Tradução Brasileira (2010) (TB)
13

Um profeta admoesta a Jeroboão

131Eis que, por ordem de Deus, veio de Judá a Betel

13.1
1Rs 12.22
2Rs 23.17
um homem de Deus (E Jeroboão estava ao lado do altar para
13.1
1Rs 12.33
queimar incenso.). 2Por ordem de Jeová,
13.2
1Rs 13.32
exclamou contra o altar e disse: Altar, altar! Assim diz Jeová: Eis que nascerá na casa de Davi um filho que se chamará
13.2
2Rs 23.15-16
Josias; ele sacrificará sobre ti os sacerdotes dos altos que sobre ti queimaram incenso, e ossos de homens se queimarão sobre ti. 3Naquele mesmo dia, deu um sinal, dizendo:
13.3
Êx 4.1-5
Jz 6.17
Este é o sinal de que Jeová falou: Eis que se fenderá o altar, e se espalhará a cinza que está por cima dele. 4Tendo o rei ouvido as palavras que o homem de Deus proferira contra o altar em Betel, Jeroboão estendeu, do altar, a mão, dizendo: Prendei-o. A mão que ele estendera contra o homem de Deus secou, de sorte que ele não a pôde trazer a si. 5O altar também se fendeu, e a cinza se espalhou do altar, conforme o sinal que, por ordem de Jeová, havia dado o homem de Deus. 6Então, respondeu o rei ao homem de Deus:
13.6
Êx 8.8,28
9.28
At 8.24
Consegue o favor de Jeová, teu Deus, e ora por mim, para que se me restitua a minha mão. Conseguiu
13.6
Lc 6.27-28
o homem de Deus o favor de Jeová, e a mão do rei se lhe restituiu e tornou-se como dantes era. 7Disse o rei ao homem de Deus: Vem comigo para casa e conforta-te, e
13.7
1Sm 9.7-8
2Rs 5.15
dar-te-ei uma recompensa. 8Respondeu o homem de Deus ao rei:
13.8
1Rs 13.16-17
Nm 22.18
24.13
Se me deres a metade da tua casa, não entrarei na tua casa, nem comerei pão, nem beberei água neste lugar. 9Pois assim me foi intimado por ordem de Jeová, dizendo: Não comerás pão, nem beberás água, nem voltarás pelo caminho por que vieste. 10Ele, pois, se foi por outro caminho e não voltou a Betel pelo caminho por que viera.

O profeta é induzido à desobediência

11Ora,

13.11
1Rs 13.25
2Rs 23.18
morava em Betel um velho profeta; veio um de seus filhos e contou-lhe tudo o que o homem de Deus fizera aquele dia em Betel; as palavras que tinha dito ao rei, contaram-nas também a seu pai. 12Perguntou-lhes seu pai: Por que caminho se foi ele? Ora, tinham visto seus filhos o caminho por que voltara o homem de Deus, que tinha vindo de Judá. 13Ele disse a seus filhos: Albardai-me o jumento. Albardaram-lhe o jumento, no qual ele montou. 14Foi após o homem de Deus e o achou sentado debaixo do terebinto. Perguntou-lhe: És tu o homem de Deus que vieste de Judá? Ele respondeu: Sou. 15Então, lhe disse: Vem comigo para casa e come pão. 16Porém ele respondeu:
13.16
1Rs 13.8-9
Não posso voltar contigo, nem entrar na tua casa; não comerei pão, nem beberei água contigo neste lugar, 17porque me foi dito
13.17
1Rs 20.35
por ordem de Jeová: Não comerás pão, nem beberás água ali, nem tornarás a ir pelo caminho por que foste. 18Tornou-lhe: Eu também sou profeta como tu, e por ordem de Jeová falou-me um anjo, dizendo: Faze-o voltar contigo para a casa, para que ele coma pão e beba água. Mentiu-lhe. 19Assim, voltou com ele, e comeu pão na sua casa, e bebeu água.

Um leão mata ao profeta

20Estando eles à mesa, veio a palavra de Jeová ao profeta que o tinha feito voltar; 21e clamou ao homem de Deus que tinha vindo de Judá, dizendo: Assim diz Jeová: Porquanto não obedeceste a ordem de Jeová e não guardaste o mandamento que Jeová, teu Deus, te ordenou, 22mas voltaste, e comeste pão, e bebeste água no lugar de que te disse: Não comas pão, nem bebas água, o teu cadáver não entrará no sepulcro de teus pais. 23Quando o profeta a quem tinha feito voltar havia comido pão e bebido água, albardou o jumento para ele. 24Foi-se, e, no caminho,

13.24
1Rs 20.36
um leão saiu-lhe ao encontro e matou-o; o seu cadáver ficou estendido no caminho, o jumento estava parado junto a ele, e também o leão ficou perto do cadáver. 25Eis que, passando por ali certos homens, viram o cadáver estendido no caminho, e o leão posto em pé ao lado; foram e contaram-no na cidade onde
13.25
1Rs 13.11
morava o velho profeta.

26Tendo ouvido isso o profeta que o tinha feito voltar do caminho, disse: É o homem de Deus que desobedeceu à palavra de Jeová; por isso, Jeová o entregou ao leão, que o despedaçou e matou, conforme a palavra que Jeová lhe falou. 27Disse a seus filhos: Albardai-me o jumento. Eles o fizeram. 28Então, foi e achou o cadáver estendido no caminho, e o jumento e o leão que estavam ao lado; não tinha o leão devorado o cadáver, nem despedaçado ao jumento. 29O profeta tomou o cadáver do homem de Deus, pô-lo em cima do jumento e levou-o consigo; e chegou à cidade do profeta velho para o chorar e para o enterrar. 30Meteu o cadáver no seu sepulcro; e eles o choraram, dizendo: Ai! Meu irmão! 31Depois de o haver enterrado, disse a seus filhos: Quando eu morrer, enterrai-me no sepulcro em que está enterrado o homem de Deus;

13.31
2Rs 23.17-18
ponde os meus ossos junto aos seus ossos. 32Porque certamente se cumprirão
13.32
1Rs 13.2
as palavras que por ordem de Jeová exclamou contra o altar em Betel e
13.32
1Rs 12.31
contra todas as casas dos altos que estão nas cidades de
13.32
1Rs 16.24
Samaria.

33Depois disso, não tornou Jeroboão do seu mau caminho, porém, dentre todo o povo, fez ainda sacerdotes dos altos; e consagrou

13.33
Jz 17.5
a todo aquele que o queria, para que houvesse sacerdotes dos altos. 34
13.34
1Rs 12.30
2Rs 17.21
Isso se tornou em pecado à casa de Jeroboão,
13.34
1Rs 14.10
15.29-30
para a cortar e para a destruir da face da terra.