Tradução Brasileira (2010) (TB)
11

Naás ameaça a Jabes-Gileade

111Então, subiu

11.1
1Sm 12.12
Naás, amonita, e se acampou contra
11.1
Jz 21.8
1Sm 31.11
Jabes-Gileade. Disseram todos os homens de Jabes a Naás: Faze
11.1
1Rs 20.34
Ez 17.13
aliança conosco, e te serviremos. 2Respondeu-lhes Naás, amonita: Farei aliança convosco com a condição
11.2
Nm 16.14
de vos serem tirados os olhos direitos; assim, trarei
11.2
1Sm 17.26
Sl 44.13
opróbrio sobre todo o Israel. 3Disseram-lhe os
11.3
1Sm 8.4
anciãos de Jabes: Concede-nos sete dias, para que enviemos mensageiros por todo o território de Israel; e, não havendo ninguém que nos livre, sairemos a ter contigo. 4Vieram os mensageiros a
11.4
1Sm 10.26
15.34
Gibeá de Saul e falaram estas palavras aos ouvidos do povo; todo o povo
11.4
1Sm 30.4
Gn 27.38
Jz 2.4
levantou a voz e chorou. 5Eis que Saul vinha do campo,
11.5
1Rs 19.19
atrás dos bois, e perguntou: Que tem o povo para chorar? Referiram-lhe as palavras dos homens de Jabes.

Vitória de Saul sobre os amonitas

6

11.6
1Sm 10.10
16.13
Jz 3.10
6.34
13.25
14.6
O Espírito de Deus apoderou-se de Saul, quando ouviu estas palavras e acendeu-se grandemente a sua ira. 7Tomou uma junta de bois,
11.7
Jz 19.29
cortou-os em pedaços e enviou a todos os termos de Israel por mão de mensageiros que dissessem:
11.7
Jz 21.5,8,10
Todo aquele que não sair para seguir a Saul e a Samuel, assim se fará aos seus bois. Então, caiu o temor do Senhor sobre o povo, e saíram
11.7
Jz 20.1
como um só homem. 8Contou-o em
11.8
Jz 1.5
Bezeque; e acharam-se
11.8
Jz 20.2
trezentos mil homens de Israel e trinta mil de Judá. 9Disseram aos mensageiros que tinham vindo: Assim direis aos homens de Jabes-Gileade: Amanhã, quando o sol aquentar, sereis socorridos. Vieram os mensageiros e deram a notícia aos homens de Jabes, que se alegraram 10e disseram:
11.10
1Sm 11.3
Amanhã, sairemos a ter convosco, e nos fareis tudo o que bem vos parecer. 11Ao outro dia, dividiu Saul o povo
11.11
Jz 7.16
em três companhias. Na vigília da manhã, entraram no meio do arraial e feriram aos amonitas até que se fez sentir o calor do dia. Os que escaparam foram desmantelados, de sorte que não ficaram deles dois juntos.

12Disse o povo a Saul:

11.12
1Sm 10.27
Quem são os que diziam: Reinará, porventura, Saul sobre nós?
11.12
Lc 19.27
Trazei cá os homens, para que os matemos. 13Porém Saul disse: Hoje, não se há de matar ninguém, porque, no dia de hoje, Jeová salvou a Israel
11.13
1Sm 10.27
2Sm 19.22
,
11.13
1Sm 19.5
Êx 14.13
.

14Então, disse Samuel ao povo: Vinde, e vamos a

11.14
1Sm 7.16
10.8
Gilgal e
11.14
1Sm 10.25
renovemos ali o reino. 15Partiu todo o povo para Gilgal; ali em Gilgal, constituíram a Saul por seu rei
11.15
1Sm 10.17
diante de Jeová e ali
11.15
1Sm 10.8
imolaram sacrifícios de ofertas pacíficas diante de Jeová, e ali muito se alegrou Saul, e todos os homens de Israel.