Tradução Brasileira (2010) (TB)
23

A luxúria de Oolá e Oolibá

231A palavra de Jeová veio a mim, dizendo: 2Filho do homem, houve

23.2
Ez 16.44,46
duas mulheres, filhas de
23.2
Ez 16.3-45
uma mesma mãe; 3elas
23.3
Ez 23.37
Ez 20.7-8
se deram a fornicações no Egito;
23.3
Jr 3.9
fornicaram na sua mocidade.

Ali, foram apertados os seus peitos e ali foram pisados os seios da sua virgindade. 4Os nomes delas eram Oolá, a mais velha, e Oolibá, sua irmã;

23.4
Ez 16.8
tornaram-se minhas e deram à luz filhos e filhas. Quanto aos seus nomes,
23.4
Ez 16.46
Samaria é Oolá, e Jerusalém é
23.4
Sl 76.2
Oolibá.

5Fornicou

23.5
1Rs 12.28-30
Oolá, sendo minha; apaixonou-se pelos seus amantes, pelos
23.5
Ez 16.28
2Rs 15.19
16.7
17.3
Os 5.13
8.9-10
assírios, seus vizinhos, 6que se vestiam de azul,
23.6
Ez 23.12,23
governadores e sátrapas, todos mancebos apetecíveis, cavaleiros montados a cavalo. 7
23.7
Ez 23.30
Ez 16.15
Entregou-se a fornicações com todos estes que eram os mais escolhidos da Assíria
23.7
Ez 20.7
22.3-4
Os 5.3
6.10
e contaminou-se com todos os ídolos daqueles pelos quais se apaixonava. 8Nem deixou as suas fornicações
23.8
Ez 23.3,19
Êx 32.4
1Rs 12.28
2Rs 10.29
17.16
desde os dias do Egito; pois muitos se deitaram com ela na sua mocidade, pisaram os seios da sua virgindade e sobre ela
23.8
Ez 16.15
derramaram a sua fornicação. 9Pelo que a entreguei nas mãos dos seus
23.9
Ez 23.22
Ez 16.37
amantes, nas mãos dos
23.9
2Rs 15.29
18.9-12
Os 11.5
assírios, pelos quais se apaixonava. 10Estes
23.10
Ez 23.18,29
Ez 16.36-37
Os 2.10
descobriram a sua nudez; levaram-lhe
23.10
Ez 23.47
os filhos e as filhas e mataram-na com a espada; ela se tornou um
23.10
Ez 16.57
provérbio entre as mulheres, pois nela executaram juízos.

11Sua irmã

23.11
Ez 23.4
Oolibá viu isso, contudo ficou
23.11
Ez 16.51
Jr 3.8-11
mais corrompida na sua paixão do que ela, como também nas suas fornicações, que eram mais numerosas do que as de sua irmã. 12Apaixonou-se pelos
23.12
Ez 16.28
2Rs 16.7-15
2Cr 28.16-23
assírios,
23.12
Ez 23.6,23
governadores e sátrapas, seus vizinhos, vestidos mui esplendidamente, cavaleiros montados a cavalos, todos mancebos apetecíveis. 13Vi que se tinha contaminado;
23.13
Ez 23.31
2Rs 17.18-19
Os 12.1-2
ambas seguiram o mesmo caminho. 14E aumentou as suas fornicações, porque viu uns homens
23.14
Ez 8.10
pintados na parede, imagens dos
23.14
Ez 16.29
caldeus, pintados de
23.14
Jr 22.14
vermelho, 15cingidos os seus lombos de
23.15
Is 22.21
cintos, tendo largas tiaras tingidas sobre as cabeças, todos príncipes no parecer, à semelhança dos filhos de Babilônia, na Caldeia, terra do seu nascimento. 16Logo que os viu,
23.16
Ez 23.20
Mt 5.28
apaixonou-se por eles e mandou-lhes embaixadores à Caldeia. 17Vieram ter com ela
23.17
2Rs 24.17
os filhos de Babilônia para a cama dos amores e
23.17
Ez 23.30
a contaminaram com as suas fornicações; ela se contaminou com eles, e depois a sua alma
23.17
Ez 23.28
Ez 16.37
se alienou deles. 18Assim,
23.18
Ez 23.10
Ez 21.24
Jr 8.12
descobriu as suas fornicações e descobriu a sua nudez; então, a minha alma
23.18
Sl 78.59
106.40
Jr 12.8
se alienou dela, assim como se alienara de
23.18
Ez 23.9
Am 5.21
sua irmã. 19Todavia, ela
23.19
Ez 23.14
Am 4.4
multiplicou as suas fornicações, lembrando-se dos dias da sua
23.19
Ez 23.3
mocidade, em que fornicara na terra do Egito. 20
23.20
Ez 16.26
17.15
Apaixonou-se pelos seus amantes, cujas carnes são como as carnes de jumentos e cujo fluxo é como o fluxo de cavalos. 21Assim, te lembraste da
23.21
Ez 23.3
Jr 3.9
luxúria da tua mocidade, quando foram pelos egípcios apalpados os teus seios, quando foram pisados os peitos da tua mocidade.

O castigo que lhes sobreveio

22Portanto, ó Oolibá, assim diz o Senhor Jeová: Eis que eu suscitarei contra ti

23.22
Ez 23.9
Ez 16.37
os teus amantes, dos quais está alienada a tua alma, e fá-los-ei vir contra ti de todos os lados: 23
23.23
Ez 23.14-17
Ez 21.19
2Rs 20.14-17
os filhos de Babilônia e todos os
23.23
2Rs 24.2
Jó 1.17
Is 23.13
caldeus,
23.23
Jr 50.21
Pécode, e Soa, e Coa, juntamente com todos os
23.23
Gn 2.14
25.18
Ed 6.22
assírios,
23.23
Ez 23.6,12
mancebos apetecíveis, todos governadores e sátrapas, príncipes e homens de renome, todos montados a cavalo. 24
23.24
Ez 21.15,19
Virão contra ti com armas,
23.24
Ez 26.10
Jr 47.3
Na 2.3-4
carros e carroças e com uma
23.24
Ez 16.40
assembleia de povos; por-se-ão contra ti ao redor, com pavês, e escudo, e capacete;
23.24
Ez 23.45
Ez 16.38
Jr 39.5-6
entregar-lhes-ei o juízo, e te julgarão conforme os seus juízos. 25Porei contra ti o meu
23.25
Ez 5.13
8.17-18
Êx 34.14
Sf 1.18
zelo, e eles te tratarão com furor; tirar-te-ão o nariz e as orelhas, e o que te ficar de resto cairá pela espada. Levarão teus
23.25
Ez 23.47
Os 2.4
filhos e tuas filhas, e o que em ti ficar, será
23.25
Ez 20.47-48
22.20-21
devorado pelo fogo. 26Eles
23.26
Ez 23.29
Ez 16.39
Jr 13.22
te despojarão dos teus vestidos, e te levarão os teus
23.26
Is 3.18-23
belos adornos. 27Farei
23.27
Ez 23.48
Ez 16.43
22.15
cessar de ti a tua luxúria e a tua fornicação trazida da terra do
23.27
Ez 23.3,8
Egito, de sorte que não levantarás os olhos para eles, nem te lembrarás mais do Egito. 28Pois assim diz o Senhor Jeová: Eis que te entregarei nas mãos daqueles a quem
23.28
Ez 23.17,22
Ez 16.37
Jr 21.7-10
34.20
odeias, nas mãos daqueles de quem está alienada a tua alma; 29eles
23.29
Ez 23.25-26,45-47
Dt 28.48
te tratarão com ódio, e te levarão todo o teu trabalho, e te deixarão nua e despida;
23.29
Ez 23.10
a nudez das tuas fornicações será descoberta, tanto a tua luxúria como as tuas fornicações.

30Essas coisas se te farão, porquanto

23.30
Ez 23.7,17
Sl 106.35-38
Jr 2.18-20
16.11-12
fornicaste após os pagãos e te contaminaste com os seus ídolos. 31Andaste pelo caminho de tua
23.31
Ez 23.4
Ez 16.47-51
irmã; portanto, darei o seu
23.31
Ez 23.33
2Rs 21.13
Jr 7.14-15
cálice na tua mão. 32Assim diz o Senhor Jeová:
23.32
Sl 60.3
Is 51.17
Jr 25.15
Beberás o cálice de tua irmã, o qual é fundo e largo; serás
23.32
Ez 5.14-15
16.57
22.4-5
objeto de escárnio e de irrisão; o cálice leva muito. 33De
23.33
Jr 25.15-16,27
Hc 2.16
embriaguez e de dor te encherás, do cálice de
23.33
Ez 4.16
12.19
espanto e de desolação, do cálice de tua irmã Samaria. 34Tu
23.34
Sl 75.8
Is 51.17
o beberás, e esgotarás até as fezes, e roerás os seus cacos, e te rasgarás os teus peitos; pois eu o falei, diz o Senhor Jeová. 35Portanto assim diz o Senhor Jeová: Porque
23.35
Ez 22.12
Is 17.10
Jr 3.21
Os 8.14
13.6
te esqueceste de mim
23.35
1Rs 14.9
Jr 2.27
32.33
e me lançaste para trás das tuas costas, portanto
23.35
Ez 23.49
Ez 7.4
leva também a tua luxúria e as tuas fornicações.

36Disse-me mais Jeová: Filho do homem,

23.36
Ez 20.4
22.2
Jr 1.10
julgarás tu a Oolá e a Oolibá? Então
23.36
Ez 16.2
Is 58.1
Mq 3.8
declara-lhes as suas abominações. 37Pois
23.37
Ez 23.3-45
cometeram adultério, e se acha
23.37
Ez 22.3
sangue nas suas mãos, e com os seus ídolos cometeram adultério; também
23.37
Ez 16.20-21,36
fizeram passar pelo fogo para eles, a fim de serem consumidos, aos filhos que me geraram. 38Ainda isto me fizeram:
23.38
Ez 5.11
7.20
2Rs 21.4,7
contaminaram no mesmo dia o meu santuário e profanaram os meus
23.38
Ez 20.13,24
Jr 17.27
sábados. 39Pois, quando tinham sacrificado seus filhos aos seus ídolos, no mesmo dia, entraram no meu
23.39
Jr 7.9-11
santuário para o profanarem e eis que assim fizeram no meio da minha casa. 40Além disso mandastes buscar homens
23.40
Ez 23.16
2Rs 20.13-15
Is 57.9
que vieram de longe, aos quais fora enviado um mensageiro, e eis que vieram;
23.40
Ez 16.16-19
por amor dos quais te lavaste,
23.40
2Rs 9.30
Jr 4.30
pintaste os teus olhos
23.40
Ez 16.13-16
Is 3.18-23
e te enfeitaste dos teus adornos; 41e te sentaste sobre um
23.41
Et 1.6
Is 57.7
Am 6.4
leito magnífico, diante do qual estava
23.41
Ez 44.16
Is 65.11
uma mesa preparada, sobre que puseste o meu
23.41
Jr 44.17
Os 2.8
incenso e o meu óleo. 42Ouvia-se com ela a voz duma multidão
23.42
Ez 16.49
Os 6.3-6
que folgava, e, na companhia de homens da classe baixa, foram do deserto trazidos uns
23.42
Jr 51.7
bêbados, que puseram
23.42
Ez 16.11-12
Gn 24.30
braceletes nas mãos delas e coroas formosas, nas suas cabeças.

43Então, disse eu da que estava

23.43
Ez 23.3
Ed 9.7
Sl 106.6
gasta em adultérios: Agora, cometerão fornicação com ela, e ela, com eles! 44Entraram a estar com ela, como quem entra a estar com uma prostituta; assim, entravam a estar com Oolá e Oolibá, mulheres perdidas. 45E homens justos
23.45
Ez 16.38
Os 6.5
as julgarão com o juízo das
23.45
Ez 23.37-39
Lv 20.10
adúlteras e com o juízo das mulheres que derramam sangue; porque são adúlteras, e se acha sangue nas suas mãos. 46Pois assim diz o Senhor Jeová: Farei subir contra elas uma
23.46
Ez 23.24
Ez 16.40
Jr 25.9
assembleia e as entregarei ao
23.46
Jr 15.4
24.9
29.18
tumulto e ao saque. 47Essa assembleia
23.47
Ez 16.40
Lv 20.10
as apedrejará com pedras, e as matarão com as suas espadas; trucidarão
23.47
Ez 23.25
Ez 24.21
2Cr 36.17
seus filhos e suas filhas e
23.47
Jr 39.8
abrasarão as suas casas com fogo. 48Assim, farei
23.48
Ez 23.27
Ez 16.41
cessar da terra a luxúria, para que todas as mulheres sejam ensinadas a não praticarem segundo a vossa luxúria. 49A vós
23.49
Ez 23.35
Ez 7.4,9
9.10
Is 59.18
vos pagarão a vossa luxúria, e levareis os pecados dos vossos ídolos;
23.49
Ez 6.7
20.38
e sabereis que eu sou o Senhor Jeová.

24

A parábola da caldeira

241Demais,

24.1
Ez 1.2
8.1
20.1
26.1
no nono ano, no décimo mês, aos dez dias do mês, veio a mim a palavra de Jeová, dizendo: 2Filho do homem,
24.2
Is 8.1
30.8
Hc 2.2
escreve o nome do dia, sim, deste mesmo dia; o rei de Babilônia
24.2
2Rs 25.1
Jr 39.1
52.4
aproximou-se de Jerusalém neste dia. 3Propõe
24.3
Ez 17.2
20.49
Sl 78.2
uma parábola
24.3
Ez 2.3,6,8
Is 1.2
30.1,9
à casa rebelde e dize-lhes: Assim diz Jeová Deus: Põe a
24.3
Ez 24.6
Ez 11.3,7,11
Jr 1.13-14
caldeira ao lume, põe-na e deita-lhe também água dentro; 4
24.4
Ez 22.19-22
Mq 3.2-3
Mete nela os seus pedaços, a saber, todos os bons pedaços, a coxa e a espádua; enche-a dos ossos escolhidos. 5Toma
24.5
Jr 39.6
52.10,24-27
o que é de melhor do rebanho e põe também uma pilha dos
24.5
Ez 24.10
ossos debaixo dela; faze-a ferver bem, sim, sejam cozidos os seus ossos no meio dela.

6Pelo que assim diz o Senhor Jeová:

24.6
Ez 24.9
Ai da
24.6
Ez 22.2-3,27
2Rs 24.3-4
Mq 7.2
Na 3.1
cidade sanguinolenta,
24.6
Ez 24.3
da caldeira cheia de ferrugem e cuja
24.6
Ez 24.13
ferrugem não saiu dela! Esvazia-se pedaço por pedaço;
24.6
Jl 3.3
Ob 11
Na 3.10
não caiu sorte sobre ela. 7Pois o seu
24.7
Ez 23.37,45
sangue está no meio dela; ela o pôs sobre a rocha escalvada, não
24.7
Lv 17.13
Dt 12.16
o derramou sobre o chão, para o cobrir com o pó; 8a fim de que ele
24.8
Is 26.21
fizesse subir a fúria para tomar vingança, pus o sangue dela sobre a rocha escalvada, para que
24.8
Jr 22.8-9
não fosse coberto. 9Portanto, assim diz o Senhor Jeová:
24.9
Ez 24.6
Hc 2.12
Ai da cidade sanguinolenta! Eu também farei grande a pilha. 10Amontoa a lenha, torna mais quente o fogo, ferve bem a carne, faze grosso o caldo, e sejam queimados
24.10
Ez 24.5
os ossos. 11Então,
24.11
Jr 21.10
Ml 4.1
põe-na vazia sobre as suas brasas, para que ela aqueça, o seu cobre se derreta, e se funda no meio dela a sua
24.11
Ez 22.15
23.27
imundícia, a fim de que se consuma a sua ferrugem. 12Ela
24.12
Jr 9.5
tem-se cansado com trabalhos; contudo, não sai dela a
24.12
Ez 24.13
sua muita ferrugem. A sua ferrugem não sai por meio do fogo. 13Há luxúria na tua
24.13
Ez 24.11
Ez 23.36-48
imundícia; porque te purifiquei e
24.13
Ez 22.24
Is 5.4
9.13
Jr 6.28-30
não foste purificada, não serás purificada nunca da tua imundícia, até que eu
24.13
Ez 5.13
8.18
tenha satisfeito o meu furor sobre ti. 14Eu, Jeová, o disse:
24.14
Sl 33.9
Is 55.11
sucederá, e eu o farei; não me tornarei para trás,
24.14
Ez 9.10
Jr 13.14
nem pouparei, nem me arrependerei;
24.14
Ez 18.30
36.19
Is 3.11
conforme os teus caminhos e conforme os teus feitos, te julgarão, diz o Senhor Jeová.

A morte da mulher de Ezequiel é um sinal para Judá

15Também veio a mim a palavra de Jeová, dizendo: 16Filho do homem, eis que eu tiro dum

24.16
Jó 23.2
golpe o
24.16
Ez 24.18
Ct 7.10
desejo dos teus olhos;
24.16
Jr 16.5
22.10
todavia, não te lamentarás, nem chorarás, nem te correrão
24.16
Jr 13.17
lágrimas. 17Geme, porém,
24.17
Sl 39.9
46.10
Am 8.3
em silêncio;
24.17
Lv 21.10-12
não faças lamentação pelos mortos, ata na cabeça o teu
24.17
Ez 24.23
Ez 44.18
Êx 39.28
Is 3.20
turbante, e mete nos pés os teus sapatos, e não cubras os teus lábios, e
24.17
Jr 16.7
Os 9.4
não comas o pão dos homens. 18Assim, falei de manhã ao povo, e à tarde morreu minha mulher; e fiz, pela manhã, como se me deu ordem.

19O povo perguntou-me: Porventura, não nos farás saber o

24.19
Ez 20.49
37.18
que nos significam essas coisas, visto que tu procedes desta maneira? 20Então, lhes respondi: A palavra de Jeová veio a mim, dizendo: 21Fala à casa de Israel: Assim diz o Senhor Jeová: Eis
24.21
Ez 7.20-22
9.7
Sl 74.7
79.1
Jr 7.14
Lm 2.6-7
que profanarei o meu santuário, orgulho do vosso poder,
24.21
Ez 24.16
Sl 27.4
84.1
desejo dos vossos olhos, e o de que se condói a vossa alma;
24.21
Ez 23.25,47
Jr 6.11
16.3-4
vossos filhos e vossas filhas, que deixastes, cairão à espada. 22Vós fareis como eu fiz:
24.22
Ez 24.17
não vos cobrireis os lábios, nem comereis o pão dos homens. 23Tereis nas cabeças os vossos turbantes e nos pés, os vossos sapatos.

Não vos lamentareis, nem chorareis, mas

24.23
Ez 4.17
33.10
definhar-vos-eis nas vossas iniquidades, e dareis gemidos uns com os outros. 24Assim, vos servirá Ezequiel de
24.24
Ez 4.3
Os 1.2
3.1
Lc 11.29-30
sinal; conforme tudo o que ele fez, assim fareis vós. Quando isso suceder, sabereis que eu sou o Senhor Jeová.

25Filho do homem, no dia em que eu lhes tirar a

24.25
Ez 24.21
Sl 48.2
50.2
sua fortaleza, o gozo da sua glória,
24.25
Ez 24.16,21
o desejo dos seus olhos e aquilo em que eles põem a sua mente, isto é,
24.25
Dt 28.32
Jr 11.22
52.10
seus filhos e suas filhas, 26porventura, não será
24.26
Ez 33.21
nesse dia que virá ter contigo todo aquele
24.26
1Sm 4.12
Jó 1.15-19
que escapar, para to fazer ouvir com os teus ouvidos? 27Naquele dia, se te abrirá
24.27
Ez 3.26
33.22
a boca para o que tiver escapado, e falarás e não ficarás mais em silêncio. Assim, lhes servirás
24.27
Ez 24.24
de sinal; e saberão que eu sou Jeová.

25

Profecia contra Amom

251Veio a mim a palavra de Jeová, dizendo: 2Filho do homem,

25.2
Ez 6.2
13.17
20.46
olha para
25.2
Ez 21.20,28
Gn 19.38
Nm 21.24
Jr 27.3
Am 1.13
Sf 2.8
os filhos de Amom e profetiza contra eles. 3Dize aos filhos de Amom: Ouvi a palavra do Senhor Jeová: Porquanto disseste:
25.3
Ez 25.6
Ez 21.28
26.2
36.2
Sl 70.2-3
Ah! Contra o meu santuário quando foi profanado, e contra a terra de Israel quando foi desolada, e contra a casa de Judá, quando foram ao cativeiro, 4por isso eis que
25.4
Ez 21.31
te entregarei aos
25.4
Jz 6.3,33
1Rs 4.30
filhos do Oriente para lhes seres uma possessão, e em ti estabelecerão os seus aduares, e porão em ti as suas moradas. Eles
25.4
Dt 28.33,51
Is 1.7
comerão os teus frutos e eles beberão o teu leite. 5De
25.5
Ez 21.20
Dt 3.11
2Sm 12.26
Jr 49.2
Rabá farei uma estrebaria de camelos e, dos filhos de Amom, um
25.5
Is 17.2
Sf 2.14
curral de rebanhos; e sabereis que eu sou Jeová. 6Pois assim diz o Senhor Jeová: Porque
25.6
Jó 27.23
Na 3.19
aplaudiste com as mãos, e
25.6
Ez 6.11
bateste com os pés, e, com todo o despeito do teu coração,
25.6
Sf 2.8,10
Ob 12
te alegraste contra a terra de Israel, 7portanto eis que
25.7
Ez 25.13,16
Sf 1.4
estendi a minha mão contra ti e te darei por
25.7
Ez 26.5
Is 33.4
despojo às nações;
25.7
Ez 21.32
exterminar-te-ei dentre os povos
25.7
Am 1.14-15
e te farei perecer dentre os países; destruir-te-ei, e
25.7
Ez 6.14
saberás que eu sou Jeová.

Profecia contra Moabe

8Assim diz o Senhor Jeová: Porquanto dizem

25.8
Gn 19.37
36.35
Êx 15.15
Is 11.14
15.1
Jr 9.26
Moabe e
25.8
Ez 35.2
Gn 14.6
Dt 2.4,29
Seir: Eis
25.8
Is 36.18-20
que a casa de Judá é como todas as nações; 9portanto eis que abrirei o lado de Moabe desde as cidades, sim, desde as suas cidades que estão pela banda das suas fronteiras, a glória do país,
25.9
Nm 33.49
Js 12.3
13.20
Bete-Jesimote,
25.9
Nm 32.3,38
Js 13.17
1Cr 5.8
Jr 48.23
Baal-Meom e
25.9
Nm 32.37
Js 13.19
Jr 48.1-23
Quiriataim; 10abri-lo-ei
25.10
Ez 25.4
aos filhos do Oriente para irem contra os filhos de Amom e destes farei uma possessão, para que não haja mais memória dos filhos de Amom entre as nações. 11Também
25.11
Ez 5.15
11.9
executarei juízos sobre Moabe, e saberão que eu sou Jeová.

Profecia contra Edom

12Assim diz o Senhor Jeová: Porquanto

25.12
Lm 4.21-22
Edom se houve
25.12
Ez 35.2-3
36.5
Am 1.11
Ob 10-16
vingativamente contra a casa de Judá, e cometeu graves ofensas, e se vingou deles, 13portanto assim diz o Senhor Jeová: Estenderei a minha
25.13
Jr 49.8,13
mão sobre Edom e dele
25.13
Ez 29.8
Ml 1.3-4
exterminarei homens e animais; fá-lo-ei desolado desde
25.13
Gn 36.34
Jr 49.7
Am 1.12
Temã, e até
25.13
Jr 25.23
49.8
Dedã cairão pela espada. 14Porei a minha
25.14
Ez 32.29
vingança sobre Edom pela mão do meu povo de Israel; farão em Edom segundo a minha
25.14
Ez 35.11
ira e segundo o meu furor; e conhecerão a minha vingança, diz o Senhor Jeová.

Profecia contra os filisteus

15Assim diz o Senhor Jeová: Porquanto os filisteus se houveram

25.15
Ez 25.6,12
Is 14.29-31
Jl 3.4
vingativamente e executaram vingança com despeito de alma, para destruírem com perpétua inimizade; 16portanto assim diz o Senhor Jeová: Eis que estenderei
25.16
Jr 25.20
47.1-7
a minha mão sobre os filisteus, e exterminarei os
25.16
1Sm 30.14
Sf 2.5
quereteus, e destruirei as relíquias da costa do mar. 17Deles
25.17
Ez 5.15
tomarei grandes vinganças com furiosas repreensões; saberão que eu sou Jeová, quando eu tiver exercitado a minha vingança sobre eles.