Tradução Brasileira (2010) (TB)
2

A glória futura do verdadeiro Israel. Juízos preparatórios. O dia do Senhor. A purificação de Jerusalém

21A revelação que

2.1
Is 1.1
Isaías, filho de Amoz, viu no tocante a Judá e a Jerusalém.

2

2.2
Mq 4.1-3
Sucederá, nos dias vindouros, que o
2.2
Is 27.13
66.20
monte da Casa de Jeová será estabelecido no cume dos montes e será exaltado sobre os outeiros; e concorrerão a ele
2.2
Is 56.7
todas as nações. 3
2.3
Is 45.14,22-25
49.12
55.5
60.3-6
66.18
Zc 8.20-23
Irão muitos povos e dirão: Vinde e subamos ao monte de Jeová, à Casa do Deus de Jacó; dê-nos ele a lição dos seus caminhos, e andaremos nas suas veredas; porque de
2.3
Is 51.4-5
Lc 24.47
Sião sairá a lei, e de Jerusalém, a palavra de Jeová. 4Ele julgará entre as nações e servirá de árbitro a muitos povos; das suas espadas
2.4
Is 32.17-18
Jl 3.10
forjarão relhas de arado e das suas lanças, podadeiras;
2.4
Is 9.5,7
11.6-9
Os 2.18
Zc 9.10
uma nação não levantará a espada contra outra nação, nem aprenderão mais a guerra.

5Vinde,

2.5
Is 58.1
ó casa de Jacó, e andemos na luz de
2.5
Is 60.1-2,19-20
1Jo 1.5
Jeová. 6Pois tu, Jeová,
2.6
Dt 31.17
rejeitaste o teu povo, a casa de Jacó, porque estão cheios de costumes do Oriente, e são
2.6
Is 57.3
Mq 5.12
agoureiros
2.6
2Rs 1.2
como os filisteus, e
2.6
2Rs 16.7-8
Pv 6.1
fazem alianças com os filhos dos estrangeiros. 7A sua terra está cheia de prata e de ouro, e sem limite são os seus tesouros; também a sua terra está
2.7
Is 30.16
31.1
Dt 17.16
Mq 5.10
cheia de cavalos, e dos seus carros não há fim. 8Também a sua terra está
2.8
Is 10.11
cheia de ídolos; adoram
2.8
Is 17.8
37.19
40.19
44.17
Sl 115.4-8
a obra das suas mãos, o que fizeram os seus dedos. 9Por isso, o
2.9
Is 5.15
Sl 49.2
62.9
homem tem de ser abatido, e o varão, humilhado, e
2.9
Ne 4.5
não lhes podes perdoar. 10
2.10
Is 2.19,21
Ap 6.15-16
Entra nas rochas e esconde-te no pó,
2.10
2Ts 1.9
para evitar o terror de Jeová e a glória da sua majestade. 11
2.11
Is 5.15
37.23
Os olhos altivos do homem têm de ser humilhados, e
2.11
Is 13.11
23.9
Sl 18.27
2Co 10.5
abatida a altivez dos varões; e só Jeová será exaltado naquele dia.

12Pois Jeová dos Exércitos tem um dia contra

2.12
Is 24.4,21
Jó 40.11-12
Ml 4.1
tudo o que é soberbo e altivo e contra tudo o que é elevado, para que seja humilhado; 13contra todos os
2.13
Is 10.33-34
cedros do Líbano, que são altos e elevados, e contra todos os
2.13
Zc 11.2
carvalhos de Basã; 14contra todos os
2.14
Is 40.4
montes altos e contra todos os outeiros elevados; 15contra toda
2.15
Is 25.12
torre alta e contra todo muro fortificado; 16contra todos os
2.16
Is 23.1,14
60.9
1Rs 10.22
navios de Társis e contra toda obra que agrada a vista. 17A arrogância do homem será abatida, e a altivez dos varões será humilhada; e só Jeová será exaltado naquele dia. 18Os
2.18
Is 21.9
Mq 1.7
ídolos, de todo, desaparecerão. 19Os homens
2.19
Is 2.10
meter-se-ão nas cavernas das rochas e nos buracos da terra,
2.19
Is 2.21
13.13
24.1,19-20
Sl 18.7
Na 1.3-6
Ag 2.6-7
Hb 12.26
para evitar o terror de Jeová e a glória da sua majestade, quando ele se levantar para espantar a terra. 20Naquele dia, o homem
2.20
Is 30.22
31.7
lançará às toupeiras e aos
2.20
Lv 11.19
morcegos os seus ídolos de prata, e os seus ídolos de ouro, que se fizeram para adorar, 21
2.21
Is 2.19
a fim de entrar nas cavernas das rochas e nas fendas dos rochedos, para evitar o terror de Jeová e a glória da sua majestade, quando ele se levantar para espantar a terra. 22
2.22
Sl 146.3
Jr 17.5
Deixai-vos de homem que não é senão o sopro dos seus narizes. Pois
2.22
Is 40.15,17
Sl 8.4
144.3-4
Tg 4.14
em que se deve ele estimar?

3

A idolatria de Israel tem de cessar

31Pois eis que o Senhor, Jeová dos Exércitos,

3.1
Is 5.13
9.20
Lv 26.26
Ez 4.16
tira de Jerusalém e de Judá o sustento e o bordão, todo o sustento de pão e todo o sustento de água; 2
3.2
Is 9.14-15
2Rs 24.14
Ez 17.12-13
o valente e o guerreiro; o juiz e o profeta, o adivinho e o ancião; 3o capitão de cinquenta, e o homem acatado, e o conselheiro, e o artífice hábil, e o encantador perito. 4Dar-lhes-ei
3.4
Ec 10.16
meninos por príncipes, e caprichos infantis dominarão sobre eles. 5O povo
3.5
Mq 7.3-6
oprimirá uns aos outros, homem a homem,
3.5
Is 9.19
Jr 9.3-8
e próximo a próximo; mostrar-se-ão atrevidos; o menino, contra o ancião, e o vil, contra o nobre. 6Quando alguém
3.6
Is 4.1
pegar de seu irmão na casa de seu pai, dizendo: Tu tens roupa, tu dominarás sobre nós, e fique esta ruína debaixo da tua mão, 7naquele dia, exclamará, dizendo: Não quero ser
3.7
Ez 34.4
Os 5.13
médico, pois em minha casa não há pão nem roupa; não me haveis de constituir dominador sobre o povo. 8Pois
3.8
Is 1.7
6.11
Jerusalém está arruinada, e Judá, caído; porque a sua
3.8
Is 9.17
59.3
Sl 73.9-11
língua e as suas ações são contra Jeová, para
3.8
Is 65.3,5
2Cr 33.6
Ne 4.5
Hb 3.16
desafiarem os olhos da sua glória. 9O aspecto do seu semblante dá testemunho contra eles; e, como
3.9
Is 1.10
Gn 13.13
Sodoma, publicam o seu pecado, sem o disfarçar. Ai das suas almas! Porque eles
3.9
Pv 8.36
15.32
Rm 6.23
fazem mal a si mesmos. 10Dizei do
3.10
Is 54.17
Dt 28.1-14
Ec 8.12
justo que ele será próspero, pois comerá o fruto das suas ações. 11Ai do perverso! Não será próspero, pois lhe será feito a ele
3.11
Is 65.6-7
Dt 28.15-68
o que fizeram as suas mãos. 12Quanto ao meu povo, os que o oprimem são
3.12
Is 3.4
crianças, e mulheres dominam sobre eles. Ó povo meu, os
3.12
Is 9.16
28.14-15
que te guiam te enganam e destroem o caminho das tuas veredas.

13

3.13
Is 66.16
Os 4.1
Mq 6.2
Jeová põe-se de pé para pleitear e apresenta-se para julgar os povos. 14Jeová
3.14
Ez 20.35-36
Jó 22.4
Sl 143.2
entrará em juízo com os anciãos do seu povo e com os príncipes do mesmo. Vós sois os que
3.14
Mq 3.3
Sl 14.4
consumistes a vinha; o
3.14
Is 10.1-2
Jó 24.9,14
Sl 10.9
Pv 30.14
Ez 18.12
Tg 2.6
despojo do aflito está em vossas casas. 15Que quereis vós os que
3.15
Sl 94.5
esmigalhais o meu povo e moeis o rosto dos aflitos? — diz o Senhor, Jeová dos Exércitos.

Mulheres emproadas condenadas

16Ainda mais disse Jeová:

3.16
Is 3.16—4.1
32.9-15
Porque as
3.16
Is 4.4
Ct 3.11
filhas de Sião são altivas, e andam com o pescoço emproado, fazendo acenos com os olhos, e passeiam andando a passos contados e fazendo tinir os ornamentos dos seus pés, 17portanto Jeová tornará caspenta a mioleira da cabeça das filhas de Sião e
3.17
Is 47.3
Ez 16.37
descobrir-lhes-á a nudez. 18Naquele dia, tirará Jeová o enfeite dos anéis dos artelhos, e das coifas, e das
3.18
Jz 8.21,26
luetas; 19os pendentes, e os braceletes, e os véus leves; 20
3.20
Êx 39.28
os diademas, e as cadeias para regularem os passos, e os cintos, e os vasos de perfume, e os amuletos; 21os anéis, e
3.21
Gn 24.47
Ez 16.12
as joias pendentes do nariz; 22os vestidos de gala, e os mantos, e os xales, e os bolsos; 23os espelhos, e as camisas de linho, e os turbantes, e os véus grandes. 24Será que, em lugar de
3.24
Et 2.12
perfume, haverá mau cheiro; e, por
3.24
Pv 31.24
cinto, corda; e, por
3.24
1Pe 3.3
cabelo encrespado,
3.24
Is 22.12
Ez 27.31
Am 8.10
calva; e, por faixa de peito,
3.24
Is 15.3
Lm 2.10
cinto de cilício; marca a fogo em lugar de formosura. 25Os teus homens
3.25
Is 1.20
65.12
cairão à espada, e os teus valentes, na guerra. 26As
3.26
Jr 14.2
Lm 1.4
portas de Sião lamentarão e prantearão; ela será desolada e se
3.26
Lm 2.10
assentará no chão.

4

41Sete mulheres, naquele dia, lançarão mão

4.1
Is 13.12
dum só homem, dizendo: Do nosso pão comeremos e dos nossos vestidos nos vestiremos; concede-nos apenas que sejamos chamados do teu nome;
4.1
Is 54.4
Gn 30.23
tira o nosso opróbrio.

Um resto a ser salvo

2Naquele dia, o

4.2
Is 11.1
53.2
Jr 23.5
33.15
Zc 3.8
6.12
renovo de Jeová se tornará em beleza e glória, e o
4.2
Sl 72.16
fruto da terra, em orgulho e adorno para os de Israel que tiverem
4.2
Is 10.20
37.31-32
Jl 2.32
Ob 17
escapado. 3Será que quem for
4.3
Is 28.5
46.3
Rm 11.4-5
deixado em Sião, e ficar em Jerusalém
4.3
Is 52.1
62.12
chamar-se-á santo; todo aquele que está
4.3
Êx 32.32
Sl 69.28
Lc 10.20
inscrito entre os vivos em Jerusalém; 4quando Jeová tiver lavado a
4.4
Is 3.24
imundícia das
4.4
Is 3.16
filhas de Sião e tiver purgado a Jerusalém do
4.4
Is 1.15
sangue que há no meio dela pelo
4.4
Is 28.6
sopro do juízo e pelo
4.4
Is 1.31
9.19
Ml 3.2
Mt 3.11
Lc 3.17
sopro do incêndio. 5Jeová criará, sobre toda a extensão do monte de Sião e sobre as assembleias dela,
4.5
Êx 13.21-22
Nm 9.15-23
uma nuvem e fumo de dia, e o resplendor dum fogo chamejante de noite. Pois sobre toda a
4.5
Is 60.1-2
glória se estenderá um dossel. 6Haverá um
4.6
Is 25.4
32.1-2
Sl 27.5
pavilhão para sombra de dia contra o calor e para refúgio e esconderijo contra a tempestade e a chuva.