr 29.10
Jr 17.6
2Rs 7.2,19-20
nem verá ele o bem que hei de fazer ao meu povo, diz Jeová,
29.32
Jr 28.16
Dt 13.5
porque pregou rebelião contra Jeová.

30

Deus promete trazer do cativeiro o seu povo

301A palavra que da parte de Jeová veio a Jeremias, dizendo: 2Assim diz Jeová, Deus de Israel:

30.2
Jr 25.13
36.4,28,32
Hc 2.2
Escreve num livro todas as palavras que te falei. 3Pois eis que
30.3
Jr 29.10
vêm os dias, diz Jeová, em que
30.3
Jr 30.18
Jr 29.14
Sl 53.6
Sf 3.20
farei voltar o cativeiro do meu povo
30.3
Jr 3.18
de Israel e de Judá, diz Jeová;
30.3
Jr 16.15
23.7-8
Ez 20.42
36.24
fá-los-ei voltar para a terra que dei a seus pais, e eles a possuirão.

4São estas as palavras que Jeová falou acerca de Israel e acerca de Judá. 5Assim diz Jeová: Ouvimos uma voz

30.5
Jr 6.25
8.16
Is 5.30
Am 5.16-18
de tremor; pavor há, e não paz. 6Perguntai, vede se o homem está com dores de parto; porque vejo terem todos os homens as
30.6
Jr 6.24
22.23
mãos sobre os lombos, como
30.6
Jr 4.31
a mulher que está de parto, e por que empalideceram todos os rostos? 7Ah! Que é
30.7
Is 2.12
Os 1.11
Jl 2.11
grande aquele dia, de sorte
30.7
Lm 1.12
Dn 9.12
que não há outro semelhante; e tempo é de
30.7
Jr 2.27-28
14.8
tribulação para Jacó, mas
30.7
Jr 30.10
Jr 50.19
dele será livre. 8Naquele dia, diz Jeová,
30.8
Jr 2.20
Is 9.4
Ez 34.27
quebrarei o seu jugo de sobre o teu pescoço e romperei
30.8
Jr 27.2
as tuas brochas. Nunca mais estrangeiros
30.8
Ez 34.27
se servirão dele, 9mas este servirá a Jeová, seu Deus, e a
30.9
Is 55.3-5
Ez 34.23-24
37.24-25
Os 3.5
Lc 1.69
At 2.30
13.23,34,38
Davi, seu rei, que lhe suscitarei. 10
30.10
Jr 46.27-28
Is 43.5
44.2
Portanto, não temas, servo meu, Jacó, nem te espantes, Israel. Pois eis que
30.10
Jr 23.3,8
29.14
Is 60.4
da terra longínqua te salvarei e, da terra do seu cativeiro, os teus descendentes; Jacó voltará e ficará
30.10
Jr 33.16
Is 35.9
Os 2.18
tranquilo e sossegado,
30.10
Mq 4.4
e ninguém o atemorizará. 11Eu sou
30.11
Jr 1.8,19
contigo, diz Jeová, para te salvar; por isso,
30.11
Jr 46.28
destruirei totalmente todas as nações entre as quais te espalhei. A ti, porém,
30.11
Jr 4.27
5.10,18
não te destruirei de todo; mas
30.11
Jr 10.24
castigar-te-ei com juízo e, de maneira alguma, te terei por inocente.

12Pois assim diz Jeová:

30.12
Jr 30.15
Jr 15.18
Incurável é a tua fratura, e gravíssima, a tua ferida. 13Não há quem pleiteie a tua causa. Para a tua ferida,
30.13
Jr 14.19
46.11
não tens remédios nem emplasto. 14Todos os teus
30.14
Jr 22.20,22
amantes já se esqueceram de ti; não te procuram. Pois
30.14
Lm 2.4-5
te feri com ferida de inimigo e com castigo de quem
30.14
Jr 6.23
50.42
é cruel, porque
30.14
Jr 5.6
32.30-35
44.22
grande é a tua iniquidade, e têm-se multiplicado os teus pecados. 15Por que gritas por causa da tua fratura? Incurável é a tua dor. Por ser grande a tua iniquidade e por se terem multiplicado os teus pecados é que te fiz essas coisas. 16Portanto, todos os que
30.16
Jr 2.3
8.16
10.25
te devoram serão devorados, e todos os teus adversários
30.16
Is 14.2
Jl 3.8
serão levados, cada um deles para o cativeiro;
30.16
Jr 50.10
os que te despojam serão despojados, e entregarei ao saque todos os que te saqueiam. 17Pois te restaurarei
30.17
Jr 8.22
33.6
Sl 107.20
a saúde e te curarei das tuas feridas, diz Jeová; porque te chamaram
30.17
Jr 33.24
Is 11.12
56.8
repudiada, dizendo: É ela Sião, a qual ninguém procura.

18Assim diz Jeová: Eis que

30.18
Jr 30.3
Jr 31.23
farei voltar o cativeiro das tendas de Jacó e me compadecerei das suas moradas;
30.18
Jr 31.4,38-40
a cidade será reedificada sobre o seu montão, e
30.18
1Cr 29.1,19
Sl 48.3,13
122.7
o palácio será habitado como dantes. 19Sairá deles
30.19
Jr 17.26
33.11
Is 12.1
51.3
ação de graças e a voz dos
30.19
Jr 31.4
Sl 126.1-2
Is 51.11
Sf 3.14
que se alegram.
30.19
Jr 33.22
Multiplicá-los-ei, e não serão diminuídos; também
30.19
Is 55.5
60.9
os glorificarei, e não serão apoucados. 20Seus
30.20
Jr 31.17
Is 54.13
filhos serão como em tempos passados, e a sua congregação será
30.20
Is 54.14
estabelecida diante de mim, e castigarei todos os que os oprimem. 21Deles sairá
30.21
Jr 30.9
Jr 23.6
33.16
Ez 34.23-24
37.24
o seu príncipe, e, do meio deles, o seu regente;
30.21
Nm 16.5
Sl 65.4
fá-lo-ei aproximar, e ele se chegará a mim. Pois quem jamais ousou
30.21
Jr 50.44
Êx 3.5
chegar-se a mim? — diz Jeová. 22Vós sereis o
30.22
Jr 32.38
Êx 6.7
Os 2.23
Zc 13.9
meu povo, eu serei o vosso Deus.

23Eis que

30.23
Jr 23.19-20
a tempestade de Jeová, seu furor, já saiu, sim, uma tempestade varredeira; descarregar-se-á sobre a cabeça dos iníquos. 24Não retrocederá
30.24
Jr 4.8
o ardor da ira de Jeová, até que ele tenha executado e até que tenha cumprido os desígnios do seu coração.
30.24
Jr 23.20
Nos últimos dias, entendereis isso.

31

O amor redentor de Deus e a restauração de Israel

311Naquele tempo, diz Jeová, serei o

31.1
Jr 30.22
Deus de todas
31.1
Gn 17.7-8
Is 41.10
Rm 11.26-28
as famílias de Israel, e elas serão o meu povo. 2Assim diz Jeová: O povo que escapou da espada
31.2
Nm 14.20
achou graça no deserto. Eu irei e
31.2
Êx 33.14
Js 1.13
darei descanso a Israel. 3Da terra longínqua apareceu-me Jeová, dizendo: Com amor eterno
31.3
Dt 4.37
7.8
te amei, portanto com
31.3
Sl 25.6
benignidade te atraí. 4
31.4
Jr 24.6
33.7
De novo te edificarei, e serás edificada,
31.4
Jr 31.21
virgem de Israel; ainda serás adornada com os teus
31.4
Is 30.32
atabales, e sairás nas danças dos que
31.4
Jr 30.19
se alegram. 5Ainda
31.5
Sl 107.37
Is 65.21
Ez 28.26
plantarás vinhas
31.5
Jr 50.19
nos montes da Samaria; plantarão os plantadores, e lograrão os frutos delas. 6Pois haverá um dia em que os vigias sobre os planaltos de Efraim gritarão: Levantai-vos,
31.6
Jr 31.12
Jr 3.18
50.4-5
Is 2.3
e subamos a Sião, a Jeová nosso Deus.

7Pois assim diz Jeová:

31.7
Jr 20.13
Sl 14.7
Cantai sobre Jacó com alegria, e exultai sobre
31.7
Dt 28.13
Is 61.9
a cabeça das nações; publicai, louvai e dizei:
31.7
Sl 28.9
Salva, Jeová, ao teu povo,
31.7
Jr 23.3
Is 37.31
o resto de Israel. 8Eis que
31.8
Jr 3.18
23.8
os trarei da terra boreal,
31.8
Dt 30.4
Is 43.6
e os congregarei dos últimos confins da terra, e juntamente com eles
31.8
Is 42.16
o cego,
31.8
Is 40.11
Ez 34.16
Mq 4.6
o coxo, a mulher grávida e a que está do parto: voltarão para aqui uma grande companhia. 9
31.9
Jr 50.4
Sl 126.5-6
Com choro virão, e com súplicas os levarei; guiá-los-ei
31.9
Is 43.20
49.10
aos ribeiros de águas por um caminho plano, em que
31.9
Is 63.13
não tropeçarão. Pois tornei-me
31.9
Jr 3.4,19
Is 64.8
pai de Israel, e Efraim é o meu primogênito.

10Ouvi, nações, a palavra de Jeová, e anunciai-a

31.10
Jr 25.22
Is 66.19
às ilhas remotas; dizei: Aquele que espalhou a Israel,
31.10
Jr 50.19
congregá-lo-á, e o guardará,
31.10
Is 40.11
como pastor o seu rebanho. 11Pois Jeová
31.11
Jr 15.21
50.34
Is 44.23
48.20
resgatou a Jacó, e o remiu da mão de quem era
31.11
Sl 142.6
mais forte do que ele. 12
31.12
Jr 31.6-7
Virão e cantarão de júbilo
31.12
Ez 17.23
na altura de Sião,
31.12
Is 2.2
Mq 4.1
e correrão à bondade de Jeová;
31.12
Os 2.22
Jl 3.18
ao trigo, e ao mosto, e ao azeite, e às crias
31.12
Jr 31.24
Jr 33.12-13
das ovelhas e das vacas; a sua alma será como
31.12
Is 58.11
jardim regado;
31.12
Is 35.10
60.20
65.19
Jo 16.22
e nunca mais desfalecerão. 13Então se alegrará a virgem
31.13
Jz 21.21
Sl 30.11
Zc 8.4-5
na dança, como também os mancebos e os velhos juntamente; porque
31.13
Is 61.3
converterei o seu pranto em gozo, os consolarei e
31.13
Is 51.11
os alegrarei, passada a sua tristeza. 14
31.14
Jr 31.25
Saciarei de gordura a alma dos sacerdotes, e o meu povo
31.14
Jr 50.19
se fartará com a minha bondade, diz Jeová.

Raquel consolada

15Assim diz Jeová: Ouviu-se um clamor

31.15
Jr 40.1
Js 18.25
Jz 4.5
Is 10.29
Mt 2.18
em Ramá, lamento e choro amargo, era Raquel chorando a seus filhos.
31.15
Gn 37.35
Sl 77.2
Ela não quer ser consolada acerca de seus filhos, porque
31.15
Jr 10.20
Gn 5.24
42.13,36
já não existem. 16Assim diz Jeová:
31.16
Is 25.8
30.19
Faze a tua voz cessar de chorar, e de verterem lágrimas os teus olhos; porque
31.16
Rt 2.12
Hb 6.10
há recompensa para a tua obra, diz Jeová; os teus filhos
31.16
Jr 30.3
Ez 11.17
voltarão da terra do inimigo. 17
31.17
Jr 29.11
esperança para o teu futuro, diz Jeová, e teus filhos voltarão para os seus termos. 18Na verdade ouvi a Efraim
31.18
Jr 3.21
queixando-se e dizendo:
31.18
Jó 5.17
Sl 94.12
Castigaste-me, e sofri o castigo como
31.18
Os 4.16
novilho ainda não domado.
31.18
Jr 17.14
Sl 80.3,7,19
At 3.26
Converte-me, e serei convertido; pois tu és Jeová, meu Deus. 19Certamente depois que me converti,
31.19
Ez 36.31
Zc 12.10
arrependi-me; depois que fui instruído,
31.19
Ez 21.12
Lc 18.13
bati na coxa. Fiquei
31.19
Jr 3.25
envergonhado e confundido, porque suportei
31.19
Jr 22.21
Sl 25.7
o opróbrio da minha mocidade. 20Acaso é
31.20
Os 11.8
Efraim meu querido filho? é ele criança em quem me deleito? pois quantas vezes falo contra ele, tantas vezes me lembro dele ternamente. Comovem-se
31.20
Gn 43.30
Jz 10.16
as minhas entranhas por ele; certamente
31.20
Is 55.7
Os 14.4
me compadecerei dele, diz Jeová.

A prosperidade futura de Israel

21

31.21
Jr 6.16
Põe-te marcos, faze-te postes que te guiem; dirige o teu coração à estrada, ao caminho por que tu foste:
31.21
Is 48.20
52.11
volta,
31.21
Jr 31.4
virgem de Israel, volta para essas tuas cidades. 22Até quando
31.22
Jr 2.23
13.27
andarás errante,
31.22
Jr 49.4
filha apóstata? pois Jeová criou uma coisa nova sobre a terra: uma mulher cercará a um varão.

23Assim diz Jeová dos Exércitos, Deus de Israel: Ainda proferirão este dito na terra de Judá, e nas suas cidades, quando

31.23
Jr 30.18
32.44
eu fizer voltar o seu cativeiro: Jeová te abençoe,
31.23
Jr 50.7
Is 1.26
ó morada da justiça,
31.23
Sl 48.1
87.1
ó monte da santidade! 24Nele
31.24
Jr 31.12
Ez 36.10
Zc 8.4-8
habitarão Judá e todas as suas cidades juntamente; os lavradores e os que pastoreiam os rebanhos. 25Pois
31.25
Jr 31.12,14
Sl 107.9
Mt 5.6
Jo 4.14
saciei a alma cansada, e fartei toda a alma desfalecida. 26Nisto
31.26
Zc 4.1
despertei, e olhei;
31.26
Pv 3.24
e o meu sono foi doce para mim.

27Eis que vêm os dias, diz Jeová, em que

31.27
Ez 36.9,11
Os 2.23
semearei a casa de Israel e a casa de Judá com a semente de homens, e com a semente de animais. 28Assim como
31.28
Jr 44.27
Dn 9.14
vigiei sobre eles para
31.28
Jr 1.10
18.7-8
arrancar, para demolir, para subverter, para destruir e para afligir, do mesmo modo vigiarei sobre eles para
31.28
Jr 1.10
32.41
edificar e para plantar, diz Jeová. 29Naqueles dias não dirão mais:
31.29
Ez 18.2
Lm 5.7
Os pais comeram uvas verdes, e os dentes dos filhos se embotaram. 30Mas
31.30
Dt 24.16
Is 3.11
Ez 18.4,20
cada um morrerá pela sua iniquidade; todo o homem que comer uvas verdes, a esse é que lhe ficarão botos os dentes.

Realização duma nova aliança

31

31.31
Jr 31.31-34
Hb 8.8-12
Eis que vêm os dias, diz Jeová, em que farei
31.31
Jr 32.40
Ez 37.26
Lc 22.20
1Co 11.25
2Co 3.6
Hb 8.8-12
uma nova aliança com a casa de Israel e com a casa de Judá, 32não segundo
31.32
Êx 19.5
24.6-8
Dt 5.2-3
a aliança que fiz com seus pais no dia em que
31.32
Dt 1.31
Is 63.12
os tomei pela mão para os tirar da terra do Egito (essa minha aliança, eles
31.32
Jr 11.7-8
a invalidaram, ainda que
31.32
Jr 3.14
me desposei com eles, diz Jeová). 33
31.33
Hb 10.16-17
Mas esta é a
31.33
Jr 32.40
aliança que farei com a casa de Israel depois daqueles dias, diz Jeová: Imprimirei a minha lei no seu interior, e a escreverei no
31.33
Jr 24.7
32.40
seu coração; eu serei o seu Deus, e eles serão o meu povo; 34
31.34
1Ts 4.9
1Jo 2.27
não ensinará mais cada um ao seu próximo, dizendo: Conhece a Jeová; porque todos
31.34
Jr 24.7
Is 11.9
54.13
Hc 2.14
me conhecerão desde o menor até o maior deles, diz Jeová.
31.34
Jr 50.20
Mq 7.18
Pois perdoarei a sua iniquidade, e não me lembrarei mais
31.34
Is 43.25
dos seus pecados.

35

31.35
Jr 33.20,25
Assim diz Jeová, que
31.35
Gn 1.14-18
Dt 4.19
Sl 19.1-6
136.7-9
dá o sol para a luz do dia, e as ordenanças da lua e das estrelas para a luz da noite, que agita o mar, de maneira que bramem as suas ondas.
31.35
Jr 10.16
32.18
50.34
Jeová dos Exércitos é o seu nome. 36
31.36
Jr 33.20-26
Sl 89.36-37
Is 54.9-10
Se estas ordenanças faltarem diante de mim,
31.36
Am 9.8-9
cessará também a linhagem de Israel de ser uma nação diante de mim para sempre. 37Assim diz Jeová:
31.37
Jr 33.22
Is 40.12
Se puder ser medido o céu lá em cima, e se puderem ser sondados os fundamentos da terra cá em baixo, também
31.37
Jr 33.24-26
Rm 11.2-5,26-27
eu rejeitarei toda a linhagem de Israel, por tudo quanto têm feito, diz Jeová.

38Eis que vêm os dias, diz Jeová, em que

31.38
Jr 31.4
Jr 30.18
a cidade será edificada para Jeová desde
31.38
Ne 3.1
12.39
Zc 14.10
a torre de Hananeel até
31.38
2Rs 14.13
2Cr 26.9
a porta da esquina. 39O cordel da medida ainda se estenderá em linha direta até o outeiro de Garebe, e dará volta até Goá. 40
31.40
Jr 7.32
8.2
O vale inteiro dos cadáveres e da cinza, e todos os campos até a torrente de
31.40
2Sm 15.23
2Rs 23.6,12
Jo 18.1
Cedrom, até a esquina da
31.40
2Rs 11.16
2Cr 23.15
Ne 3.28
porta dos cavalos para o oriente, será tudo
31.40
Jl 3.17
Zc 14.20
santo a Jeová; nunca mais será arrancado, nem demolido.