Tradução Brasileira (2010) (TB)
65

Ameaças de castigo aos rebeldes

651

65.1
Rm 9.30
10.20
Ef 2.12
Fui consultado dos que não perguntavam por mim; fui achado dos que me não buscavam. Eu disse a uma nação que
65.1
Os 1.10
não se chamava do meu nome:
65.1
Is 45.22
Eis-me aqui, eis-me aqui. 2
65.2
Rm 10.21
Estendi as minhas mãos o dia todo a um
65.2
Is 1.2,23
30.1,9
povo rebelde, que anda por um caminho que não é bom, após os seus
65.2
Is 59.7
66.18
Sl 81.11-12
pensamentos; 3ao povo que, de contínuo,
65.3
Is 3.8
Jó 1.11
2.5
me provoca diante da minha face, sacrificando nos
65.3
Is 1.29
66.17
jardins e
65.3
Is 66.3
queimando incenso sobre os tijolos; 4que se assenta nos sepulcros e passa a noite em lugares secretos, que
65.4
Is 66.3,17
Lv 11.7
come carne de porco, e em cujos vasos acha-se caldo de coisas abomináveis; 5que diz:
65.5
Mt 9.11
Lc 7.39
18.9-12
Fica-te lá, não te chegues a mim, porque sou mais santo do que tu. Estes são um
65.5
Pv 10.26
16.5
fumo no meu nariz, um fogo que arde o dia todo. 6Eis que isso está escrito diante de mim;
65.6
Is 42.14
64.12
Sl 50.3,21
não me calarei, mas
65.6
Sl 79.12
Jr 16.18
retribuirei (sim retribuirei no seio deles) 7as vossas
65.7
Is 13.11
22.14
26.21
30.13-14
iniquidades e, juntamente, as iniquidades de vossos pais, diz Jeová, os quais
65.7
Is 57.7
Os 2.13
queimaram incenso sobre os montes e me
65.7
Ez 20.27-28
blasfemaram sobre os outeiros; portanto, primeiro lhes
65.7
Jr 5.29
13.25
medirei a recompensa no seu seio.

8Assim diz Jeová: Como quando se acha o mosto num cacho de uvas e se diz: Não o desperdices, porque nele há uma bênção, assim farei por amor do meu servo, de sorte que eu

65.8
Is 1.9
10.21-22
48.9
Am 9.8-9
não os destrua a todos. 9Farei sair de Jacó uma
65.9
Is 45.19,25
Jr 31.36-37
semente e, de Judá, um
65.9
Is 49.8
60.21
Am 9.11-15
herdeiro dos meus montes;
65.9
Is 57.13
os meus escolhidos herdarão a terra, e
65.9
Is 32.18
os meus servos nela habitarão. 10
65.10
Is 33.9
35.2
Sarom servirá de curral de rebanhos, e
65.10
Js 7.24,26
Os 2.15
o vale de Acor, de um lugar onde se deitam os gados, para os do meu povo
65.10
Is 51.1
55.6
que me buscaram. 11Mas, quanto a vós que
65.11
Is 1.4,28
Dt 29.24-25
deixais a Jeová, que vos esqueceis do meu
65.11
Is 2.2-3
66.20
santo monte, que preparais uma mesa para a Fortuna e que misturais bebidas para o Destino, 12destinar-vos-ei à
65.12
Is 27.1
34.5-6
66.16
espada, e todos vós vos prostrareis diante da
65.12
Is 63.6
matança, porque, quando chamei,
65.12
Is 41.28
50.2
66.4
2Cr 36.15-16
Pv 1.24
Jr 7.13
não respondestes; quando falei, não ouvistes, mas fizestes o que era mau aos meus olhos e escolheste aquilo em que eu não tinha prazer.

13Portanto, assim diz o Senhor Jeová: Eis que os meus servos

65.13
Is 1.19
Sl 34.10
comerão, mas vós tereis
65.13
Is 8.21
fome; os meus servos
65.13
Is 41.17-18
49.10
beberão, mas vós tereis
65.13
Is 5.13
sede; os meus servos se
65.13
Is 61.7
66.14
regozijarão, mas vós sereis
65.13
Is 42.17
44.9,11
66.5
envergonhados; 14os meus servos
65.14
Is 51.11
Sl 66.4
Tg 5.13
exultarão pela alegria de coração mas vós
65.14
Is 13.6
Mt 8.12
chorareis pela tristeza de coração, e uivareis pela vexação de espírito. 15Deixareis o vosso nome para
65.15
Jr 24.9
25.18
Zc 8.13
maldição aos meus escolhidos, e o Senhor Jeová te matará; aos seus servos chamarás
65.15
Is 62.2
1Pe 2.9-10
por outro nome; 16de modo que o que se abençoar sobre a terra se abençoará no
65.16
Êx 34.6
Sl 31.5
Deus de verdade; e o que jurar sobre a terra
65.16
Is 19.18
45.23
jurará pelo Deus de verdade; porque já estão esquecidas
65.16
Is 22.5
26.16
37.3
Jr 31.12
Sf 3.14-20
as angústias passadas e porque estão escondidas dos meus olhos.

Os novos céus e a nova terra

17Pois eis que crio uns

65.17
Is 66.22
2Pe 3.13
céus novos e uma terra nova; e não persistirão na memória
65.17
Is 43.18
Jr 3.16
as coisas passadas, nem serão elas lembradas. 18Mas
65.18
Is 12.1-2
25.9
35.10
41.16
51.3
61.10
Sl 98
alegrai-vos e regozijai-vos para sempre no que eu crio, porque crio a Jerusalém para exultação e ao seu povo, para gozo. 19
65.19
Is 62.4-5
Jr 32.41
Exultarei em Jerusalém e folgarei no meu povo; não se ouvirá mais nela voz de
65.19
Is 25.8
30.19
35.10
51.11
Ap 7.17
21.4
choro nem voz de lamento. 20Não haverá mais ali criança de dias, nem velho que
65.20
Dt 4.40
Jó 5.26
Sl 34.12
não tenha enchido os seus dias; porque o menino morrerá de cem anos,
65.20
Is 3.11
22.14
Ec 8.12-13
e o pecador de cem anos será amaldiçoado. 21Eles
65.21
Is 32.18
Am 9.14
edificarão casas e nelas habitarão;
65.21
Is 30.23
37.30
Jr 31.5
plantarão vinhas e comerão o fruto delas. 22Não edificarão para que
65.22
Is 62.8-9
outrem habite; não plantarão para que outrem coma. Pois
65.22
Sl 92.12-14
como os dias da árvore são os dias do meu povo, e os meus escolhidos
65.22
Dt 32.46-47
Sl 21.4
91.16
gozarão por longo tempo das obras das suas mãos. 23
65.23
Is 55.2
Dt 28.3-12
Não trabalharão debalde, nem gerarão filhos para calamidade, porque são
65.23
Is 61.9
Jr 32.38-39
At 2.39
a semente dos benditos de Jeová, juntamente com os seus descendentes. 24Acontecerá que, antes de clamarem eles,
65.24
Is 55.6
58.9
Sl 91.15
Dt 9.20-23
10.12
eu responderei; e, estando eles ainda falando, eu os ouvirei. 25
65.25
Is 11.6
O lobo e o cordeiro se apascentarão juntos, e
65.25
Is 11.7
o leão comerá palha como o boi;
65.25
Gn 3.14
Mq 7.17
o pó será a comida da serpente.
65.25
Is 11.9
Mq 4.3
Eles não farão o mal, nem destruirão em todo o meu
65.25
Is 65.11
santo monte, diz Jeová.

66

Condenação do culto insincero

661Assim diz Jeová:

66.1
1Rs 8.27
Sl 11.4
Mt 5.34-35
O céu é o meu trono, e a terra é o escabelo dos meus pés.
66.1
2Sm 7.5-7
Jr 7.4
Jo 4.20-21
At 7.48-50
Que casa é essa que me haveis de edificar? E em que lugar será o meu descanso? 2
66.2
Is 40.26
A minha mão fez todas essas coisas, e assim vieram a ser todas elas, diz Jeová; mas para esse homem olharei, isto é, para aquele que é pobre e de um
66.2
Is 57.15
Sl 34.18
Mt 5.3-4
Lc 18.13-14
espírito contrito e que
66.2
Is 66.5
Sl 119.120,161
treme da minha palavra. 3Quem
66.3
Is 1.10-17
58.1-5
mata um boi, é como o que tira a vida a um homem; quem sacrifica um cordeiro, como o que quebra o pescoço a um cão; quem oferece uma
66.3
Is 1.13
19.21
40.20
oblação, como o que oferece
66.3
Is 65.4
sangue de porco; quem
66.3
Is 1.13
Lv 2.2
queima incenso, como o que bendiz a um ídolo. Eles fizeram escolha dos
66.3
Is 57.17
65.2
seus caminhos, e a sua alma se deleita nas suas
66.3
Is 44.9,19
abominações. 4Também eu
66.4
Is 65.7
Pv 1.31-32
escolherei os seus infortúnios e
66.4
Pv 10.24
trarei sobre eles o que eles temem; porque, quando chamei,
66.4
Is 65.12
Pv 1.24
Jr 7.13
ninguém respondeu; quando falei, eles não ouviram, mas fizeram o que era
66.4
Is 59.7
65.12
2Rs 21.2,6
Jr 7.30
mau aos meus olhos e escolheram aquilo em que eu não tinha prazer.

5Ouvi a palavra de Jeová, os que

66.5
Is 66.2
tremeis da sua palavra. Vossos irmãos que
66.5
Is 60.15
Sl 38.20
vos odeiam e
66.5
Mt 5.10-12
10.22
Jo 9.34
15.18-20
vos rejeitam por causa do meu nome disseram: Seja glorificado Jeová, para que vejamos o vosso gozo!
66.5
Lc 13.17
Eles, porém, serão envergonhados. 6Uma voz do tumulto, vinda da cidade,
66.6
Is 6.1,8
uma voz vinda do templo, uma voz de Jeová, que
66.6
Is 59.18
65.6
Jl 3.7
dá o pago aos seus inimigos.

7Antes que ela estivesse de parto,

66.7
Is 37.3
49.17-21
54.1
deu à luz; antes que lhe viessem as dores, nasceu-lhe um filho varão. 8Quem jamais
66.8
Is 64.4
ouviu tal coisa? Quem viu coisas semelhantes? Acaso, nascerá a terra num só dia? Acaso, será uma nação dada à luz de uma só vez? Pois, logo que Sião esteve de parto, deu à luz seus filhos. 9Acaso, farei eu abrir a madre
66.9
Is 37.3
e não farei nascer? — diz Jeová; acaso, eu que faço nascer fecharei a madre? — diz o teu Deus.

Jeová julgará os rebeldes

10

66.10
Is 65.18
Dt 32.43
Rm 15.10
Regozijai-vos com Jerusalém e alegrai-vos por causa dela, todos vós os que
66.10
Sl 26.8
122.6
a amais;
66.10
Sl 137.6
regozijai-vos com ela de alegria, todos vós os que chorais sobre ela, para que mameis e
66.10
Is 49.23
60.16
Jl 3.18
vos farteis dos peitos das suas consolações, 11para que chupeis e vos deleiteis com a abundância da sua
66.11
Is 60.1-2
62.2
glória. 12Pois assim diz Jeová: Eis que eu estenderei sobre ela a
66.12
Is 48.18
Sl 72.3,7
paz, como um rio, e
66.12
Is 60.5
61.6
a glória das nações, como uma torrente que trasborda, e delas chupareis;
66.12
Is 60.4
nos braços, sereis levados e, sobre os joelhos, sereis acariciados. 13Como quem recebe de sua mãe conforto, assim
66.13
Is 12.1
40.1-2
49.13
51.3
2Co 1.3-4
1Ts 2.7
eu vos confortarei, e em Jerusalém sereis confortados. 14Vós o
66.14
Is 33.20
vereis, e
66.14
Zc 10.7
o vosso coração se regozijará, e os
66.14
Is 58.11
Pv 3.8
vossos ossos como a relva verde florescerão; conhecer-se-á
66.14
Ed 7.9
8.31
a mão de Jeová a favor dos seus servos, e ele se
66.14
Is 10.5
13.5
30.30
34.2
indignará contra os seus inimigos.

15Pois eis que virá Jeová com

66.15
Is 10.17
30.27,33
31.9
fogo, e os seus
66.15
Is 5.28
Sl 68.17
Hc 3.8
carros serão como o torvelinho, para retribuir a sua ira com furor e a sua repreensão, com labaredas de fogo. 16Pois, com
66.16
Is 30.30
Ez 38.22
o fogo e com a sua
66.16
Is 65.12
Ez 38.21
espada, entrará Jeová em juízo com toda a carne; e serão muitos
66.16
Is 22.2
34.3
os que ficarão mortos por Jeová. 17Os que se santificam e se purificam para entrarem nos
66.17
Is 1.29
65.3
jardins após a deusa que está no meio, os que comem de
66.17
Is 65.4
Lv 11.7
carne de porco, e da abominação, e do rato, todos eles
66.17
Is 1.28,31
Sl 37.20
serão consumidos, diz Jeová.

18Pois eu conheço as suas obras e

66.18
Is 59.7
65.2
os seus pensamentos; vem o dia em que
66.18
Is 45.22-25
Jr 3.17
ajuntarei todas as nações e línguas; elas comparecerão e verão a minha glória. 19Porei nela um
66.19
Is 11.10,12
49.22
62.10
sinal, e os que dentre eles escaparem, eu os enviarei às nações, a
66.19
Is 2.16
60.9
Társis, Pul e
66.19
Ez 27.10
Lude, cujos povos atiram com setas, a
66.19
Gn 10.2
Tubal e Javã,
66.19
Is 11.11
24.15
60.9
às ilhas remotas, que não ouviram a minha fama, nem viram a minha glória; eles
66.19
Is 42.12
1Cr 16.24
anunciarão entre as nações a minha glória. 20A todos os vossos irmãos, tirados dentre todas as nações, eles
66.20
Is 43.6
49.22
60.4
os trarão como uma oferta para Jeová; sobre cavalos, em carros, em liteiras, sobre mulas e sobre dromedários, os trarão
66.20
Is 2.2-3
11.9
56.7
65.11,25
ao meu santo monte, a Jerusalém, diz Jeová, como os filhos de Israel trazem a sua oferta num
66.20
Is 52.11
vaso limpo à Casa de Jeová. 21Deles também tomarei alguns para
66.21
Is 61.6
1Pe 2.5,9
sacerdotes e para levitas, diz Jeová.

22Pois, como diante de mim durarão

66.22
Is 65.17
Hb 12.26-27
2Pe 3.13
Ap 21.1
os céus novos e a terra nova, que hei de fazer, assim durará a vossa
66.22
Is 61.8-9
65.22-23
Jo 10.27-29
1Pe 1.4-5
posteridade e
66.22
Is 56.5
o vosso nome. 23Desde uma
66.23
Is 1.13-14
Ez 46.1,6
lua nova até outra e desde um sábado até outro, virá toda a carne a
66.23
Is 19.21,23
27.13
49.7
adorar perante mim, diz Jeová. 24Eles sairão e verão os
66.24
Is 5.25
34.3
cadáveres dos homens
66.24
Is 1.28
24.20
que transgrediram contra mim. Pois o seu
66.24
Is 14.11
51.8
Mc 9.48
verme não morrerá,
66.24
Is 1.31
Mt 3.12
nem o seu fogo se apagará, e eles serão
66.24
Dn 12.2
uma abominação para toda a carne.