Tradução Brasileira (2010) (TB)
8

Devastação de Jeová

81Jeová disse-me: Toma uma tabuinha grande e

8.1
Is 30.8
Hc 2.2
escreve nela com estilo de homem: Para Maer-Salal-Hás-Baz. 2Eu tomarei duas testemunhas fidedignas,
8.2
2Rs 16.10-11,15-16
Urias, sacerdote, e Zacarias, filho de Jeberequias. 3Cheguei-me à profetisa; ela concebeu e deu à luz um filho. Então, me disse Jeová:
8.3
Os 1.4
Põe-lhe por nome Maer-Salal-Hás-Baz. 4Pois,
8.4
Is 7.16
antes que o menino saiba clamar: Pai meu e mãe minha, se levarão as riquezas de
8.4
Is 7.8-9
Damasco e os despojos de Samaria diante do rei da Assíria.

5Falou-me ainda outra vez Jeová: 6Porquanto este povo tem

8.6
Is 1.20
5.24
7.9
30.12
rejeitado as águas de
8.6
Ne 3.15
Jo 9.7,11
Siloé, que correm mansamente, e se regozija em
8.6
Is 7.1
Rezim e no filho de Remalias, 7agora, pois, o Senhor faz subir sobre eles as
8.7
Is 17.12-13
águas do
8.7
Is 7.20
11.15
rio, águas fortes e grandes, a saber, o
8.7
Is 7.17
10.5-6
rei da Assíria e toda a sua glória. Ele
8.7
Am 8.8
9.5
subirá sobre todos os seus leitos e correrá por cima de todas as suas ribanceiras, 8
8.8
Is 10.6
passará adiante, entrando em Judá, trasbordará, passará por ele e
8.8
Is 30.28
chegará até o pescoço; a extensão das suas asas encherá a largura da tua terra,
8.8
Is 7.14
ó Emanuel.

Jeová, e não os inimigos, é quem deve ser temido

9

8.9
Is 17.12-14
Exasperai-vos, povos, e
8.9
Dn 2.34-35
sereis despedaçados; dai ouvidos, todos os que sois de países longínquos; cingi-vos e sereis despedaçados; cingi-vos e sereis despedaçados. 10
8.10
Is 28.18
Jó 5.12
Tomai juntamente um conselho, e ele será frustrado; dizei uma palavra, e
8.10
Is 7.7
ela não subsistirá. Pois
8.10
Is 8.8
Rm 8.31
Deus é conosco. 11Porque assim falou comigo Jeová
8.11
Ez 3.14
com forte pressão de mão e me admoestou a que
8.11
Ez 2.8
eu não andasse pelo caminho deste povo, dizendo: 12Não chameis
8.12
Is 7.2
30.1
conspiração a tudo o que este povo chama conspiração;
8.12
1Pe 3.14-15
não temais aquilo que ele teme, nem o tenhais por temível. 13
8.13
Is 5.16
29.23
A Jeová dos Exércitos,
8.13
Nm 20.12
a ele santificai; seja ele o vosso temor, seja ele o vosso pavor. 14Ele servirá
8.14
Is 4.6
25.4
Ez 11.16
de santuário, porém será
8.14
Lc 2.34
Rm 9.33
1Pe 2.8
pedra de tropeço e rocha de escândalo para as duas casas de Israel,
8.14
Is 24.17-18
armadilha e laço para os habitantes de Jerusalém. 15Muitos dentre eles
8.15
Is 28.13
59.10
Mt 21.44
Lc 20.18
Rm 9.32
tropeçarão, cairão e serão quebrantados, enredados e presos.

16

8.16
Is 8.1-2
29.11-12
Ata o Testemunho e
8.16
Dn 12.4
sela a lei entre
8.16
Is 50.4
os meus discípulos. 17Eu
8.17
Is 25.9
30.18
Hc 2.3
esperarei a Jeová,
8.17
Is 1.15
45.15
54.8
Dt 31.17
que esconde da casa de Jacó o seu rosto, e a ele aguardarei. 18
8.18
Hb 2.13
Eis que eu e os filhos que Jeová me tem dado são para
8.18
Lc 2.34
sinais e para portentos em Israel, da parte de Jeová dos Exércitos, que
8.18
Sl 9.11
Zc 8.3
habita no monte de Sião.

Condenação de adivinhos e feiticeiros

19Quando vos disserem:

8.19
Is 19.3
29.4
47.12-13
Lv 20.6
2Rs 21.6
23.24
Consultai os que têm espíritos familiares e os feiticeiros, os quais chilram e murmuram, acaso, não
8.19
Is 30.2
45.11
consultará o povo ao seu Deus? Acaso, a favor dos vivos consultará aos
8.19
1Sm 28.8-11
Sl 106.28
mortos? 20
8.20
Is 8.16
1.10
Lc 16.29
À lei e ao Testemunho! Se o povo não falar segundo essa palavra,
8.20
Is 8.22
60.2
Mq 3.6
não lhes raiará a alva. 21Passarão pela terra
8.21
Is 9.20-21
duramente oprimidos e famintos; sucederá que, quando estiverem famintos, se agastarão e, em nome do seu Deus e do seu rei, lançarão pragas, e olharão para cima. 22
8.22
Is 5.30
59.9
Jr 13.16
Am 5.18,20
Sf 1.14-15
Olharão para a terra, e eis tribulação, e trevas, a obscuridade da aflição,
8.22
Is 8.20
e para a escuridão serão empurrados.