Tradução Brasileira (2010) (TB)
46

A queda dos ídolos de Babilônia

461

46.1
Is 2.18
21.9
Jr 50.2-4
51.44
Bel encurva-se, Nebo abaixa-se; os seus ídolos estão entregues aos animais e às bestas. Essas imagens que costumáveis
46.1
Is 45.20
levar já estão postas sobre animais que se cansam do peso delas. 2Bel e Nebo abaixam-se, juntamente se encurvam; não puderam salvar a carga, mas eles mesmos lá
46.2
Jz 18.17-18,24
2Sm 5.21
Jr 43.12-13
48.7
Os 10.5-6
se foram para o cativeiro.

3

46.3
Is 46.12
Escutai-me,
46.3
Is 45.19
casa de Jacó e
46.3
Is 10.21-22
todo o resto da casa de Israel; vós que por mim tendes sido
46.3
Is 49.1
63.9
Dt 1.31
32.11
Sl 71.6
carregados desde o ventre, que tendes sido levados desde a madre. 4Até à vossa velhice,
46.4
Is 41.4
43.13
48.12
eu serei o mesmo e eu vos carregarei quando vos sobrevierem
46.4
Sl 71.18
as cãs; o que eu gerei também carregarei, e levarei, e livrarei. 5
46.5
Is 40.18,25
A quem me assemelhareis, e me igualareis, e me comparareis, para que sejamos semelhantes? 6Os que
46.6
Is 40.19
41.7
44.12-17
Jr 10.4
derramam da bolsa o ouro e pesam a prata na balança alugam um ourives para que faça um deus;
46.6
Is 44.15,17
prostram-se diante dele e adoram-no. 7
46.7
Is 46.1
45.20
Jr 10.5
Eles o carregam sobre o ombro, o transportam e o colocam no seu lugar; aí ficará de pé;
46.7
Is 40.20
41.7
do seu lugar não se moverá. Ainda que alguém
46.7
Is 44.17
45.20
clame a ele,
46.7
Is 41.26,28
não poderá ouvir,
46.7
Is 45.20
nem salva-o da sua tribulação.

8

46.8
Is 44.21
Lembrai-vos disso, portai-vos varonilmente;
46.8
Is 44.19
trazei-o à memória,
46.8
Is 48.8
50.1
57.4
transgressores. 9Lembrai-vos
46.9
Is 42.9
65.17
Dt 32.7
das coisas passadas da antiguidade; lembrai-vos de que eu sou Deus, e de que
46.9
Is 45.5,21
não há outro. Eu sou Deus,
46.9
Is 41.26-27
e não há outro semelhante a mim; 10que anuncio o fim desde o princípio e, desde
46.10
Is 45.21
os tempos antigos, as coisas que ainda não têm sido feitas; que digo:
46.10
Is 14.24
25.1
40.8
Sl 33.11
Pv 19.21
At 5.39
O meu conselho subsistirá, e farei toda a minha vontade; 11que, do
46.11
Is 41.2,25
Oriente, chamo
46.11
Is 18.6
uma ave de rapina e, de um país remoto, o homem do meu conselho.
46.11
Is 14.24
37.26
Nm 23.19
Eu o disse, eu também o cumprirei; formei esse propósito, também o executarei.

12

46.12
Is 46.3
Escutai-me,
46.12
Is 48.4
Sl 76.5
Zc 7.11-12
Ml 3.13
vós os que sois de coração duro,
46.12
Is 48.1
Sl 119.150
Jr 2.5
que estais longe da justiça. 13
46.13
Is 51.5
61.11
Rm 3.21
Vou fazer aproximar-se a minha justiça; ela não estará de longe, e a minha salvação não se demorará; estabelecerei em Sião
46.13
Is 61.3
62.11
Jl 3.17
1Pe 2.6
a salvação e,
46.13
Is 43.7
44.23
em Israel, a minha glória.

47

A queda de Babilônia

471

47.1
Is 3.26
Jr 48.18
Desce e assenta-te no pó,
47.1
Is 23.12
37.22
Jr 46.11
virgem
47.1
Sl 137.8
Jr 50.42
51.33
Zc 2.7
filha de Babilônia; assenta-te no chão sem trono, filha dos caldeus. Pois não serás chamada mais
47.1
Dt 28.56
mimosa e delicada. 2Toma a
47.2
Êx 11.5
Jr 25.10
mó e
47.2
Jó 31.10
Ec 12.4
Mt 24.41
mói a farinha; tira
47.2
Is 3.23
Gn 24.65
1Co 11.5
o teu véu e
47.2
Is 32.11
arranca a cauda da vestidura, descobre as pernas e passa os rios. 3
47.3
Is 3.17
Ez 16.37
A tua nudez será descoberta, ver-se-á a tua vergonha;
47.3
Is 34.8
63.4
tomarei vingança e não pouparei a homem algum. 4Quanto ao nosso
47.4
Is 41.14
Redentor, Jeová dos Exércitos é o seu nome, o Santo de Israel. 5
47.5
Is 23.2
Jr 8.14
Lm 2.10
Senta-te calada e entra
47.5
Is 13.10
nas trevas, filha dos caldeus; porque não serás chamada mais
47.5
Is 47.7
Gn 16.4,8,9
Pv 30.23
a senhora
47.5
Is 13.19
Dn 2.37-38
Ap 17.18
18.7
dos reinos. 6Eu me agastei contra o meu povo,
47.6
Is 43.28
profanei a minha herança e entreguei-os nas tuas mãos;
47.6
Is 10.14
14.6
tu não usaste de misericórdia com eles,
47.6
Dt 28.50
sobre os velhos fizeste muito pesado o teu jugo. 7Disseste: Eu serei
47.7
Is 47.5
senhora para sempre; assim, não
47.7
Is 42.25
57.11
te importaste dessas coisas, nem te lembraste
47.7
Dt 32.29
Jr 5.31
Ez 7.2-3
do fim delas.

A futilidade da confiança própria

8Agora, pois, ouve isso, tu, a que estás

47.8
Is 22.13
32.9
Jr 50.11
entregue a prazeres,
47.8
Is 32.9,11
Sf 2.15
que habitas descuidada e que dizes no teu coração:
47.8
Is 47.10
45.5-6,18
Sf 2.15
Eu sou, e fora de mim não há outra;
47.8
Ap 18.7
não me sentarei como viúva, nem conhecerei a perda de filhos. 9Porém,
47.9
Sl 73.19
1Ts 5.3
Ap 18.8,10
num momento, num só dia, virão sobre ti ambos
47.9
Is 13.16,18
14.22
esses males: a perda de filhos e a viuvez — em toda a sua plenitude virão sobre ti apesar da multidão das
47.9
Is 47.13
Na 3.4
Ap 18.23
tuas feitiçarias e da grande abundância dos teus encantamentos. 10
47.10
Is 59.4
Sl 52.7
62.10
Pois confiaste na tua maldade; disseste:
47.10
Is 29.15
Ez 8.12
9.9
Ninguém me vê.
47.10
Is 5.21
44.20
A tua sabedoria e a tua ciência, essas te perverteram. Disseste no teu coração:
47.10
Is 47.8
Eu sou, e fora de mim não há outra. 11Por isso,
47.11
Is 45.7
57.1
virá sobre ti o mal de que, por encantamentos, não saberás livrar-te; cairá sobre ti uma calamidade, que não poderás espiar, e virá sobre ti
47.11
Is 47.9
repentinamente uma
47.11
Jr 51.8,43
desolação que ignorarás.

12Deixa-te estar com os teus

47.12
Is 47.9
encantamentos e com a multidão das tuas feitiçarias, em que tens trabalhado desde a tua mocidade, para ver se, acaso, podes tirar algum proveito, se, acaso, podes prevalecer. 13Tens-te
47.13
Jr 51.58,64
cansado na multidão dos teus conselhos; apresentem-se, pois, e
47.13
Is 47.15
te salvem os teus
47.13
Is 47.9
8.19
44.25
Dn 2.2,10
astrólogos, os que contemplam os astros, os que te anunciam de lua nova em lua nova o que há de vir sobre ti. 14Eis que se tornarão como o
47.14
Is 5.24
Na 1.10
Ml 4.1
restolho;
47.14
Is 10.17
Jr 51.30,32,58
o fogo os queimará, e eles não se poderão livrar do poder das chamas. Essas chamas não serão
47.14
Is 44.16
umas brasas a que se aquentem, nem fogo, para que diante dele se assentem. 15Assim te virão a parar as coisas em que tens trabalhado; os que tiveram
47.15
Ap 18.11
negócios contigo desde a tua mocidade andarão errantes, cada um para o seu lugar; não haverá
47.15
Is 5.29
43.13
46.7
quem te salve.

48

Arrazoamentos, admoestações e promessas de Deus para com Israel

481

48.1
Is 46.12
Ouve isto, casa de Jacó, vós os que vos chamais do nome de Israel e saístes
48.1
Nm 24.7
Dt 33.28
Sl 68.26
das águas de Judá; que
48.1
Is 45.23
63.16
Dt 6.13
jurais pelo nome de Jeová e fazeis menção do Deus de Israel, porém não em verdade nem em
48.1
Is 58.2
Sl 50.16
Jr 4.2
5.2
Ml 3.5
justiça. 2Pois eles se chamam da
48.2
Is 52.1
64.10
cidade santa e
48.2
Is 10.20
Jr 7.4
21.2
Mq 3.11
Rm 2.17
se firmam sobre o Deus de Israel; Jeová dos Exércitos é o seu nome. 3Há muito
48.3
Is 41.22
42.9
43.9
44.7-8
45.21
46.10
anunciei as coisas passadas; e da minha boca é que saíram, e as fiz ouvir.
48.3
Is 29.5
30.13
De repente, as pus por obra, e elas
48.3
Is 42.9
Js 21.45
aconteceram. 4Porque eu sabia que és
48.4
Ez 2.4
3.7
obstinado, que a tua
48.4
Êx 32.9
Dt 31.27
2Cr 36.13
Pv 29.1
At 7.51
cerviz é um nervo de ferro, e a
48.4
Ez 3.7-9
tua testa, de bronze; 5por isso, há muito eu as anunciei; antes que acontecessem, eu as manifestei, para que não dissesses: O meu
48.5
Jr 44.15-18
ídolo é o que fez essas coisas, e a minha imagem esculpida e a minha imagem fundida as ordenaram. 6Já o tens ouvido; olha para tudo isso; acaso, vós não o anunciareis? Desde agora, te mostro
48.6
Is 42.9
43.19
coisas novas, coisas escondidas, que não sabias. 7São criadas agora e não de há muito; e, antes deste dia, não as ouviste, para que não dissesses: Eis que eu já sabia. 8Tu nem as
48.8
Is 42.25
47.11
Os 7.9
ouviste, nem as soubeste, nem há muito que se lhe abriu o teu ouvido; porque eu sabia que procedeste mui perfidamente e foste chamado
48.8
Is 46.8
Dt 9.7,24
Sl 58.3
transgressor desde o ventre. 9
48.9
Is 48.11
Por amor do meu nome,
48.9
Is 30.18
65.8
Ne 9.30-31
Sl 78.38
103.8-10
dilatarei a minha ira e, por causa do meu louvor, me refrearei para contigo, a fim de que eu não te extermine. 10Eis que eu te purifiquei, porém
48.10
Jr 9.7
Ez 22.18-22
não como a prata; escolhi-te na
48.10
Dt 4.20
1Rs 8.51
Jr 11.4
fornalha da aflição. 11
48.11
Is 37.35
43.25
1Sm 12.22
Sl 25.11
106.8
Jr 14.7
Ez 20.9,14,22,24
Dn 9.17-19
Por amor de mim, por amor de mim, o farei; pois como seria o meu nome profanado? A minha
48.11
Is 42.8
Dt 32.26-27
glória, não a darei a outrem.

12Escuta-me, ó Jacó, e tu, ó Israel, a quem eu chamei;

48.12
Is 41.4
43.10,13
46.4
eu sou o mesmo, eu sou o primeiro, também eu sou o último. 13A minha mão é também a que
48.13
Is 42.5
45.12,18
Êx 20.11
Sl 102.25
Hb 1.10-12
fundou a terra, e a minha destra é a que estendeu os céus. Quando
48.13
Is 40.26
eu os chamar, eles se apresentarão juntos. 14
48.14
Is 43.9
45.20
Ajuntai-vos, todos vós, e ouvi;
48.14
Is 45.21
qual dentre eles anunciou essas coisas? Aquele a quem Jeová amou
48.14
Is 46.10-11
executará a sua vontade contra
48.14
Is 13.4-5,17-19
Jr 50.21-29
51.20,24
Babilônia, e o seu braço estará sobre os caldeus. 15Eu, eu tenho falado; também já o
48.15
Is 41.2
45.1-2
chamei. Eu o trouxe, e o seu caminho será próspero. 16
48.16
Is 34.1
41.1
57.3
Chegai-vos perto de mim e ouvi isto; desde o princípio,
48.16
Is 45.19
não falei às escondidas;
48.16
Is 43.13
desde o tempo em que aconteceu, estava eu ali. Agora, o Senhor
48.16
Zc 2.9,11
Jeová me enviou, e o seu espírito.

17Assim diz Jeová, teu

48.17
Is 41.14
43.14
49.7,26
54.5,8
Redentor, o Santo de Israel: Eu sou Jeová, teu Deus, que te ensino o que é útil,
48.17
Is 30.21
49.9-10
Sl 32.8
que te guio pelo caminho em que deves andar. 18Oxalá que tivesses
48.18
Dt 5.29
32.29
Sl 81.13-16
atendido aos meus mandamentos! Então, a tua
48.18
Is 32.16-18
66.12
Sl 119.165
paz teria sido como um rio, e a tua
48.18
Is 45.8
61.10-11
62.1
Os 10.12
Am 5.24
justiça, como as ondas do mar; 19teria sido a tua
48.19
Is 10.22
44.4
54.3
Gn 22.17
Jr 33.22
posteridade como a areia, e os que procedem das tuas entranhas, como os seus grãos; não havia de ser
48.19
Is 56.5
66.22
o seu nome cortado, nem destruído de diante de mim.

20

48.20
Is 52.11
Jr 50.8
51.6,45
Zc 2.6-7
Saí de Babilônia, fugi dos caldeus. Anunciai com voz de
48.20
Is 42.10
49.13
52.9
júbilo, fazei ouvir isto e
48.20
Is 62.11
Jr 31.10
50.2
levai-o até os fins da terra; dizei:
48.20
Is 43.1
52.9
63.9
Jeová remiu ao seu servo Jacó. 21Eles não
48.21
Is 30.25
35.6-7
41.17-18
43.19-20
49.10
tinham sede quando os conduzia pelos desertos; da pedra lhes
48.21
Êx 17.6
Sl 78.15-16
fez correr águas; fendeu a pedra, e
48.21
Sl 78.20
105.41
as águas correram. 22
48.22
Is 57.21
Para os ímpios não há paz, diz Jeová.