Almeida Revista e Corrigida (1969) (RC69)
12

Jó defende-se contra as acusações de seus amigos

121ENTÃO Jó respondeu, e disse: 2Na verdade, que só vós sois o povo, e convosco morrerá a sabedoria. 3Também eu tenho

12.3:
Jó 13.2
um coração como vós, e não vos sou inferior; e quem não sabe tais cousas como estas? 4Eu sou irrisão para os
12.4:
Jó 16.10
21.3
30.1
meus amigos; eu, que invoco a Deus, e ele me responde; o justo e o reto servem de irrisão. 5Tocha desprezível é,
12.5:
Pv 14.2
na opinião do que está descansado, aquele que está pronto a tropeçar com os pés. 6As tendas
12.6:
Jó 21.7
Jr 12.1
Ml 3.15
dos assoladores têm descanso, e os que provocam a Deus estão seguros; nas suas mãos Deus lhes põe tudo. 7Mas, pergunta agora às alimárias, e cada uma delas to ensinará; e às aves dos céus, e elas to farão saber; 8Ou fala com a terra, e ela to ensinará até os peixes do mar to contarão. 9Quem não entende por todas estas cousas que a mão do Senhor fez isto, 10Que está na sua mão
12.10:
Nm 16.22
Dn 5.23
At 17.29
a alma de tudo quanto vive, e o espírito de toda carne humana? 11Porventura o
12.11:
Jó 6.30
34.3
ouvido não provará as palavras, como o paladar prova as comidas? 12Com os idosos está a
12.12:
Jó 32.7
sabedoria, e na abundância de dias o entendimento. 13Com ele está a sabedoria
12.13:
Jó 9.4
11.10
36.5
Is 22.22
Ap 3.7
e a força; conselho e entendimento tem. 14Eis que ele derriba, e não se reedificará; e a quem ele encerra não se abrirá. 15Eis que ele retém
12.15:
1Rs 8.35
17.1
as águas, e se secam; e as larga, e transtornam a terra. 16Com ele está a força e a sabedoria; seu é o que erra e o que faz errar. 17Aos conselheiros leva despojados, e aos juízes faz
12.17:
2Rs 15.31
Is 19.12
29.14
1Co 1.19
desvairar. 18Solta a atadura dos reis, e ata o cinto aos seus lombos. 19Aos príncipes leva despojados, aos poderosos transtorna. 20Aos confiados tira a
12.20:
Jó 32.9
Is 3.1-3
Dn 2.21
fala, e toma o entendimento aos velhos. 21Derrama desprezo sobre os príncipes, e afrouxa o cinto dos fortes. 22As profundezas das
12.22:
Dn 2.22
Mt 10.26
1Co 4.5
trevas manifesta, e a sombra da morte traz à luz. 23Multiplica
12.23:
Is 9.3
26.15
as gentes e as faz perecer; dispersa as gentes, e de novo as reconduz. 24Tira o coração aos chefes das gentes da terra, e os faz vaguear pelos desertos, sem caminho. 25Nas trevas andam às apalpadelas,
12.25:
Dt 28.29
Jó 5.14
sem terem luz, e os faz desatinar como ébrios.