Almeida Revista e Corrigida (1969) (RC69)
3

A construção do templo começa

31E COMEÇOU Salomão

3.1:
Gn 22.2,14
1Rs 6.1
a edificar a casa do Senhor em Jerusalém, no monte de Moriá, onde o Senhor se tinha mostrado a Davi seu pai, no lugar que Davi tinha preparado na
3.1:
1Cr 21.18
22.1
eira de Ornã, jebuseu, 2E começou a edificar no segundo mês, no dia segundo, no ano quarto do seu reinado. 3E estes foram os fundamentos
3.3:
1Rs 6.2
que Salomão pôs para edificar a casa de Deus: O comprimento em côvados, segundo a medida primeira, de sessenta côvados, e a largura de vinte côvados. 4E o alpendre,
3.4:
1Rs 6.3
que estava na frente, de comprimento, segundo a largura da casa, era de vinte côvados, e a altura de cento e vinte, o que dentro cobriu com ouro puro. 5E a casa grande forrou
3.5:
1Rs 6.17
com madeira de faia; e então a cobriu com ouro fino; e fez sobre ela palmas e cadeias. 6Também a casa adornou de pedras preciosas para ornamento: e o ouro era ouro de Parvaim. 7Também na casa cobriu as traves, os umbrais, e as suas paredes, e as suas portas, com ouro: e lavrou querubins nas paredes. 8Fez mais a 3.8: ou Casa Santíssimacasa da santidade das santidades, cujo comprimento, segundo a largura da casa, era de vinte côvados, e a sua largura de vinte côvados: e cobriu-a de ouro fino, do peso de seiscentos talentos. 9O peso dos pregos era de cinquenta siclos de ouro: e cobriu de ouro os cenáculos.

Os dois querubins

10Também fez

3.10:
1Rs 6.23
na casa da santidade das santidades dois querubins 3.10: ou de obra de imagemna forma de andantes, e cobriu-os de ouro. 11E, quanto às asas dos querubins, o seu comprimento era de vinte côvados; a asa dum deles de cinco côvados, e tocava na parede da casa; e a outra asa de cinco côvados, e tocava na asa do outro querubim. 12Também a asa do outro querubim era de cinco côvados, e tocava na parede da casa: era também a outra asa de cinco côvados, e estava pegada à asa do outro querubim. 13E as asas destes querubins se estendiam vinte côvados: e estavam postos em pé, e os seus rostos virados para a casa. 14Também fez o véu
3.14:
Êx 26.31
Mt 27.51
Hb 9.3
de azul, e púrpura, e carmesim, e linho fino: e pôs sobre ele querubins. 15Fez também diante da casa duas colunas
3.15:
1Rs 7.15-28
Jr 52.21
de trinta e cinco côvados de altura; e o capitel, que estava sobre cada uma, era de cinco côvados. 16Também fez as cadeias, como no oráculo, e as pôs sobre as cabeças das colunas: fez também cem romãs, as quais pôs entre as cadeias. 17E levantou as
3.17:
1Rs 7.20-21
colunas diante do templo, uma à direita, e outra à esquerda; e chamou o nome da que estava à direita 3.17: Hebr. ele estabeleceráJaquim, e o nome da que estava à esquerda Boaz.

4

O altar e o mar de bronze

41TAMBÉM fez

4.1:
Êx 27.1-2
2Rs 16.14
Ez 43.13,16
um altar de metal de vinte côvados de comprimento, e de vinte côvados de largura, e dez côvados de altura. 2Fez também
4.2:
1Rs 7.23
o mar de fundição, de dez côvados duma borda até à outra, redondo, e de cinco côvados de alto; cingia-o em roda um cordão de trinta côvados. 3E por baixo
4.3:
1Rs 7.24-26
dele havia figuras de bois, que ao redor o cingiam, e por dez côvados cercavam aquele mar ao redor: e tinha duas carreiras de bois, fundidos na sua fundição. 4E estava sobre doze bois; três que olhavam para o norte, e três que olhavam para o ocidente, e três que olhavam para o sul, e três que olhavam para o oriente; e o mar estava posto sobre eles: e as suas partes posteriores estavam para a banda de dentro. 5E tinha um palmo de grossura, e a sua borda foi feita como a borda dum copo, ou como uma flor-de-lis, da capacidade de três mil batos. 6Também fez
4.6:
1Rs 7.26,38
dez pias; e pôs cinco à direita, e cinco à esquerda, para lavarem nelas; o que pertencia ao holocausto o lavavam nelas: porém o mar era para que os sacerdotes se lavassem nele. 7Fez
4.7:
Êx 25.31,40
1Rs 7.49
1Cr 28.12,19
também dez castiçais de ouro, segundo a sua forma, e pô-los no templo, cinco à direita, e cinco à esquerda. 8Também fez
4.8:
1Rs 7.48
dez mesas, e pô-las no templo, cinco à direita, e cinco à esquerda; também fez cem bacias de ouro. 9Fez mais
4.9:
1Rs 6.36
o pátio dos sacerdotes, e o pátio grande: como também as portadas para o pátio, e as suas portas cobriu de cobre. 10E
4.10:
1Rs 7.39
o mar pôs ao lado direito, para a banda do oriente, para o sul. 11Também Hirão
4.11:
1Rs 7.40
fez as caldeiras, e as pás, e as bacias: assim acabou Hirão de fazer a obra, que fazia para o rei Salomão, na casa de Deus: 12As duas colunas, e os globos, e os dois capitéis
4.12:
1Rs 7.41
sobre as cabeças das colunas: e as duas redes, para cobrir os dois globos dos capitéis, que estavam sobre a cabeça das colunas. 13E as quatrocentas
4.13:
1Rs 7.20
romãs para as duas redes: duas carreiras de romãs para cada rede, para cobrirem os dois globos dos capitéis que estavam em cima das colunas. 14Também fez
4.14:
1Rs 7.27,43
as bases: e as pias pôs sobre as bases; 15Um mar, e os doze bois, debaixo dele; 16Semelhantemente os potes, e as pás, e os garfos, e todos os seus vasos, fez Hirão Abiú
4.16:
1Rs 7.14-15
ao rei Salomão, para a casa do Senhor, de cobre purificado. 17Na campina
4.17:
1Rs 7.46
do Jordão os fundiu o rei na terra argilosa, entre Sucote e Zeredata. 18E fez Salomão todos
4.18:
1Rs 7.47
estes vasos em grande abundância, porque o peso do cobre se não esquadrinhava. 19Fez
4.19:
Êx 25.30
1Rs 7.48-50
também Salomão todos os vasos que eram para a casa de Deus, como também o altar de ouro, e as mesas, sobre as quais estavam os pães da proposição. 20E os castiçais com as suas lâmpadas de ouro finíssimo, para as acenderem segundo
4.20:
Êx 27.20-21
o costume, perante o oráculo. 21E as flores,
4.21:
Êx 25.31
e as lâmpadas, e os 4.21: ou tenazesespevitadores eram de ouro, do mais perfeito ouro. 22Como também os 4.22: ou espevitadoresgarfos, e as bacias, e as 4.22: ou colherestaças, e os incensários, de ouro finíssimo: e quanto à entrada da casa, as suas portas de dentro da santidade das santidades, e as portas da casa do templo, eram de ouro.

5

51ASSIM se acabou toda a obra, que Salomão fez para a casa do Senhor; então trouxe

5.1:
1Rs 7.51
Salomão as cousas consagradas de seu pai Davi, a prata, e o ouro, e todos os vasos, e pô-los entre os tesouros da casa de Deus.

A arca é levada para o santuário do templo

2Então

5.2:
1Rs 8.1
Salomão convocou em Jerusalém os anciãos de Israel e todos os chefes das tribos, os príncipes dos pais entre os filhos de Israel, para fazerem
5.2:
2Sm 6.13
subir a arca do concerto do Senhor, da cidade de Davi, que é Sião. 3E todos o homens
5.3:
1Rs 8.2
2Cr 7.8-10
de Israel se congregaram ao rei na festa, que foi no sétimo mês. 4E vieram todos os anciãos de Israel; e os levitas levantaram a arca. 5E fizeram subir a arca, e a tenda da congregação, com todos os vasos sagrados, que estavam na tenda: os sacerdotes e os levitas fizeram subir. 6Então o rei Salomão, e toda a congregação de Israel, que se tinha congregado com ele, diante da arca, sacrificaram carneiros, e bois, que se não podiam contar, nem numerar, por causa da sua multidão. 7Assim trouxeram os sacerdotes a arca do concerto do Senhor ao seu lugar, ao oráculo da casa, à 5.7: ou Casa Santíssimasantidade das santidades, até debaixo das asas dos querubins. 8Porque os querubins estendiam ambas as asas sobre o lugar da arca, e os querubins por cima cobriam a arca e os seus varais. 9Então os varais sobressaíram, para que as pontas dos varais da arca se vissem perante o oráculo, mas não se vissem de fora: e esteve ali até ao dia de hoje. 10Na arca não havia senão somente as duas tábuas, que Moisés tinha posto junto a
5.10:
Dt 10.2,5
2Cr 6.11
Horebe, quando o Senhor fez concerto com os filhos de Israel saindo eles do Egito. 11E sucedeu que, saindo os sacerdotes do santuário (porque todos os sacerdotes, que se acharam, se santificaram, sem guardarem as suas turmas. 12E
5.12:
1Cr 25.1
os levitas, cantores de todos eles, de Asafe, de Hemã, de Jedutum, e seus filhos, e seus irmãos, vestidos de linho fino, com címbalos e com alaúdes e com harpas, estavam em pé para o oriente do altar; e
5.12:
1Cr 15.24
com eles até cento e vinte sacerdotes, que tocavam as trombetas), 13Eles uniformemente tocavam as trombetas, e cantavam para fazerem ouvir uma só voz, bendizendo e louvando ao Senhor: e, levantando eles a voz com trombetas, e címbalos e outros instrumentos músicos, e bendizendo ao Senhor, porque era bom,
5.13:
1Cr 16.34,41
porque a sua benignidade durava para sempre, a casa se encheu duma nuvem, a saber, a casa do Senhor. 14E não podiam os sacerdotes ter-se em pé, para ministrar, por causa da nuvem, porque
5.14:
Êx 40.35
2Cr 7.2
a glória do Senhor encheu a casa de Deus.