Tradução Brasileira (2010) (TB)
3

Deus fala com Moisés do meio da sarça

31Ora, Moisés, apascentando o rebanho de

3.1
Êx 2.18
Jetro, seu sogro, sacerdote de Midiã, levou-o para trás do deserto e veio a
3.1
Êx 3.12
17.6
33.6
Horebe,
3.1
Êx 4.27
18.5
24.13
monte de Deus. 2Apareceu-lhe o
3.2
Êx 3.4-11,16
Gn 22.11,15
Anjo de Jeová numa chama de fogo do meio duma
3.2
Dt 33.16
Mc 12.26
Lc 20.37
sarça; Moisés olhou, e eis que a sarça ardia no fogo e a sarça não se consumia. 3Disse, pois:
3.3
At 7.31
Voltar-me-ei e verei esta grande visão, porque não se queima a sarça. 4Vendo Jeová que ele se voltou para ver, do meio da sarça chamou-o
3.4
Êx 4.5
Deus e disse: Moisés, Moisés! Respondeu ele: Eis-me aqui! 5Deus continuou: Não te chegues para cá;
3.5
Js 5.15
At 7.33
tira as sandálias dos pés, porque o lugar em que tu estás é terra santa. 6Disse-lhe mais:
3.6
Mt 22.31-32
Mc 12.26
Lc 20.37
Eu sou o Deus de teu pai, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó.
3.6
At 7.32
Moisés escondeu o rosto, pois teve medo de olhar para Deus. 7Então, disse Jeová: Certamente, tenho
3.7
Êx 2.25
Ne 9.9
At 7.34
visto a aflição do meu povo que está no Egito e tenho ouvido o seu clamor por causa dos seus superintendentes. Conheço os seus sofrimentos 8e desci
3.8
Gn 15.13-16
46.4
50.24-25
para o livrar da mão dos egípcios e para o fazer subir daquela terra para uma terra boa e espaçosa, para uma terra
3.8
Êx 3.17
13.5
Jr 11.5
que mana leite e mel; para o lugar
3.8
Gn 15.19-21
Js 24.11
do cananeu, do heteu, do amorreu, do perizeu, do heveu e do jebuseu. 9Agora, eis que
3.9
Êx 2.23
o clamor dos filhos de Israel é vindo a mim; demais tenho visto a opressão com que os egípcios os oprimem. 10Vem tu, pois, e eu te enviarei a Faraó,
3.10
Êx 12.41
para que tires do Egito o meu povo, os filhos de Israel. 11Perguntou Moisés a Deus:
3.11
Êx 4.10
6.12
Quem sou eu, para ir a Faraó e para tirar do Egito os filhos de Israel? 12Deus respondeu-lhe: Certamente,
3.12
Êx 4.12,15
33.14-16
eu serei contigo; isto te será por sinal de que eu te enviei:
3.12
Êx 19.2-3
depois de haveres tirado do Egito o povo,
3.12
At 7.7
servireis a Deus neste monte.

Deus revela-se como Jeová

13Disse Moisés a Deus: Eis que, quando eu vier aos filhos de Israel e lhes disser: O Deus de vossos pais enviou-me a vós, e eles me perguntarem: Qual é o seu nome? Que lhes hei eu de responder? 14Disse Deus a Moisés:

3.14
Êx 6.3
Jo 8.58
Ap 1.8
4.8
EU SOU O QUE SOU; e acrescentou: Assim dirás aos filhos de Israel: EU SOU enviou-me a vós. 15Mais disse Deus ainda a Moisés: Assim dirás aos filhos de Israel:
3.15
Êx 3.6
Jeová, o Deus de vossos pais, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó, enviou-me a vós. É este o meu nome para sempre, e é este o
3.15
Sl 30.4
97.12
102.12
135.13
Os 12.5
meu memorial para todas as gerações. 16Vai-te, e ajunta os anciãos de Israel, e dize-lhes:
3.16
Êx 3.2
Jeová, o Deus de vossos pais, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó, apareceu a mim, dizendo: Certamente, vos tenho visitado e visto o que vos se tem feito no Egito; 17
3.17
Gn 15.13-21
46.4
50.24-25
e tenho dito: Eu vos farei sair da aflição do Egito para a terra
3.17
Js 24.11
do cananeu, do heteu, do amorreu, do perizeu, do heveu e do jebuseu, para uma terra
3.17
Êx 3.8
que mana leite e mel. 18E
3.18
Êx 4.31
ouvirão a tua voz,
3.18
Êx 5.1
e ireis, tu e os anciãos de Israel, ao rei do Egito e dir-lhe-eis: Jeová, o Deus dos hebreus, encontrou-nos. Agora, pois, deixa-nos ir
3.18
Êx 5.3
8.27
caminho de três dias ao deserto, para que ofereçamos sacrifícios a Jeová, nosso Deus. 19Eu sei, porém, que o rei do Egito
3.19
Êx 5.2
não vos deixará ir,
3.19
Êx 6.1
nem mesmo por meio duma mão forte. 20Portanto, estenderei a
3.20
Êx 6.1
7.4-5
13.3,9,14
minha mão e ferirei o Egito com todas as minhas
3.20
Êx 15.11
maravilhas que farei no meio dele;
3.20
Êx 11.1
12.31-33
depois, vos deixará ir. 21Eu darei graça a este povo aos olhos dos egípcios; e, quando sairdes, não saireis vazios. 22Mas cada mulher
3.22
Êx 11.2-3
12.35-36
pedirá à sua vizinha e à sua hóspeda joias de prata, joias de ouro e vestidos; pô-los-eis sobre vossos filhos e sobre vossas filhas e despojareis aos egípcios.

4

Moisés recebe poder de fazer prodígios

41Respondeu Moisés: Mas eis que não me crerão, nem

4.1
Êx 3.18
6.30
ouvirão a minha voz, pois dirão:
4.1
Êx 3.15-16
Jeová não te apareceu. 2Perguntou-lhe Jeová: Que é isso que tens na tua mão? Respondeu-lhe: Uma vara. 3Continuou Jeová: Deita-a no chão. Ele deitou-a no chão, e
4.3
Êx 7.10-12
ela se converteu em cobra; e Moisés fugiu dela. 4Então, disse Jeová a Moisés: Estende a mão e pega-lhe pela cauda (estendeu ele a mão e pegou-lhe, e ela se tornou em vara na sua mão), 5para que creiam que te apareceu Jeová, o Deus de teus pais, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó. 6Disse-lhe mais Jeová: Mete a tua mão no teu seio. Quando a tirou, eis que a sua mão estava
4.6
Nm 12.10
2Rs 5.27
leprosa, tão branca como a neve. 7Torna a meter, disse Jeová, a tua mão no teu seio. (Tornou ele a meter a mão no seio; e, quando a tirou segunda vez, eis que
4.7
2Rs 5.14
Mt 8.3
Lc 17.12-14
havia tornado como o restante da sua carne.) 8Se não te crerem, nem ouvirem a voz do primeiro prodígio, crerão a voz do segundo prodígio. 9Se nem ainda crerem a estes dois prodígios, nem ouvirem a tua voz, tomarás da água do rio e a derramarás sobre a terra; a água que tirares do rio
4.9
Êx 7.19
tornar-se-á em sangue sobre a terra.

10Disse Moisés a Jeová: Ah! Senhor!

4.10
Êx 3.11
4.1
Jr 1.6
Eu nunca fui eloquente, nem no tempo passado, nem ainda desde que falaste a teu servo; pois sou pesado de boca e pesado de língua. 11Respondeu-lhe Jeová: Quem fez a boca do homem?
4.11
Sl 94.9
146.8
Mt 11.5
Lc 1.20,64
Quem faz o mudo, ou o surdo, ou o que vê, ou o que não vê? Não sou eu, Jeová? 12Vai, pois, agora, e
4.12
Êx 4.15-16
Dt 18.18
eu serei com a tua boca e
4.12
Mt 10.19-20
Mc 13.11
Lc 12.11-12
21.14-15
te ensinarei o que hás de falar. 13Ele, porém, respondeu: Ah! Senhor! Rogo-te que envies aquele que tu hás de enviar. 14Acendeu-se a ira de Jeová contra Moisés e disse: Não vive Arão, teu irmão, o levita? Eu sei que ele pode falar bem. Eis que também
4.14
Êx 4.27
te sai ele ao encontro e, vendo-te, se alegrará no seu coração. 15Tu, pois, lhe falarás e
4.15
Êx 4.12,30
Is 51.16
59.21
Jr 1.9
porás as palavras na sua boca; eu serei com a tua boca e com a sua boca e vos ensinarei o que haveis de fazer. 16
4.16
Êx 7.1-2
Ele falará por ti ao povo; ele te será por boca, e tu lhe serás por Deus. 17Tomarás na tua mão
4.17
Êx 4.2,20
17.9
esta vara,
4.17
Êx 7.9-20
14.16
com que hás de fazer os prodígios.

Moisés volta para o Egito

18Partindo Moisés, voltou para Jetro,

4.18
Êx 2.21
seu sogro, e disse-lhe: Deixa-me ir e voltar a meus irmãos que estão no Egito, a ver se ainda vivem. Disse-lhe Jetro: Vai-te em paz. 19Disse também Jeová a Moisés, em Midiã: Vai, volta para o Egito, porque são mortos todos os que procuravam tirar-te a vida. 20Tomou, pois, Moisés a sua mulher e
4.20
Êx 18.3
At 7.29
a seus filhos; fê-los montar num jumento e voltou para a terra do Egito. Moisés levava na sua mão
4.20
Êx 4.17
17.9
a vara de Deus. 21Disse Jeová a Moisés: Quando te tornares ao Egito, vê que faças diante de Faraó todas as
4.21
Êx 11.9-10
maravilhas que te hei posto na mão; mas
4.21
Êx 7.3
9.12
10.1-20,27
14.4
eu endurecerei o seu coração, e ele não deixará ir o povo. 22Dirás a Faraó: Assim diz Jeová:
4.22
Is 63.16
64.8
Os 11.1
Israel é meu filho, meu primogênito. 23Eu te disse:
4.23
Êx 5.1
6.11
7.16
Deixa ir meu filho, para que ele me sirva; mas tu recusaste deixá-lo ir; eis que
4.23
Êx 12.29
eu matarei a teu filho, teu primogênito. 24Estando Moisés de caminho, numa estalagem, encontrou-o Jeová e procurou matá-lo. 25Então, Zípora tomou uma
4.25
Js 5.2-3
pedra, circuncidou o prepúcio de seu filho e o lançou aos pés de Moisés, dizendo: Sem dúvida, tu és para mim esposo sanguinário. 26Assim, Jeová o deixou. Ela disse: Esposo sanguinário és tu, por causa da circuncisão.

Encontra-se com Arão

27

4.27
Êx 4.24
Disse Jeová a Arão: Vai ao deserto para te encontrares com Moisés. Ele foi e, encontrando-o no monte de Deus, o beijou. 28Relatou Moisés a Arão todas as palavras com que Jeová o havia enviado e todos os prodígios que lhe havia mandado. 29Foram Moisés e Arão e ajuntaram todos os anciãos dos filhos de Israel; 30
4.30
Êx 4.15
Arão falou todas as palavras que Jeová havia dito a Moisés, e fez os prodígios à vista do povo. 31
4.31
Êx 3.18
O povo creu; e, tendo ouvido que Jeová havia visitado os filhos de Israel e que tinha visto a aflição deles,
4.31
Êx 12.27
inclinaram as suas cabeças e adoraram.

5

Moisés e Arão falam a Faraó, que aflige aos israelitas

51Depois, foram Moisés e Arão e disseram a Faraó:

5.1
Êx 3.18
Assim diz Jeová, o Deus de Israel:
5.1
Êx 4.23
Deixa ir o meu povo, para que me celebre uma festa no deserto. 2Respondeu Faraó:
5.2
Jó 21.15
Quem é Jeová para que eu ouça a sua voz de modo a deixar ir a Israel? Não conheço Jeová,
5.2
Êx 3.19
nem tampouco deixarei ir a Israel. 3Eles prosseguiram:
5.3
Êx 3.18
O Deus dos hebreus nos encontrou; deixa-nos, pois, ir caminho de três dias ao deserto e oferecer sacrifícios a Jeová, nosso Deus, para que não venha sobre nós com pestilência ou com espada. 4Respondeu-lhes o rei do Egito: Moisés e Arão, por que distraís vós das suas obras ao povo? Ide às vossas
5.4
Êx 1.11
2.11
6.6-7
cargas. 5Disse Faraó:
5.5
Êx 1.9
O povo da terra já é muito, e vós os fazeis descansar das suas cargas. 6Naquele mesmo dia, deu ordem Faraó
5.6
Êx 1.11
3.7
5.10,13-14
aos superintendentes do povo e aos seus
5.6
Êx 5.10,14-15,19
oficiais, dizendo: 7Não tornareis a dar, como dantes, palha a este povo para fazer tijolos; vão eles mesmos e ajuntem para si a palha. 8Deles exigireis a mesma conta de tijolos que antes faziam e nada diminuireis dela; eles estão
5.8
Êx 5.17
ociosos; e, por isso, clamam, dizendo: Vamos e ofereçamos sacrifícios a nosso Deus. 9Agrave-se-lhes o trabalho, para que nele se ocupem; não deem eles ouvidos a palavras mentirosas.

10Saíram

5.10
Êx 5.6
os superintendentes do povo e seus oficiais e disseram ao povo: Assim diz Faraó: Não vos darei palha. 11Ide vós e ajuntai palha onde puderdes achá-la, porque nada se diminuirá do vosso trabalho. 12Assim, se espalhou o povo por toda a terra do Egito a ajuntar restolho em lugar de palha. 13Os superintendentes instavam com eles, dizendo: Acabai a vossa obra, vossa tarefa diária, como quando havia palha. 14Foram
5.14
Is 10.24
açoitados
5.14
Êx 5.6
os oficiais dos filhos de Israel que os superintendentes de Faraó tinham posto sobre eles, dizendo-lhes estes: Por que não acabastes nem ontem nem hoje a vossa tarefa, fazendo tijolos como antes?

Os israelitas queixam-se de Moisés e Arão

15Então, foram os oficiais dos filhos de Israel e clamaram a Faraó, dizendo: Por que tratas assim a teus servos? 16Palha não se dá a teus servos, e nos dizem: Fazei tijolos. Eis que teus servos são açoitados; porém o teu povo é que tem a culpa. 17Mas ele respondeu: Estais

5.17
Êx 5.8
ociosos, estais ociosos; por isso, dizeis: Vamos, ofereçamos sacrifícios a Jeová. 18Ide, portanto, e trabalhai; não se vos dará palha; contudo, dareis a conta dos tijolos. 19Então, os oficiais dos filhos de Israel viram-se em aperto, quando se lhes dizia: Nada diminuireis dos vossos tijolos, da vossa tarefa diária. 20Encontraram a Moisés e Arão, que estavam à espera deles, quando saíram da presença de Faraó; 21e
5.21
Êx 14.11
15.24
16.2
disseram-lhes:
5.21
Gn 16.5
31.53
Olhe Jeová para vós e julgue, porquanto nos
5.21
Gn 34.30
1Sm 27.12
fizestes odiosos aos olhos de Faraó e aos olhos de seus servos, metendo-lhes na mão uma espada para nos matar.

22Tornando-se Moisés a Jeová, disse:

5.22
Nm 11.11
Jr 4.10
Senhor, por que trataste mal a este povo? Por que me enviaste? 23Pois, desde que me apresentei a Faraó para falar em teu nome, ele tem maltratado a este povo;
5.23
Êx 3.8
e tu não tens livrado de maneira alguma o teu povo.