Almeida Revista e Corrigida (1969) (RC69)
41

Jeová é o único Deus: Israel deve ter confiança unicamente nele

411CALAI-VOS

41.1:
Zc 2.3
perante mim, ó ilhas, e os povos renovem as forças: cheguem-se, e então falem: cheguemo-nos juntos a juízo. 2Quem suscitou do oriente
41.2:
Is 46.11
o justo? e o chamou para o pé de si? quem deu as
41.2:
Gn 14.14
Is 41.25
45.1
nações à sua face e o fez dominar sobre reis? ele os entregou à sua espada como o pó, e como pragana arrebatada do vento ao seu arco. 3Ele persegue-os, e passa em paz, por uma vereda em que com os seus pés nunca tinha caminhado. 4Quem operou
41.4:
Is 41.26
43.10
44.6-7
46.10
48.12
Ap 1.17
22.13
e fez isto, chamando as gerações desde o princípio? eu o Senhor, o primeiro, e com os últimos eu mesmo. 5As ilhas o viram, e temeram: os fins da terra tremeram: aproximaram-se, e vieram. 6Um ao outro ajudou, e ao seu companheiro disse: Esforça-te. 7E o artífice
41.7:
Is 40.19
animou o ourives, e o que alisa com o martelo ao que bate na safra, dizendo da cousa soldada: Boa é. Então com pregos o firma,
41.7:
Is 40.20
para que não venha a mover-se. 8Mas tu, ó Israel, servo meu, tu Jacó, a quem elegi,
41.8:
Dt 7.6
10.15
14.2
Is 43.1
44.1
Tg 2.23
semente de Abraão meu amigo? 9Tu a quem tomei desde os fins da terra e te chamei dentre os seus mais excelentes, e te disse: Tu és o meu servo, a ti te escolhi e não te rejeitei. 10Não temas,
41.10:
Is 41.13-14
43.5
Dt 31.6,8
porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus: eu te esforço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça. 11Eis que envergonhados e confundidos serão
41.11:
Êx 23.22
Is 45.24
60.12
todos os que se irritaram contra ti; tornar-se-ão nada, e os que contenderem contigo perecerão. 12Buscá-los-ás, mas não os acharás; e os que pelejarem contigo tornar-se-ão nada, e como cousa que não é nada os que guerrearem contigo. 13Porque eu, o Senhor teu Deus, te tomo pela tua mão direita, e te digo: Não temas,
41.13:
Is 41.10
que eu te ajudo. 14Não temas, ó bichinho de Jacó, povozinho de Israel; eu te ajudo, diz o Senhor, e o teu redentor é o Santo de Israel. 15Eis que
41.15:
Mq 4.13
2Co 10.4-5
te preparei trilho novo, que tem dentes agudos; os montes trilharás e moerás; e os outeiros tornarás como a folhelho. 16Tu os padejarás
41.16:
Jr 51.2
e o vento os levará, e o tufão os espalhará; mas tu te alegrarás no Senhor e te gloriarás no Santo de Israel. 17Os aflitos e necessitados buscam águas, e não as há, e a sua língua se seca de sede: mas eu o Senhor os ouvirei, eu o Deus de Israel os não desampararei. 18Abrirei rios
41.18:
Is 35.6-7
43.19
44.3
em lugares altos, e fontes no meio dos vales: tornarei o deserto em tanques de águas, e a terra seca em mananciais. 19Plantarei no deserto o cedro, a árvore de sita, e a murta, e a oliveira: conjuntamente porei no ermo a faia o olmeiro e o álamo: 20Para que todos vejam,
41.20:
Jó 12.9
e saibam, e considerem, e juntamente entendam que a mão do Senhor fez isto, e o Santo de Israel o criou. 21Apresentai a vossa demanda, diz o Senhor: trazei as vossas firmes razões, diz o Rei de Jacó. 22Tragam
41.22:
Is 45.21
e anunciem-nos as cousas que hão de acontecer: anunciai-nos as cousas passadas, para que atentemos para elas, e saibamos o fim delas; ou fazei-nos ouvir as cousas futuras. 23Anunciai-nos
41.23:
Is 42.9
44.7-8
45.3
Jo 13.19
Jr 10.5
as cousas que ainda hão de vir, para que saibamos que sois deuses: fazei bem, ou fazei mal, para que nos assombremos, e juntamente o vejamos. 24Eis que sois menos do que nada e a vossa obra é menos do que nada: abominação é quem vos escolhe. 25Suscito a um do norte, e ele há de vir; desde o nascimento do sol
41.25:
Is 41.2
invocará o meu nome; e virá sobre os magistrados, como sobre o lodo, e, como o oleiro pisa o barro, assim ele os pisará. 26Quem anunciou isto desde o princípio, para que o possamos saber, ou outro tempo, para que digamos: Justo é? Mas não há quem anuncie, nem tão pouco quem manifeste, nem tão pouco quem ouça as vossas palavras. 27Eu sou o que primeiro
41.27:
Is 40.9
direi a Sião: Eis que ali estão: e a Jerusalém darei um anunciador de boas novas. 28E quando olhei,
41.28:
Is 63.5
ninguém havia; nem mesmo entre estes conselheiros algum havia a quem perguntasse ou que me respondesse palavra. 29Eis que
41.29:
Is 41.24
todos são vaidade; as suas obras não são cousa alguma; as suas imagens de fundição são vento e nada.

42

O Servo do Senhor

421EIS aqui o meu Servo,

42.1:
Is 43.10
49.3,6
Mt 12.18-20
Fp 2.7
a quem sustenho, o meu Eleito, em quem se compraz a minha alma;
42.1:
Mt 3.17
17
Ef 1.6
Is 11.2
Jo 3.34
pus o meu espírito sobre ele; juízo produzirá entre os gentios. 2Não clamará, não se exaltará, nem fará ouvir a sua voz na praça. 3A cana trilhada não quebrará, nem apagará o pavio que fumega: em verdade produzirá o juízo; 4Não faltará nem será quebrantado, até que ponha na terra o juízo: e as ilhas aguardarão a sua doutrina. 5Assim diz Deus, o Senhor, que criou
42.5:
Is 44.24
Zc 12.1
os céus, e os estendeu, e formou a terra, e a tudo quanto produz: que dá a respiração
42.5:
At 17.25
ao povo que nela está, e o espírito aos que andam nela. 6Eu o Senhor
42.6:
Is 23.1
49.6,8
Lc 2.32
At 13.47
te chamarei em justiça, e te tomarei pela mão e te guardarei, e te darei por concerto do povo, e para luz dos gentios; 7Para abrir
42.7:
Is 9.2
35.5
os olhos dos cegos, para tirar da prisão os presos, e do cárcere os que jazem em trevas. 8Eu sou o Senhor; este é o meu nome; a minha glória pois a outrem não darei,
42.8:
Is 48.11
nem o meu louvor às imagens de escultura. 9Eis que as primeiras cousas passaram, e novas cousas eu vos anuncio, e, antes que venham à luz, vo-las faço ouvir. 10Cantai ao Senhor um cântico novo, e o seu louvor desde o fim da terra: vós os que navegais pelo mar, e tudo quanto há nele; vós, ilhas, e seus habitadores. 11Alcem a voz o deserto e as suas cidades, com as aldeias que Quedar habita: exultem os que habitam nas rochas, e clamem do cume dos montes. 12Deem glória ao Senhor, e anunciem o seu louvor nas ilhas. 13O Senhor como poderoso sairá, como homem de guerra despertará o zelo: clamará, e fará grande ruído, e sujeitará os seus inimigos. 14Por muito tempo me calei, estive em silêncio, e me contive; mas agora darei gritos como a que está de parto, e a todos assolarei e juntamente devorarei. 15Os montes e outeiros tornarei em deserto, e toda a sua erva farei secar, e tornarei os rios em ilhas e as lagoas secarei. 16E guiarei os cegos por um caminho que nunca conheceram, fá-los-ei caminhar por veredas que não conheceram; tornarei as trevas em luz perante eles, e as cousas tortas farei direitas. Essas cousas lhes farei, e nunca os desampararei. 17Tornarão atrás e confundir-se-ão de vergonha os que confiam em imagens de escultura, e dizem às imagens de fundição: Vós sois nossos deuses. 18Surdos, ouvi, e vós, cegos, olhai, para que possais ver. 19Quem
42.19:
Is 43.8
Ez 12.2
Jo 9.39,41
é cego, senão o meu servo, ou surdo como o meu mensageiro, a quem envio? e quem é cego como o galardoado, e cego como o servo do Senhor? 20Tu vês muitas
42.20:
Rm 2.21
cousas, mas não as guardas: ainda que tenha os ouvidos abertos, nada ouve. 21O Senhor se agradava dele por amor da sua justiça: engrandeceu-o pela lei, e o fez glorioso. 22Mas este é um povo roubado e saqueado: todos estão enlaçados em cavernas, e escondidos nas casas dos cárceres: são postos por presa, e ninguém há que os livre; por despojo, e ninguém diz: Restitui. 23Quem há entre vós que ouça isto? que atenda e ouça o que há de ser depois? 24Quem entregou Jacó por despojo, e Israel aos roubadores? porventura não foi o Senhor, aquele contra quem pecaram, e nos caminhos do qual não queriam andar, não dando ouvidos à sua lei? 25Pelo que derramou sobre eles a indignação da sua ira, e a força da guerra, e
42.25:
2Rs 25.9
Os 7.9
lhes pôs labaredas em redor, mas nisso não atentaram; e os queimou, mas não puseram nisso o coração.

43

Só Deus resgata Israel

431MAS agora, assim diz o Senhor que

43.1:
Is 42.6
43.7,21
44.2,6,21,24
45.4
te criou, ó Jacó, e que te formou, ó Israel: Não temas, porque eu te remi: chamei-te pelo teu nome, tu és meu. 2Quando passares pelas águas
43.2:
Dt 31.6,8
Dn 3.25,27
estarei contigo, e quando pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo não te queimarás, nem a chama arderá em ti. 3Porque eu sou o Senhor teu Deus, o Santo de Israel, o teu Salvador: dei
43.3:
Pv 11.8
21.18
o Egito por teu resgate, a Etiópia e Seba por ti. 4Enquanto foste precioso aos meus olhos, também foste glorificado, e eu te amei, pelo que dei os homens por ti, e os povos pela tua alma. 5Não temas,
43.5:
Is 41.10,14
44.2
Jr 30.10-11
46.27-28
pois porque estou contigo: trarei a tua semente desde o oriente, e te ajuntarei desde o ocidente. 6Direi ao norte: Dá; e ao sul: Não retenhas; trazei meus filhos de longe, e minhas filhas das extremidades da terra; 7A todos os que são chamados
43.7:
Is 63.19
Tg 2.7
Jo 3.3,5
Ef 2.10
pelo meu nome, e os que criei para minha glória; eu os formei, sim, eu os fiz. 8Trazei
43.8:
Is 6.9
42.19
Ez 12.2
o povo cego, que tem olhos; e os surdos, que têm ouvidos. 9Todas as nações se congreguem, e os povos se reúnam;
43.9:
Is 41.21-22,26
quem dentre eles pode anunciar isto, e fazer-nos ouvir as cousas antigas? apresentem as suas testemunhas, para que se justifiquem, e para que se ouça, e se diga: Verdade é. 10Vós sois
43.10:
Is 42.1
44.8
55.4
as minhas testemunhas diz o Senhor, e o meu servo, a quem escolhi; para que o saibas, e me creiais, e entendais que eu sou o mesmo,
43.10:
Is 41.4
44.6
e que antes de mim deus nenhum se formou, e depois de mim nenhum haverá. 11Eu,
43.11:
Is 45.21
Os 13.4
eu sou o Senhor, e fora de mim não Salvador. 12Eu anunciei, e eu salvei, e eu o fiz ouvir,
43.12:
Dt 32.16
Is 43.10
44.8
e deus estranho não houve entre vós, pois vós sois as minhas testemunhas, diz o Senhor; eu sou Deus. 13Ainda antes que houvesse dia, eu sou;
43.13:
Jo 8.58
Jó 9.12
Is 14.7
e ninguém que possa fazer escapar das minhas mãos: operando eu, quem impedirá? 14Assim diz o Senhor, teu Redentor, o Santo de Israel: Por amor de vós enviei a Babilônia, e a todos farei descer como fugitivos, isto é, os caldeus, nos navios com que se vangloriavam. 15Eu sou o Senhor, vosso Santo, o Criador de Israel, vosso Rei. 16Assim
43.16:
Êx 14.16,22
Is 51.10
Js 3.13,16
diz o Senhor, o que preparou no mar um caminho, e nas águas impetuosas uma vereda; 17O que trouxe
43.17:
Êx 14.4,9,25
o carro e o cavalo, o exército e a força: eles juntamente se deitaram, e nunca se levantarão; estão extintos, como um pavio se apagaram. 18Não vos lembreis
43.18:
Jr 16.14
23.7
das cousas passadas, nem considereis as antigas. 19Eis que farei uma cousa
43.19:
2Co 5.17
Ap 21.5
nova, e agora sairá à luz: porventura não a sabereis?
43.19:
Êx 17.6
Nm 20.11
Dt 8.15
eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo. 20Os animais do campo me servirão, os 43.20: ou chacaisdragões, e os filhos do avestruz;
43.20:
Is 48.21
porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito, 21Esse povo que formei para mim, para que me desse louvor. 22Contudo tu não me invocaste a mim, ó Jacó, mas te cansaste de mim, ó Israel. 23Não
43.23:
Am 5.25
me trouxeste o gado miúdo dos teus holocaustos, nem me honraste com os teus sacrifícios; não te fiz servir com ofertas, nem te fatiguei com incenso. 24Não me compraste por dinheiro cana aromática, nem com a gordura dos teus sacrifícios me encheste, mas me deste trabalho com os teus pecados, e me cansaste com as tuas maldades. 25Eu,
43.25:
Is 1.18
44.22
48.9
Jr 31.34
50.20
At 3.19
eu mesmo, sou o que apaga as tuas transgressões por amor de mim, e dos teus pecados me não lembro. 26Procura lembrar-me; entremos em juízo juntamente: apresenta as tuas razões, para que te possa justificar. 27Teu primeiro pai pecou, e os teus 43.27: ou embaixadoresintérpretes prevaricaram contra mim. 28Pelo que profanarei
43.28:
Is 47.6
Lm 2.2,6-7
Jr 24.9
Dn 9.11
Zc 8.13
os maiorais do santuário; e farei de Jacó um anátema, e de Israel um opróbrio.

Utilizamos cookies de acordo com o nossa Política de Privacidade, respeitando todos as suas informações pessoais.[ocultar]