Almeida Revista e Corrigida (1969) (RC69)
25

Deus manda o povo trazer ofertas para o tabernáculo

251ENTÃO falou o Senhor a Moisés, dizendo: 2Fala aos filhos de Israel, que me tragam uma oferta alçada: de todo

25.2:
Êx 35.5,21
1Cr 29.3,5,9,14
Ed 2.68
3.5
7.16
Ne 11.2
2Co 8.12
9.7
o homem cujo coração se mover voluntariamente, dele tomareis a minha oferta alçada. 3E esta é a oferta alçada que tomareis deles: ouro, e prata, e cobre, 4E azul, e púrpura, e carmesim, e linho fino, e pelos de cabras, 5E peles de carneiros tintas de vermelho, e peles de texugos, e madeira de 25.5: ou acáciacetim, 6Azeite
25.6:
Êx 27.20
30.23,34
para a luz, especiarias para o óleo da unção, e especiarias para o incenso, 7Pedras sardônicas, e pedras de engaste para o
25.7:
Êx 28.4,6,15
éfode e para o peitoral. 8E me farão
25.8:
Êx 29.45
36.1,3
Lv 4.6
Hb 3.6
9.1-2
1Rs 6.13
Ap 21.3
um santuário, e habitarei no meio deles. 9Conforme a tudo o que eu te mostrar para modelo do tabernáculo,
25.9:
Êx 25.40
e para modelo de todos os seus vasos, assim mesmo o fareis.

A arca de madeira de cetim

10Também farão uma arca

25.10:
Êx 37.1
Dt 10.3
Hb 9.4
de madeira de cetim: o seu comprimento será de dois côvados e meio, e a sua largura dum côvado e meio, e dum côvado e meio a sua altura. 11E cobri-la-ás de ouro puro, por dentro e por fora a cobrirás: e farás sobre ela uma coroa de ouro ao redor; 12E fundirás para ela quatro argolas de ouro, e as porás nos quatro cantos dela: duas argolas num lado dela, e duas argolas noutro lado dela. 13E farás varas de madeira de cetim, e as cobrirás com ouro, 14E meterás as varas nas argolas, aos lados da arca, para se levar com elas a arca. 15As varas estarão nas argolas da arca,
25.15:
1Rs 8.8
não se tirarão dela. 16Depois porás na arca o testemunho,
25.16:
Êx 16.34
Dt 10.2
2Rs 11.12
Hb 9.4
que eu te darei.

O propiciatório de ouro puro

17Também farás um

25.17:
Êx 37.6
Rm 3.25
Hb 9.5
propiciatório, de ouro puro: o seu comprimento será de dois côvados e meio, e a sua largura dum côvado e meio. 18Farás também dois querubins de ouro: de ouro batido os farás, nas duas extremidades do propiciatório. 19Farás um querubim na extremidade duma parte, e o outro querubim na extremidade da outra parte: de uma só peça com o propiciatório fareis os querubins nas duas extremidades dele. 20Os querubins estenderão as suas asas por de cima,
25.20:
1Rs 8.7
1Cr 28.18
cobrindo com as suas asas o propiciatório; as faces deles uma defronte da outra: as faces dos querubins estarão voltadas para o propiciatório. 21E porás o propiciatório em cima da arca,
25.21:
Êx 25.16
26.34
depois que houveres posto na arca o testemunho que eu te darei. 22E ali virei a ti,
25.22:
Êx 29.42-43
30.6
Lv 16.2
Nm 7.89
1Sm 4.4
2Sm 6.2
Sl 80.1
e falarei contigo de cima do propiciatório, do meio dos dois querubins (que estão sobre a arca do testemunho), tudo o que eu te ordenar para os filhos de Israel.

A mesa de madeira de cetim

23Também farás uma mesa de madeira de

25.23:
Êx 37.10
1Rs 7.48
2Cr 4.8
Hb 9.2
cetim; o seu comprimento será de dois côvados, e a sua largura dum côvado, e a sua altura de um côvado e meio, 24E cobri-la-ás com ouro puro: também lhe farás uma coroa de ouro ao redor. 25Também lhe farás uma moldura ao redor, da largura duma mão, e lhe farás uma coroa de ouro ao redor da moldura. 26Também lhe farás quatro argolas de ouro; e porás as argolas aos quatro cantos, que estão nos seus quatro pés. 27Defronte da moldura estarão as argolas, como lugares para os varais, para se levar a mesa. 28Farás pois estes varais de madeira de cetim, e cobri-los-ás com ouro; e levar-se-á com eles a mesa. 29Também farás os seus pratos
25.29:
Êx 37.16
Nm 4.7
e as suas colheres, e as suas cobertas, e as suas tigelas 25.29: ou com que se hão de derramar os licorescom que se hão de cobrir; de ouro puro os farás. 30E sobre a mesa porás o pão
25.30:
Lv 24.5-6
da proposição perante a minha face continuamente. 31Também farás um castiçal de ouro puro;
25.31:
Êx 37.17
1Rs 7.49
Zc 4.2
Hb 9.2
de ouro batido se fará este castiçal: o seu pé, as suas canas, as suas copas, as suas maçãs, e as suas flores serão do mesmo. 32E dos seus lados sairão seis canas: três canas do castiçal dum lado dele, e três canas do castiçal do outro lado dele. 33Numa cana haverá três copos a modo de amêndoas, uma maçã e uma flor; e três copos a modo de amêndoas na outra cana, uma maçã e uma flor: assim serão as seis canas que saem do castiçal. 34Mas no castiçal mesmo haverá quatro copos a modo de amêndoas, com suas maçãs e com suas flores; 35E uma maçã debaixo de duas canas que saem dele; e ainda uma maçã debaixo de duas outras canas que saem dele; e ainda mais uma maçã debaixo de duas outras canas que saem dele; assim se fará com as seis canas que saem do castiçal. 36As suas maçãs e as suas canas serão do mesmo; tudo será duma só peça, obra batida de ouro puro. 37Também lhe farás sete lâmpadas, as quais
25.37:
Êx 27.21
Lv 24.3
2Cr 13.11
Nm 8.2
se acenderão para alumiar defronte dele. 38Os seus espevitadores e os seus apagadores serão de ouro puro. 39Dum talento de ouro puro os farás,
25.39:
Êx 26.30
Nm 8.4
1Cr 28.11,19
At 7.44
Hb 8.5
com todos estes vasos. 40Atenta pois que o faças conforme ao seu modelo, que te foi mostrado no monte.