Almeida Revista e Corrigida (1969) (RC69)
28

Davi roga a Deus que o aparte dos ímpios e louva-o por ter ouvido as suas súplicas

Salmo de Davi

281A TI clamarei, ó Senhor, Rocha minha; não emudeças para comigo; não suceda, calando-te tu a meu respeito, que eu me torne semelhante aos que descem à cova. 2Ouve a voz das minhas súplicas, quando a ti clamar,

28.2:
2Rs 8.28-29
quando levantar as minhas mãos para o oráculo do teu santuário. 3Não me arremesses com os ímpios e com os que praticam a iniquidade; que falam de paz ao seu próximo, mas têm o mal nos seus corações. 4Retribui-lhes segundo as suas obras e segundo a malícia dos seus esforços; dá-lhes conforme
28.4:
2Tm 4.14
Ap 18.6
a obra das suas mãos; envia-lhes a sua recompensa. 5Porquanto não atentam para as obras do Senhor, nem para o que as suas mãos têm feito; pelo que ele os derribará e não os reedificará. 6Bendito seja o Senhor, porque ouviu a voz das minhas súplicas. 7O Senhor é a minha força e o meu escudo; nele confiou o meu coração, e fui socorrido: pelo que o meu coração salta de prazer, e com o meu canto o louvarei. 8O Senhor é a força do seu povo: também é a força salvadora do seu ungido. 9Salva o teu
28.9:
Dt 9.29
1Rs 8.51,53
povo, e abençoa a tua herança; apascenta-os e exalta-os para sempre.

29

Davi exorta a louvar a majestade de Deus

Salmo de Davi

291DAI ao Senhor, ó filhos dos poderosos, dai ao Senhor glória e força. 2Dai ao Senhor a glória devida ao seu nome, adorai o Senhor 29.2: ou no santo adorno, ou no glorioso santuáriona beleza da sua santidade. 3A voz do Senhor ouve-se sobre as águas; o Deus da glória troveja; o Senhor está sobre as muitas águas. 4A voz do Senhor é poderosa; a voz do Senhor é cheia de majestade. 5A voz do Senhor quebra os cedros; sim, o Senhor quebra os cedros do Líbano. 6Ele os faz saltar como a um bezerro; ao Líbano e Siriom, como novos unicórnios. 7A voz do Senhor separa as labaredas do fogo. 8A voz do Senhor faz tremer o deserto; o Senhor faz tremer o deserto de

29.8:
Nm 13.26-27
Cades. 9A voz do Senhor faz parir as cervas, e desnuda as brenhas. E no seu templo cada um diz: Glória! 10O Senhor
29.10:
Gn 6.17
se assentou sobre o dilúvio; o Senhor se assenta como Rei, perpetuamente. 11O Senhor dará
29.11:
Sl 28.8
força ao seu povo; o Senhor abençoará o seu povo com paz.

30

A ira de Deus dura um momento só, mas a sua benignidade é eterna

Salmo e canção na dedicação da Casa

Salmo de Davi

301EXALTAR-TE-EI, ó Senhor, porque tu me exaltaste; e não fizeste com que meus inimigos se alegrassem sobre mim. 2Senhor, meu Deus, clamei a ti, e tu me saraste. 3Senhor, fizeste subir a minha alma da 30.3: Hebr. Sheolsepultura: conservaste-me a vida para que não descesse ao abismo. 4Cantai ao Senhor,

30.4:
1Cr 16.4
vós que sois seus santos, e celebrai a 30.4: ou sua santa memóriamemória da sua santidade. 5Porque a sua ira dura só um momento; no seu favor está a vida; o choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã. 6Eu dizia
30.6:
Jó 29.18
na minha prosperidade: Não vacilarei jamais. 7Tu, Senhor, pelo teu favor fizeste forte a minha montanha; tu encobriste o teu rosto, e fiquei perturbado. 8A ti, Senhor, clamei, e ao Senhor supliquei. 9Que proveito no meu sangue, quando desço à cova? Porventura te louvará o pó? anunciará ele a tua verdade? 10Ouve, Senhor, e tem piedade de mim, Senhor; sê o meu auxílio. 11Tornaste
30.11:
2Sm 6.14
Jr 31.4
o meu pranto em folguedo; tiraste o meu cilício e me cingiste de alegria: 12Para que a minha glória te cante louvores, e não se cale: Senhor, Deus meu, eu te louvarei para sempre.