Almeida Revista e Corrigida (1969) (RC69)
45

Descrição profética da união entre Cristo e a sua igreja

Masquil, cântico de amor, para o cantor-mor, entre os filhos de Corá, sobre Sosanim

451O MEU coração ferve com palavras boas; falo do que tenho feito no tocante ao Rei: a minha língua é a pena de um destro escritor. 2Tu és mais formoso do que os filhos dos homens,

45.2:
Lc 4.22
a graça se derramou em teus lábios; por isso Deus te abençoou para sempre. 3Cinge
45.3:
Is 49.2
Hb 4.12
Ap 1.16
a tua espada à coxa, ó Valente, com a tua glória e a tua majestade. 4E 45.4: ou em tua majestade cavalganeste teu esplendor cavalga prosperamente, pela causa da verdade, da mansidão e da justiça; e a tua destra te ensinará cousas terríveis. 5As tuas frechas são agudas 45.5: ou os povos caíram debaixo de ti; elas estão no coraçãono coração dos inimigos do Rei, e por elas os povos caíram debaixo de ti. 6O teu trono, ó Deus, é eterno e perpétuo; o cetro do teu reino é um cetro de equidade. 7Tu amas a justiça e aborreces a impiedade; por isso Deus, o teu Deus te ungiu com óleo de alegria, mais do que a teus companheiros. 8Todos os teus vestidos cheiram a mirra, a aloés e a cássia, desde os palácios de marfim de onde te alegram. 9As filhas dos reis estavam entre as tuas ilustres donzelas; à tua direita estava a rainha ornada de finíssimo ouro de Ofir. 10Ouve filha, e olha, e inclina teus ouvidos; esquece-te do teu povo e da casa de teu pai. 11Então o rei se afeiçoará à tua formosura, pois ele é teu Senhor; adora-o. 12E a filha de Tiro estará ali com presentes; os ricos do povo suplicarão o teu favor. 13A filha do rei é toda ilustre no seu palácio; as suas vestes são de ouro tecido. 14Levá-la-ão ao rei com vestidos bordados; as virgens que a acompanham a trarão a ti. 15Com alegria e regozijo serão trazidas: elas entrarão no palácio do rei. 16Em lugar de teus pais será a teus filhos que farás
45.16:
1Pe 2.9
Ap 1.16
príncipes sobre toda a terra. 17Farei lembrado
45.17:
Ml 1.11
o teu nome de geração em geração; pelo que os povos te louvarão eternamente.

46

A fé perfeita em Deus

Cântico sobre Alamote, para o cantor-mor entre os filhos de Corá

461DEUS é o nosso refúgio e fortaleza, socorro

46.1:
Dt 4.7
bem-presente na angústia. 2Pelo que não temeremos, ainda que a terra se mude, e ainda que os montes se transportem para o meio dos mares. 3Ainda que as águas rujam e se perturbem, ainda que os montes se abalem pela sua braveza. (Selá.) 4 um rio cujas correntes alegram a cidade de Deus, o santuário das moradas do Altíssimo. 5Deus está
46.5:
Dt 24.14
Is 12.6
Os 11.9
no meio dela; não será abalada: Deus a ajudará ao romper da manhã. 6As nações se embraveceram; os reinos se moveram; ele levantou a sua voz e a terra se derreteu. 7O Senhor dos Exércitos está conosco: o Deus de Jacó é o nosso refúgio. (Selá.) 8Vinde, contemplai as obras do Senhor; que desolações tem feito na terra! 9Ele faz cessar as guerras até ao fim da terra: quebra o arco e corta a lança: queima os carros no fogo. 10Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus;
46.10:
Is 2.11,17
serei exaltado entre as nações; serei exaltado sobre a terra. 11O Senhor dos Exércitos está conosco: o Deus de Jacó é o nosso refúgio. (Selá.)

47

O triunfo do reino de Deus

Salmo para o cantor-mor, entre os filhos de Corá

471APLAUDI com as mãos, todos os povos; cantai a Deus com voz de triunfo. 2Porque o Senhor Altíssimo é tremendo, e Rei grande sobre toda a terra. 3Ele nos submeterá os povos e porá as nações debaixo dos nossos pés. 4Escolherá para nós a nossa herança, a glória de Jacó, a quem amou. (Selá.) 5Deus subiu com júbilo, o Senhor subiu ao som da trombeta. 6Cantai louvores a Deus, cantai louvores; cantai louvores ao nosso Rei, cantai louvores. 7Pois Deus é o Rei de toda a terra, cantai louvores com inteligência. 8Deus reina sobre as nações: Deus se assenta 47.8: ou sobre o seu santo tronosobre o trono da sua santidade. 9Os príncipes dos povos se congregam para serem o povo do Deus de Abraão; porque os escudos da terra são de Deus: ele está muito elevado!