Almeida Revista e Corrigida (1969) (RC69)
19

Deus fala com Moisés no monte de Sinai

191AO terceiro mês da saída dos filhos de Israel da terra do Egito, no mesmo dia vieram

19.1:
Nm 33.15
ao deserto de Sinai. 2Tendo partido de Refidim,
19.2:
Êx 17.1
vieram ao deserto de Sinai, e acamparam-se no deserto: Israel pois ali acampou-se defronte
19.2:
Êx 3.1,12
do monte. 3E subiu Moisés a Deus,
19.3:
Êx 3.4
20.21
At 7.38
e o Senhor o chamou do monte, dizendo: Assim falarás à casa de Jacó, e anunciarás aos filhos de Israel: 4Vós tendes visto o que fiz aos egípcios,
19.4:
Dt 29.2
Is 63.9
como vos levei sobre asas de águias, e vos trouxe a mim; 5Agora pois, se diligentemente ouvirdes a minha voz,
19.5:
Dt 5.2
10.14
1Rs 8.53
Sl 135.4
Is 41.8
Ml 3.17
Tt 2.14
1Co 10.26
e guardardes o meu concerto, então sereis a minha propriedade peculiar dentre todos os povos: porque toda a terra é minha. 6E vós me sereis um
19.6:
1Pe 2.5,9
Ap 1.6
Lv 20.26
Is 62.12
1Co 3.17
1Ts 5.27
reino sacerdotal e o povo santo. Estas são as palavras que falarás aos filhos de Israel. 7E veio Moisés, e chamou os anciãos do povo, e expôs diante deles todas estas palavras, que o Senhor lhe tinha ordenado. 8Então todo o povo respondeu
19.8:
Êx 24.3,7
Dt 5.27
a uma voz, e disseram: Tudo o que o Senhor tem falado, faremos. E relatou Moisés ao Senhor as palavras do povo. 9E disse o Senhor a Moisés: Eis que eu virei a ti numa nuvem espessa, para
19.9:
Êx 14.31
19.16
20.21
Mt 17.5
Dt 4.12,36
Jo 12.29-30
que o povo ouça, falando eu contigo, e para que também te creiam eternamente. Porque Moisés tinha anunciado as palavras do seu povo ao Senhor. 10Disse também o Senhor a Moisés: Vai ao povo, e santifica-os
19.10:
Lv 11.44-45
Hb 10.22
Êx 19.14
Gn 35.2
hoje e amanhã, e lavem eles os seus vestidos; 11E estejam prontos para o terceiro dia: porquanto no terceiro dia o Senhor descerá
19.11:
Êx 19.16,18
34.5
Dt 33.2
diante dos olhos de todo o povo sobre o monte de Sinai. 12E marcarás limites ao povo em redor, dizendo: Guardai-vos que não subais ao monte
19.12:
Hb 12.20
nem toqueis o seu termo; todo aquele, que tocar no monte, certamente morrerá. 13Nenhuma mão tocará nele: porque certamente será apedrejado ou asseteado; quer seja animal, quer seja homem, não viverá; soando
19.13:
Êx 19.16,19
19.13: Hebr. o chifre do carneiroa buzina longamente, então subirão ao monte. 14Então Moisés desceu do monte ao povo, e santificou o povo;
19.14:
Êx 19.10
e lavaram os seus vestidos. 15E disse ao povo: Estai
19.15:
Êx 19.11
1Sm 21.4-5
1Co 7.5
prontos ao terceiro dia; e não chegueis a mulher. 16E aconteceu ao terceiro dia, ao amanhecer, que houve trovões
19.16:
Hb 12.18-19
Ap 4.5
Êx 40.34
2Cr 5.14
e relâmpagos sobre o monte, e uma espessa nuvem, e um sonido de buzina mui forte,
19.16:
Ap 1.10
4.1
Hb 12.21
de maneira que estremeceu todo o povo que estava no arraial. 17E Moisés levou
19.17:
Dt 4.10
o povo fora do arraial ao encontro de Deus; e puseram-se ao pé do monte. 18E todo o monte de Sinai
19.18:
Dt 4.11
Jz 5.5
Sl 68.8-9
Hc 3.3
2Co 7.1-3
Ap 15.8
Hb 12.26
fumegava, porque o Senhor descera sobre ele em fogo: e o seu fumo subiu como fumo dum forno, e todo o monte tremia grandemente. 19E o sonido da buzina ia crescendo em grande maneira:
19.19:
Êx 19.13
Ne 9.13
Moisés falava, e Deus lhe respondia em voz alta. 20E, descendo o Senhor sobre o monte de Sinai, sobre o cume do monte, chamou o Senhor a Moisés ao cume do monte; e Moisés subiu. 21E disse o Senhor a Moisés: Desce, protesta ao povo que não trespasse o termo para ver o Senhor,
19.21:
Êx 3.5
1Sm 6.19
a fim de muitos deles não perecerem. 22E também os sacerdotes, que se chegam ao Senhor, se hão de santificar,
19.22:
Lv 10.3
2Sm 6.7-8
para que o Senhor não se lance sobre eles. 23Então disse Moisés ao Senhor: O povo não poderá subir ao monte de Sinai, porque tu nos tens protestado, dizendo: Marca termos
19.23:
Êx 19.12
Js 3.4
ao monte, e santifica-o. 24E disse-lhe o Senhor: Vai, desce: depois subirás tu, e Aarão contigo: os sacerdotes, porém, e o povo não trespassem o termo para subir ao Senhor, para que não se lance sobre eles. 25Então Moisés desceu ao povo, e disse-lhes isto.

20

Os dez mandamentos

201ENTÃO falou Deus todas

20.1:
Dt 5.22
estas palavras, dizendo: 2Eu sou o Senhor teu Deus,
20.2:
Lv 26.1,13
Os 13.4
Êx 13.3
que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão. 3Não terás
20.3:
Dt 5.7
Jr 25.6
outros deuses diante de mim. 4Não farás para ti imagem
20.4:
Lv 26.1
Sl 97.7
de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas de baixo da terra. 5Não te encurvarás a elas
20.5:
Êx 23.24
34.14
Js 23.7
2Rs 17.35
Is 44.15,19
nem as servirás: porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus
20.5:
Js 24.19
Na 1.2
Êx 34.7
Nm 14.18,33
Is 14.20-21
zeloso, que visito a maldade dos pais nos filhos até à terceira e quarta geração daqueles que me aborrecem. 6E faço misericórdia
20.6:
Êx 34.7
Dt 7.9
Rm 11.28
em milhares aos que me amam e guardam os meus mandamentos. 7Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão: porque o Senhor não terá por inocente o
20.7:
Lv 19.12
Dt 5.11
Mt 5.33
que tomar o seu nome em vão. 8Lembra-te do dia do sábado, para o
20.8:
Êx 31.13-14
Lv 19.3,30
Dt 5.12
santificar. 9Seis dias trabalharás,
20.9:
Êx 23.12
Lv 23.3
Ez 20.12
Lc 13.14
e farás toda a tua obra, 10Mas o sétimo
20.10:
Gn 2.2-3
Êx 16.26
dia é o sábado do Senhor teu Deus: não farás nenhuma obra, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal nem o teu estrangeiro,
20.10:
Ne 13.16,19
que está dentro das tuas portas. 11Porque em seis dias fez o Senhor os céus e a terra, o mar e tudo que neles , e ao sétimo dia descansou: portanto abençoou o Senhor o dia do sábado, e o santificou. 12Honra a teu pai
20.12:
Dt 5.16
Mt 15.4
Mc 7.10
Lc 18.20
Ef 6.2
e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor teu Deus te dá. 13Não
20.13:
Dt 5.17
Mt 5.21
Rm 13.9
matarás. 14Não
20.14:
Dt 5.18
Mt 5.27
adulterarás. 15Não
20.15:
Lv 9.11
Mt 19.18
furtarás. 16Não dirás falso testemunho
20.16:
Êx 23.1
Dt 5.20
contra o teu próximo. 17Não cobiçarás a casa do teu próximo,
20.17:
Dt 5.21
Mq 2.2
Hc 2.9
Lc 12.15
Rm 7.7
Ef 5.3,5
Hb 13.5
Jr 5.8
Mt 5.28
não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem cousa alguma do teu próximo. 18E todo o povo viu os
20.18:
Hb 12.18
Êx 19.18
trovões e os relâmpagos, e o sonido da buzina, e o monte fumegando: e o povo, vendo isso, retirou-se e pôs-se de longe. 19E disseram a Moisés: Fala
20.19:
Hb 12.19
Dt 5.25
tu conosco, e ouviremos: e não fale Deus conosco, para que não morramos. 20E disse Moisés ao povo: Não temais,
20.20:
Is 41.10,13
Gn 22.1
Dt 4.10
que Deus veio para provar-vos, e para que o seu temor esteja diante de vós, para que não pequeis. 21E o povo estava em pé de longe: Moisés, porém, se chegou
20.21:
Êx 19.6
Dt 5.5
à escuridade, onde Deus estava. 22Então disse o Senhor a Moisés: Assim dirás aos filhos de Israel: Vós tendes visto que eu falei
20.22:
Dt 4.36
Ne 9.13
convosco desde os céus. 23Não fareis outros deuses comigo; deuses de prata
20.23:
Êx 32.4
2Rs 17.33
Dn 5.4,23
Sf 1.5
2Co 6.14-16
ou deuses de ouro não fareis para vós. 24Um altar de terra me farás, e sobre ele sacrificarás os teus holocaustos, e as tuas ofertas pacíficas, as tuas ovelhas,
20.24:
Lv 1.2
Dt 12.5,11,21
Ne 1.9
Jr 7.10,12
Dt 7.13
e as tuas vacas: em todo o lugar, onde eu fizer celebrar a memória do meu nome, virei a ti, e te abençoarei. 25E se me fizeres um altar de pedras,
20.25:
Dt 27.5
Js 8.31
não o farás de pedras lavradas: se sobre ele levantares o teu buril, profaná-lo-ás. 26Não subirás também por degraus ao meu altar, para que a tua nudez não seja descoberta diante deles.

21

As leis acerca dos servos e dos homicidas

211ESTES são os estatutos

21.1:
Êx 24.3-4
Dt 4.14
6.1
que lhes proporás: 2Se comprares um servo
21.2:
Lv 25.39-41
Dt 15.12
Jr 34.14
hebreu, seis anos servirá; mas ao sétimo sairá forro, de graça. 3Se entrou com o seu corpo, com o seu corpo sairá: se ele era homem casado, sairá sua mulher com ele. 4Se seu senhor lhe houver dado uma mulher, e ela lhe houver dado filhos ou filhas, a mulher e seus filhos serão de seu senhor, e ele sairá com seu corpo. 5Mas se aquele servo expressamente disser:
21.5:
Dt 15.16-17
Eu amo a meu senhor, e a minha mulher, e a meus filhos; não quero sair forro: 6Então seu senhor o levará
21.6:
Êx 12.12
22.8,28
aos juízes, e o fará chegar à porta, ou ao postigo, e seu senhor lhe furará a orelha com uma sovela; e o servirá para sempre. 7E se algum vender
21.7:
Ne 5.5
Êx 21.2-3
sua filha por serva, não sairá como saem os servos. 8Se desagradar aos olhos de seu senhor, e não se desposar com ela, fará que se resgate: não poderá vendê-la a um povo estranho, usando deslealmente com ela. 9Mas se a desposar com seu filho, fará com ela conforme ao direito das filhas. 10Se lhe tomar outra, não diminuirá o mantimento desta, nem o seu vestido, nem a sua obrigação
21.10:
1Co 7.5
marital. 11E se lhe não fizer estas três cousas, sairá de graça, sem dar dinheiro. 12Quem ferir alguém,
21.12:
Gn 9.6
Lv 24.17
Nm 35.30
Mt 26.52
que morra, ele também certamente morrerá; 13Porém se lhe não
21.13:
Dt 19.4-5
1Sm 24.4,10,18
Nm 35.11
Js 20.2
armou ciladas, mas Deus o fez encontrar nas suas mãos, ordenar-te-ei um lugar, para onde ele fugirá. 14Mas se alguém se ensoberbecer contra o seu próximo,
21.14:
Nm 15.30
Dt 19.11-12
Hb 10.26
1Rs 2.28,34
matando-o com engano, tirá-lo-ás do meu altar, para que morra. 15O que ferir a seu pai, ou a sua mãe, certamente morrerá. 16E quem furtar algum
21.16:
Dt 24.7
Gn 37.28
homem, e o vender, ou for achado na sua mão, certamente morrerá.

As leis acerca dos que amaldiçoam os pais ou ferem qualquer pessoa

17E quem amaldiçoar

21.17:
Lv 20.9
Pv 20.20
Mt 15.4
Mc 7.10
a seu pai ou a sua mãe, certamente morrerá. 18E se alguns homens pelejarem, ferindo um ao outro com pedra ou com o punho, e este não morrer, mas cair na cama; 19Se ele tornar a levantar-se e andar fora sobre o seu bordão, então aquele que o feriu será absolvido:
21.19:
2Sm 3.29
somente lhe pagará o tempo que perdera e o fará curar totalmente. 20Se alguém ferir a seu servo, ou a sua serva com pau, e morrerem debaixo da sua mão, certamente será 21.20: ou vingadocastigado; 21Porém se ficarem vivos por um ou dois dias, não será castigado,
21.21:
Lv 25.45-46
porque é seu dinheiro. 22Se alguns homens pelejarem, e ferirem uma mulher grávida, e forem causa de que aborte, porém se não houver morte, certamente será multado
21.22:
Êx 21.30
Dt 22.18-19
conforme ao que lhe impuser o marido da mulher, e pagará diante dos juízes. 23Mas se houver morte, então darás vida por vida, 24Olho por olho,
21.24:
Lv 24.20
Mt 5.38
dente por dente, mão por mão, pé por pé, 25Queimadura por queimadura, ferida por ferida, golpe por golpe. 26E quando alguém ferir o olho do seu servo, ou o olho da sua serva, e o danificar, o deixará ir forro pelo seu olho. 27E se tirar o dente do seu servo, ou o dente da sua serva, o deixará ir forro pelo seu dente. 28E se algum boi escornear homem ou mulher, que morra, o boi será apedrejado
21.28:
Gn 9.5
certamente, e a sua carne se não comerá; mas o dono do boi será absolvido. 29Mas se o boi dantes era escorneador, e o seu dono foi conhecedor disso e não o guardou, matando homem ou mulher, o boi será apedrejado, e também o seu dono morrerá. 30Se lhe for imposto resgate, então dará
21.30:
Êx 21.22
Nm 35.31
como resgate da sua vida tudo quanto lhe for imposto, 31Quer tenha escorneado um filho, quer tenha escorneado uma filha; conforme a este estatuto lhe será feito. 32Se o boi escornear um servo, ou uma serva, dar-se-á
21.32:
Zc 11.12-13
Mt 26.15
Êx 21.28
trinta siclos de prata ao seu senhor, e o boi será apedrejado. 33Se alguém abrir uma cova, ou se alguém cavar uma cova, e não a cobrir, e nela cair um boi ou jumento, 34O dono da cova o pagará, ao seu dono o dinheiro restituirá; mas o morto será seu. 35Se o boi de alguém ferir de morte o boi do seu próximo, então se venderá o boi vivo, e o dinheiro dele se repartirá igualmente, e também o morto se repartirá igualmente. 36Mas se foi notório que aquele boi dantes era escorneador, e seu dono não o guardou, certamente pagará boi por boi; porém o morto será seu.