Tradução Brasileira (2010) (TB)

Salomão faz aliança com Hirão, rei de Tiro

51Enviou também

5.1
2Cr 2.3
Hirão, rei de Tiro, os seus
5.1
2Sm 5.11
1Cr 14.1
servos a Salomão, porque ouvira que ele tinha sido ungido rei em lugar de seu pai. Pois Hirão fora sempre muito amigo de Davi. 2Salomão mandou dizer a Hirão: 3Tu sabes que
5.3
1Cr 28.2-3
Davi, meu pai, não pôde edificar uma casa ao nome de Jeová, seu Deus, por causa das guerras que lhe sobrevieram de todas as partes, até que Jeová lhe pôs debaixo dos pés os seus inimigos. 4Porém, agora,
5.4
1Rs 4.24
1Cr 22.9
Jeová, meu Deus, me concedeu descanso de todos os lados; nem há adversário, nem mau encontro. 5Eis que
5.5
2Sm 7.12-13
1Cr 17.12
22.10
28.6
estou com a intenção de edificar uma casa ao nome de Jeová, meu Deus, conforme disse ele a meu pai Davi: Teu filho, que porei em teu lugar sobre o teu trono, ele há de edificar a casa ao meu nome. 6Dá ordem, agora, que do Líbano me cortem cedros; os meus servos estarão com os teus; e eu pagarei o salário dos teus servos, respeitando em tudo o que determinares. Pois tu sabes que entre nós não há quem saiba cortar madeira como os sidônios.

7Ao ouvir Hirão as palavras de Salomão, alegrou-se muito e disse: Bendito seja hoje Jeová, que deu a Davi um filho sábio sobre este grande povo! 8Hirão mandou dizer a Salomão: Eu ouvi o que me mandaste dizer; farei tudo o que desejas acerca das madeiras de cedro e de cipreste. 9Os meus servos as levarão do Líbano até o mar; eu delas farei jangadas para irem por mar

5.9
2Cr 2.16
até o lugar que me designares e ali as desmembrarei, e as receberás. Tu, da tua parte,
5.9
Ed 3.7
Ez 27.17
cumprirás o meu desejo, dando sustento para minha casa. 10Dava Hirão a Salomão madeiras de cedro e de cipreste, conforme todo o seu desejo. 11Salomão dava a Hirão para sustento da sua casa vinte mil coros de trigo e vinte coros de azeite batido; e isso fazia anualmente. 12
5.12
1Rs 3.12
Deu Jeová a Salomão sabedoria, como lhe havia prometido. Havia paz entre Salomão e Hirão; e fizeram ambos entre si aliança.

Os preparativos para edificar o templo

13

5.13
1Rs 4.6
9.15
O rei Salomão fez, dentre todo o Israel, uma leva de trabalhadores, a qual se compunha de trinta mil homens. 14Enviava por seu turno ao Líbano mensalmente cada dez mil: um mês estavam no Líbano, e dois meses, em casa; e
5.14
1Rs 4.6
Adonirão dirigia a leva. 15
5.15
1Rs 9.20-22
2Cr 2.17-18
Salomão tinha setenta mil que levavam as cargas e oitenta mil que talhavam pedras nas montanhas, 16
5.16
1Rs 9.23
afora os principais oficiais que dirigiam a obra, em número de três mil e trezentos, como superintendentes dos trabalhadores. 17
5.17
1Rs 6.7
1Cr 22.2
Pela ordem do rei, cortaram-se pedras grandes, pedras de grande preço, para que os fundamentos da casa fossem de pedras lavradas. 18Lavraram-nas os edificadores de Salomão, e os de Hirão, e
5.18
Js 13.5
Ez 27.9
os gebalitas e prepararam as madeiras e as pedras para se edificar a casa.

Salomão edifica o templo

61

6.1
2Cr 3.1-2
No ano quatrocentos e oitenta, depois que saíram da terra do Egito os filhos de Israel, no quarto ano do reinado de Salomão sobre Israel, no mês de zive, que é o segundo mês, começou-se a edificar a Casa de Jeová. 2A casa que Salomão edificou para Jeová tinha sessenta cúbitos de comprido, vinte de largo e trinta de alto. 3O pórtico diante do templo da casa estendia-se por vinte cúbitos no sentido da largura da casa e projetava-se por dez cúbitos à frente da mesma. 4Para a casa
6.4
Ez 40.16
41.16
fez janelas de gelosias fixas. 5
6.5
Ez 41.6
Contra a parede da casa, tanto do templo
6.5
1Rs 6.16,19-20
como do oráculo, edificou andares ao redor e fez
6.5
Ez 41.5-6
câmaras laterais ao redor; 6o andar de baixo tinha cinco cúbitos de largo; o do meio, seis; e o terceiro, sete, porque, pelo lado de fora, na parede da casa fez encostas, para que as vigas não estribassem nas paredes da casa. 7Ao
6.7
Êx 20.25
Dt 27.5-6
edificar-se a casa, empregavam-se pedras preparadas na pedreira; não se ouviu na casa martelo, nem machado, nem instrumento algum de ferro, enquanto ela se edificava. 8A porta para as câmaras laterais do meio estava à banda direita da casa; subiam por uma escada para o andar do meio e do andar do meio, para o terceiro. 9
6.9
1Rs 6.14,38
Assim, edificou a casa e a acabou, cobrindo-a com traves e pranchas de cedro. 10Os andares que edificou contra a casa toda eram de cinco cúbitos de altura, e os ligou à casa com madeira de cedro.

O pacto de Jeová com Salomão

11Então, veio a palavra de Jeová a Salomão, dizendo: 12Quanto a esta casa que tu estás edificando,

6.12
1Rs 9.4
2Sm 7.5-16
se andares nos meus estatutos, e executares os meus juízos, e guardares todos os meus mandamentos, andando neles, estabelecerei contigo a minha palavra que falei a Davi, teu pai. 13
6.13
Êx 25.8
Habitarei no meio dos filhos de Israel
6.13
Dt 31.6
Js 1.5
e não abandonarei o meu povo de Israel.

14

6.14
1Rs 6.9,38
Salomão edificou a casa e acabou-a. 15Guarneceu as paredes da casa por dentro com tábuas de cedro, cobrindo-as por dentro com madeiras desde o soalho da casa até as traves do teto.
6.15
1Rs 7.7
Também cobriu o soalho com tábuas de cipreste. 16
6.16
2Cr 3.8
Do fundo da casa, a vinte cúbitos, fez com tábuas de cedro uma divisão desde o soalho até as traves; e preparou-a por dentro para o oráculo, para o
6.16
1Rs 8.6
Êx 26.33-34
Santo dos Santos. 17A casa, isto é, o templo fronteiro ao oráculo, tinha quarenta cúbitos de comprido. 18A casa por dentro estava forrada de cedro lavrado
6.18
1Rs 7.24
de botões e de flores abertas; tudo era cedro; não se via pedra. 19No meio da casa, na parte mais interior, preparou um oráculo, para pôr nele a arca da Aliança de Jeová. 20Dentro do oráculo, havia um espaço de vinte cúbitos de comprimento, vinte de largura e vinte de altura, que cobriu de ouro puro. Cobriu de cedro o altar. 21Salomão cobriu também de ouro puro a casa por dentro e fez passar cadeias de ouro por dentro do oráculo, que cobriu de ouro. 22Cobriu inteiramente de ouro a casa toda; também cobriu de ouro
6.22
Êx 30.1,3,6
o altar todo que pertencia ao oráculo.

Os querubins do oráculo

23

6.23
2Cr 3.10-12
No oráculo,
6.23
Êx 37.7-9
fez dois querubins de pau de oliveira, cada um tendo dez cúbitos de alto. 24Uma asa do querubim tinha cinco cúbitos, e a outra tinha cinco; desde a extremidade duma asa até a extremidade da outra havia dez cúbitos. 25O outro querubim também tinha dez cúbitos; ambos os querubins eram da mesma medida e da mesma forma. 26Um querubim tinha dez cúbitos de alto, assim também o outro. 27Pôs os querubins dentro da casa interior;
6.27
1Rs 8.7
Êx 25.20
37.9
as asas dos querubins estendiam-se, de sorte que a dum tocava numa parede, e a do outro tocava noutra parede; e as suas asas tocavam uma a outra no meio da casa. 28Cobriu de ouro os querubins.

Ornamentação das paredes e das portas

29Em volta de todas as paredes da casa, tanto na divisão mais interior como na mais exterior, fez de entalhe querubins, palmeiras e flores abertas. 30Também cobriu de ouro o soalho da casa, tanto na divisão mais interior como na mais exterior. 31Para a entrada do oráculo, fez de pau de oliveira portas; a verga da porta e as ombreiras constituíam a quinta parte da parede. 32Assim, fabricou de pau de oliveira duas portas; e nelas fez de entalhe querubins, palmeiras e flores abertas, que cobriu de ouro. Também estendeu o ouro sobre os querubins e sobre as palmeiras. 33Assim, para a entrada do templo, fez também de pau de oliveira ombreiras que constituíam a quarta parte da parede; 34e, de madeira de cipreste,

6.34
Ez 41.23-25
fez duas portas. As duas folhas de cada porta fechavam-se uma sobre outra. 35Nelas, esculpiu querubins, palmeiras e flores abertas; e cobriu-as de ouro ajustado às figuras entalhadas. 36
6.36
1Rs 7.12
Jr 36.10
Edificou o átrio interior de três ordens de pedras lavradas e duma ordem de vigas de cedro.

37

6.37
1Rs 6.1
Lançou-se o fundamento da Casa de Jeová no quarto ano, no mês de zive. 38No undécimo ano, no mês de bul, que é o oitavo mês, foi acabada a casa em todas as suas partes e tal como devia ser. Levou Salomão sete anos para edificá-la.

Salomão edifica um palácio

71

7.1
1Rs 3.1
9.10
2Cr 8.1
Salomão edificou a sua casa, levando treze anos para concluí-la. 2
7.2
1Rs 10.17,21
2Cr 9.16
Edificou a casa do bosque do Líbano, a qual tinha cem cúbitos de comprido, cinquenta de largo e trinta de alto, repousando sobre quatro ordens de colunas de cedro, com vigas de cedro sobre as colunas. 3Por cima, a cobertura era de cedro, abrangendo as câmaras laterais em número de quarenta e cinco, quinze em cada ordem, as quais repousavam sobre as colunas. 4Havia entradas para a luz em três ordens, e janela correspondia a janela em três fileiras. 5Todas as portas e ombreiras eram de vigas em quadro; e janela correspondia a janela em três fileiras. 6
7.6
1Rs 7.12
O pórtico, que tinha cinquenta cúbitos de comprido, e trinta de largo, fê-lo de colunas; e, defronte delas, outro pórtico com colunas e
7.6
Ez 41.25-26
degraus à entrada. 7Fez também o Pórtico do Trono, onde julgasse, a saber, o Pórtico do Juízo, o
7.7
1Rs 6.15-16
qual era coberto de cedro desde o soalho ao teto. 8A sua casa de morada, em outro átrio por dentro do pórtico, era de obra semelhante.
7.8
1Rs 9.24
2Cr 8.11
Fez também para a filha de Faraó
7.8
1Rs 3.1
(a qual Salomão tomara por mulher) uma casa semelhante a este pórtico.

9Todos esses edifícios, por dentro e por fora, eram de pedra de preço, a saber, de pedras cortadas sob medida, serradas à serra desde os fundamentos até o cimo das paredes, e por fora até o grande átrio. 10Os fundamentos eram de pedras de preço, pedras grandes, de dez e de oito cúbitos, 11e, por cima delas, pedras de preço, cortadas sob medida, e madeira de cedro. 12

7.12
1Rs 6.36
Ao redor do grande átrio, havia três ordens de pedras cortadas e uma ordem de vigas de cedro, tais como o átrio interior da Casa de Jeová
7.12
1Rs 6.6
e o pórtico da casa.

Diversas obras de Hirão para o templo

13

7.13
2Cr 2.13-14
Enviou o rei Salomão e mandou trazer de Tiro a Hirão, 14
7.14
2Cr 2.14
que era filho duma mulher viúva da tribo de Naftali, e dum homem de Tiro, que trabalhava em bronze. Hirão
7.14
Êx 31.3-5
35.31
era cheio de sabedoria, de entendimento e de ciência para fazer toda sorte de obras de bronze. Veio ter com o rei Salomão e
7.14
2Cr 4.11-16
executou todas as suas obras. 15Pois formou
7.15
2Rs 25.17
as duas colunas de bronze, tendo cada uma delas a altura de
7.15
1Rs 7.41
dezoito cúbitos, e uma circunferência que correspondia a uma linha de doze cúbitos. 16Fez também dois capitéis de bronze fundido para os pôr sobre o alto das colunas; um capitel tinha cinco cúbitos de altura, e o outro capitel tinha também cinco cúbitos de altura. 17Havia redes de malhas e grinaldas de cadeias, para os capitéis que estavam sobre o alto das colunas: sete para um capitel e sete para o outro. 18Fez as colunas, e havia duas ordens de romãs ao redor, por cima duma rede para cobrir os capitéis que estavam no alto das colunas; assim também fez para o outro capitel. 19Os capitéis que estavam no alto das colunas, no pórtico na parte que figuravam lírios, tinham quatro cúbitos. 20Perto da parte globular, próximo à rede, os capitéis que estavam em cima sobre as duas colunas, tinham
7.20
1Rs 7.42
2Cr 3.16
duzentas romãs, dispostas em ordens ao redor sobre um e outro capitel. 21
7.21
2Cr 3.17
Levantou as colunas no pórtico do templo; tendo levantado a coluna direita, pôs-lhe o nome de Jaquim; e, tendo levantado a coluna esquerda, pôs-lhe o nome de Boaz. 22O trabalho figurando lírios estava em cima das colunas. Assim se acabou a obra das colunas.

O mar de fundição

23

7.23
2Cr 4.2
Fez também o
7.23
2Rs 16.17
25.13
mar de fundição de dez cúbitos duma borda à outra, perfeitamente redondo, e de altura de cinco cúbitos; a sua circunferência correspondia a uma linha de trinta cúbitos. 24Por baixo da sua borda, havia
7.24
1Rs 6.18
saliências em número de dez por cúbito, que cingiam o mar; as saliências estavam em duas ordens e fundidas, quando o mar foi fundido. 25
7.25
Jr 52.20
Firmava-se sobre doze bois, três dos quais olhavam para o norte; três, para o ocidente; três, para o sul; e três, para o oriente. O mar lhes ficava por cima, e todas as partes posteriores dos seus corpos estavam para a banda de dentro. 26A grossura do mar era dum palmo; e a sua borda foi feita como a dum copo, como a flor dum lírio. Ele levava dois mil batos.

As bases de bronze

27

7.27
1Rs 7.38
2Rs 25.13
2Cr 4.14
Fez também dez bases de bronze; cada uma tinha quatro cúbitos de comprido, quatro de largo e três de alto. 28A obra das bases era a seguinte: tinham elas almofadas entre as junturas; 29sobre as almofadas que estavam entre as junturas havia leões, bois e querubins; nas junturas da parte de cima havia uma projeção, e debaixo dos leões e dos bois havia festões pendentes. 30Cada base tinha quatro rodas de bronze e eixos de bronze; os seus quatro pés tinham uns como ombrinhos fundidos, que, tendo festões ao lado, estavam debaixo do lavatório. 31A abertura na parte superior da base que recebia o capitel era dum cúbito; e a abertura no capitel era redonda, como a obra dum pedestal, e dum cúbito e meio, tendo a sua borda entalhes, cujas almofadas eram quadradas, não redondas. 32Debaixo das almofadas, estavam as quatro rodas, cujos eixos descansavam na base; cada roda tinha cúbito e meio de altura. 33As rodas eram como as dum carro; os seus eixos, as suas pinas, os seus raios e os seus cubos, tudo era fundido. 34Aos quatro cantos de cada base, havia quatro ombrinhos que faziam parte das mesmas. 35No alto da base, havia um cinto redondo, que tinha meio cúbito de alto, e, sobre o topo da mesma, os seus esteios e as suas almofadas formavam uma só peça com ela. 36Nas placas dos seus esteios e nas almofadas, gravou querubins, leões e palmeiras, segundo o espaço que havia em cada uma, com festões ao redor. 37
7.37
2Cr 4.14
Deste modo fez as dez bases; todas tinham a mesma fundição, a mesma medida e a mesma forma.

38

7.38
2Cr 4.6
Fez também dez lavatórios de bronze; cada lavatório levava quarenta batos e era de quatro cúbitos; e, sobre cada uma das dez bases, estava um lavatório. 39Pôs as dez bases, cinco ao lado direito e cinco ao lado esquerdo da casa; e pôs o mar ao lado direito da casa, da banda oriental, na direção do sul.

Os lavatórios e outros utensílios para o templo

40Fez também Hirão os lavatórios, e as pás, e as bacias. Acabou Hirão de fazer toda a obra que executou para o rei Salomão na Casa de Jeová: 41as duas colunas, e os dois globos dos capitéis que estavam sobre o alto das colunas;

7.41
1Rs 7.17-18
as duas redes para cobrir os dois globos dos capitéis que estavam sobre o alto das colunas; 42
7.42
1Rs 7.20
as quatrocentas romãs para cobrir as duas redes: duas ordens de romãs para cada rede, para cobrir os dois globos dos capitéis que estavam sobre as colunas; 43as dez bases e os dez lavatórios sobre as bases; 44
7.44
1Rs 7.23,25
o mar com os doze bois por baixo; 45os caldeirões, e as pás, e as bacias; todos esses vasos que fez Hirão para o rei Salomão na Casa de Jeová eram de bronze polido. 46
7.46
2Cr 4.17
O rei os fez fundir na planície do Jordão, numa terra argilosa entre
7.46
Js 13.27
Sucote e
7.46
Js 3.16
Zaretã. 47Deixou Salomão de pesar todos os vasos devido ao seu excessivo número;
7.47
1Cr 22.3,14
não se averiguou o peso de bronze.

48Fez Salomão todos os vasos que estavam na Casa de Jeová:

7.48
Êx 37.10-29
2Cr 4.8
o altar de ouro, e a mesa sobre a qual estavam os pães da proposição, de ouro; 49os candeeiros, cinco à direita e cinco à esquerda, diante do oráculo, de ouro puro;
7.49
Êx 25.31-38
as flores, as lâmpadas e as tenazes, de ouro; 50as taças, os apagadores, as bacias, as colheres e
7.50
Êx 27.3
2Rs 25.15
os braseiros, de ouro puro; e de ouro as dobradiças para as portas da casa interior, para as do Santo dos Santos e para as da casa, isto é, do templo.

51

7.51
2Cr 5.1
Assim se acabou toda a obra que o rei Salomão mandou fazer na Casa de Jeová.
7.51
2Sm 8.11
2Cr 5.1
Salomão meteu nela as coisas que seu pai Davi tinha dedicado, a saber, a prata, e o ouro e os vasos, que depositou nos tesouros da Casa de Jeová.