Almeida Revista e Corrigida (1969) (RC69)
25

Amazias vence os edomitas

251ERA Amazias

25.1:
2Rs 14.1
da idade de vinte e cinco anos quando começou a reinar e reinou vinte e nove anos em Jerusalém; e era o nome de sua mãe Joadã, de Jerusalém. 2E fez o que era reto aos olhos do Senhor,
25.2:
2Rs 14.4
2Cr 25.14
porém não com coração inteiro. 3Sucedeu pois
25.3:
2Rs 14.5
que, sendo-lhe o reino já confirmado, matou a seus servos que feriram o rei seu pai; 4Porém não matou a seus filhos, mas fez como na lei está escrito, no livro de Moisés, como o Senhor ordenou, dizendo: Não morrerão os pais
25.4:
Dt 24.16
2Rs 14.6
Jr 31.30
Ez 18.20
pelos filhos, nem filhos morrerão pelos pais; mas cada um morrerá pelo seu pecado. 5E Amazias ajuntou a Judá, e os pôs segundo as casas dos pais, por chefes de milhares, e por chefes de centenas, por todo o Judá e Benjamim; e os numerou, de vinte anos e
25.5:
Nm 1.3
daí para cima e achou deles trezentos mil escolhidos que saíam ao exército, e levavam lança e escudo. 6Também de Israel tomou a soldo cem mil varões valentes, por cem talentos de prata. 7Porém um homem de Deus veio a ele, dizendo: Ó rei, não deixes ir contigo o exército de Israel; porque o Senhor não é com Israel, a saber, com os filhos de Efraim. 8Se porém, fores, faze-o, esforça-te para a peleja; Deus te fará cair diante do inimigo; porque força há em Deus
25.8:
2Cr 20.6
para ajudar e para fazer cair. 9E disse Amazias ao homem de Deus: Que se fará pois dos cem talentos de prata que dei às tropas de Israel? E disse o homem de Deus: Mais tem o Senhor que te
25.9:
Pv 10.22
dar do que isso. 10Então separou Amazias as tropas que lhe tinham vindo de Efraim, para que se fossem ao seu lugar; pelo que se acendeu a sua ira contra Judá, e voltaram para o seu lugar em ardor de ira. 11Esforçou-se pois Amazias, e conduziu o seu povo,
25.11:
2Rs 14.7
e foi-se ao vale do sal; e feriu dos filhos de Seir dez mil. 12Também os filhos de Judá prenderam vivos dez mil, e os trouxeram ao cume da rocha; e do mais alto da rocha os lançaram abaixo, e todos arrebentaram. 13Porém os homens das tropas, que Amazias despedira, para que não fossem com ele à peleja, deram sobre as cidades de Judá, desde Samaria, até Betorom; e feriram deles três mil, e saquearam grande despojo.

Deus castiga Amazias por causa da idolatria!

14E sucedeu que, depois que Amazias veio da matança dos idumeus, trouxe consigo os deuses dos filhos de Seir, tomou-os por seus deuses,

25.14:
Êx 20.3,5
2Cr 28.23
e prostrou-se diante deles, e queimou-lhes incenso. 15Então a ira do Senhor se acendeu contra Amazias, e mandou-lhe um profeta que lhe disse: Por que buscaste deuses do povo, que a seu
25.15:
2Cr 25.11
povo não livraram da tua mão? 16E sucedeu que, falando-lhe ele, lhe respondeu: Puseram-te por conselheiro do rei? cala-te, por que te feririam? Então o profeta parou, e disse: Bem vejo eu que já o Senhor deliberou
25.16:
1Sm 2.25
destruir-te; porquanto fizeste isto, e não deste ouvidos a meu conselho. 17E, tendo tomado conselho, Amazias
25.17:
2Rs 14.8-9
rei de Judá, enviou a Joás, filho de Joacaz, filho de Jeú, rei de Israel, a dizer: Vem, vejamo-nos cara a cara. 18Porém Joás, rei de Israel mandou dizer a Amazias, rei de Judá: O cardo que estava no Líbano mandou dizer ao cedro que estava no Líbano: Dá tua filha a meu filho por mulher; porém os animais do campo que estão no Líbano passaram e pisaram o cardo. 19Tu dizes: Eis que tenho ferido os idumeus; e elevou-se o teu coração, para te gloriares; agora pois fica em tua casa; por que te meterias no mal, para caíres tu e Judá contigo? 20Porém Amazias não lhe deu ouvidos, porque isto vinha
25.20:
1Rs 12.15
2Cr 22.7
25.14
de Deus, para entregá-los na mão dos seus inimigos; porquanto buscaram os deuses dos idumeus. 21E Joás, rei de Israel, subiu; e ele e Amazias, rei de Judá, se viram cara a cara em Bete-Semens, que está em Judá. 22E Judá foi ferido diante de Israel: e foi cada um para as suas tendas. 23E Joás, rei de Israel, prendeu a Amazias, rei de Judá, filho de Joás, o filho de
25.23:
2Cr 21.17
22.1,6
Joacaz, em Bete-Semes, e o trouxe a Jerusalém; e derribou o muro de Jerusalém, desde a porta de Efraim até à porta da esquina, quatrocentos côvados. 24Também tomou todo o ouro, e a prata, e todos os vasos que se acharam na casa de Deus com Obede-Edom, e os tesouros da casa do rei, e os reféns, e voltou para Samaria. 25E viveu Amazias,
25.25:
2Rs 14.17
filho de Joás, rei de Judá, depois da morte de Joás, filho de Joacaz, rei de Israel, quinze anos. 26Quanto ao mais dos sucessos de Amazias, tanto os primeiros como os últimos, eis que porventura não estão escritos no livro dos reis de Judá e de Israel? 27E desde o tempo que Amazias se desviou do Senhor, conspiraram contra ele em Jerusalém, porém ele fugiu para Laquis; mas enviaram após ele a Laquis, e o mataram ali. 28E o trouxeram sobre cavalos e o sepultaram com seus pais na cidade de Judá.

26

Uzias reina e prospera

261ENTÃO todo o povo

26.1:
2Rs 14.21-22
15.1
tomou a Uzias, que era da idade de dezesseis anos, e o fizeram rei em lugar de seu pai Amazias. 2Este edificou a Elode, e a restituiu a Judá, depois que o rei adormeceu com seus pais. 3Era Uzias da idade de dezesseis anos quando começou a reinar, e cinquenta e cinco anos reinou em Jerusalém; e era o nome de sua mãe Jecolia, de Jerusalém. 4E fez o que era reto aos olhos do Senhor; conforme a tudo o que fizera Amazias seu pai. 5Porque deu-se a
26.5:
Gn 41.15
2Cr 24.2
Dn 1.17
2.19
10.1
buscar a Deus nos dias de Zacarias, entendido nas visões de Deus: e nos dias em que buscou ao Senhor, Deus o fez prosperar. 6Porque saiu, e guerreou
26.6:
Is 14.29
contra os filisteus, e quebrou o muro de Gate, e o muro de Jabné, e o muro de Asdode; e edificou cidades em Asdode, e entre os filisteus. 7E Deus o ajudou contra
26.7:
2Cr 21.16
os filisteus e contra os arábios que habitavam em Gur-Baal, e contra os meunitas. 8E os amonitas
26.8:
2Sm 8.2
2Cr 17.11
deram presentes a Uzias: e o seu renome foi espalhado até à entrada do Egito, porque se fortificou altamente. 9Também Uzias edificou torres em Jerusalém,
26.9:
2Rs 14.13
Ne 3.13,19,32
Zc 14.10
à porta da esquina, e à porta do vale, e aos ângulos, e as fortificou. 10Também edificou torres no deserto, e cavou muitos poços; porque tinha muito gado, tanto nos vales como nas campinas; lavradores e vinhateiros, nos montes e nos campos férteis; porque era amigo da agricultura. 11Tinha também Uzias um exército de homens destros nas armas, que saíam à guerra, em tropas, segundo o número da lista feita, por mão de Jeiel, chanceler, e Maaseias, oficial, debaixo da mão de Hananias, um dos príncipes do rei. 12Todo o número dos chefes dos pais, varões valentes, era de dois mil e seiscentos. 13E debaixo das suas ordens havia um exército guerreiro de trezentos e sete mil e quinhentos homens, que faziam a guerra com força belicosa, para ajudar o rei contra os inimigos. 14E preparou-lhes Uzias, para todo o exército, escudos, e lanças, e capacetes, e couraças e arcos; e até fundas para atirar pedras. 15Também fez em Jerusalém máquinas da invenção de engenheiros, que estivessem nas torres e nos cantos, para atirarem frechas e grandes pedras: e voou a sua fama até muito longe; porque foi maravilhosamente ajudado até que se tornou forte.

Uzias é atacado de lepra

16Mas, havendo-se já

26.16:
Dt 8.14
32.15
2Cr 25.19
fortificado, exaltou-se o seu coração até se corromper; e transgrediu contra o Senhor, seu Deus, porque entrou
26.16:
2Rs 16.12-13
no templo do Senhor para queimar incenso no altar do incenso. 17Porém o sacerdote Azarias entrou após ele,
26.17:
1Cr 6.10
e com ele oitenta sacerdotes do Senhor, varões valentes. 18E resistiram ao rei Uzias, e lhe disseram: A ti, Uzias, não compete queimar incenso perante o Senhor, mas aos sacerdotes,
26.18:
Êx 30.7-8
Nm 16.40
18.7
filhos de Aarão, que são consagrados para queimar incenso; sai do santuário, porque transgrediste; e não será isto para honra tua da parte do Senhor Deus. 19Então Uzias se indignou; e tinha o incensário na sua mão para queimar incenso; indignando-se ele pois contra os sacerdotes, a lepra lhe saiu à
26.19:
Nm 12.10
2Rs 5.27
testa perante os sacerdotes, na casa do Senhor, junto ao altar do incenso. 20Então o sumo sacerdote Azarias olhou para ele, como também todos os sacerdotes, e eis que já estava leproso na sua testa, e apressuradamente o lançaram fora; e até ele mesmo se deu pressa a sair, visto que o Senhor o ferira. 21Assim ficou leproso
26.21:
Lv 13.46
Nm 5.2
2Rs 15.5
o rei Uzias até ao dia da sua morte; e morou, por ser leproso, numa casa separada, porque foi excluído da casa do Senhor; e Jotão, seu filho, tinha o cargo da casa do rei, julgando o povo da terra. 22Quanto ao mais dos sucessos de Uzias,
26.22:
Is 1.1
tanto os primeiros como os derradeiros, o profeta Isaías, filho de Amós, o escreveu. 23E dormiu
26.23:
2Rs 15.7
Is 6.1
Uzias com seus pais, e o sepultaram com seus pais no campo do sepulcro que era dos reis; porque disseram: Leproso é. E Jotão, seu filho, reinou em seu lugar.

27

Jotão reina bem e vence os amonitas

271TINHA Jotão

27.1:
2Rs 15.32
vinte e cinco anos de idade, quando começou a reinar, e dezesseis anos reinou em Jerusalém; e era o nome de sua mãe Jerusa, filha de Zadoque. 2E fez o que era reto aos olhos do Senhor, conforme a tudo o que fizera Uzias, seu pai, exceto que não entrou no templo do Senhor.
27.2:
2Rs 15.35
E ainda o povo se corrompia. 3Este edificou a porta alta da casa do Senhor, e também edificou muito sobre o muro de Ofel. 4Também edificou cidades nas montanhas de Judá, e edificou nos bosques castelos e torres. 5Ele também guerreou contra o rei dos filhos de Amom, e prevaleceu sobre eles, de modo que os filhos de Amom naquele ano lhe deram cem talentos de prata, e dez mil coros de trigo, e dez mil de cevada: isto lhe trouxeram os filhos de Amom também o segundo e o terceiro ano. 6Assim se fortificou Jotão, porque dirigiu os seus caminhos na presença do Senhor seu Deus. 7O resto pois dos sucessos de Jotão, e todas as suas guerras e os seus caminhos, eis que está escrito no livro dos reis de Israel e de Judá. 8Tinha vinte e cinco anos de idade, quando começou a reinar, e dezesseis anos reinou em Jerusalém. 9E dormiu Jotão
27.9:
2Rs 15.38
com seus pais, e o sepultaram na cidade de Davi; e Acaz, seu filho, reinou em seu lugar.