Tradução Brasileira (2010) (TB)
6

Exortação ao progresso

61Por isso,

6.1
vd.
deixando a doutrina dos
6.1
Hb 5.12
princípios elementares de Cristo, passemos à
6.1
vd.
perfeição, não lançando de novo o fundamento de arrependimento de
6.1
Hb 9.14Jo 8.21
obras mortas e de fé em Deus, 2
6.2
cp.
o ensino sobre batismos e
6.2
vd.
imposição de mãos, sobre
6.2
vd.
ressurreição de mortos e sobre juízo eterno. 3Isso faremos,
6.3
vd.
se Deus o permitir. 4Pois é impossível que os que uma vez foram
6.4
Hb 10.322Co 4.4,6
iluminados, e provaram
6.4
Ef 2.8Jo 4.10
o dom celestial, e se tornaram
6.4
Hb 2.4Gl 3.2
participantes do Espírito Santo, 5
6.5
cp.
e provaram a boa
6.5
vd.
palavra de Deus e os poderes do
6.5
cp.
mundo vindouro, 6e depois caíram,
6.6
Hb 10.261Jo 5.16
2Pe 2.21
Mt 19.26
impossível é renová-los outra vez para o arrependimento,
6.6
cp.
visto que eles crucificam de novo para si o Filho de Deus e o expõem à ignomínia. 7Pois a terra que tem embebido a chuva que cai muitas vezes sobre ela e produz ervas úteis àquelas
6.7
cp.
por quem é também lavrada recebe de Deus a bênção; 8mas, se produz espinhos e abrolhos, é rejeitada, está
6.8
cp.
perto de maldição, e o seu fim é ser queimada.

Espera melhorar as coisas deles

9Porém, quanto a vós,

6.9
1Co 10.14
2Co 7.1
12.19
1Pe 2.11
2Pe 3.1
1Jo 2.7
Jd 3
amados, estamos persuadidos de coisas melhores e mais vizinhas à salvação, ainda que assim falamos. 10Pois
6.10
Pv 19.17
Mt 10.42
25.40At 10.4
Deus não é injusto para se esquecer do
6.10
cp.
vosso trabalho e da caridade que mostrastes para com seu nome, quando
6.10
Hb 10.32-34Rm 15.25
servistes e ainda servis aos santos. 11Desejamos que cada um de vós mostre o mesmo zelo, para
6.11
cp.
complemento da sua
6.11
vd.
esperança até o fim; 12para que não vos torneis indolentes, mas
6.12
Hb 13.7
imitadores daqueles que, por
6.12
2Ts 1.4
Tg 1.3
Ap 13.10
fé e por paciência,
6.12
cp.
herdam as promessas.

A promessa de Deus com juramento

13Pois,

6.13
cp.
quando Deus fez a promessa a Abraão, como não teve outro maior por quem jurasse,
6.13
Gn 22.16Lc 1.73
jurou por si mesmo, 14dizendo: Certamente, abençoando, te abençoarei e, multiplicando, te multiplicarei; 15assim,
6.15
cp.
tendo Abraão esperado com paciência, alcançou a promessa. 16
6.16
cp.
Pois os homens juram pelo que é maior que eles, e
6.16
cp.
o juramento para confirmação é para eles o fim de todas as contendas. 17Por isso, Deus, determinando mais abundantemente mostrar aos
6.17
Hb 11.9
herdeiros da promessa
6.17
Sl 110.4
Pv 19.21
Hb 6.18
a imutabilidade do seu conselho, interpôs um juramento, 18para que, por duas coisas imutáveis, nas quais é
6.18
Tt 1.2Nm 23.19
impossível que Deus minta, tenhamos uma poderosa consolação, nós que, como refúgio, nos temos apressado em lançar mão da
6.18
Hb 3.6
7.19
esperança proposta, 19a qual temos como âncora segura e firme da alma e que
6.19
Lv 16.2
Hb 9.2
entra também no interior do véu, 20
6.20
vd.
onde Jesus, como precursor, entrou por nós, quando se tornou
6.20
vd.
sumo sacerdote para sempre, segundo a ordem de Melquisedeque.