Almeida Revista e Corrigida (1969) (RC69)
44

A astúcia de José para deter seus irmãos

441E DEU ordem ao que estava sobre a sua casa, dizendo: Enche os sacos destes varões de mantimento, quanto puderem levar, e põe o dinheiro de cada varão na boca do seu saco. 2E o meu copo, o copo de prata, porás na boca do saco do mais novo, com o dinheiro do seu trigo. E fez conforme a palavra de José, que tinha dito. 3Vinda a luz da manhã, despediram-se estes varões, eles com os seus jumentos. 4Saindo eles da cidade, e não se havendo ainda distanciado, disse José ao que estava sobre a sua casa: Levanta-te, e persegue aqueles varões; e, alcançando-os, lhes dirás: Por que pagastes mal por bem? 5Não é este o copo por que bebe meu senhor? e em que ele bem adivinha? Fizestes mal no que fizestes. 6E alcançou-os, e falou-lhes as mesmas palavras. 7E eles disseram-lhe: Por que diz meu senhor tais palavras? Longe estejam teus servos de fazerem semelhante cousa. 8Eis que o dinheiro,

44.8:
Gn 43.22
que temos achado nas bocas dos nossos sacos, te tornamos a trazer desde a terra de Canaã; como pois furtaríamos da casa do teu senhor prata ou ouro? 9Aquele
44.9:
Gn 31.32
dos teus servos em quem for achado, morra; e ainda nós seremos escravos do meu senhor. 10E ele disse: Ora seja também assim conforme as vossas palavras; aquele em quem se achar será meu escravo, porém vós sereis desculpados. 11E eles apressaram-se, e cada um pôs em terra o seu saco, e cada um abriu o seu saco. 12E buscou, começando no maior, e acabando no mais novo; e achou-se o copo no saco de Benjamim. 13Então rasgaram os seus vestidos,
44.13:
Gn 37.29,34
Nm 14.6
2Sm 1.11
e carregou cada um o seu jumento, e tornaram à cidade. 14E veio Judá com os seus irmãos à casa de José, porque ele ainda estava ali;
44.14:
Gn 37.7
e prostraram-se diante dele na terra. 15E disse-lhes José: Que é isto que fizestes? não sabeis vós que tal homem como eu bem adivinha?

A humilde súplica de Judá

16Então disse Judá: Que diremos a meu senhor? que falaremos? e como nos justificaremos? Achou Deus a iniquidade de teus servos;

44.16:
Ed 9.10
Jó 40.4
Nm 32.23
Js 7.18
Lc 12.2
eis que somos escravos de meu senhor, tanto nós como aquele em cuja mão foi achado o copo. 17Mas ele disse:
44.17:
Pv 17.15
Longe de mim que eu tal faça; o varão em cuja mão o copo foi achado, aquele será meu servo; porém vós subi em paz para vosso pai. 18Então Judá se chegou a ele, e disse: Ai! senhor meu, deixa, peço-te, o teu servo dizer uma palavra aos ouvidos de meu senhor, e não se acenda a tua ira contra o teu servo; porque tu és como Faraó. 19Meu senhor perguntou a seus servos, dizendo: Tendes vós pai, ou irmão? 20E dissemos a meu senhor: Temos um velho pai e um moço da sua velhice, o mais novo, cujo irmão é morto; e ele ficou só de sua mãe,
44.20:
Gn 37.3
e seu pai o ama. 21Então tu disseste a teus servos: Trazei-mo a mim, e porei os meus olhos sobre ele. 22E nós dissemos a meu senhor: Aquele moço não poderá deixar a seu pai; se deixar a seu pai, este morrerá. 23Então tu disseste a teus servos: Se vosso irmão mais novo não descer convosco,
44.23:
Gn 43.3,5
nunca mais vereis a minha face. 24E aconteceu que, subindo nós a teu servo meu pai, e contando-lhe as palavras de meu senhor, 25Disse nosso pai:
44.25:
Gn 43.2
Tornai, comprai-nos um pouco de mantimento. 26E nós dissemos: Não poderemos descer; mas, se nosso irmão menor for conosco, desceremos; pois não poderemos ver a face do varão, se este nosso irmão menor não estiver conosco. 27Então disse-nos teu servo, meu pai:
44.27:
Gn 30.23
35.18
46.19
Vós sabeis que minha mulher me deu dois filhos; 28E um ausentou-se de mim, e eu disse:
44.28:
Gn 37.33
Certamente foi despedaçado, e não o tenho visto até agora; 29Se agora também tirardes a este da minha face, e lhe, acontecer algum desastre, fareis descer as minhas cãs com dor à sepultura. 30Agora pois, indo eu a teu servo meu pai, e o moço não indo conosco, como a sua alma está atada com a alma dele, 31Acontecerá que, vendo ele que o moço ali não está, morrerá; e teus servos farão descer as cãs de teu servo, nosso pai, com tristeza à sepultura. 32Porque teu servo
44.32:
Gn 43.9
se deu por fiador por este moço para com meu pai, dizendo: Se não to tornar, eu serei culpado a meu pai todos os dias. 33Agora, pois, fique teu servo em lugar deste moço por escravo de meu senhor, e que suba o moço com os seus irmãos. 34Porque como subirei eu a meu pai, se o moço não for comigo? para que não veja eu o mal que sobrevirá a meu pai.

45

José dá-se a conhecer a seus irmãos

451ENTÃO José não se podia conter diante de todos os que estavam com ele; e clamou: Fazei sair daqui a todo o varão; e ninguém ficou com ele, quando José se deu a conhecer a seus irmãos. 2E levantou a sua voz com choro, de maneira que os egípcios o ouviam, e a casa de Faraó o ouviu. 3E disse José a seus irmãos: Eu sou José; vive ainda meu pai? E seus irmãos não lhe puderam responder, porque estavam pasmados diante da sua face. 4E disse José a seus irmãos: Peço-vos, chegai-vos a mim. E chegaram-se. Então disse ele: Eu sou José, vosso irmão, a quem vendestes para o Egito. 5Agora, pois, não vos entristeçais,

45.5:
Gn 37.28
2Cr 2.7
nem vos pese aos vossos olhos por me haverdes vendido para cá; porque para conservação da vida, Deus me enviou diante da vossa face. 6Porque já houve dois anos de fome no meio da terra, e ainda restam cinco anos em que não haverá lavoura nem sega. 7Pelo que Deus me enviou diante da vossa face, para conservar vossa sucessão na terra, e para guardar-vos em vida por um grande livramento. 8Assim não fostes vós que me enviastes para cá, senão Deus, que me tem posto por pai de Faraó,
45.8:
Jo 19.11
Gn 41.43
e por senhor de toda a sua casa, e como 45.8: ou governadorregente em toda a terra do Egito. 9Apressai-vos, e subi a meu pai, e dizei-lhe. Assim tem dito o teu filho José: Deus me tem posto por senhor em toda a terra do Egito; desce a mim, e não te demores; 10E habitarás na terra de Gósen,
45.10:
Gn 46.29
47.1,6
Êx 8.22
9.26
e estarás perto de mim, tu e os teus filhos, e os filhos dos teus filhos, e as tuas ovelhas, e as tuas vacas, e tudo o que tens. 11E ali te sustentarei, porque ainda haverá cinco anos de fome, para que não pereças de pobreza, tu e tua casa, e tudo o que tens. 12E eis que vossos olhos veem, e os olhos de meu irmão Benjamim, que é minha boca que vos fala. 13E fazei saber a meu pai toda a minha glória no Egito, e tudo o que tendes visto,
45.13:
At 7.14
e apressai-vos a fazer descer meu pai para cá. 14E lançou-se ao pescoço de Benjamim seu irmão, e chorou; e Benjamim chorou também ao seu pescoço.

Faraó ouve falar dos irmãos de José

15E beijou a todos os seus irmãos, e chorou sobre eles; e depois seus irmãos falaram com ele. 16E a nova ouviu-se na casa de Faraó, dizendo: Os irmãos de José são vindos; e pareceu bem aos olhos de Faraó, e aos olhos de seus servos. 17E disse Faraó a José: Dize a teus irmãos: Fazei isto, carregai os vossos animais e parti, tornai à terra de Canaã, 18E tornai a vosso pai, e a vossas famílias, e vinde a mim;

45.18:
Gn 47.6
e eu vos darei o melhor da terra do Egito, e comereis a fartura da terra. 19A ti pois é ordenado; fazei isto, tomai vós da terra do Egito carros para vossos meninos, para vossas mulheres, e para vosso pai, e vinde. 20E não vos pese cousa alguma das vossas alfaias; porque o melhor de toda a terra do Egito será vosso. 21E os filhos de Israel fizeram assim. E José deu-lhes carros, conforme o mandado de Faraó; também lhes deu comida para o caminho. 22A todos lhes deu, a cada um, mudas de vestidos; mas a Benjamim deu trezentas peças de prata,
45.22:
Gn 43.34
e cinco mudas de vestidos. 23E a seu pai enviou semelhantemente dez jumentos carregados do melhor do Egito, e dez jumentos carregados de trigo, e pão, e comida para seu pai, para o caminho. 24E despediu os seus irmãos, e partiram; e disse-lhes: Não contendais pelo caminho. 25E subiram do Egito, e vieram à terra de Canãa, a Jacó seu pai. 26Então lhe anunciaram, dizendo: José ainda vive, e ele também é regente em toda a terra do Egito.
45.26:
Jó 9.16
29.24
Sl 126.1
Lc 24.11,41
E o seu coração desmaiou, porque não os acreditava. 27Porém, havendo-lhe eles contado todas as palavras de José, que ele lhes falara e vendo ele os carros que José enviara para levá-lo, reviveu o espírito de Jacó seu pai. 28E disse Israel: Basta; ainda vive meu filho José; eu irei, e o verei antes que morra.

46

Jacó e toda a sua família descem ao Egito

461E PARTIU Israel com tudo quanto tinha, e veio a

46.1:
Gn 21.31
31.42,53
Berseba, e ofereceu sacrifícios ao Deus de seu pai Isaque. 2E falou Deus a Israel em visões de noite,
46.2:
Gn 15.1
Jó 33.15
e disse: Jacó, Jacó! E ele disse: Eis-me aqui. 3E disse: Eu sou Deus, o Deus de teu pai;
46.3:
Gn 12.2
Dt 26.5
não temas descer ao Egito, porque eu te farei ali uma grande nação. 4E descerei contigo ao Egito, e certamente te farei tornar a subir,
46.4:
Gn 15.16
50.1,13,25
Êx 3.8
At 7.15
e José porá a sua mão sobre os teus olhos. 5Então levantou-se Jacó de Berseba, e os filhos de Israel levaram a seu pai Jacó, e seus meninos, e as suas mulheres,
46.5:
Gn 45.19,27
nos carros que Faraó enviara para o levar. 6E tomaram o seu gado e a sua fazenda que tinham adquirido na terra de Canaã,
46.6:
Nm 20.15
Dt 26.5
Js 24.4
Sl 105.23
Is 52.4
e vieram ao Egito, Jacó e toda a sua semente com ele, 7Os seus filhos, e os filhos de seus filhos com ele, as suas filhas, e as filhas de seus filhos, e toda a sua semente levou consigo ao Egito. 8E estes são os nomes dos filhos de Israel,
46.8:
Êx 1.1
6.14
Nm 26.5
que vieram ao Egito, Jacó e seus filhos: Rúben, o primogênito de Jacó, 9E os filhos de Rúben: Enoque, e Palu, e Hezrom, e Carmi. 10E os filhos de Simeão: Jemuel, e Jamim, e Oade, e Jaquim, e Zoar, e Saul, filho de uma mulher cananeia. 11E os filhos de Levi: Gérson, Coate, e Merari. 12E os filhos de Judá:
46.12:
1Cr 2.3
Er, e Onã, e Selá, e Perez, e Zerá. Er e Onã, porém, morreram na terra de Canaã; e os filhos de Perez foram Hezrom e Hamul. 13E os filhos de Issacar: Tola, e Pua, e Jó, e Sinrom. 14E os filhos de Zebulom: Serede, e Elom, e Jaleel. 15Estes são os filhos de Leia, que deu a Jacó em Padã-Arã, com Diná, sua filha; todas as almas de seus filhos e de suas filhas foram trinta e três. 16E os filhos de Gade: Zifiom, e Hagi, Suni, e Esbom, Eri, e Arodi, e Areli. 17E os filhos de Aser: Imna, e Isvá, e Isvi, e Beria e Será, a irmã deles; e os filhos de Beria: Héber e Malquiel. 18Estes são os filhos de Zilpa,
46.18:
Gn 29.24
30.10
a qual Labão deu à sua filha Leia, e que deu a Jacó estas dezesseis almas. 19Os filhos de Raquel, mulher de Jacó: José e Benjamim. 20E nasceram a José na terra do Egito Manassés e Efraim, que lhe deu Asenate,
46.20:
Gn 41.50
filha de Potífera, sacerdote de On. 21E os filhos de Benjamim: Bela, Bequer e Asbel, Gera, e Naamã, Eí e Rôs, Mupim, e Hupim, e Arde. 22Estes são os filhos de Raquel, que nasceram a Jacó, ao todo quatorze almas. 23E os filhos de Dã: Husim. 24E os filhos de Naftali: Jazeel, e Guni, e Jezer, e Silém. 25Estes são os filhos de Bilha,
46.25:
Gn 29.29
a qual Labão deu à sua filha Raquel, e que deu estes a Jacó; todas as almas foram sete. 26Todas as almas que vieram com Jacó ao Egito, que saíram da sua coxa, fora as mulheres dos filhos de Jacó, todas foram sessenta e seis almas. 27E os filhos de José, que lhe nasceram no Egito, eram duas almas. Todas as almas da casa de Jacó, que vieram ao Egito,
46.27:
Dt 10.22
At 7.14
foram setenta.

O encontro de José com seu pai

28E Jacó enviou Judá diante da sua face a José, para o encaminhar a Gósen; e chegaram à

46.28:
Gn 47.1
terra de Gósen. 29Então José aprontou o seu carro, e subiu ao encontro de Israel, seu pai, a Gósen. E, mostrando-se-lhe, lançou-se ao seu pescoço, e chorou sobre o seu pescoço longo tempo. 30E Israel disse a José: Morra eu agora,
46.30:
Lc 2.29-30
pois já tenho visto o teu rosto, que ainda vives. 31Depois disse José a seus irmãos, e à casa de seu pai: Eu subirei, e anunciarei a Faraó, e lhe direi: Meus irmãos, e a casa de meu pai, que estavam na terra de Canaã, vieram a mim. 32E os varões são pastores de ovelhas, porque são homens de gado, e trouxeram consigo as suas ovelhas, e as suas vacas, e tudo o têm. 33Quando pois acontecer que Faraó vos chamar, e disser:
46.33:
Gn 47.3
Qual é o vosso 46.33: ou ocupaçãonegócio? 34Então direis:
46.34:
Gn 30.35
37.12
Êx 8.26
Teus servos foram homens de gado desde a nossa mocidade até agora, tanto nós como os nossos pais; para que habiteis na terra de Gósen; porque todo o pastor de ovelhas é abominação para os egípcios.