Tradução Brasileira (2010) (TB)
2

A pregação de Paulo

21Pois vós mesmos sabeis, irmãos, que a nossa

2.1
1Ts 1.9
entrada entre vós
2.1
2Ts 1.10
não se tornou vã; 2mas, tendo antes padecido e sido
2.2
Fp 1.30
At 14.5
maltratado, como sabeis, em
2.2
vd.
Filipos, tivemos a confiança em nosso Deus para
2.2
vd.
vos falar o
2.2
vd.
evangelho de Deus, em muitas
2.2
vd.
lutas. 3Pois a nossa
2.3
At 13.15
exortação não provém de
2.3
2Ts 2.11
erro, nem de
2.3
1Ts 4.7
imundícia, nem se baseia em
2.3
2Co 4.2
dolo; 4
2.4
2Co 2.17
mas, assim como temos sido aprovados por Deus, para que se
2.4
vd.
nos confiasse o evangelho, assim falamos,
2.4
vd.
não como aqueles que agradam a homens, mas a Deus, que
2.4
vd.
prova os nossos corações. 5Pois nunca usamos de palavras de adulação, como sabeis, nem pretexto de
2.5
At 20.332Pe 2.3
avareza;
2.5
1Ts 2.10Rm 1.9
Deus é testemunha; 6
2.6
Jo 5.41,442Co 4.5
buscando glória de homens, quer de vós, quer de outros, embora podendo, como
2.6
vd.
apóstolos de Cristo, ser-vos pesados; 7antes, nos fizemos
2.7
2Tm 2.24
brandos no meio de vós,
2.7
cp.
como a mãe que acaricia seus filhos. 8Assim, tendo-vos tanta afeição, de boa vontade desejamos
2.8
vd.
comunicar-vos não somente o
2.8
vd.
evangelho de Deus, mas também as nossas vidas, porque vos fizestes de nós muito amados. 9Pois vos lembrais, irmãos, de nosso
2.9
2Ts 3.8Fp 4.16
trabalho e fadiga;
2.9
vd.
trabalhando noite e dia para não sermos
2.9
2Co 11.91Co 9.4
pesados a nenhum de vós, vos pregamos o evangelho de Deus. 10Vós sois testemunhas
2.10
vd.
e também Deus de
2.10
1Ts 1.52Co 1.12
quão santa, justa e irrepreensivelmente nos comportamos para convosco, que credes, 11assim como sabeis de que modo tratávamos a cada um de vós,
2.11
vd.
como um pai a seus filhos,
2.11
cp.
exortando-vos e animando-vos 12e
2.12
vd.
instando
2.12
vd.
que andásseis de uma maneira digna de Deus, que vos
2.12
1Ts 5.24
2Ts 2.14Rm 8.28
chama ao seu reino e à sua
2.12
1Pe 5.102Co 4.6
glória.

Os tessalonicenses sofrem perseguição

13Por isso, nós também

2.13
vd.
damos graças a Deus sem cessar, porquanto, ao receberdes a
2.13
Hb 4.2Rm 10.17
palavra de Deus, que de nós ouvistes,
2.13
cp.
não a aceitastes como palavra de homens, mas (segundo ela realmente é) como palavra de Deus,
2.13
cp.
a qual também opera em vós, que credes. 14Pois vós, irmãos, vos haveis feito
2.14
1Ts 1.6
imitadores das
2.14
vd.
igrejas de Deus
2.14
vd.
na Judeia em Cristo Jesus; porque
2.14
At 17.51Ts 3.4
2Ts 1.4
padecestes as mesmas coisas dos vossos compatriotas
2.14
cp.
que eles padeceram dos judeus, 15
2.15
Lc 24.20
At 2.23
os quais mataram o Senhor Jesus e
2.15
At 7.52Mt 5.12
os profetas, e nos expulsaram, e não agradam a Deus, e são contrários a todos os homens, 16
2.16
At 9.23
13.45,50
14.2,5,19
17.5,13
18.12
21.21-22,27
25.2,7
proibindo-nos de falar aos gentios
2.16
1Co 10.33
para que estes sejam salvos, a fim de
2.16
Gn 15.16
Dn 8.23
Mt 23.32
encherem sempre a medida de seus pecados.
2.16
vd.
A ira, porém, caiu sobre eles até o fim.

Paulo se interessa por eles

17Mas nós, irmãos, privados de vós por um pouco de

2.17
vd.
tempo,
2.17
1Ts 3.10
de vista, não de coração, tanto mais procuramos, com grande desejo, ver a vossa face. 18Porquanto
2.18
cp.
quisemos ir ter convosco (pelo menos eu, Paulo,
2.18
Fp 4.16
não só uma vez, mas duas), e
2.18
vd.
Satanás
2.18
Rm 15.22Rm 1.13
nos impediu. 19Pois qual é a nossa esperança,
2.19
Fp 4.1
gozo ou coroa de glória diante do Senhor Jesus na sua
2.19
1Ts 3.13
4.15
5.23Mt 16.27
Mc 8.38
Jo 21.22
vinda? Porventura, não o sois vós também? 20Sim, sois vós a
2.20
2Co 1.14
nossa glória e o nosso gozo.