Tradução Brasileira (2010) (TB)
20

Joabe sitia e toma Rabá

201

20.1
2Sm 11.1
Tendo decorrido um ano, ao tempo em que os reis costumam ir para a guerra, levou Joabe a flor do exército e devastou ao país dos filhos de Amom; veio e cercou a Rabá. Davi, porém, ficou em Jerusalém.
20.1
2Sm 12.26
Joabe bateu a Rabá e a destruiu. 2
20.2
2Sm 12.30-31
Davi tirou a coroa da cabeça do rei deles e achou nela o peso dum talento de ouro, e nela havia pedras preciosas; a coroa foi posta sobre a cabeça de Davi. Levou da cidade mui grande despojo. 3Fez sair também o povo que nela estava e
20.3
2Sm 12.31
mandou cortá-los com serras, com grades de ferro e com machados. Assim fez Davi a todas as cidades dos filhos de Amom; depois, voltou com todo o povo para Jerusalém.

Os filisteus são derrotados

4

20.4
2Sm 21.18-22
Depois disso, houve guerra em Gezer contra os filisteus. Sibecai, husatita, matou a Sipai, dos filhos do gigante; e ficaram subjugados. 5Fez-se ainda outra guerra contra os filisteus; e Elanã, filho de
20.5
2Sm 21.19
Jair, matou a Lami, irmão de Golias, geteu, de cuja lança
20.5
1Cr 11.23
1Sm 17.7
a haste era como órgão de tecelão. 6Ainda houve outra guerra em Gate, onde se achou um homem de grande estatura, que tinha vinte e quatro dedos, seis em cada mão e seis em cada pé, e que também era filho do gigante. 7Quando insultava a Israel, Jônatas, filho de Simeia, irmão de Davi, o matou. 8Estes nasceram ao gigante em Gate; e caíram pela mão de Davi e pela mão dos seus servos.