Tradução Brasileira (2010) (TB)
2

A ansiedade de Paulo por eles

21Pois quero que saibais quão grandemente

2.1
Cl 1.29
4.12
me esforço por vós, e pelos que estão em
2.1
Cl 4.13,15Ap 1.11
Laodiceia, e por quantos não têm visto o meu rosto em carne, 2para que os seus
2.2
vd.
corações sejam confortados,
2.2
Cl 2.19
estando unidos em amor e para conseguir todas as
2.2
Ef 1.18
3.16Ef 1.7
Cl 1.27
riquezas da
2.2
cp.
plena certeza do entendimento, para
2.2
vd.
reconhecerem
2.2
vd.
o mistério de Deus, Cristo, 3no qual existem escondidos
2.3
cp.
todos os tesouros da sabedoria e da ciência. 4
2.4
Ef 4.17
Digo isso para que ninguém vos engane com
2.4
vd.
palavras persuasivas. 5Pois, embora eu esteja
2.5
vd.
ausente na carne, estou, contudo, presente convosco no espírito, regozijando-me e vendo a vossa
2.5
1Co 14.40
ordem e a
2.5
1Pe 5.9
firmeza da vossa fé em Cristo.

Paulo deseja o progresso espiritual deles

6Como, portanto, recebestes a

2.6
vd.
Cristo Jesus, o Senhor, assim nele
2.6
vd.
andai, 7
2.7
Ef 3.17
arraigados, e
2.7
Ef 2.201Co 3.9
edificados nele, e
2.7
vd.
confirmados na vossa fé, como fostes
2.7
Ef 4.21
ensinados, abundando em ações de graças.

Advertência contra falsas doutrinas. Afirma a divindade de Cristo e a sua obra redentora

8

2.8
cp.
Cuidai que não haja ninguém que vos faça de vós presa sua, por meio da sua
2.8
cp.
filosofia e vão engano, segundo a tradição dos homens, segundo os
2.8
Cl 2.20Gl 4.3
rudimentos do mundo e não segundo Cristo. 9Pois nele habita corporalmente toda a
2.9
cp.
plenitude da Divindade. 10E
2.10
Ef 3.19
estais cheios nele,
2.10
vd.
que é a cabeça de
2.10
Cl 2.15Ef 3.101Co 15.24
todo principado e potestade; 11no qual também
2.11
vd.
fostes circuncidados com a circuncisão não feita por mãos no despir do
2.11
cp.
corpo da carne, a saber, na circuncisão de Cristo; 12tendo sido
2.12
Rm 6.4
sepultados juntamente com ele no batismo, no qual fostes também
2.12
Rm 6.5
Ef 2.6Cl 2.13
Cl 3.1
ressuscitados por meio da vossa fé na operação de Deus, que
2.12
vd.
o ressuscitou dentre os mortos. 13A vós, estando
2.13
vd.
mortos pelos vossos delitos e pela incircuncisão da vossa carne, vos
2.13
vd.
deu vida juntamente com ele, tendo-nos perdoado todos os nossos delitos; 14tendo cancelado o
2.14
Ef 2.15Cl 2.20
escrito de dívida que era contra nós e que constava de ordenanças, o qual nos era contrário,
2.14
cp.
removeu-o inteiramente, cravando-o na cruz; 15e, tendo
2.15
cp.
despojado os principados e potestades,
2.15
cp.
os exibiu abertamente,
2.15
2Co 2.14
triunfando deles na mesma cruz.

Não há lugar para cerimônias judaicas ou mediação de anjos

16Ninguém, portanto,

2.16
vd.
vos julgue pelo
2.16
Mc 7.19
Rm 14.17
Hb 9.10
comer, nem pelo beber, nem a respeito de um
2.16
Lv 23.2
Rm 14.5
dia de festa ou
2.16
1Cr 23.31
2Cr 31.3
Ne 10.33
de lua nova, ou de
2.16
Mc 2.27Gl 4.10
sábado, 17as quais coisas são
2.17
Hb 8.5
10.1
sombras das vindouras, mas o corpo é de Cristo. 18Ninguém, à sua
2.18
Cl 2.23
vontade,
2.18
vd.
vos tire o vosso prêmio com humildade e culto aos anjos, firmando-se nas coisas que tem visto,
2.18
vd.
inchado vãmente pelo seu
2.18
cp.
entendimento carnal, 19e não retendo
2.19
vd.
a cabeça, de quem
2.19
Ef 1.23
4.16
todo o corpo, suprido e unido por meio das juntas e ligamentos, cresce com o crescimento de Deus.

A obediência a tais ordenanças não vence o pecado

20

2.20
vd.
Se morrestes com Cristo aos
2.20
vd.
rudimentos do mundo,
2.20
Gl 4.9
porque, como se vivendo no mundo, vos sujeitais a
2.20
cp.
ordenanças: 21não manuseies, nem proves, nem toques 22(as quais coisas são todas
2.22
1Co 6.13
para destruição pelo uso), conforme os
2.22
Is 29.13
Mt 15.9
Tt 1.14
mandamentos e doutrinas dos homens? 23Elas têm, sem dúvida, certa aparência de sabedoria em culto voluntário, e
2.23
Cl 2.18
humildade, e
2.23
cp.
severidade para com o corpo; mas não têm valor algum e só servem
2.23
cp.
para satisfazer a carne.

3

A união com Cristo glorificado

31Se, portanto, fostes

3.1
vd.
ressuscitados juntamente com Cristo, buscai as coisas lá de cima, onde Cristo está,
3.1
vd.
sentado à destra de Deus; 2
3.2
vd.
pensai nas coisas lá de cima, não nas que estão sobre a terra. 3Pois
3.3
vd.
morrestes, e a vossa vida está escondida com Cristo, em Deus. 4Quando Cristo,
3.4
Gl 2.20Jo 11.25
que é a nossa vida, for manifestado,
3.4
1Co 1.7
1Pe 1.13
1Jo 2.28
3.2Fp 3.21
então, vós também sereis manifestados com ele na glória.

Os resultados dessa união. Os vícios devem ser abandonados

5

3.5
Rm 8.13
Mortificai, pois, os vossos
3.5
cp.
membros que estão sobre a terra: a
3.5
Mc 7.21Gl 5.19
1Co 6.9-10,18
2Co 12.21
Ef 4.19
5.3,5
fornicação, a imundícia, a paixão, a má concupiscência e a avareza, que é idolatria, 6pelas quais coisas vem
3.6
vd.
a ira de Deus; 7
3.7
vd.
e nas quais também vós andastes em outro tempo, quando vivíeis nelas. 8Mas, agora,
3.8
vd.
deixai também vós todas estas coisas:
3.8
cp.
a ira, a cólera, a malícia, a calúnia,
3.8
vd.
a palavra torpe da vossa boca; 9
3.9
vd.
não mintais uns aos outros,
3.9
vd.
tendo-vos despido do homem velho com os seus feitos. 10e
3.10
vd.
tendo-vos revestido do homem novo que
3.10
Rm 12.2
2Co 4.16
Ef 4.23
se renova para o pleno conhecimento,
3.10
Rm 8.29
segundo a imagem daquele que
3.10
cp.
o criou. 11
3.11
vd.
Aqui não pode haver grego nem judeu,
3.11
vd.
circuncisão nem incircuncisão,
3.11
vd.
bárbaro, cita,
3.11
Ef 6.8
escravo, livre, mas
3.11
Ef 1.23
Cristo é tudo e em todas as coisas.

As virtudes devem ser cultivadas

12Vós, portanto, como

3.12
vd.
escolhidos de Deus, santos e amados, revesti-vos de
3.12
Gl 5.22Fp 2.1
Lc 1.78
coração compassivo, de benignidade,
3.12
Ef 4.2
Fp 2.3
humildade, mansidão,
3.12
2Co 6.61Co 13.4
longanimidade, 13
3.13
Ef 4.2
suportando-vos uns aos outros
3.13
Ef 4.32Rm 15.7
e perdoando-vos mutuamente, se alguém tiver queixa contra outro. Assim como ainda o Senhor vos perdoou a vós, assim o fazei também vós; 14e sobre tudo isso revesti-vos do amor, que é
3.14
cp.
o vínculo da
3.14
Hb 6.1Jo 17.23
perfeição. 15Reine em vossos corações
3.15
vd.
a paz de Cristo, à qual também fostes chamados em
3.15
vd.
um só corpo; e sede agradecidos. 16
3.16
Rm 10.17Ef 5.26
1Ts 1.8
A palavra de Cristo habite em vós ricamente, em toda a sabedoria,
3.16
Ef 5.19
Cl 1.28
instruindo e admoestando-vos uns aos outros
3.16
vd.
com salmos, hinos e cânticos espirituais, com gratidão
3.16
vd.
louvando a Deus em vossos corações. 17
3.17
1Co 10.31
Tudo quanto fizerdes, quer de palavras quer de obras, fazei tudo em nome do Senhor Jesus,
3.17
vd.
dando por ele graças a Deus Pai.

Os deveres domésticos

18

3.18
Cl 3.18
4.1
Ef 5.22—6.9
Mulheres,
3.18
vd.
estai sujeitas a vossos maridos, como convém no Senhor. 19
3.19
vd.
Maridos, amai a vossas mulheres e não as trateis asperamente. 20
3.20
Ef 6.1
Filhos, obedecei a vossos pais em tudo, pois isso é agradável no Senhor. 21
3.21
Ef 6.4
Pais, não irriteis a vossos filhos, para que não fiquem desanimados. 22
3.22
Ef 6.5
Servos, em tudo obedecei a vossos senhores segundo a carne,
3.22
Ef 6.6
não servindo somente à vista, como para agradar a homens, mas em sinceridade de coração, temendo ao Senhor. 23Tudo o que fizerdes, fazei-o de coração,
3.23
Ef 6.7
como ao Senhor e não aos homens, 24
3.24
cp.
sabendo que do Senhor recebereis a recompensa da
3.24
vd.
herança. Estais
3.24
vd.
servindo a Cristo, o Senhor; 25pois
3.25
vd.
aquele que faz injustiça receberá a paga do que fez injustamente, e
3.25
vd.
Deus não se deixa levar de respeitos humanos.

4

41Vós, senhores, fazei com os vossos servos o que é de justiça e equidade, sabendo que também vós tendes um Senhor no céu.

Exortação à oração e discrição

2

4.2
vd.
Perseverai na oração, velando nela, com ações de graças, 3orando ao mesmo tempo
4.3
vd.
também por nós, para que Deus nos abra
4.3
vd.
uma porta
4.3
vd.
à palavra, para falarmos
4.3
vd.
o mistério de Cristo, pelo qual também estou
4.3
vd.
em cadeias; 4a fim de que eu o manifeste como devo falar. 5
4.5
Ef 5.15
Andai em sabedoria para com
4.5
vd.
os que estão de fora,
4.5
Ef 5.16
remindo o tempo. 6
4.6
cp.
A vossa conversa seja sempre com graça, temperada com
4.6
vd.
sal, para saberdes como deveis
4.6
cp.
responder a cada um.

Tíquico e Onésimo

7

4.7
Cl 4.7-9
Ef 6.21-22
Todas as minhas coisas vos dará a conhecer
4.7
vd.
Tíquico,
4.7
Ef 6.21
Cl 1.7
nosso irmão amado, e fiel ministro, e conservo no Senhor, 8
4.8
Ef 6.22
o qual vos envio para esse fim, para que conheçais o nosso estado e para que ele
4.8
vd.
conforte os vossos corações, 9juntamente com
4.9
Fm 10
Onésimo, meu fiel e
4.9
cp.
amado irmão,
4.9
Cl 4.12
que é um de vós; eles vos farão conhecer tudo o que se passa aqui.

Saudações finais

10Saúda-vos

4.10
vd.
Aristarco, meu
4.10
cp.
companheiro de prisão, e
4.10
vd.
Marcos,
4.10
cp.
primo de
4.10
vd.
Barnabé (a respeito do qual recebestes instruções;
4.10
cp.
se for ter convosco, recebei-o), 11e Jesus, que se chama Justo,
4.11
vd.
os quais são da circuncisão. Estes unicamente são os meus
4.11
cp.
cooperadores para o reino de Deus, os quais se têm tornado a minha consolação. 12Saúda-vos
4.12
vd.
Epafras, que é de vós, servo de Jesus Cristo, sempre
4.12
vd.
esforçando-se por vós nas suas orações, para que vos conserveis
4.12
vd.
perfeitos e convencidos em toda a vontade de Deus. 13Pois dou-lhe testemunho de que muito trabalha por vós, e pelos que estão em
4.13
vd.
Laodiceia, e pelos que se acham em Hierápolis. 14Saúda-vos
4.14
2Tm 4.11
Fm 24At 16.10
Lucas, o médico amado,
4.14
2Tm 4.10
Fm 24
e Demas. 15Saudai aos irmãos que estão em Laodiceia, e a Ninfa, e
4.15
vd.
à igreja que está em sua casa. 16Lida que for esta carta entre vós, fazei-a ler também na igreja dos laodicenses, e a dos de Laodiceia,
4.16
cp.
lede-a vós também. 17Dizei também a
4.17
Fm 2
Arquipo: cuida do
4.17
2Tm 4.5
ministério que recebeste no Senhor, para o cumprires.

Saudação pessoal. A bênção

18

4.18
vd.
A saudação, escrevo-a eu, Paulo, por minha própria mão.
4.18
Hb 13.3
Lembrai-vos das
4.18
vd.
minhas cadeias.
4.18
1Tm 6.21
2Tm 4.22
Tt 3.15
Hb 13.25
A graça seja convosco.