Tradução Brasileira (2010) (TB)
9

91

9.1
Jr 9.18
Jr 13.17
Is 22.4
Lm 2.18
Oxalá a minha cabeça se tornasse em águas, e os meus olhos, em fonte de lágrimas, para que eu chorasse de dia e de noite os mortos da
9.1
Jr 6.26
8.21-22
filha do meu povo! 2
9.2
Sl 55.6-7
120.5-6
Oxalá eu tivesse no deserto um albergue de viandantes, para poder deixar o meu povo e me apartar deles! Porque todos eles são
9.2
Jr 5.7-8
23.10
Os 4.2
adúlteros, assembleia
9.2
Jr 5.11
12.1,6
de prevaricadores. 3Com dolo,
9.3
Jr 9.8
Sl 64.3
Sl 59.4
encurvam a sua língua como o seu arco; e não é com fidelidade que se tornam fortes na terra, porque
9.3
Jr 4.22
passam de maldade em maldade
9.3
Jr 5.4-5
1Sm 2.12
Os 4.1
e não me conhecem, diz Jeová. 4
9.4
Jr 9.8
Sl 12.2
Pv 26.24-25
Guardai-vos cada um do seu próximo
9.4
Jr 12.6
e não vos fieis de nenhum
9.4
Gn 27.35
irmão, porque cada irmão se tornará de todo um suplantador, e cada próximo
9.4
Jr 6.28
Sl 15.3
Pv 10.18
andará caluniando. 5
9.5
Mq 6.12
Zombarão, cada um do seu próximo, e não falarão a verdade; ensinaram a sua língua a proferir mentiras,
9.5
Jr 12.13
51.58,64
cansam-se em praticar a iniquidade. 6
9.6
Jr 5.27
8.5
Sl 120.5-6
A tua habitação está no meio do dolo, com dolo
9.6
Jr 11.10
13.10
Jó 21.14-15
Jo 3.19-20
recusam-se à conhecer-me, diz Jeová.

Ameaças de ruína e exílio

7Portanto, assim diz Jeová dos Exércitos: Eis que eu os fundirei e os

9.7
Jr 6.27
Is 1.25
Ml 3.3
provarei, pois
9.7
Os 11.8
que outra coisa faria eu a respeito da filha do meu povo? 8
9.8
Jr 9.3
A língua deles é flecha mortífera; ela fala o
9.8
Sl 12.2
engano. Com a boca,
9.8
Sl 28.3
fala o homem paz ao seu próximo, mas no coração
9.8
Jr 5.26
arma-lhe ciladas. 9
9.9
Jr 5.9,29
Is 1.24
Acaso, não hei de castigar por causa dessas coisas? — diz Jeová; de uma nação como esta não se há de vingar a minha alma?

10Pelos

9.10
Jr 4.24
7.29
montes, romperei em choro e pranto e, pelos pastos do
9.10
Jr 4.26
Os 4.3
deserto, em lamento, porque foram
9.10
Jr 12.4,10
Ez 14.15
29.11
33.28
abrasados, de maneira que ninguém passe por ali; ali, não se pode ouvir o berro do gado; já, desde
9.10
Jr 4.25
12.4
Os 4.3
as aves dos céus até os animais, fugiram e se foram. 11Farei de Jerusalém
9.11
Jr 51.37
Is 25.2
montões, morada de
9.11
Is 13.22
34.13
chacais; e das cidades de Judá farei uma
9.11
Jr 4.27
26.9
desolação, sem ficarem nela habitantes.

12Quem é o

9.12
Sl 107.43
Os 14.9
homem sábio, que entenda isso? E a quem falou
9.12
Jr 9.20
Jr 23.16
a boca de Jeová, para que o publique?
9.12
Jr 23.10
Sl 107.34
Por que razão pereceu a terra e foi abrasada como um deserto, de maneira que ninguém passe por ela? 13Jeová diz: Porque
9.13
Jr 5.19
22.9
2Cr 7.19
Sl 89.30
abandonaram a minha lei, que lhes pus diante, e não obedeceram à minha voz, nem andaram nela, 14mas
9.14
Jr 7.24
11.8
Rm 1.21-24
andaram após a obstinação do seu coração e após os
9.14
Jr 2.8,23
23.27
Baalins, coisa que lhes ensinaram
9.14
Gl 1.14
1Pe 1.18
seus pais; 15portanto, assim diz Jeová dos Exércitos, Deus de Israel: Eis que alimentarei a este povo com absinto e lhe darei de beber água de
9.15
Jr 8.14
23.15
Dt 29.18
fel. 16Também
9.16
Jr 13.24
Lv 26.33
Dt 28.64
os espalharei por entre as nações que nem eles nem seus pais conheceram; e enviarei após eles a
9.16
Jr 44.27
Ez 5.2,12
espada até que os tenha consumido.

Conselho a que sejam chamadas as carpideiras

17Assim diz Jeová dos Exércitos: Considerai, e chamai as

9.17
2Cr 35.25
Ec 12.5
carpideiras, para que venham, e mandai buscar
9.17
Am 5.16
as que são hábeis, para que venham. 18Apressem-se e principiem o lamento sobre nós, para que destilem lágrimas
9.18
Jr 9.1
Jr 14.17
Is 22.4
os nossos olhos, e as nossas pálpebras se desfaçam em água. 19Pois de Sião se ouve uma voz
9.19
Jr 7.29
Ez 7.16-18
de pranto.
9.19
Jr 4.13
Dt 28.29
Como somos despojados! Estamos sobremaneira confundidos, por termos
9.19
Jr 7.15
15.1
deixado a terra, por terem eles derrubado as nossas casas. 20Contudo, ouvi,
9.20
Is 32.9
mulheres, a palavra de Jeová, e recebam os vossos ouvidos a palavra da sua boca, e ensinai a vossas filhas o pranto, e cada uma, à sua vizinha, o lamento. 21Pois
9.21
Jr 15.7
18.21
2Cr 36.17
Ez 9.5-6
Am 6.9-10
a morte subiu pelas nossas janelas, entrou em nossos palácios, para exterminar das ruas
9.21
Jr 6.11
as crianças e das praças os mancebos. 22Fala: Assim diz Jeová: Os cadáveres dos homens cairão como
9.22
Jr 8.2
16.4
25.33
Sl 83.10
Is 5.25
esterco sobre a face do campo e como gavela, por detrás do ceifador, e ninguém os recolherá.

A glória do homem está no conhecimento de Deus

23Assim diz Jeová:

9.23
Ec 9.11
Is 47.10
Ez 28.3-7
Não se glorie o sábio na sua sabedoria, nem
9.23
1Rs 20.10-11
Is 10.8-12
o forte, na sua força, nem
9.23
Jó 31.24-25
Sl 49.6-9
o rico, nas suas riquezas; 24mas
9.24
Jr 4.2
Sl 44.8
Is 41.16
1Co 1.31
2Co 10.17
Gl 6.14
nisto se glorie aquele que se gloria: em entender e em me conhecer, que eu sou Jeová, que
9.24
Êx 34.6-7
Sl 36.5,7
51.1
faço benignidade, juízo e justiça sobre a terra; porque nessas coisas
9.24
Is 61.8
Mq 7.18
me deleito, diz Jeová.

25Eis que vêm os dias, diz Jeová, em que hei de castigar a todos os que são circuncidados

9.25
Jr 4.4
Rm 2.8-9
no seu prepúcio: 26ao Egito, e a Judá, e a Edom, e aos filhos de Amom, e a Moabe, e
9.26
Jr 25.23
a todos os que têm o cabelo cortado em redondo, os quais habitam no deserto. Pois todas as nações são incircuncisas, e toda a casa de Israel vem a ser uns
9.26
Jr 4.4
6.10
Lv 26.41
Ez 44.7
Rm 2.28
incircuncisos de coração.

10

101Ouvi a palavra que Jeová vos fala, casa de Israel. 2Assim diz Jeová:

10.2
Lv 18.3
Dt 12.30
Não aprendais o caminho das nações e não vos espanteis dos sinais do céu, pois deles
10.2
Is 47.12-14
se espantam as nações. 3Pois os costumes dos povos são
10.3
Jr 14.22
vaidade.
10.3
Is 44.9-20
O ídolo é apenas um madeiro que se corta do bosque, obra das mãos do artífice que o trabalhou com o machado. 4
10.4
Jr 10.14
Is 40.19
Enfeitam-no com prata e com ouro;
10.4
Is 40.20
41.7
com pregos e a marteladas o firmam, para que não se abale. 5São como o espantalho num pepinal
10.5
Jr 10.14
Is 46.6-7
e não falam;
10.5
Is 46.1,7
necessitam de serem carregados porque não podem dar passo. Não tenhais medo deles, porque
10.5
Is 41.23-24
não podem fazer o mal, nem está neles o fazer o bem.

Contraste entre Jeová e os deuses falsos

6

10.6
Jr 10.16
Dt 33.26
Ninguém é semelhante a ti, Jeová;
10.6
Jr 32.18
Sl 48.1
96.4
Is 12.6
grande és tu, e grande é o teu nome em poder. 7Quem te não temeria,
10.7
Sl 22.28
ó Rei das nações? Convém que sejas temido, porquanto, entre todos os
10.7
Dn 2.27-28
1Co 1.19-20
sábios das nações e em todos os seus reinos, não há quem seja semelhante a ti. 8Porém são, à uma,
10.8
Jr 10.14
Jr 4.22
5.4,21
embrutecidos e se tornam insensatos; a instrução que os ídolos lhes dão é
10.8
Jr 2.27
madeiro. 9
10.9
Is 40.19
prata em chapas que se traz de
10.9
Sl 72.10
Is 23.6
Társis, e
10.9
Dt 10.5
ouro, de Ufaz, obra do artífice e das mãos do ourives; de azul e de púrpura é a vestidura deles; todos eles são obra de
10.9
Sl 115.4
homens peritos. 10Porém Jeová é o
10.10
Is 65.16
verdadeiro Deus; ele é
10.10
Jr 4.2
o Deus vivo e
10.10
Sl 10.16
29.10
o Rei sempiterno. Ao seu furor,
10.10
Jr 4.24
50.46
estremece a terra, e as nações não podem
10.10
Sl 76.7
suportar a sua indignação.

11Assim lhes direis:

10.11
Sl 96.5
Os deuses que não fizeram os céus e a terra
10.11
Is 2.18
Sf 2.11
perecerão da terra e de debaixo dos céus.

12

10.12
Jr 51.15-19
Jó 38.4-7
Sl 148.4-5
Ele fez a terra com o seu poder,
10.12
Sl 78.69
Is 45.18
estabeleceu o mundo com a sua sabedoria e, com o seu entendimento,
10.12
Jó 9.8
Is 40.22
estendeu os céus; 13ao dar ele a sua
10.13
Sl 29.3-9
voz, há um tumulto de águas nos céus, e faz subir das extremidades da terra
10.13
Jó 36.27-29
os vapores; faz os relâmpagos para a chuva e, dos seus tesouros, faz sair
10.13
Sl 135.7
o vento. 14Todo homem tem-se
10.14
Jr 10.8
Jr 51.17-18
embrutecido e não tem conhecimento; todo ourives é envergonhado pela imagem que ele esculpiu. Pois a imagem que ele fundiu é mentira, e nelas não há fôlego. 15
10.15
Jr 8.19
14.22
Is 41.24
Vaidade são, obra de enganos;
10.15
Jr 8.12
51.18
no tempo da sua visitação, perecerão. 16Não é semelhante a estes Aquele que é a
10.16
Jr 51.19
Sl 73.26
Porção de Jacó; porque ele é
10.16
Jr 10.12
Is 45.7
o que forma todas as coisas;
10.16
Dt 32.9
e Israel é a tribo da sua herança.
10.16
Jr 31.35
32.18
Jeová dos Exércitos é o seu nome.

17

10.17
Ez 12.3-12
Tira do chão a tua trouxa, tu que moras em lugar cercado. 18Pois assim diz Jeová: Eis que vou, agora,
10.18
1Sm 25.29
lançar para fora os habitantes da terra e os angustiarei, para que o sintam.

19

10.19
Jr 4.31
Ai de mim por causa do meu mal!
10.19
Jr 14.17
Mui grande é a minha ferida. Mas eu disse: Certamente, enfermidade minha é esta, e
10.19
Sl 39.9
Mq 7.9
eu a suportarei. 20A minha
10.20
Jr 4.20
Lm 2.4
tenda foi despojada, e todas as minhas cordas foram quebradas;
10.20
Jr 31.15
Lm 1.5
meus filhos saíram de mim, já não existem:
10.20
Is 51.18
não há mais quem estenda a minha tenda e levante as minhas cortinas. 21Pois os pastores
10.21
Jr 10.8
Jr 12.10
Is 56.10-12
se embruteceram e não
10.21
Jr 2.8
consultaram a Jeová; por isso, não prosperaram, e
10.21
Jr 23.2
todos os seus rebanhos se acham dispersos. 22Eis que vem o som
10.22
Jr 4.15
dum rumor e um grande tumulto
10.22
Jr 1.14
25.9
da terra do Norte,
10.22
Jr 9.11
49.33
para fazer das cidades de Judá uma desolação, uma morada de chacais.

23Eu sei, Jeová,

10.23
Pv 20.24
que não é do homem o seu caminho,
10.23
Is 26.7
não depende do homem que anda o dirigir os seus passos. 24
10.24
Sl 6.1
Corrige-me, Jeová, porém com juízo; não na tua ira, para que não me reduzas a nada. 25
10.25
Sl 79.6-7
Sf 3.8
Derrama o teu furor sobre as gentes que não te conhecem e sobre as famílias
10.25
Sf 1.6
que não invocam o teu nome, porque devoraram a Jacó, sim, o
10.25
Jr 8.16
50.7,17
devoraram, e consumiram, e devastaram o lugar da sua habitação.

11

Violação da aliança, por parte de Judá

111Eis a palavra que da parte de Jeová veio a Jeremias, dizendo: 2

11.2
Jr 11.6
Ouvi as palavras desta
11.2
Êx 19.5
aliança e fala aos homens de Judá e aos habitantes de Jerusalém; 3dize-lhes: Assim diz Jeová, Deus de Israel:
11.3
Jr 17.5
Dt 27.26
Gl 3.10
Maldito seja o homem que não ouvir as palavras desta aliança, 4a qual ordenei a vossos pais
11.4
Jr 31.32
Êx 24.3-8
no dia em que os tirei da terra do Egito,
11.4
Dt 4.20
1Rs 8.51
da fornalha de ferro,
11.4
Jr 7.23
26.13
Dt 11.27
dizendo: Obedecei à minha voz e fazei segundo tudo quanto vos ordeno; assim, vós sereis
11.4
Jr 24.7
Zc 8.8
o meu povo, e eu serei o vosso Deus; 5para que eu estabeleça
11.5
Jr 32.22
Êx 13.5
Dt 7.12
o juramento que jurei a vossos pais, de lhes dar uma terra que manasse leite e mel, como é no dia de hoje. Então, respondi e disse:
11.5
Jr 28.6
Amém, Jeová!

6Disse-me Jeová:

11.6
Jr 3.12
7.2
Proclama todas estas palavras nas cidades de Judá e nas ruas de Jerusalém, dizendo:
11.6
Jr 11.2
Ouvi as palavras desta aliança e observai-as. 7Pois com instância
11.7
1Sm 8.9
protestei a vossos pais no
11.7
Jr 11.4
Êx 15.26
dia em que os tirei da terra do Egito até o dia de hoje,
11.7
Jr 7.25
2Cr 36.15
levantando-me cedo e protestando:
11.7
Jr 11.4
Obedecei à minha voz. 8Contudo,
11.8
Jr 7.24
9.14
35.15
Ez 20.8
não obedeceram, nem inclinaram os seus ouvidos, mas andaram, cada um, na obstinação do seu mau coração; portanto, fiz vir sobre eles todas as palavras desta aliança, as quais lhes
11.8
Lv 26.14-43
ordenei que observassem, porém não as observaram.

9Disse-me mais Jeová:

11.9
Ez 22.25
Os 6.9
Uma conspiração se achou entre os homens de Judá e entre os habitantes de Jerusalém. 10
11.10
Jr 3.10-11
1Sm 15.11
Tornaram às iniquidades de seus pais, que
11.10
Jr 13.10
Dt 9.7
Sl 78.8-10
recusaram ouvir as minhas palavras; e
11.10
Jz 2.11-13
já se foram após outros deuses, para os servir; a casa de Israel e a casa de Judá
11.10
Jr 3.6-11
Ez 16.59
Os 6.7
8.1
quebraram a minha aliança, que fiz com seus pais. 11Por isso, assim diz Jeová: Eis que vou
11.11
Jr 11.17
Jr 6.19
2Rs 22.16
trazer sobre eles calamidades, de que
11.11
Jr 25.35
Is 24.17
não poderão escapar;
11.11
Jr 11.14
Jr 14.12
clamarão a mim, porém não os escutarei. 12Então,
11.12
Jr 44.17
Dt 32.37
irão as cidades de Judá e os habitantes de Jerusalém e clamaram aos deuses aos quais queimarão incenso; mas estes não salvarão de maneira alguma no tempo da sua aflição. 13Pois,
11.13
Jr 2.28
2Rs 23.13
segundo o número das tuas cidades, são os teus deuses, ó Judá; e, segundo o número das ruas de Jerusalém, tendes erigido altares
11.13
Jr 3.24
a uma coisa vergonhosa, altares
11.13
Jr 7.9
para queimardes incenso a Baal.

14Portanto,

11.14
Jr 7.16
14.11
Êx 32.10
não ores tu por este povo, nem por eles levantes clamor nem oração; porque
11.14
Jr 11.11
Sl 66.18
Os 5.6
eu não os ouvirei no tempo em que clamarem a mim por causa da sua aflição. 15Que tem
11.15
Jr 12.7
a minha amada a fazer na minha casa, visto que leva a efeito
11.15
Jr 13.27
maus desígnios? Porventura, votos e carne santa poderão afastar de ti o mal? Ou por estes poderás escapar. 16Jeová te pôs o nome
11.16
Sl 52.8
de oliveira verde, formosa de belos frutos; mas, ao som dum
11.16
Sl 83.2
grande tumulto,
11.16
Jr 21.14
Sl 80.16
Is 27.11
acendeu fogo nessa árvore, e os seus ramos são quebrados. 17Pois Jeová dos Exércitos, que
11.17
Jr 2.21
12.2
te plantou, acaba de
11.17
Jr 1.14
16.10-11
19.15
pronunciar contra ti calamidades, por causa dos males da casa de Israel e da casa de Judá, que da sua parte fizeram,
11.17
Jr 11.13
Jr 7.9
32.29
queimando incenso a Baal, para me provocarem à ira.

Conspiração contra Jeremias

18Jeová

11.18
1Sm 23.11-12
2Rs 6.9-10
Ez 8.6
me fez saber, e eu o soube; então, me mostraste os feitos deles. 19Mas eu era como um manso
11.19
Is 53.7
cordeiro que é levado ao matadouro; eu não soube que
11.19
Jr 18.18
20.10
haviam formado contra mim desígnios, dizendo: Destruamos a árvore juntamente com o seu fruto e
11.19
Sl 83.4
Is 53.8
exterminemo-lo da
11.19
Jó 28.13
Sl 52.5
terra dos viventes, para que não seja lembrado mais
11.19
Sl 109.13
o seu nome. 20Porém tu, Jeová dos Exércitos, que
11.20
Jr 20.12
Gn 18.25
julgas retamente,
11.20
Jr 17.10
Sl 7.9
que provas os rins e o coração, permite que eu veja a vingança que tomarás deles; porque a ti revelei a minha causa. 21Portanto, assim diz Jeová acerca dos homens de
11.21
Jr 1.1
Anatote, os quais
11.21
Jr 12.5-6
20.10
procuram tirar-te a vida, dizendo: Não profetizarás em nome de Jeová, para que
11.21
Jr 26.8
38.4
não morras às nossas mãos; 22por isso, assim diz Jeová dos Exércitos: Eis que
11.22
Jr 21.14
os castigarei;
11.22
Jr 18.21
2Cr 36.17
os mancebos morrerão à espada, seus filhos e suas filhas morrerão de fome, 23e não lhes ficará
11.23
Jr 6.9
um resto, pois
11.23
Jr 23.12
Os 9.7
Mq 7.4
farei vir calamidades sobre os homens de Anatote, a saber, o ano de serem eles visitados.