Tradução Brasileira (2010) (TB)
51

A restauração e salvação de Israel

511

51.1
Is 51.7
46.3
48.12
Escutai-me, vós os que
51.1
Sl 94.15
Pv 15.9
seguis a justiça, que buscais a Jeová; olhai para a
51.1
Gn 17.15-17
rocha de que fostes cortados e para a caverna do poço de que fostes cavados. 2Olhai para
51.2
Is 29.22
41.8
63.16
Abraão, vosso pai e para Sara, que vos deu à luz; porque,
51.2
Gn 12.1
15.5
Dt 1.10
Ez 33.24
estando ele só, o chamei, e o abençoei, e o multipliquei. 3Pois Jeová
51.3
Is 40.1
49.13
conforta a Sião, conforta todos os
51.3
Is 52.9
lugares desolados e faz o seu
51.3
Is 35.1
41.19
deserto como o
51.3
Gn 2.8
Jl 2.3
Éden e o seu ermo,
51.3
Gn 13.10
como o jardim de Jeová; nela, se achará
51.3
Is 25.9
41.16
65.18
66.10
gozo e alegria, ação de graças e som de música.

4

51.4
Sl 50.7
78.1
Atendei-me, povo meu, e escutai-me, nação minha; porque
51.4
Is 2.3
Dt 18.18
Mq 4.2
de mim sairá a lei, e
51.4
Is 1.27
42.4
o meu juízo, estabelecê-lo-ei para
51.4
Is 42.6
49.6
a luz dos povos. 5Perto está
51.5
Is 46.13
54.17
a minha justiça, já saiu a minha salvação, e
51.5
Is 40.10
os meus braços julgarão os povos;
51.5
Is 42.4
60.9
as ilhas me aguardarão, e
51.5
Is 59.16
63.5
no meu braço confiarão. 6
51.6
Is 40.26
Levantai os vossos olhos para os céus, e olhai para a terra cá embaixo, porque
51.6
Is 13.13
34.4
Sl 102.25-26
Mt 24.35
Hb 1.10-12
2Pe 3.10
os céus desaparecerão como o fumo e a terra envelhecerá como um vestido, e os seus moradores perecerão da mesma maneira;
51.6
Is 51.8
45.17
a minha salvação, porém, será para sempre, e a minha justiça não será abolida.

7

51.7
Is 51.1
Escutai-me, vós os que seguis a justiça, povo em cujo
51.7
Sl 37.31
coração está a minha lei; não temais
51.7
Is 25.8
54.4
Mt 5.11
At 5.41
o opróbrio dos homens, nem vos perturbeis por causa dos seus vilipêndios. 8Pois
51.8
Is 50.9
a traça os consumirá como a um vestido, e
51.8
Is 14.11
66.24
o bicho os comerá como à lã;
51.8
Is 51.6
a minha justiça, porém, será para sempre, e a minha salvação, de geração em geração.

9

51.9
Is 51.17
52.1
Desperta-te, desperta-te, veste-te de fortaleza, ó braço de Jeová; desperta-te como
51.9
Êx 6.6
Dt 4.34
nos dias da antiguidade, nas gerações dos tempos antigos. Porventura, não és tu o que cortou em pedaços a
51.9
Is 30.7
Sl 89.10
Raabe, aquele que traspassou
51.9
Is 27.1
Sl 74.13
Ez 29.3
ao dragão? 10Não és tu o que
51.10
Is 11.15-16
50.2
63.11-12
secou o mar, as águas do grande abismo; o que fez do fundo do mar um caminho, para que por ele
51.10
Is 63.9,16
Êx 15.13
Sl 106.10
passassem os remidos? 11
51.11
Is 35.10
44.23
48.20
49.13
Jr 30.18-19
31.11-12
33.11
Os resgatados de Jeová voltarão e,
51.11
Is 60.19
61.7
com júbilo, virão para Sião; e alegria sempiterna descansará sobre as suas cabeças. Eles alcançarão gozo e alegria, e a tristeza e o gemido
51.11
Is 25.8
60.20
65.19
Ap 7.17
21.1,4
22.3
fugirão.

12Eu, eu sou o que vos

51.12
Is 51.3
conforta; quem és tu, para teres medo de um
51.12
Is 2.22
Sl 118.6
homem, que morre, e do filho do homem, que se tornará
51.12
Is 40.6-7
1Pe 1.24
como feno? 13Quem és tu que
51.13
Is 17.10
Dt 6.12
8.11
te esqueces de Jeová, teu Criador, o qual
51.13
Is 40.22
45.12,18
48.13
Jó 9.8
Sl 104.2
estendeu os céus e fundou a terra; e que o dia todo
51.13
Is 7.4
10.24
temes continuamente por causa do furor do opressor, quando se prepara para destruir? Onde está o furor do
51.13
Is 49.26
54.14
opressor? 14
51.14
Is 48.20
52.2
O exilado cativo depressa será solto e não morrerá para ir à
51.14
Is 38.18
sepultura,
51.14
Is 33.16
49.10
nem lhe faltará o pão. 15Pois eu sou Jeová, teu Deus,
51.15
Sl 107.25
Jr 31.35
que agito o mar, de modo que bramem as suas ondas; Jeová dos Exércitos é o seu nome. 16
51.16
Is 59.21
Dt 18.18
Pus as minhas palavras na tua boca e,
51.16
Is 49.2
Êx 33.22
na sombra da minha mão, te escondi, para que eu
51.16
Is 65.17
66.22
plante os céus, funde a terra e diga a Sião: Tu és o meu povo.

17

51.17
Is 51.9
52.1
Desperta-te, desperta-te, põe-te de pé, Jerusalém, que
51.17
Is 29.9
63.6
Jó 21.20
Jr 25.15
bebeste da mão de Jeová o cálice do seu furor, que bebeste da taça de atordoamento e a esgotaste. 18De todos os filhos que ela teve,
51.18
Is 49.21
Sl 88.18
142.4
não há nenhum que a guie; e, de todos os filhos que ela criou, não há nenhum que a tome pela mão. 19Essas duas coisas te sobrevieram; quem se condoerá de ti?
51.19
Is 8.21
9.20
14.30
A desolação e a destruição, a fome e a espada! Como te consolarei? 20Teus filhos já desmaiaram,
51.20
Is 5.25
Jr 14.16
jazem nas esquinas de todas as ruas, como um
51.20
Dt 14.5
antílope tomado no laço; cheios estão do
51.20
Is 42.25
furor de Jeová,
51.20
Is 66.15
da repreensão de teu Deus.

21Agora, ouve isto, ó tu que estás

51.21
Is 54.11
aflita e
51.21
Is 51.17
29.9
63.6
embriagada, porém não de vinho. 22Assim diz o teu Senhor Jeová e teu Deus, que
51.22
Is 3.12-13
49.25
Jr 50.34
pleiteia a causa do teu povo: Eis que tiro da tua mão o
51.22
Is 51.17
cálice de atordoamento, a taça do meu furor; tu não o tornarás mais a beber, 23mas eu
51.23
Is 49.26
Jr 25.15-17,26,28
Zc 12.2
o porei nas mãos dos que te afligem, os quais diziam à tua alma:
51.23
Js 10.24
Abaixa-te, para que passemos. Tu punhas as tuas costas como o chão e como a rua para os que passavam.

52

Sião é animada a sair do exílio

521

52.1
Is 51.9,17
Desperta, desperta, veste-te da tua fortaleza, ó Sião; veste-te dos teus
52.1
Is 49.18
61.3,10
Êx 28.2,40
1Cr 16.29
Sl 110.3
Zc 3.4
vestidos formosos, ó Jerusalém,
52.1
Is 48.2
64.10
Ne 11.1
Zc 14.20-21
Mt 4.5
cidade santa. Pois não mais tornará a entrar em ti o incircunciso nem o
52.1
Is 35.8
Na 1.15
imundo. 2Sacode-te
52.2
Is 29.4
do pó;
52.2
Is 60.1
levanta-te, senta-te, Jerusalém;
52.2
Is 9.4
10.27
14.25
47.6
desata as cadeias do teu pescoço,
52.2
Is 51.14
cativa filha de Sião.

3Pois assim diz Jeová:

52.3
Sl 44.12
Jr 15.13
Por nada fostes vendidos e
52.3
Is 45.13
sem dinheiro sereis
52.3
Is 1.27
62.12
63.4
remidos. 4Pois assim diz o Senhor Jeová: O meu povo
52.4
Gn 46.6
desceu, no princípio, ao Egito para peregrinar ali, e a Assíria, sem razão, o oprimiu. 5Agora que tenho eu que fazer aqui, diz Jeová, visto haver sido o meu povo levado sem preço? Os que dominam sobre ele dão uivos, diz Jeová, e o
52.5
Ez 36.20,23
Rm 2.24
meu nome é blasfemado continuamente o dia todo. 6Portanto, o meu povo
52.6
Is 49.23
saberá o meu nome; portanto, saberá, naquele dia, que sou eu o que falo: Eis que sou eu.

7Quão formosos são sobre os montes os pés do que anuncia

52.7
Is 40.9
61.1
Na 1.15
Rm 10.15
coisas boas, do que prega a paz, do que anuncia coisas boas, do que prega a salvação, do que diz a Sião: O teu
52.7
Is 24.23
Sl 93.1
Deus reina! 8Ouve
52.8
Is 62.6
a voz dos teus vigias! Eles alçam a voz, juntamente exultam; porque olho a olho verão, quando Jeová voltar a Sião. 9
52.9
Is 44.23
Sl 98.4
Rompei em júbilo, exultai à uma,
52.9
Is 44.26
51.3
61.4
lugares desertos de Jerusalém; porque Jeová confortou ao seu povo,
52.9
Is 43.1
48.20
remiu a Jerusalém. 10Jeová tem desnudado o seu santo
52.10
Is 51.9
66.18-19
Sl 98.1-3
braço aos olhos de todas as nações,
52.10
Is 45.22
48.20
e todos os confins da terra verão a salvação de nosso Deus.

11

52.11
Is 48.20
Jr 50.8
Zc 2.6-7
2Co 6.17
2Tm 2.19
Retirai-vos, retirai-vos, saí daí,
52.11
Nm 19.11,16
não toqueis coisa imunda; saí do meio dela;
52.11
Is 1.16
Lv 22.2
purificai-vos, os que levais os vasos de Jeová, 12Pois não saireis
52.12
Êx 12.11,33
Dt 16.3
em tumulto, nem vos ireis fugindo, porque
52.12
Is 26.7
42.16
49.10-11
Jeová irá diante de vós, e
52.12
Is 58.8
Êx 14.19-20
o Deus de Israel será a vossa retaguarda.

A aparição, as dores e a glória do Servo de Jeová

13Eis que o

52.13
Is 49.1-7
53.11
meu Servo procederá com prudência, será
52.13
Is 57.15
exaltado, e elevado, e mui sublime. 14Como muitos pasmaram à vista dele (tão desfigurado estava
52.14
Is 53.2-3
o seu aspecto, que não era o de um homem, e a sua figura não era a dos filhos dos homens), 15assim
52.15
Nm 19.18-21
Ez 36.25
borrifará muitas nações; por causa dele, reis
52.15
Jó 21.5
taparão a boca. Pois verão
52.15
Rm 15.21
aquilo que não se lhes havia anunciado e entenderão aquilo que não tinham ouvido.

53

531

53.1
Jo 12.38
Rm 10.16
Quem creu a nossa mensagem? E a quem foi revelado o braço de Jeová? 2
53.2
Is 11.1
Crescia diante dele, como servo e como raiz que sai de uma terra seca. Ele
53.2
Is 52.14
não tinha beleza nem formosura; quando olhávamos para ele, não mostrava beleza, para que nele tivéssemos prazer. 3Era
53.3
Is 49.7
Sl 22.6
Lc 18.31-33
desprezado e rejeitado dos homens; um varão de dores e
53.3
Is 53.10
que tinha experiência de enfermidades. Como um de quem os homens escondiam o rosto, era ele
53.3
Mc 10.33-34
desprezado, e
53.3
Jo 1.10-11
dele não fizemos caso.

4Verdadeiramente, foi ele quem

53.4
Mt 8.17
tomou sobre si as nossas enfermidades e carregou com as nossas dores; e nós o reputávamos como aflito, ferido de
53.4
Jo 19.7
Deus e oprimido. 5Mas ele foi ferido por causa das
53.5
Is 53.8
Hb 9.28
nossas transgressões, esmagado por causa das
53.5
Is 53.10
Rm 4.25
1Co 15.3
nossas iniquidades; o
53.5
Dt 11.2
Hb 5.8
castigo que nos devia trazer a paz caiu sobre ele, e
53.5
1Pe 2.24-25
pelas suas pisaduras fomos nós sarados. 6Todos nós temos andado desgarrados como ovelhas; temo-nos desviado cada um para o seu caminho; e Jeová fez cair
53.6
Is 53.11
sobre ele a iniquidade de todos nós.

7Ele foi oprimido, contudo, humilhou-se a si mesmo e

53.7
Mt 26.63
27.12-14
Mc 14.61
15.5
Lc 23.9
Jo 19.9
não abriu a boca. Como o cordeiro que é levado ao matadouro e
53.7
At 8.32-33
como a ovelha que é muda diante dos que a tosquiam, assim não abriu ele a boca. 8Pela opressão e pelo juízo, foi ele arrebatado, e, quanto à sua geração, quem considerou que ele foi cortado da terra dos viventes?
53.8
Is 53.5,12
Por causa da transgressão do meu povo, foi ele ferido. 9Deram-lhe a sepultura com os ímpios, e com
53.9
Mt 27.57-60
o rico esteve na sua morte,
53.9
Is 42.1-3
ainda que ele não tinha
53.9
1Pe 2.22
cometido violência, nem havia dolo na sua boca.

10Todavia foi do agrado de Jeová

53.10
Is 53.5
esmagá-lo;
53.10
Is 53.3-4
deu-lhe enfermidades. Quando a sua alma fizer uma
53.10
Is 53.6,12
Jo 1.29
oferta pelo pecado, ele verá
53.10
Is 54.3
61.9
66.22
Sl 22.30
a sua semente, prolongará os seus dias, e na sua mão será próspera
53.10
Is 46.10
a boa vontade de Jeová. 11Ele
53.11
Jo 10.14-18
verá o fruto do trabalho de sua alma e ficará satisfeito; pelo seu
53.11
Is 45.25
Rm 5.18-19
conhecimento, o meu Servo justo justificará a muitos, e
53.11
Is 53.5-6
as iniquidades deles, ele as tomará sobre si. 12Por isso, lhe darei a sua
53.12
Is 52.13
Fp 2.9-11
parte com os grandes, e com os fortes ele partilhará os despojos; porque
53.12
Mt 26.38-39,42
derramou a sua alma até a morte e foi
53.12
Lc 22.37
contado com os transgressores. Contudo,
53.12
Is 53.6,11
2Co 5.21
levou sobre si os pecados de muitos e intercedeu pelos transgressores.