Tradução Brasileira (2010) (TB)
15

Jeová é inexorável

151Disse-me Jeová:

15.1
Sl 99.6
Ez 14.14,20
Ainda que
15.1
Êx 32.11-14
Nm 14.13-20
Sl 106.23
Moisés e
15.1
1Sm 7.9
12.23
Samuel
15.1
Jr 15.19
Jr 18.20
35.19
se apresentassem diante de mim, todavia, a minha alma não poderia estar com este povo;
15.1
Jr 7.15
10.18
52.3
2Rs 17.20
lança-os de diante de mim, e
15.1
Jr 10.20
saiam. 2Quando te perguntarem: Para onde sairemos? Então, lhes responderás: Assim diz Jeová: O que é
15.2
Jr 14.12
24.10
43.11
Ez 5.2,12
para a morte, para a morte; o que é para a espada, para a espada; o que é para a fome, para a fome; e o que é para o cativeiro, para o cativeiro. 3
15.3
Lv 26.16,22,25
Ez 14.21
Porei sobre eles quatro sortes de castigo, diz Jeová: a espada para matar, e
15.3
1Rs 21.23-24
os cães para dilacerarem, e as
15.3
Jr 7.33
Dt 28.26
Is 18.6
aves do céu e os animais para devorarem e destruírem. 4Farei que sejam
15.4
Jr 24.9
29.18
Lv 26.33
um espetáculo horrendo a todos os reinos da terra, por causa de
15.4
2Rs 21.1-18
23.26-27
24.3-4
Manassés, filho de Ezequias, rei de Judá, e por causa do que fez em Jerusalém.

5Pois quem

15.5
Jr 13.14
21.7
Sl 69.20
se compadecerá de ti, Jerusalém? Quem
15.5
Jr 16.5
Is 51.19
Na 3.7
se condoerá de ti? Ou quem se desviará para perguntar pela tua paz? 6Tu me
15.6
Jr 6.19
8.9
rejeitaste, diz Jeová,
15.6
Jr 7.24
Is 1.4
voltaste para trás; por isso,
15.6
Jr 6.12
Sf 1.4
estendi a minha mão contra ti e te destruí;
15.6
Jr 6.11
7.16
cansado estou de me arrepender. 7Eu
15.7
Jr 51.2
Sl 1.4
os cirandei com a pá nas portas da terra;
15.7
Jr 18.21
Os 9.12-16
já desfilhei, já destruí o meu povo; não voltaram dos seus caminhos. 8As suas
15.8
Is 3.25-26
4.1
viúvas se me têm multiplicado mais do que a areia dos mares; fiz vir sobre eles, até sobre a mãe de mancebos,
15.8
Jr 22.7
um despojador
15.8
Jr 6.4
ao meio-dia; fiz cair de repente sobre ela angústia e pavor. 9Desfalece
15.9
1Sm 2.5
Is 47.9
a que teve sete filhos; exalou o seu espírito, já se pôs
15.9
Jr 6.4
Am 8.9
o seu sol enquanto ainda era dia; ficou
15.9
Jr 50.12
envergonhada e confundida.
15.9
Jr 21.7
Os que ficaram deles, entregá-los-ei à espada diante dos seus inimigos, diz Jeová.

As lamentações de Jeremias e as respostas de Jeová

10

15.10
Jr 20.14
Jó 3.3
Ai de mim, minha mãe! Porque me deste à luz
15.10
Jr 15.20
Jr 1.18-19
20.7-8
homem de rixas e homem de contendas para a terra toda!
15.10
Êx 22.25
Lv 25.36-37
Dt 23.19
Nunca lhes dei dinheiro à usura, nem me deram a mim à usura; contudo, cada um deles me amaldiçoa.

11Jeová disse: Na verdade,

15.11
Sl 138.3
Is 41.10
te fortalecerei para o bem; na verdade, farei que
15.11
Jr 21.2
37.3
38.14
42.2
o inimigo te suplique no tempo de calamidade e no tempo de aflição. 12Acaso, pode alguém quebrar o ferro,
15.12
Jr 28.14
o ferro do Norte, e o bronze? 13A tua
15.13
Jr 17.3
20.5
substância e os teus tesouros, eu os darei
15.13
Is 52.3,5
sem preço ao saque, por todos os teus pecados e em todos os teus termos. 14Farei que passes com os teus inimigos para uma
15.14
Jr 16.13
Dt 28.36,64
terra que não sabes; porque
15.14
Jr 17.4
Sl 21.9
o fogo se ateou na minha ira e sobre vós arderá.

15Tu

15.15
Jr 12.3
sabes, Jeová; lembra-te de mim, visita-me e
15.15
Jr 15.20
Jr 20.2,11
vinga-me dos meus perseguidores; pela tua longanimidade, não me arrebates, eu te peço. Sabe que
15.15
Jr 20.8
Sl 44.22
69.7-9
por amor de ti tenho sofrido afrontas. 16Acharam-se as tuas palavras, e eu
15.16
Ez 3.3
as comi; e as
15.16
Jó 23.12
Sl 119.103
tuas palavras eram para mim o gozo e a alegria do meu coração. Pois sou
15.16
Jr 14.9
chamado do teu nome, Jeová, Deus dos Exércitos. 17
15.17
Jr 16.8
2Co 6.17
Não me sentei na assembleia dos que se alegram, nem me regozijei; sentei-me
15.17
Jr 13.17
Sl 102.7
Lm 3.28
Ez 3.24-25
a sós por causa da tua mão, pois me
15.17
Jr 6.11
encheste de indignação. 18Por que é perpétua a minha dor, e,
15.18
Jr 30.12,15
Jó 34.6
Mq 1.9
incurável, a minha ferida, que se recusa a ser curada? Acaso, ser-me-ás como um
15.18
Jr 14.3
Jó 6.15,20
ribeiro enganoso, como águas que não são fiéis?

19Portanto, assim diz Jeová:

15.19
Jr 4.1
Se te tornares, então, te farei voltar,
15.19
Jr 15.1
Jr 35.19
1Rs 17.1
para que te apresentes diante de mim;
15.19
Jr 6.29
Ez 22.26
44.23
e, se tirares do vil o precioso, serás como a minha boca; voltar-se-ão eles para ti, mas tu não te voltarás para eles. 20
15.20
Jr 1.18-19
6.27
Ez 3.9
Dar-te-ei a este povo por um muro fortificado e de bronze; eles pelejarão contra ti, porém contra ti não prevalecerão, porque
15.20
Jr 15.15
Jr 1.8,19
Sl 46.7
Is 41.10
eu sou contigo para te salvar e para te livrar, diz Jeová. 21
15.21
Jr 20.13
39.11-12
Gn 48.16
Sl 37.40
Livrar-te-ei das mãos dos iníquos e
15.21
Jr 31.11
50.34
Is 49.26
60.16
remir-te-ei das mãos dos terríveis.

16

Predição do cativeiro e do livramento de Israel

161Veio a mim

16.1
Jr 1.2,4
2.1
a palavra de Jeová, dizendo: 2
16.2
1Co 7.26
Não tomarás mulher, nem terás filhos nem filhas neste lugar. 3Pois acerca dos
16.3
Jr 6.11
filhos e acerca das filhas que nascem neste lugar, e acerca das
16.3
Jr 15.8
mães que os deram à luz, e acerca dos
16.3
Jr 6.21
pais que os geraram nesta terra, assim diz Jeová: 4De mortes terríveis
16.4
Jr 15.2
morrerão;
16.4
Jr 25.33
não serão lamentados, nem enterrados; serão como
16.4
Jr 9.22
25.33
Sl 83.10
esterco sobre a face da terra. Serão
16.4
Jr 14.15
44.12,27
consumidos à espada e de fome; os seus cadáveres servirão de pasto para
16.4
Jr 15.3
34.20
Sl 79.2
Is 18.6
as aves do céu e para os animais da terra.

5Pois assim diz Jeová: Não entreis na casa

16.5
Ez 24.16-23
de luto, nem vás a lamentá-los, nem te compadeças deles, porque deste povo, diz Jeová, já tirei
16.5
Jr 12.12
15.1-4
a minha paz, a saber,
16.5
Jr 13.14
Is 27.11
Sl 25.6
a benignidade e terna compaixão. 6Morrerão nesta terra
16.6
2Cr 36.17
Ez 9.6
tanto grandes como pequenos:
16.6
Jr 16.4
não serão enterrados, não serão lamentados,
16.6
Jr 41.5
47.5
Dt 14.1
não se farão por eles incisões, nem por eles se raparão os cabelos. 7Quando estiverem de luto,
16.7
Dt 26.14
Ez 24.17
Os 9.4
não se repartirá pão entre eles, para os consolar sobre os mortos; nem se lhes dará a beber o copo da consolação por seu pai ou sua mãe. 8
16.8
Jr 15.17
Ec 7.2-4
Is 22.12-14
Os 6.4-6
Não entrarás na casa do banquete para te sentares com eles a comer e a beber. 9Pois assim diz Jeová dos Exércitos, Deus de Israel: Eis que, perante os vossos olhos e em vossos dias, vou
16.9
Jr 7.34
25.10
Os 2.11
fazer cessar deste lugar a voz de gozo e a voz de alegria, a voz do noivo e a voz da noiva.

10Quando anunciares a este povo todas essas palavras, e te disserem:

16.10
Jr 5.19
13.22
Dt 29.24-25
1Rs 9.8-9
Para que pronunciou Jeová contra nós todo este grande mal? Ou qual é a nossa iniquidade? Ou qual é o nosso pecado, que cometemos contra Jeová, nosso Deus? 11Então, lhes responderás:
16.11
Jr 5.7-9
Ne 9.26-29
Sl 106.35-41
Porque vossos pais me abandonaram, diz Jeová; porque andaram após
16.11
Jr 8.2
Ez 11.21
1Pe 4.3
outros deuses, os serviram e os adoraram; porque me abandonaram e não guardaram a minha lei. 12Vós fizestes o mal ainda
16.12
Jr 7.26
mais do que vossos pais; pois eis que andais, cada um após a
16.12
Jr 7.24
9.14
13.10
1Sm 15.23
obstinação do seu
16.12
Ec 9.3
Mc 7.21
mau coração, de modo que não me escuteis. 13Portanto, eu vos
16.13
Jr 15.1
Dt 4.26-27
2Cr 7.20
lançarei fora desta terra
16.13
Jr 15.14
17.4
para uma terra que não conhecestes, nem vós nem vossos pais; ali,
16.13
Jr 5.19
Dt 4.28
28.36
servireis a outros deuses de dia e de noite; pois não concederei
16.13
Jr 16.5
favor algum.

14

16.14
Jr 23.7-8
Is 43.18-19
Os 3.4-5
Portanto, eis que vêm os dias, diz Jeová, em que não se dirá mais: Pela vida de Jeová,
16.14
Êx 20.2
Dt 15.15
que tirou da terra do Egito os filhos de Israel; 15mas, sim: Pela vida de Jeová, que tirou os filhos de Israel
16.15
Jr 3.18
24.6
Sl 106.47
Is 11.11-16
14.1
da terra do Norte, bem como de todos os países para onde os tinha lançado. Fá-los-ei voltar para a sua terra, que dei a seus pais.

16Eis que mandarei vir muitos

16.16
Am 4.2
Hc 1.14-15
pescadores, diz Jeová, e eles os pescarão; depois, mandarei vir muitos caçadores, e eles os
16.16
1Sm 26.20
Mq 7.2
caçarão
16.16
Is 2.21
Am 9.1-3
de todos os montes e de todos os outeiros, e das fendas dos penhascos. 17
16.17
Jr 23.24
32.19
Sl 90.8
Lc 12.2
1Co 4.5
Hb 4.13
Pois os meus olhos estão sobre todos os seus caminhos; não se acham eles escondidos da minha face,
16.17
Jr 2.22
nem está a sua iniquidade encoberta aos meus olhos. 18Primeiramente,
16.18
Jr 17.18
Ap 13.6
pagarei em dobro a sua iniquidade e o seu pecado, porque
16.18
Jr 2.7
3.9
Nm 35.33-34
contaminaram a minha terra com
16.18
Jr 7.30
Ez 11.18,21
os cadáveres das suas coisas detestáveis e encheram das suas abominações a minha herança.

19Ó Jeová,

16.19
Jr 15.11
Sl 18.1-2
Is 25.4
força minha, e fortaleza minha,
16.19
Na 1.7
e meu refúgio no dia da angústia, a ti virão
16.19
Jr 3.17
4.2
as nações desde as extremidades da terra e dirão: Nossos pais herdaram tão somente
16.19
Jr 10.14
14.22
Is 44.20
Hc 2.18-19
mentiras, vaidades e coisas em que não há proveito. 20Porventura, fará um homem para si deuses, que, contudo,
16.20
Jr 2.11
5.7
Sl 115.4-8
Is 37.19
Os 8.4-6
não são deuses?

21Portanto, eis que os farei conhecer, sim, desta vez

16.21
Sl 9.16
os farei conhecer a minha mão e o meu poder; e
16.21
Jr 33.2
Sl 83.18
Is 43.3
Am 5.8
saberão que o meu nome é Jeová.

17

O pecado de Judá é indelével

171

17.1
Jr 2.22
4.14
O pecado de Judá está escrito com um
17.1
Jó 19.24
ponteiro de ferro e com a ponta dum diamante;
17.1
Pv 3.3
7.3
Is 49.16
2Co 3.3
gravado está na tábua do seu coração e nos chifres dos vossos altares. 2enquanto os seus
17.2
Jr 7.18
filhos se lembram dos seus altares, e dos seus
17.2
Êx 34.13
Aserins junto às
17.2
Jr 3.6
árvores frondosas, sobre os altos outeiros. 3Ó meu
17.3
Jr 26.18
Mq 3.12
monte que te elevas sobre o campo, a tua substância e todos os teus tesouros, bem como os teus altos,
17.3
Jr 15.13
20.5
2Rs 24.13
Is 39.4-6
dá-los-ei como despojo por causa do pecado, em todos os teus termos. 4Tu
17.4
Jr 12.7
Lm 5.2
abandonarás a tua herança que te dei, e farei que sirvas aos teus
17.4
Jr 15.14
27.12-13
Dt 28.48
Is 14.3
inimigos na terra que não conheces; porque
17.4
Jr 7.20
15.14
Is 5.25
ateaste um fogo na minha ira, o qual arderá para sempre.

Em Jeová unicamente deve ser posta a confiança

5Assim diz Jeová:

17.5
Sl 146.3
Is 2.22
30.1
Ez 29.6-7
Maldito é o homem que confia no homem, põe a
17.5
2Cr 32.8
Is 31.3
carne por seu braço e cujo coração se desvia de Jeová! 6Porque será como o
17.6
Jr 48.6
junípero no deserto e não verá quando vier o bem; mas habitará nos lugares áridos do ermo,
17.6
Dt 29.23
Jó 39.6
numa terra de salsugem e despovoada. 7
17.7
Sl 34.8
84.12
Bendito é o homem que confia em Jeová
17.7
Sl 40.4
e de quem Jeová é a confiança! 8Porque será como
17.8
Sl 1.3
92.12-14
Ez 31.3-9
a árvore plantada junto às águas, que estende as suas raízes à margem dum ribeiro; não temerá quando vier o calor, mas a sua folha será verde; no ano de
17.8
Jr 14.1-6
seca, não andará cuidadoso, nem deixará de dar fruto.

9

17.9
Mc 7.21-22
Rm 7.11
Ef 4.22
Enganoso é o coração acima de todas as coisas
17.9
Ec 9.3
Is 1.6
6.10
Mt 13.15
Mc 2.17
Rm 1.21
e gravemente enfermo; quem o poderá conhecer? 10Eu, Jeová,
17.10
Jr 11.20
20.12
1Sm 16.7
Rm 8.27
esquadrinho o coração, provo os rins, para dar a cada um segundo os seus caminhos, segundo o fruto dos seus feitos. 11Como a perdiz que ajunta pintainhos que não são do seu ninho, assim é o que
17.11
Jr 6.13
8.10
22.13,17
ajunta riquezas, porém não com direito; no meio dos seus dias, as deixará, e, no seu fim, se mostrará insensato.

12Um

17.12
Jr 3.17
14.21
trono de glória, exaltado desde o princípio, é o lugar do nosso santuário. 13Ó Jeová,
17.13
Jr 14.8
50.7
Esperança de Israel! Todos os que te abandonarem serão envergonhados; os que
17.13
Jr 17.5
Sl 73.27
se desviarem de ti, serão escritos sobre a terra, porque
17.13
Jr 2.13,17
abandonaram a Jeová, fonte das águas vivas. 14
17.14
Jr 30.17
33.6
Cura-me, Jeová, e serei curado;
17.14
Sl 54.1
60.5
salva-me, e serei salvo, porque tu és o meu
17.14
Dt 10.21
Sl 109.1
louvor. 15Eis que eles me
17.15
Is 5.19
Am 5.18
dizem: Onde está a palavra de Jeová? Que venha agora! 16Quanto a mim,
17.16
Jr 1.6
20.9
não me apressei em deixar de ser pastor após ti, nem tampouco desejei o dia calamitoso;
17.16
Jr 12.3
tu sabes; o que saiu dos meus lábios foi diante da tua face. 17Não me sejas
17.17
Sl 88.15
motivo de pavor;
17.17
Jr 16.19
Na 1.7
meu refúgio és tu no dia da calamidade. 18Sejam
17.18
Jr 17.13
Jr 20.11
Sl 35.4,26
envergonhados os que me perseguem, porém não seja eu envergonhado; assombrem-se eles, porém
17.18
Jr 1.17
não me assombre eu;
17.18
Sl 35.8
faze vir sobre eles o dia da calamidade e quebra-os com
17.18
Jr 16.18
dobrado quebrantamento.

A santificação do sábado

19Assim me disse Jeová: Vai

17.19
Jr 7.2
26.2
e põe-te na porta dos filhos do povo, pela qual entram os reis de Judá e pela qual saem, como também em todas as portas de Jerusalém, 20e dize-lhes: Ouvi a palavra de Jeová,
17.20
Jr 19.3-4
Sl 49.1-2
Os 5.1
Am 4.1
reis de Judá, e todo o Judá, e todos os habitantes de Jerusalém que entrais por estas portas. 21Assim diz Jeová:
17.21
Dt 4.9,15,23
Mc 4.24
Guardai-vos a vós mesmos
17.21
Nm 15.32-36
Ne 13.15-21
Jo 5.9-12
e não queirais trazer cargas no dia do sábado, nem as introduzais pelas portas de Jerusalém; 22nem das vossas casas tireis cargas no dia do sábado, nem façais
17.22
Êx 16.23-29
20.8-10
Dt 5.12-14
Is 56.2-6
58.13
trabalho algum; antes, santificai o dia do sábado, como
17.22
Êx 31.13-17
Ez 20.12
Zc 1.4
ordenei a vossos pais. 23Porém
17.23
Jr 7.24,28
11.10
não escutaram, nem inclinaram os seus ouvidos,
17.23
Jr 7.26
19.15
Pv 29.1
mas endureceram a sua cerviz, para não me ouvirem, para não receberem instruções.

24Se

17.24
Êx 15.26
Dt 11.13
Is 21.7
55.2
diligentemente me ouvirdes, diz Jeová,
17.24
Jr 17.21-22
para não introduzirdes cargas pelas portas desta cidade no dia do sábado, mas
17.24
Êx 20.8-11
Ez 20.20
para santificardes o dia do sábado, sem fazerdes nele trabalho algum, 25
17.25
Jr 22.4
pelas portas desta cidade entrarão reis e príncipes,
17.25
Jr 33.15,17,21
2Sm 7.16
Is 9.7
Lc 1.32
que se assentarão sobre o trono de Davi e andarão em carros e montados em cavalos, eles e os seus príncipes, os homens de Judá e os habitantes de Jerusalém; e esta cidade
17.25
Sl 132.13-14
Hb 12.22
permanecerá para sempre. 26Virão das
17.26
Jr 32.44
33.13
cidades de Judá, e dos contornos de Jerusalém, e da terra de Benjamim, e da planície, e da região montanhosa,
17.26
Zc 7.7
e do Neguebe, trazendo à Casa de Jeová
17.26
Jr 33.18
holocaustos, e sacrifícios, e oblações, e incenso,
17.26
Jr 33.11
Sl 107.22
trazendo também sacrifícios de ação de graças. 27Se,
17.27
Jr 22.5
26.4
Is 1.20
Zc 7.11-14
porém, não me ouvirdes para santificardes o dia do sábado e para no dia do sábado cessardes de trazer carga e entrar com ela pelas portas de Jerusalém;
17.27
Jr 11.16
21.14
Is 9.18-19
acenderei fogo nas portas dela, fogo que
17.27
Jr 39.8
Am 2.5
devorará os palácios de Jerusalém e
17.27
Jr 7.20
Ez 20.47
não se apagará.