Tradução Brasileira (2010) (TB)
16

Acaz, rei de Judá

161No ano dezessete de Peca, filho de Remalias, começou a reinar Acaz, filho de Jotão, rei de Judá. 2Tinha Acaz

16.2
2Cr 28.1-4
vinte anos quando começou a reinar e reinou dezesseis anos em Jerusalém. Não fez o que era reto aos olhos de Jeová, seu Deus, como Davi, seu pai. 3Mas andou pelo caminho dos reis de Israel e até
16.3
2Rs 17.17
21.6
Lv 18.21
fez a seu filho passar pelo fogo,
16.3
2Rs 21.2,11
Dt 12.31
segundo as abominações dos pagãos, que Jeová expulsou de diante dos filhos de Israel. 4
16.4
2Rs 14.4
Dt 12.2
Oferecia sacrifício e queimava incenso nos altos, e sobre os outeiros, e debaixo de toda árvore frondosa.

5Então, subiu

16.5
2Rs 15.37
Is 7.1
Rezim, rei da Síria, e Peca, filho de Remalias, rei de Israel, a Jerusalém, para pelejar; cercaram a Acaz, porém
16.5
2Cr 28.5-6
não o puderam vencer. 6Naquele tempo, Rezim, rei da Síria, restituiu
16.6
2Rs 14.22
2Cr 26.2
Elate à Síria, lançando fora os judeus; os siros vieram e ficaram habitando ali até o dia de hoje.

7

16.7
2Cr 28.16
Acaz enviou mensageiros a
16.7
2Rs 15.29
Tiglate-Pileser, rei da Assíria, para lhe dizer: Eu sou teu servo e teu filho; sobe e livra-me das mãos do rei da Síria e das mãos do rei de Israel, os quais se levantam contra mim. 8
16.8
2Rs 12.17-18
18.15
Tomou Acaz a prata e o ouro que se achou na Casa de Jeová e nos tesouros da casa do rei e enviou um presente ao rei da Assíria. 9O
16.9
2Cr 28.21
rei da Assíria deu-lhe ouvidos, subiu contra Damasco e
16.9
Am 1.3-5
a tomou; levou os moradores cativos para
16.9
Is 22.6
Am 9.7
Quir e matou a Rezim.

O altar de Damasco

10Indo o rei Acaz a Damasco, a encontrar-se com

16.10
2Rs 15.29
Tiglate-Pileser, viu o altar que estava em Damasco e enviou ao sacerdote
16.10
Is 8.2
Urias a figura do altar e o modelo com que foi feito. 11Urias, o sacerdote, construiu um altar; conforme tudo o que o rei Acaz tinha ordenado, estando em Damasco, assim o fez o sacerdote Urias antes que o rei voltasse de lá. 12Quando o rei chegou de Damasco, viu o altar, de que se acercou e sobre que ofereceu sacrifícios. 13Queimou o seu holocausto e a sua oferta de cereais, e derramou a sua libação e aspergiu o sangue das suas ofertas pacíficas sobre o altar. 14
16.14
Êx 40.6,29
O altar de bronze que estava na presença de Jeová, ele o trouxe da parte fronteira da casa, de entre o
16.14
2Rs 16.11
seu altar e a Casa de Jeová, e pôs ao lado setentrional do seu altar. 15Ordenou também o rei Acaz ao sacerdote Urias, dizendo: Sobre o grande altar, queima
16.15
Êx 29.39-41
o holocausto da manhã, e a oferta de cereais da tarde, e o holocausto do rei, e a sua oferta de cereais, juntamente com o holocausto de todo o povo da terra, e a sua oferta de cereais, e a sua libação; asperge sobre ele todo o sangue do holocausto e todo o sangue do sacrifício, porém o
16.15
2Rs 16.14
altar de bronze ficará ao meu dispor para nele inquirir.

16Assim, fez o sacerdote Urias conforme tudo o que o rei Acaz ordenou.

17O rei Acaz cortou as

16.17
1Rs 7.27-28,38
almofadas das bases, e de cima delas removeu o lavatório, e
16.17
1Rs 7.23,25
tirou o mar de sobre os bois de bronze, que lhe ficavam debaixo, e pô-lo sobre um pavimento de pedra. 18O passadiço coberto para uso no sábado, que tinham construído na casa, e a entrada real pelo lado de fora foram modificados até a Casa de Jeová, por causa do rei da Assíria. 19Ora, o restante dos atos que Acaz fez não está, porventura, escrito
16.19
2Cr 28.26
no Livro das Crônicas dos Reis de Judá? 20Adormeceu Acaz com seus pais e
16.20
2Cr 28.27
foi sepultado com eles na Cidade de Davi. Em seu lugar, reinou seu filho Ezequias.