Tradução Brasileira (2010) (TB)
5

Os ministros devem servir de exemplos. A necessidade de humildade e vigilância

51

5.1
At 11.30
Aos presbíteros, pois, que estão entre vós, rogo eu, que sou
5.1
cp.
copresbítero e
5.1
Lc 24.48Hb 12.1
testemunha dos sofrimentos de Cristo e que sou
5.1
1Pe 1.5,7
4.13Ap 1.9
participante da glória que se há de manifestar: 2pastoreai
5.2
Jo 21.16
At 20.28
o rebanho de Deus que está entre vós,
5.2
Fm 14
não por força, mas espontaneamente, segundo a vontade de Deus;
5.2
1Tm 3.8
nem por amor de lucro vergonhoso, mas de boa vontade; 3nem
5.3
Ez 34.4
Mt 20.25
como querendo ter domínio sobre os que vos foram confiados, mas fazendo-vos
5.3
Fp 3.17
1Ts 1.7
2Ts 3.9
1Tm 4.12
Tt 2.7Jo 13.15
exemplares do rebanho. 4Quando se manifestar o sumo
5.4
1Pe 2.25
Pastor, recebereis a
5.4
1Pe 1.4
imperecível
5.4
1Co 9.25
coroa da glória. 5Do mesmo modo, vós que sois
5.5
Lc 22.261Tm 5.1
mais moços,
5.5
Ef 5.21
sede sujeitos aos que são mais velhos; e cingi-vos todos de
5.5
cp.
humildade, para servirdes uns aos outros, porque
5.5
Pv 3.34
Tg 4.6
Deus resiste aos soberbos, mas aos humildes dá graça. 6
5.6
Tg 4.10
Humilhai-vos, pois, debaixo da poderosa mão de Deus, para que vos exalte a seu tempo, 7lançando sobre ele toda a vossa
5.7
Mt 6.25
ansiedade, porque ele tem cuidado de vós. 8
5.8
1Pe 1.13
Sede sóbrios,
5.8
Mt 24.42
vigiai. O vosso adversário,
5.8
Tg 4.7
o Diabo, anda ao redor de vós como
5.8
2Tm 4.17
leão, rugindo, buscando a quem possa devorar; 9resisti-lhe,
5.9
Cl 2.5
firmes na fé, sabendo que os
5.9
At 14.22Hb 12.8
mesmos sofrimentos estão-se cumprindo nos vossos irmãos que estão no mundo. 10
5.10
cp.
O próprio Deus de toda a graça, que
5.10
1Co 1.9
1Ts 2.12
vos chamou em Cristo para a sua
5.10
2Co 4.17
2Tm 2.10
eterna glória, depois que tiverdes padecido
5.10
1Pe 1.6
um pouco, vos há de
5.10
1Co 1.10
Hb 13.21
aperfeiçoar,
5.10
Rm 16.25
2Ts 2.17
3.3
estabelecer, fortificar e consolidar. 11
5.11
Rm 11.361Pe 4.11
A ele seja dado o domínio pelos séculos dos séculos. Amém.

Exortação e saudação final. A bênção

12Por

5.12
2Co 1.19
Silvano, que é, como entendo, fiel irmão,
5.12
cp.
vos escrevi resumidamente, exortando e protestando que esta é
5.12
cp.
a verdadeira graça de Deus, em que deveis
5.12
cp.
ficar firmes. 13Saúda-vos a igreja que está em Babilônia, eleita convosco, e o mesmo faz
5.13
At 12.12
meu filho Marcos. 14
5.14
Rm 16.16
Saudai-vos uns aos outros com ósculo de caridade.

5.14
Ef 6.23
Paz a todos vós que estais em Cristo.