Almeida Revista e Corrigida (1969) (RC69)
42

A restauração do templo: as câmaras santas

421DEPOIS disto fez-me sair para fora, ao átrio exterior, para a banda do caminho do norte;

42.1:
Ez 41.12,15
e me levou às câmaras que estavam defronte do largo vazio, e que estavam defronte do edifício, da banda do norte. 2Do comprimento de cem côvados era a entrada do norte: e a largura era de cinquenta côvados. 3Em frente dos vinte côvados, que tinha o átrio interior, e em frente do pavimento que tinha o átrio exterior,
42.3:
Ez 41.16
havia galeria contra galeria em três andares. 4E diante das câmaras havia um passeio de dez côvados de largo, da banda de dentro, e um caminho dum côvado: e as suas entradas eram para o lado do norte. 5E as câmaras de cima eram mais estreitas; porque as galerias tomavam aqui mais espaço do que nas de baixo e nas do meio do edifício. 6Porque elas eram de três andares, e não tinham colunas como as colunas dos átrios; por isso desde o chão se iam estreitando mais do que as de baixo e as do meio. 7E o muro que estava por fora, defronte das câmaras, no caminho do átrio exterior, diante das câmaras, tinha cinquenta côvados de comprimento. 8Porque o comprimento das câmaras, que estavam no átrio exterior, era de cinquenta côvados; e eis que defronte do templo havia cem côvados. 9E da parte de baixo destas câmaras estava a entrada do lado do oriente, quando se entra nelas pelo átrio exterior. 10Na largura do muro do átrio para o caminho do oriente, diante do lugar separado, e diante do edifício, havia também câmaras. 11E o caminho
42.11:
Ez 42.4
de diante delas era da feição das câmaras, e olhava para o caminho do norte; conforme o seu comprimento, assim era a sua largura; e todas as suas saídas eram também conforme as suas feições, e conforme as suas entradas. 12E conforme as entradas das câmaras, que olhavam para o caminho do sul, havia também uma entrada do topo do caminho, do caminho diante do muro direito, para o caminho do oriente, quando se entra por elas. 13Então me disse: As câmaras do norte, e as câmaras do sul, que estão diante do lugar separado, são câmaras santas,
42.13:
Lv 6.16,26
24.9
em que os sacerdotes, que se chegam ao Senhor, comerão as cousas mais santas; ali porão as cousas mais santas,
42.13:
Lv 2.3,10
6.14,17,25,29
7.1
e as ofertas de comer, e a expiação pelo pecado, e a expiação pela culpa: porque o lugar é santo. 14Quando
42.14:
Ez 44.19
os sacerdotes entrarem, não sairão do santuário para o átrio exterior, mas porão ali as suas vestiduras com que ministraram, porque elas são santidade: e vestir-se-ão doutras vestiduras, e assim se aproximarão do lugar pertencente ao povo. 15E, acabando ele de medir o templo interior, ele me fez sair pelo caminho da porta, cuja face olha para o caminho do oriente; e mediu em redor. 16Mediu a banda oriental com a cana de medir, quinhentas canas com a cana de medir ao redor. 17Mediu a banda do norte, quinhentas canas com a cana de medir ao redor. 18A banda do sul também mediu, quinhentas canas com a cana de medir. 19Deu uma volta para a banda do ocidente, e mediu quinhentas canas com a cana de medir. 20Mediu pelas quatro bandas; e tinha um muro em redor,
42.20:
Ez 40.5
45.2
de quinhentas canas de comprimento, e quinhentas de largura, para fazer separação entre o santo e o profano.