Tradução Brasileira (2010) (TB)

Prefácio e saudação

11Paulo,

1.1
Rm 1.1
chamado para ser apóstolo de Cristo Jesus
1.1
Rm 15.32
2Co 1.1
Ef 1.1
Cl 1.1
2Tm 1.1Rm 1.10
2Co 8.5
por vontade de Deus, e
1.1
At 18.17
Sóstenes, nosso
1.1
cp.
irmão, 2à
1.2
1Co 10.32
igreja de Deus que está em
1.2
At 18.1
Corinto, aos santificados em Cristo Jesus,
1.2
Rm 1.7
8.28
chamados para serem santos, com todos os que em todo o lugar
1.2
At 7.59
invocam o nome de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor tanto deles como nosso: 3
1.3
Rm 1.7
graça a vós e paz da parte de Deus, nosso Pai, e da do Senhor Jesus Cristo.

Ação de graças

4

1.4
Rm 1.8
Sempre dou graças a Deus por vós, por causa da graça de Deus, que vos foi dada em Cristo Jesus; 5porque em tudo fostes
1.5
2Co 9.11
enriquecidos nele,
1.5
2Co 8.7
Rm 15.14
em toda a palavra e em toda a ciência; 6assim como foi confirmado em vós
1.6
2Tm 1.82Ts 1.10
1Tm 2.6
Ap 1.2
o testemunho de Cristo, 7de maneira que não vos falta nenhum dom,
1.7
Rm 8.19,23
Fp 3.20
Lc 17.30
2Pe 3.12
aguardando vós a manifestação de nosso Senhor Jesus Cristo; 8o
1.8
Fp 1.6
Cl 2.7
1Ts 3.13
5.23Rm 8.19
qual também vos confirmará até o fim, para serdes inculpáveis
1.8
1Co 5.5
2Co 1.14
Fp 1.6,10
2.16
1Ts 5.2
2Ts 2.2Lc 17.24,30
no Dia de nosso Senhor Jesus Cristo. 9
1.9
Dt 7.9
Is 49.7
1Co 10.13
2Co 1.181Ts 5.24
2Ts 3.3
Fiel é Deus, pelo qual fostes
1.9
Rm 8.28
chamados à
1.9
1Jo 1.3
comunhão de seu Filho Jesus Cristo, nosso Senhor.

Exortação à união

10

1.10
Rm 12.1
Rogo-vos,
1.10
Rm 1.13
irmãos, pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que todos digais a mesma coisa, e que não haja entre vós
1.10
1Co 11.18
dissensões; mas que sejais inteiramente unidos no mesmo pensar e
1.10
Rm 12.16Fp 1.27
no mesmo parecer. 11Pois acerca de vós, irmãos meus, se me tem significado,
1.11
Rm 16.10
pelos da casa de Cloe, que há contendas entre vós. 12Ora, o que quero dizer é que
1.12
1Co 3.4Mt 23.8-10
cada um de vós diz: Eu sou de Paulo, eu, de
1.12
At 18.24
1Co 3.22
Apolo, eu, de
1.12
Jo 1.42
1Co 3.22
9.5
15.5
Cefas, e eu, de Cristo. 13Está dividido o Cristo? Porventura, Paulo foi crucificado por amor de vós ou fostes
1.13
Mt 28.19
At 2.38
batizados no nome de Paulo? 14Dou graças que a nenhum de vós
1.14
At 18.8
batizei, senão a Crispo e a
1.14
cp.
Gaio; 15para que ninguém diga que fostes batizados no meu nome. 16Batizei também a
1.16
1Co 16.15,17
família de Estéfanas; além desses, não sei se batizei algum outro. 17
1.17
cp.
Pois não me enviou Cristo a batizar, mas a pregar o evangelho;
1.17
1Co 2.1,4,132Co 10.10
11.6
não em sabedoria de palavras, para que não seja feita vã a cruz de Cristo.

A mensagem da cruz

18Pois a palavra da cruz é uma

1.18
1Co 1.21,23,25
1Co 2.144.10
estultícia para
1.18
2Co 2.15
4.3
2Ts 2.10At 2.47
os que perecem, mas para nós, que somos salvos, é
1.18
1Co 1.24
Rm 1.16
o poder de Deus. 19Assim está escrito:

1.19
Is 29.14
Destruirei a sabedoria dos sábios

e o entendimento dos entendidos reduzirei a nada.

20
1.20
cp.
Onde está o sábio? Onde o escriba? Onde, o questionador
1.20
Mt 13.22
1Co 2.6,8
3.18-19
deste mundo? Não mostrou Deus que a sabedoria
1.20
1Co 1.276.2
11.32Jo 12.31
Tg 4.4
do mundo
1.20
Rm 1.20
é estulta? 21Porquanto uma vez que, na sabedoria de Deus, o mundo pela sua sabedoria não o conheceu,
1.21
Gl 1.15Cl 1.19
Lc 12.32
aprouve a Deus, pela estultícia da pregação,
1.21
1Tm 4.16
2Tm 2.10
3.15
4.18
Hb 7.25
Tg 5.20Rm 11.14
salvar os que creem. 22Visto que tanto
1.22
Mt 12.38
os judeus pedem milagres como os gregos buscam sabedoria; 23nós pregamos
1.23
cp.
a Cristo crucificado, que é para
1.23
cp.
os judeus, na verdade, uma pedra de tropeço e, para os gentios, uma
1.23
1Co 1.18,21,25
1Co 2.144.10
estultícia; 24mas, para os que são
1.24
Rm 8.28
chamados, tanto judeus como gregos, Cristo,
1.24
1Co 1.18
Rm 1.16
poder de Deus e
1.24
cp.
sabedoria de Deus. 25Pois a
1.25
1Co 1.18,21,23
1Co 2.144.10
estultícia de Deus é mais sábia que os homens,
1.25
cp.
e a fraqueza de Deus é mais forte que os homens.

Apelo aos fatos

26Vede, irmãos, a

1.26
Rm 11.29
vossa vocação; que
1.26
1Co 2.8
1Co 1.20Mt 11.25
não muitos sábios segundo a carne, nem muitos poderosos, nem muitos nobres são chamados; 27pelo contrário, as coisas insensatas
1.27
1Co 1.20
do mundo
1.27
Tg 2.5
escolheu Deus para envergonhar os sábios, e as coisas fracas do mundo escolheu Deus para envergonhar as fortes; 28e as coisas ignóbeis do mundo e as desprezadas, escolheu Deus, sim,
1.28
Rm 4.17
aquelas que não são,
1.28
1Co 2.6
Jó 34.192Ts 2.8
Hb 2.14
para reduzir a nada coisas que são; 29a fim de que
1.29
Ef 2.9
ninguém se glorie na presença de Deus. 30Mas dele sois vós em
1.30
1Co 4.15
Rm 8.1
Cristo Jesus, o qual se nos tornou da parte de Deus
1.30
cp.
sabedoria, e
1.30
2Co 5.21
Fp 3.9Jr 23.533.16
justiça, e
1.30
cp.
santificação, e
1.30
Ef 1.7,14
Cl 1.14
Rm 3.24
redenção; 31para que, como está escrito:
1.31
2Co 10.17
Jr 9.23
O que se gloria, glorie-se no Senhor.

2

O caráter da sua pregação

21Eu, quando fui ter convosco, irmãos, fui

2.1
1Co 2.4,131Co 1.17
não com excelência de palavras ou de sabedoria, anunciando-vos
2.1
1Co 2.7
o testemunho de Deus. 2Pois resolvi não saber coisa alguma entre vós, senão a
2.2
Gl 6.14
1Co 1.23
Jesus Cristo, e este crucificado. 3Eu
2.3
cp.
estive entre vós em
2.3
1Co 4.10
2Co 11.30
12.5,913.9
fraqueza, em
2.3
Is 19.16
Ef 6.52Co 7.15
temor e em grande tremor; 4e o meu ensino e a minha pregação não foram em palavras persuasivas de sabedoria, mas em demonstração do
2.4
Rm 15.191Co 4.20
Espírito e do poder, 5para que a vossa fé não se baseie na sabedoria dos homens, mas
2.5
2Co 4.7
6.712.9
no poder de Deus.

A verdadeira sabedoria. O ensino do Espírito Santo

6Entretanto, falamos sabedoria entre os

2.6
Ef 4.13
Fp 3.15
Hb 5.14
6.1
perfeitos, porém não a sabedoria
2.6
1Co 1.20
Mt 13.22
deste mundo, nem a dos poderosos deste mundo, que estão
2.6
1Co 1.28
sendo reduzidos a nada; 7pelo contrário, falamos a sabedoria de Deus em
2.7
1Co 2.1
Rm 11.25
16.25
mistério, sim, a sabedoria que esteve oculta, a qual Deus
2.7
Rm 8.29
predeterminou
2.7
cp.
antes dos séculos para a nossa glória; 8
2.8
1Co 2.61Co 1.26
a qual nenhum dos poderosos deste mundo conheceu, pois, se a tivessem conhecido, não teriam crucificado
2.8
cp.
o Senhor da glória; 9mas como está escrito:

2.9
Is 64.4
65.17
As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu,

e não entraram no coração do homem,

tudo quanto preparou Deus para os que o amam.

10
2.10
Mt 11.25
13.11
16.17
Gl 1.12
Ef 3.3,5
Pois Deus no-las revelou a nós
2.10
Jo 14.26
pelo Espírito; porque o Espírito tudo esquadrinha, até as
2.10
cp.
coisas profundas de Deus. 11Qual dos homens sabe as coisas do homem, senão
2.11
Pv 20.27
o espírito do homem, que nele está? Assim, também as coisas de Deus, ninguém as conhece, senão o Espírito de Deus. 12Nós não
2.12
cp.
recebemos o espírito do
2.12
1Co 1.27
mundo, mas sim o espírito que vem de Deus, para que saibamos as coisas que por Deus nos foram dadas gratuitamente; 13as quais também anunciamos,
2.13
1Co 1.17
2.1,4
não com palavras ensinadas pela sabedoria humana, mas com palavras ensinadas pelo Espírito, combinando coisas espirituais com espirituais. 14O
2.14
cp.
homem natural
2.14
Jo 14.17
não aceita as coisas do Espírito de Deus, pois para ele são
2.14
1Co 1.18
loucura; não as pode conhecer, porque são julgadas espiritualmente. 15Porém o homem
2.15
1Co 3.1
14.37
Gl 6.1
espiritual julga todas as coisas e ele não é julgado por ninguém. 16Pois
2.16
Is 40.13
Rm 11.34
quem conheceu a mente do Senhor, para que o possa instruir?
2.16
cp.
Nós, porém, temos a mente de Cristo.