Tradução Brasileira (2010) (TB)
16

A coleta para os santos em Jerusalém

161Quanto à

16.1
At 24.17
coleta para
16.1
At 9.13
os santos, fazei vós também o mesmo que
16.1
cp.
ordenei às igrejas da
16.1
At 16.6
Galácia. 2Ao
16.2
At 20.7
primeiro dia da semana, cada um de vós ponha em sua casa, entesourando, qualquer soma, conforme tiver prosperado, para que se
16.2
2Co 9.4
não façam coletas quando eu for. 3Quando eu chegar, enviarei com cartas
16.3
cp.
os que aprovardes, para levarem a Jerusalém o vosso auxílio; 4se merecer que eu também vá, irão comigo. 5Mas
16.5
1Co 4.19
irei ter convosco, quando tiver passado pela
16.5
Rm 15.26
Macedônia; porque
16.5
At 19.21
passarei pela Macedônia 6e talvez ficarei convosco ou mesmo passarei o inverno, a fim de que
16.6
1Co 16.11
At 15.3
me encaminheis, para onde quer que eu vá. 7Pois desta vez não vos quero ver somente
16.7
cp.
de passagem; porque espero demorar-me convosco algum tempo,
16.7
At 18.21
se o Senhor o permitir. 8Ficarei, porém,
16.8
At 18.19
em Éfeso até o
16.8
At 2.1
Pentecostes; 9porque se me abriu uma
16.9
At 14.27
porta grande e eficaz,
16.9
At 19.9
e há muitos adversários.

Timóteo e Apolo

10Se

16.10
At 16.11Co 4.17
2Co 1.1
Timóteo for, vede que esteja sem temor entre vós, porque trabalha na
16.10
1Co 15.58
obra do Senhor, como eu também; 11portanto,
16.11
1Tm 4.12Tt 2.15
ninguém o despreze. Mas
16.11
1Co 16.6
At 15.3
encaminhai-o
16.11
At 15.33
em paz, para que venha ter comigo; pois o espero com os irmãos. 12Quanto ao irmão
16.12
At 18.24
1Co 1.12
3.5
Apolo, muito lhe roguei que fosse com os irmãos ter convosco; mas, de modo algum, era da vontade dele ir agora; contudo, irá, quando tiver oportunidade.

Exortações

13

16.13
Mt 24.42
Vigiai,
16.13
Gl 5.1
Fp 1.27
4.1
1Ts 3.8
2Ts 2.151Co 15.1
estai firmes na fé,
16.13
1Sm 4.9
2Sm 10.12
Is 46.8
portai-vos varonilmente,
16.13
Sl 31.24
Ef 6.10Ef 3.16
Cl 1.11
sede fortes. 14Todas as vossas obras sejam feitas
16.14
cp.
em caridade.

Estéfanas, Fortunato e Acaico

15Rogo-vos, irmãos (sabeis

16.15
1Co 1.16
a casa de Estéfanas, que é as
16.15
Rm 16.5
primícias de
16.15
At 18.12
Acaia e que se dedicaram ao
16.15
Rm 15.31
serviço
16.15
1Co 16.1
dos santos); 16
16.16
cp.
que também vos sujeiteis aos tais, e a todo aquele que ajuda na obra e trabalha. 17Regozijo-me com
16.17
cp.
vinda de Estéfanas, de Fortunato e de Acaico, porque
16.17
Fp 2.302Co 11.9
o que faltava da vossa parte, eles o supriram; 18pois
16.18
2Co 7.13
Fm 7,20
recriaram o meu espírito e o vosso.
16.18
cp.
Reconhecei, portanto, os tais.

Saudações

19As igrejas da

16.19
At 16.6
Ásia vos saúdam. Muito vos saúdam no Senhor
16.19
At 18.2
Áquila e Priscila, com
16.19
Rm 16.5
a igreja que está na sua casa. 20Todos os irmãos vos saúdam.
16.20
Rm 16.16
Saudai-vos uns aos outros com ósculo santo.

Saudação pessoal. A bênção

21A saudação, escrevo-a eu, Paulo, por

16.21
Cl 4.18
2Ts 3.17Rm 16.22Gl 6.11
Fm 19
minha própria mão. 22Se alguém não ama ao Senhor, seja
16.22
Rm 9.3
anátema.
16.22
cp.
Maranata! 23
16.23
Rm 16.20
A graça do Senhor Jesus seja convosco. 24O meu amor seja com todos vós, em Cristo Jesus.