Tradução Brasileira (2010) (TB)

Atalia manda matar a família real. Joás escapa e é ungido rei

111

11.1
2Cr 22.10-12
Vendo Atalia, mãe de Acazias, que seu filho era morto, levantou-se e destruiu toda a descendência real. 2Mas Jeoseba, filha do rei Jeorão, irmã de Acazias,
11.2
2Rs 11.21
12.1
tomou a Joás, filho de Acazias, e, do meio dos filhos do rei que foram mortos, furtou-o com sua ama, e pô-lo na câmara; esconderam-no de Atalia, de maneira que não foi morto. 3Esteve com ela escondido seis anos na Casa de Jeová; e Atalia reinou sobre a terra.

4

11.4
2Cr 23.1-21
No sétimo ano, enviou Joiada, e mandou vir os centuriões dos
11.4
2Rs 11.19
2Sm 20.23
caritas e da guarda, e fê-los entrar à sua presença na Casa de Jeová; fez com eles aliança e, ajuramentando-os na Casa de Jeová, mostrou-lhes o filho do rei. 5Ordenou-lhes, dizendo: Esta é a coisa que haveis de fazer:
11.5
1Cr 9.25
uma terça parte de vós, os que entrais no sábado, fará a guarda da casa do rei; 6outra terça parte ficará à porta de Sur; e a outra terça parte, à porta detrás do quartel da guarda. Assim, fareis a guarda da casa e servireis de barreira. 7As duas companhias, a saber, todos os que saem no sábado, farão a guarda da Casa de Jeová, junto ao rei. 8Rodeareis o rei, cada um com as suas armas na mão; e aquele que entrar dentro das fileiras, seja morto.
11.8
Nm 27.16-17
Estai com o rei quando sair e quando entrar.

9Fizeram os centuriões conforme tudo o que ordenara o sacerdote Joiada. Tomando cada um os seus homens, os que haviam de entrar no sábado juntamente com os que haviam de sair no sábado, vieram ter com o sacerdote Joiada. 10

11.10
2Sm 8.7
1Cr 18.7
O sacerdote entregou aos centuriões as lanças e os escudos que haviam sido do rei Davi, os quais estavam na Casa de Jeová. 11Os da guarda puseram-se à roda do rei, cada um com as armas na mão, desde o lado direito até o lado esquerdo da casa, ao longo do altar e da casa. 12Então, Joiada lhes apresentou o filho do rei,
11.12
2Sm 1.10
pôs-lhe a coroa e deu-lhe o
11.12
Êx 25.16
31.18
Testemunho. Eles o constituíram rei e o ungiram; bateram as mãos e disseram:
11.12
1Sm 10.24
Viva o rei!

13Ouvindo Atalia o clamor da guarda e do povo, entrou ao povo na Casa de Jeová; 14olhou, e eis que o rei estava junto

11.14
2Rs 23.3
2Cr 34.31
à coluna, como era o costume, e os capitães e as trombetas, perto do rei;
11.14
1Rs 1.39-40
todo o povo da terra estava alegre e tocava as trombetas. Atalia
11.14
Gn 37.29
44.13
rasgou os seus vestidos, e gritou:
11.14
2Rs 9.23
Traição! traição! 15Joiada, o sacerdote, ordenou aos centuriões que comandavam as tropas e disse-lhes: Levai-a para fora das fileiras; aquele que a seguir, matai-o à espada, porque o sacerdote disse: Não seja ela morta na Casa de Jeová. 16Abriram caminho para ela; ela foi, pelo caminho da entrada dos cavalos, à casa do rei; e ali foi morta.

17

11.17
Js 24.25
2Cr 15.12-14
34.31
Joiada fez aliança entre Jeová, e o rei, e o povo, para serem eles o povo de Jeová; também fez aliança
11.17
1Sm 10.25
2Sm 5.3
entre o rei e o povo. 18Todo o povo da terra foi
11.18
2Rs 10.26-27
à casa de Baal, e a derrubaram; fizeram em pedaços os
11.18
Dt 12.2-3
altares e as imagens de Baal e
11.18
1Rs 18.40
mataram a Matã, sacerdote de Baal, diante dos altares. O sacerdote pôs oficiais sobre a Casa de Jeová. 19Tomou os centuriões, os
11.19
2Rs 11.4
caritas, os da guarda e todo o povo da terra; conduziram da Casa de Jeová o rei e foram à casa do rei pelo caminho
11.19
2Rs 11.6
da porta dos da guarda. O rei sentou-se sobre o trono dos reis. 20E todo o povo da terra se alegrou, e a cidade ficou em paz; e mataram a Atalia à espada na casa do rei.

Joás manda reparar o templo

21Tinha

11.21
2Cr 24.1-14
Joás sete anos quando começou a reinar.

12

121No sétimo ano de Jeú, começou Joás a reinar e reinou quarenta anos em Jerusalém. A sua mãe chamava-se Zíbia, de Berseba. 2Fez Joás o que era reto aos olhos de Jeová todo o tempo em que Joiada, o sacerdote, o instruiu. 3Todavia, não foram tirados

12.3
2Rs 14.4
15.35
os altos; o povo ainda oferecia sacrifícios e queimava incenso nos altos.

4Disse Joás aos sacerdotes: Todo o dinheiro das coisas consagradas

12.4
2Rs 22.4
que for trazido à Casa de Jeová, em moeda corrente,
12.4
Êx 35.5,22,29
1Cr 29.3-9
o dinheiro das pessoas para quem se fizer avaliação e todo o dinheiro que alguém resolver no seu coração trazer à Casa de Jeová, 5recebam-no os sacerdotes, cada um das mãos dos seus conhecidos. Repararão eles os estragos da casa, onde quer que se encontrar qualquer estrago. 6Sucedeu, porém, que, no ano vigésimo terceiro do rei Joás, os sacerdotes ainda não tinham reparado os estragos da casa. 7Então, o rei Joás chamou ao sacerdote Joiada e os mais sacerdotes e lhes disse: Por que não reparais os estragos da casa? Agora, não recebais mais dinheiro das mãos dos vossos conhecidos, mas entregai-o para os reparos dos estragos da casa. 8Consentiram os sacerdotes em não receberem mais dinheiro do povo, nem em repararem os estragos da casa.

9Mas o sacerdote

12.9
Mc 12.41
Lc 21.1
Joiada tomou uma caixa, fez-lhe um buraco na tampa e pô-la junto ao altar, à direita de quem entra na Casa de Jeová. Os sacerdotes que guardavam a porta deitavam ali todo o dinheiro que se trazia à Casa de Jeová. 10Quando viam que havia muito dinheiro na caixa, vinham
12.10
2Rs 19.2
22.3-4,12
2Sm 8.17
o escrivão do rei e o sumo sacerdote, e ensacavam, e contavam o dinheiro que se achava na Casa de Jeová. 11Punham o dinheiro, depois de pesado, nas mãos dos que faziam a obra e que tinham a seu cargo a Casa de Jeová; estes o despendiam com os carpinteiros, e com os edificadores que trabalhavam na Casa de Jeová, 12e com
12.12
2Rs 22.5-6
os pedreiros, e com os que cortavam as pedras de cantaria e para comprarem as madeiras e pedras de cantaria, a fim de repararem os estragos da Casa de Jeová, e com tudo o que se gastava para se reparar a casa. 13Mas,
12.13
2Cr 24.14
do dinheiro que se trazia à Casa de Jeová, não foram feitos nem
12.13
1Rs 7.48,50
taças de prata, nem espevitadeiras, nem bacias, nem trombetas, nenhum vaso de ouro ou vaso de prata, para a Casa de Jeová, 14porque o davam aos que faziam a obra, reparando com ele a Casa de Jeová. 15
12.15
2Rs 22.7
Não se tomava conta aos homens em cujas mãos entregavam o dinheiro para o distribuir pelos que faziam a obra; porque eles se haviam com fidelidade. 16
12.16
Lv 5.15-18
O dinheiro para as ofertas pela culpa,
12.16
Lv 4.24,29
e o dinheiro para as ofertas pelo pecado não era trazido à Casa de Jeová;
12.16
Lv 7.7
Nm 18.19
era dos sacerdotes.

Joás desvia a invasão de Hazael, mas é morto

17Então, subiu

12.17
2Rs 8.12
10.32-33
1Rs 19.17
Hazael, rei da Síria, pelejou contra Gate e a tomou;
12.17
2Cr 24.23-24
e fez rosto para marchar contra Jerusalém. 18
12.18
2Rs 16.8
18.15-16
1Rs 14.26
15.18
Joás, rei de Judá, tomou todas as coisas consagradas que Josafá, Jeorão e Acazias, seus pais, reis de Judá, tinham dedicado, e
12.18
2Rs 12.4
tudo o que ele mesmo tinha oferecido, e todo o ouro que se achava nos tesouros da Casa de Jeová e da casa do rei e o enviou a Hazael, rei da Síria; e este se retirou de Jerusalém.

19Ora, o restante dos atos de Joás e tudo o que ele fez não estão, porventura, escritos no Livro das Crônicas dos Reis de Judá? 20

12.20
2Cr 24.25-27
Levantaram-se os seus servos, fizeram uma conspiração e
12.20
2Rs 14.5
feriram a Joás na
12.20
Jz 9.6
2Sm 5.9
1Rs 11.27
casa de Milo, no caminho que desce para Sila. 21Jozacar, filho de Simeate, e Jozabade, filho de
12.21
2Cr 24.26
Somer, seus servos, feriram-no, e ele morreu; sepultaram-no com seus pais na cidade de Davi. Em seu lugar, reinou
12.21
2Rs 14.1
Amazias, seu filho.

Jeoacaz e Jeoás, reis de Israel

131No ano vinte e três de Joás, filho de Acazias, rei de Judá, começou Jeoacaz, filho de Jeú, a reinar sobre Israel, em Samaria, e reinou dezessete anos. 2Fez o mal à vista de Jeová e seguiu os pecados de Jeroboão, filho de Nebate,

13.2
1Rs 12.26-33
com os quais este fez pecar a Israel; não se apartou deles. 3
13.3
Jz 2.14
Acendeu-se contra Israel a ira de Jeová, que o entregou continuadamente nas mãos de
13.3
2Rs 12.17
Hazael, rei da Síria, e nas mãos de
13.3
2Rs 13.24-25
Ben-Hadade, filho de Hazael. 4
13.4
Nm 21.7-9
Jeoacaz suplicou a Jeová, que o ouviu,
13.4
2Rs 14.26
Êx 3.7,9
pois viu a opressão com que o rei da Síria oprimia a Israel 5(Jeová deu um
13.5
2Rs 13.25
14.25,27
Ne 9.27
libertador a Israel, de modo que saiu de sob a mão dos siros; e os filhos de Israel habitaram nas suas tendas como dantes. 6Contudo, não se apartaram dos pecados da casa de Jeroboão,
13.6
2Rs 13.2
com os quais este fez pecar a Israel, mas andaram neles; e também
13.6
1Rs 16.33
ficou Aserá em Samaria.). 7Pois a Jeoacaz não deixou do povo senão cinquenta cavaleiros, e dez carros, e dez mil homens de pé; porque o rei da Síria os destruiu e
13.7
Am 1.3
os fez como pó que se pisa. 8Ora, o restante dos atos de Jeoacaz e tudo o que ele fez, e o seu poder não estão, porventura, escritos no Livro das Crônicas dos Reis de Israel? 9Adormeceu Jeoacaz com seus pais, e sepultaram-no em Samaria. Em seu lugar, reinou seu filho Jeoás.

10No ano trinta e sete de Joás, rei de Judá, começou Jeoás, filho de Jeoacaz, a reinar sobre Israel em Samaria, e reinou dezesseis anos. 11Fez o mal à vista de Jeová; não se apartou de todos os pecados de Jeroboão, filho de Nebate, com os quais este fez pecar a Israel, porém andou neles. 12

13.12
2Rs 13.14-19
14.8-15
Ora, o restante dos atos de Jeoás, e tudo o que ele fez, e o seu poder com que pelejou contra Amazias, rei de Judá, não estão, porventura, escritos no Livro das Crônicas dos Reis de Israel? 13Adormeceu Jeoás com seus pais, e sobre o seu trono sentou-se Jeroboão. Jeoás foi sepultado em Samaria com os reis de Israel.

Eliseu adoece e Jeoás vem ter com ele

14Ora, Eliseu estava doente da enfermidade de que morreu; e Jeoás, rei de Israel, desceu a visitá-lo, chorou sobre ele e disse: Meu pai, meu pai! Carros de Israel e seus cavaleiros!

13.14
2Rs 2.12
15Eliseu disse-lhe: Toma arco e flechas; ele tomou arco e flechas. 16Disse ao rei de Israel: Põe tua mão sobre o arco, e, tendo ele posto a mão, Eliseu colocou as suas mãos sobre as do rei. 17Acrescentou: Abre a janela para o oriente; ele a abriu. Disse Eliseu: Atira! Ele atirou. Prosseguiu: Flecha da vitória de Jeová, flecha da vitória sobre a Síria, pois hás de ferir os siros em
13.17
1Rs 20.26
Afeca, até que os tenhas consumido. 18Ele disse: Toma as flechas. Tomou-as. Disse ao rei de Israel: Fere a terra. Feriu-a três vezes e cessou. 19
13.19
2Rs 5.20
O homem de Deus irou-se contra ele e disse: Cinco ou seis vezes a deverias ter ferido; então, terias ferido a Síria até a teres consumido; mas, agora,
13.19
2Rs 13.25
só três vezes a ferirás.

A morte de Eliseu

20Morreu Eliseu e sepultaram-no.

13.20
2Rs 3.7
24.2
Ora, as tropas dos moabitas invadiram a terra, à entrada do ano. 21Aconteceu que, enquanto estavam enterrando um homem, viram uma tropa e lançaram o homem no sepulcro de Eliseu; tanto que ele tocou os ossos de Eliseu, reviveu e se levantou sobre os seus pés.

22

13.22
2Rs 8.12-13
Hazael, rei da Síria, oprimiu a Israel todos os dias de Jeoacaz. 23Porém
13.23
2Rs 14.27
Jeová teve misericórdia deles, deles se compadeceu e
13.23
1Rs 8.28
tornou-se para eles, por causa da
13.23
Gn 13.16-17
17.2-5
sua aliança com Abraão, Isaque e Jacó; não os quis destruir, nem os lançou ainda da sua presença. 24Morreu Hazael, rei da Síria, e, em seu lugar, reinou seu filho Ben-Hadade. 25
13.25
2Rs 10.32-33
14.25
Jeoás, filho de Jeoacaz, tornou a tomar das mãos de Ben-Hadade, filho de Hazael, as cidades que este havia tomado em guerra das mãos de seu pai Jeoacaz.
13.25
2Rs 13.18-19
Três vezes Jeoás o feriu e recuperou as cidades de Israel.