Almeida Revista e Corrigida (1969) (RC69)
6

Salomão edifica o templo

61E SUCEDEU

6.1:
2Cr 3.1-2
que no ano de quatrocentos e oitenta, depois de saírem os filhos de Israel do Egito, no ano quarto do reinado de Salomão sobre Israel, no mês de Zive (este é o mês segundo), começou a
6.1:
At 7.47
edificar a casa do Senhor. 2E a casa
6.2:
Ez 41.1
que o rei Salomão edificou ao Senhor era de sessenta côvados de comprimento, e de vinte côvados de largura, e de trinta côvados de altura. 3E o pórtico diante do templo da casa era de vinte côvados de comprimento, segundo a largura da casa, e de dez côvados de largura diante da casa. 4E fez à casa janelas
6.4:
Ez 40.16
41.16
de vista estreita. 5Edificou em redor da parede da casa câmaras,
6.5:
1Rs 6.16,19-21,31
Ez 41.6
em redor das paredes da casa, tanto do templo como do oráculo: e assim lhe fez câmaras colaterais em redor. 6A câmara de baixo era de cinco côvados de largura, e a do meio de seis côvados de largura, e a terceira de sete côvados de largura; porque pela parte de fora da casa em redor fizera encostos, para não travarem das paredes da casa. 7E edificava-se a casa
6.7:
Dt 27.5-6
1Rs 5.18
com pedras preparadas, como as traziam se edificava; de maneira que nem martelo, nem machado, nem nenhum outro instrumento de ferro se ouviu na casa quando a edificavam. 8A porta da câmara do meio estava à banda direita da casa, e por caracóis se subia à do meio, e da do meio à terceira. 9Assim pois edificou
6.9:
1Rs 6.14,38
a casa, e a aperfeiçoou: e cobriu a casa com pranchões e tabuados de cedro. 10Também edificou as câmaras a toda a casa de cinco côvados de altura, e as travou com a casa com madeira de cedro. 11Então veio a palavra do Senhor a Salomão, dizendo: 12Quanto a esta casa que tu edificas, se
6.12:
1Rs 2.4
9.4
andares nos meus estatutos, e fizeres os meus juízos, e guardares todos os meus mandamentos, andando neles, confirmarei para contigo a minha palavra, a qual falei a
6.12:
2Sm 7.13
1Cr 22.10
Davi, teu pai: 13E habitarei
6.13:
Êx 25.8
Lv 26.11
Dt 31.6
2Co 6.16
Ap 21.3
no meio dos filhos de Israel, e não desampararei o meu povo de Israel. 14Assim edificou Salomão
6.14:
1Rs 6.38
aquela casa, e a aperfeiçoou. 15Também cobriu as paredes da casa por dentro com tábuas de cedro; desde o soalho da casa até ao teto tudo cobriu com madeira por dentro: e cobriu o soalho da casa com tábuas de faia. 16Edificou mais vinte côvados de tábuas de cedro nos lados da casa, desde o soalho até às paredes: e por dentro lhas edificou para o oráculo, para
6.16:
Êx 26.33
Lv 16.2
1Rs 8.6
2Cr 3.8
Ez 45.3
Hb 9.3
o Santo dos Santos. 17Era pois a casa de quarenta côvados, a saber: o templo interior. 18E o cedro da casa por dentro era lavrado de botões e flores abertas: tudo era cedro, pedra nenhuma se via. 19E por dentro da casa interior preparou o oráculo, para pôr ali a arca do concerto do Senhor. 20E o oráculo no interior era de vinte côvados de comprimento, e de vinte côvados de largura, e de vinte côvados de altura: e o cobriu de ouro puro: também cobriu de cedro o altar. 21E cobriu Salomão a casa por dentro de ouro puro: e com cadeias de ouro pôs um véu diante do oráculo, e o cobriu com ouro. 22Assim toda a casa cobriu de ouro, até acabar toda a casa: também todo o altar que estava
6.22:
Êx 30.1,3,6
diante do oráculo cobriu de ouro. 23E no oráculo fez dois
6.23:
Êx 37.7-9
2Cr 3.10-12
querubins de madeira de oliveira, cada um da altura de dez côvados. 24E uma asa dum querubim era de cinco côvados, e a outra asa do querubim de outros cinco côvados; dez côvados havia desde a extremidade duma das suas asas até à extremidade da outra das suas asas. 25Assim era também de dez côvados o outro querubim: ambos os querubins eram duma mesma medida e dum mesmo talhe. 26A altura dum querubim de dez côvados, e assim a do outro querubim. 27E pôs a estes querubins no meio da casa de dentro; e os querubins estendiam as asas, de
6.27:
Êx 25.20
37.9
2Cr 5.8
maneira que a asa dum tocava na parede, e a asa do outro querubim tocava na outra parede: e as suas asas no meio da casa tocavam uma na outra. 28E cobriu de ouro os querubins. 29E todas as paredes da casa em redor lavrou de esculturas e de entalhes de querubins, e de palmas e de flores abertas, por dentro e por fora. 30Também cobriu de ouro o soalho da casa, por dentro e por fora. 31E à entrada do oráculo fez portas de madeira de oliveira: a verga com as ombreiras faziam a quinta parte da parede. 32Também as duas portas eram da madeira olearia; e lavrou nelas entalhes de querubins, e de palmas, e de flores abertas, os quais cobriu de ouro: também estendeu ouro sobre os querubins e sobre as palmas. 33E assim fez à porta do templo ombreiras de madeira olearia, da quarta parte da parede. 34E eram as duas portas de madeira de faia: e as duas folhas duma porta eram
6.34:
Ez 41.23-25
dobradiças, assim como eram também dobradiças as duas folhas entalhadas das outras portas. 35E as lavrou de querubins, e de palmas, e de flores abertas, e as cobriu de ouro acomodado ao lavor. 36Também edificou o pátio interior de três ordens de pedras lavradas e duma ordem de vigas de cedro. 37No ano quarto se pôs o fundamento da casa do Senhor,
6.37:
1Rs 6.1
no mês de Zive. 38E no ano undécimo, no mês de Bul, que é o mês oitavo, se acabou esta casa com todas as suas dependências, e com tudo o que lhe convinha: e a edificou em sete
6.38:
1Rs 6.1
anos.

7

Salomão edifica um palácio

71PORÉM a sua casa edificou Salomão em

7.1:
1Rs 9.10
2Cr 8.1
treze anos: e acabou toda a sua casa. 2Também edificou a casa do bosque do Líbano de cem côvados de comprimento, e de cinquenta côvados de largura, e de trinta côvados de altura, sobre quatro ordens de colunas de cedro, e vigas de cedro sobre as colunas. 3E por cima estava coberta de cedro sobre as vigas, que estavam sobre quarenta e cinco colunas, quinze em cada ordem. 4E havia três ordens de janelas: e uma janela estava defronte da outra janela, em três ordens. 5Também todas as portas e ombreiras eram quadradas duma mesma vista; e uma janela estava defronte da outra, em três ordens. 6Depois fez um pórtico de colunas de cinquenta côvados de comprimento e de trinta côvados de largura; e o pórtico estava defronte delas, e as colunas com as grossas vigas defronte delas. 7Também fez o pórtico para o trono onde julgava, para pórtico de juízo, que estava coberto de cedro de soalho a soalho. 8E em sua casa, em que morava, havia outro pátio por dentro do pórtico, de obra semelhante a este: também para a filha de Faraó,
7.8:
1Rs 3.1
2Cr 8.11
que Salomão tomara por mulher, fez uma casa semelhante àquele pórtico. 9Todas estas cousas eram de pedras finíssimas, cortadas à medida, serradas à serra por dentro e por fora; e isto desde o fundamento até às beiras do teto, e por fora até ao grande pátio. 10Também estava fundado sobre pedras finas, pedras grandes; sobre pedras de dez côvados e pedras de oito côvados. 11E em cima sobre pedras finas, lavradas segundo as medidas, e cedros. 12E era o pátio grande em redor de três ordens de pedras lavradas, com uma ordem de vigas de cedro: assim era também o pátio interior da casa do Senhor e o pórtico
7.12:
Jo 10.23
At 3.11
daquela casa.

Diversas obras para o templo

13E enviou o rei Salomão, e mandou trazer a

7.13:
2Cr 4.11
Hirão de Tiro. 14Era este filho duma
7.14:
Êx 31.3
36.1
2Cr 2.14
4.16
mulher viúva, da tribo de Naftali e fora seu pai um homem de Tiro que trabalhava em cobre; e era cheio de sabedoria, e de entendimento, e de ciência para fazer toda a obra de cobre: este veio ao rei Salomão, e fez toda a sua obra. 15Porque formou duas
7.15:
2Rs 25.17
2Cr 3.15
4.12
Jr 52.21
colunas de cobre: a altura de cada coluna era de dezoito côvados, e um fio de doze côvados cercava cada uma das colunas. 16Também fez dois capitéis de fundição de cobre para pôr sobre as cabeças das colunas: de cinco côvados era a altura dum capitel, e de cinco côvados a altura do outro capitel. 17As redes eram de obra de rede, as cintas de obra de cadeia para os capitéis que estavam sobre a cabeça das colunas; sete para um capitel e sete para o outro capitel. 18Assim fez as colunas juntamente com duas fileiras em redor sobre uma rede, para cobrir os capitéis que estavam sobre a cabeça das romãs; assim também fez com o outro capitel. 19E os capitéis que estavam sobre a cabeça das colunas eram de obra de lírios no pórtico, de quatro côvados. 20Os capitéis pois sobre as duas colunas estavam também defronte, em cima do bojo que estava junto à rede; e duzentas romãs,
7.20:
2Cr 3.16
4.13
Jr 52.23
em fileiras em redor, estavam também sobre o outro capitel. 21Depois levantou as colunas
7.21:
1Rs 6.3
2Cr 3.17
no pórtico do templo; e levantando a coluna direita, chamou o seu nome Jaquim; e levantando a coluna esquerda, chamou o seu nome Boaz. 22E sobre a cabeça das colunas estava a obra de lírios. E assim se acabou a obra das colunas. 23Fez mais o mar
7.23:
2Rs 25.13
2Cr 4.2
Jr 52.17
de fundição, de dez côvados duma borda até à outra borda, redondo ao redor, e de cinco côvados de alto; e um cordão de trinta côvados o cingia em redor. 24E por baixo da sua borda em redor havia botões que o cingiam; por dez côvados cercavam
7.24:
2Cr 4.3-5
aquele mar em redor; duas ordens destes botões foram fundidas na sua fundição. 25E firmava-se sobre
7.25:
Jr 52.20
doze bois, três que olhavam para o norte, e três que olhavam para o ocidente, e três que olhavam para o sul, e três que olhavam para o oriente: e o mar em cima estava sobre eles, e todas as suas partes posteriores para a banda de dentro. 26E a grossura era dum palmo, e a sua borda como a obra da borda dum copo, ou de flor de lírios; ele levava dois
7.26:
2Cr 4.5
mil batos. 27Fez também as dez bases de cobre: o comprimento duma base de quatro côvados, e de quatro côvados a sua largura, e de três côvados a sua altura. 28E esta era a obra das bases: tinham cintas, e as cintas estavam entre as molduras. 29E sobre as cintas que, estavam entre as molduras havia leões, bois, e querubins, e sobre as molduras uma base por cima: e debaixo dos leões e dos bois junturas de obra estendida. 30E uma base tinha quatro rodas de metal, e lâminas de cobre; e os seus quatro cantos tinham ombros: debaixo da pia estavam estes ombros fundidos, da banda de cada uma das junturas. 31E a sua boca estava dentro da coroa, e dum côvado por cima: e era a sua boca redonda segundo a obra da base, de côvado e meio: e também sobre a sua boca havia entalhes, e as suas cintas eram quadradas, não redondas. 32E as quatro rodas estavam debaixo das cintas, e os eixos das rodas na base: e era a altura de cada roda de côvado e meio. 33E era a obra das rodas como a obra da roda de carro: seus eixos, e suas cambas, e seus cubos, e seus raios, todos eram fundidos. 34E havia quatro ombros aos quatro cantos de cada base: seus ombros saíam da base. 35E no alto de cada base havia uma altura redonda de meio côvado ao redor: também sobre o alto de cada base havia asas e cintas, que saíam delas. 36E nas pranchas das suas asas e nas suas cintas lavrou querubins, leões, e palmas, segundo o vazio de cada uma, e junturas em redor. 37Conforme a esta fez as dez bases: todas tinham uma mesma fundição, uma mesma medida, e um mesmo entalhe. 38Também fez dez pias
7.38:
2Cr 4.6
de cobre: em cada pia cabiam quarenta batos, e cada pia era de quatro côvados, e sobre cada uma das dez bases estava uma pia. 39E pôs cinco bases à direita da casa, e cinco à esquerda da casa: porém o mar pôs ao lado direito da casa para a banda do oriente, da parte do sul. 40Depois fez Hirão as pias, e as pás, e as bacias: e acabou Hirão de fazer toda a obra que fez para o rei Salomão, para a casa do Senhor. 41A saber: as duas colunas, e os globos dos capitéis que estavam sobre a cabeça das duas colunas: e as duas
7.41:
1Rs 7.17-18
redes, para cobrir os dois globos dos capitéis que estavam sobre a cabeça das colunas. 42E as quatrocentas romãs para as duas redes, a saber, duas carreiras de romãs para cada rede, para cobrirem os dois globos dos capitéis que estavam em cima das colunas; 43Juntamente com as dez bases e as dez pias sobre as bases; 44Como também um mar, e os doze bois debaixo daquele mar; 45E os caldeirões,
7.45:
Êx 27.3
2Cr 4.16
e as pás, e as bacias, e todos estes vasos que fez Hirão para o rei Salomão, para a casa do Senhor, todos eram de cobre brunido. 46Na planície do Jordão, o rei os fundiu
7.46:
Gn 33.17
Js 3.16
2Cr 4.17
em terra barrenta: entre Sucote e Zartã. 47E deixou Salomão de pesar todos os vasos, pelo seu excessivo número, nem se averiguou o peso do cobre. 48Também fez Salomão todos os vasos que convinham à casa do Senhor: o altar de ouro,
7.48:
Êx 25.30
37.10,25
Lv 24.5,8
e a mesa de ouro, sobre a qual estavam os pães da proposição. 49E os castiçais, cinco à direita e cinco à esquerda, diante do oráculo, de ouro finíssimo e as flores, e as lâmpadas e os espevitadores, também de ouro. 50Como também as taças, e os apagadores, e as bacias, e 7.50: ou as colheresos perfumadores, e os braseiros, de ouro finíssimo: e as couceiras para as portas da casa interior para o lugar santíssimo, e as das portas da casa do templo, também de ouro. 51Assim se acabou toda a obra que fez o rei Salomão para a casa do Senhor: então trouxe Salomão as cousas santas de seu pai Davi; a prata, e o ouro, e os vasos pôs entre
7.51:
2Sm 8.11
2Cr 5.1
os tesouros da casa do Senhor.

8

Dedicação do templo

81ENTÃO

8.1:
2Sm 5.7,9
6.12,16-17
2Cr 5.2
congregou Salomão os anciãos de Israel, e todos os cabeças das tribos, os príncipes dos pais, dentre os filhos de Israel, diante de si em Jerusalém, para fazerem subir a arca do concerto do Senhor da cidade de Davi, que é Sião. 2E todos os homens de Israel se juntaram, na festa, ao rei Salomão, no
8.2:
Lv 23.34
2Cr 7.8
mês de Atanim, que é o sétimo mês. 3E vieram todos os anciãos de Israel: e os sacerdotes alçaram
8.3:
Nm 4.15
Dt 31.9
Js 3.3,6
1Cr 15.14-15
a arca. 4E trouxeram a arca do Senhor para cima, e o tabernáculo da
8.4:
1Rs 3.4
2Cr 1.3
congregação, juntamente com todos os vasos sagrados que havia no tabernáculo; assim os trouxeram para cima os sacerdotes e os levitas. 5E o rei Salomão, e toda a congregação de Israel, que se congregara a ele, estavam todos diante da arca, sacrificando ovelhas
8.5:
2Sm 6.13
e vacas, que se não podiam contar nem numerar pela multidão. 6Assim trouxeram
8.6:
Êx 26.33-34
2Sm 6.17
1Rs 6.19,27
os sacerdotes a arca do concerto do Senhor ao seu lugar, ao oráculo da casa, ao lugar santíssimo, até debaixo das asas dos querubins. 7Porque os querubins estendiam ambas as asas sobre o lugar da arca: e cobriam os querubins a arca e os seus varais por cima. 8E os varais sobressaíram tanto,
8.8:
Êx 25.14-15
que as pontas dos varais se viam desde o santuário diante do oráculo, porém de fora não se viam: e ficaram ali até ao dia de hoje. 9Na arca nada havia, senão só
8.9:
Êx 25.31
34.27-28
40.20
Dt 4.13
10.2,5
1Rs 8.21
Hb 9.4
as duas tábuas de pedra, que Moisés ali pusera junto a Horebe, quando o Senhor fez aliança com os filhos de Israel, saindo eles da terra do Egito. 10E sucedeu que, saindo os sacerdotes do santuário, uma nuvem encheu
8.10:
Êx 40.34-35
2Cr 5.13-14
7.2
a casa do Senhor. 11E não podiam ter-se em pé os sacerdotes para ministrar, por causa da nuvem, porque a glória do Senhor enchera a casa do Senhor.

Salomão fala ao povo

12Então

8.12:
Lv 16.2
2Cr 6.1
disse Salomão: O Senhor disse que habitaria nas trevas. 13Certamente
8.13:
2Sm 7.13
te edifiquei uma casa para morada, assento para a tua eterna habitação. 14Então virou o rei o seu rosto, e abençoou
8.14:
2Sm 6.18
toda a congregação de Israel: e toda a congregação de Israel estava em pé. 15E disse: Bendito
8.15:
Lc 1.68
seja o Senhor, o Deus de Israel, que falou
8.15:
2Sm 7.5,25
pela sua boca a Davi meu pai, e pela sua mão o cumpriu dizendo: 16Desde
8.16:
Dt 12.11
1Sm 16.1
2Sm 7.6,8
1Rs 8.29
1Cr 28.4
2Cr 6.5
o dia em que eu tirei o meu povo Israel do Egito, não escolhi cidade alguma de todas as tribos de Israel, para edificar alguma casa para ali estabelecer o meu nome: porém escolhi a Davi, para que presidisse sobre o meu povo Israel. 17Também Davi,
8.17:
2Sm 7.2
1Cr 17.1
meu pai, propusera em seu coração o edificar casa ao nome do Senhor, o Deus de Israel. 18Porém, o Senhor disse
8.18:
2Cr 6.8-9
a Davi, meu pai: Porquanto propuseste no teu coração o edificar casa ao meu nome, bem fizeste em o propor no teu coração. 19Todavia
8.19:
2Sm 7.5,12-13
1Rs 5.3,5
tu não edificarás esta casa: porém teu filho, que sair de teus lombos, edificará esta casa ao meu nome. 20Assim confirmou o Senhor a sua palavra que tinha dito: porque me levantei em lugar de Davi, meu pai, e me assentei no trono de Israel, como tem
8.20:
1Cr 28.5-6
dito o Senhor; e edifiquei uma casa ao nome do Senhor, o Deus de Israel. 21E constituí ali lugar para a arca em que está
8.21:
Dt 31.26
1Rs 8.9
o concerto que o Senhor fez com nossos pais, quando os tirou da terra do Egito.

Salomão ora a Deus

22E pôs-se Salomão diante do altar

8.22:
Êx 9.33
2Cr 6.12
Ed 9.5
Is 1.15
do Senhor, em frente de toda a congregação de Israel: e estendeu as suas mãos para os céus, 23E disse: Ó Senhor Deus de Israel, não Deus
8.23:
Gn 17.1
Êx 15.11
Dt 7.9
2Sm 7.22
1Rs 3.6
2Rs 20.3
Ne 1.5
Dn 9.4
como tu, em cima nos céus nem em baixo na terra, que guardas o concerto e a beneficência a teus servos que andam com todo o seu coração diante de ti. 24Que cumpriste com teu servo Davi, meu pai, o que lhe disseras: porque com a tua boca o disseste, e com a tua mão o cumpriste como neste dia se vê. 25Agora pois, ó Senhor Deus de Israel, faze a teu servo Davi, meu pai, o que lhe falaste, dizendo: Não te faltará
8.25:
2Sm 7.12,16
1Rs 2.4
sucessor diante de mim, que se assente no trono de Israel: somente que teus filhos guardem o seu caminho, para andarem diante de mim como tu andaste diante de mim. 26Agora
8.26:
2Sm 7.25
também, ó Deus de Israel, cumpra-se a tua palavra que disseste a teu servo Davi, meu pai. 27Mas, na verdade,
8.27:
2Cr 2.6
Is 66.1
Jr 23.24
At 7.49
17.24
habitaria Deus na terra? Eis que os céus, e até o céu dos céus
8.27:
2Co 12.2
te não poderiam conter, quanto menos esta casa que eu tenho edificado. 28Volve-te pois para a oração de teu servo, e para a sua súplica, ó Senhor meu Deus, para ouvires o clamor e a oração que o teu servo hoje faz diante de ti. 29Para que os teus olhos noite e dia estejam abertos sobre esta casa, sobre este lugar, do qual disseste: O meu nome estará
8.29:
Dt 12.11
Dn 6.10
ali; para ouvires a oração que o teu servo fizer neste lugar. 30Ouve pois a súplica
8.30:
2Cr 20.9
Ne 1.6
do teu servo, e do teu povo Israel, quando orarem neste lugar; também ouve tu no lugar da tua habitação nos céus; ouve também, e perdoa. 31Quando alguém pecar contra o seu próximo, e puserem sobre
8.31:
Êx 22.11
ele juramento, para o ajuramentarem, e vier o juramento diante do teu altar nesta casa, 32Ouve tu então nos céus, e obra, e julga a teus servos, condenando ao injusto,
8.32:
Dt 25.1
fazendo recair o seu proceder sobre a sua cabeça, e justificando ao justo, fazendo-lhe segundo a sua justiça. 33Quando
8.33:
Lv 26.17,39-40
Dt 28.25
Ne 1.9
o teu povo Israel for ferido diante do inimigo, por ter pecado contra ti, e se converterem a ti, e confessarem o teu nome, e orarem e suplicarem a ti nesta casa, 34Ouve tu então nos céus, e perdoa o pecado do teu povo Israel, e torna-o a levar à terra que tens dado a seus pais. 35Quando
8.35:
Lv 26.19
Dt 28.23
os céus se cerrarem, e não houver chuva, por terem pecado contra ti, e orarem neste lugar, e confessarem o teu nome, e se converterem dos seus pecados, havendo-os tu afligido, 36Ouve tu então nos céus, e perdoa o pecado de teus servos e do teu povo Israel, ensinando-lhes o bom
8.36:
1Sm 12.23
caminho em que andem, e dá chuva na tua terra que deste ao teu povo em herança. 37Quando houver
8.37:
Lv 26.16,25-26
Dt 28.21-22,27,38,42,45
2Cr 20.9
fome na terra, quando houver peste, quando houver queima de searas, ferrugem, gafanhotos e pulgão, quando o seu inimigo o cercar na terra das suas portas, ou houver alguma praga ou doença, 38Toda a oração, toda a súplica, que qualquer homem de todo o teu povo Israel fizer, conhecendo cada um a chaga do seu coração, e estendendo as suas mãos para esta casa, 39Ouve tu então nos céus, assento da tua habitação, e perdoa, e faze, e dá a cada um conforme a todos os seus caminhos, e segundo vires o seu coração, porque só tu conheces
8.39:
1Sm 16.7
1Cr 28.9
Jr 17.10
At 1.24
o coração de todos os filhos dos homens. 40Para que te temam todos os dias que viverem na terra que deste a nossos pais. 41E também ouve ao estrangeiro, que não for do teu povo Israel, porém vier de terras remotas, por amor do teu nome. 42(Porque ouvirão do teu grande nome, e da tua
8.42:
Dt 3.24
forte mão, e do teu braço estendido), e vier orar a esta casa, 43Ouve tu nos céus, assento da tua habitação, e faze conforme a tudo o que o estrangeiro a ti clamar, a fim de que todos os povos da terra conheçam o teu nome, para te
8.43:
1Sm 17.46
2Rs 19.19
temerem como o teu povo Israel, e para saberem que o teu nome é invocado sobre esta casa que tenho edificado. 44Quando o teu povo sair à guerra contra o seu inimigo, pelo caminho por que os enviares, e orarem ao Senhor, para a banda desta cidade, que tu elegeste, e desta casa, que edifiquei ao teu nome, 45Ouve então nos céus a sua oração e a sua súplica, e faze-lhes justiça. 46Quando pecarem contra ti (pois não
8.46:
2Cr 6.36
Pv 20.9
Ec 7.20
Jo 1.8,10
Tg 3.2
homem que não peque), e tu te indignares contra eles, e os entregares às mãos do inimigo, para que os que os cativarem os levem em cativeiro à terra do inimigo, quer longe ou perto esteja; 47E na terra aonde forem
8.47:
Lv 26.34,40,44
Dt 28.37,64
Ne 1.6
Dn 9.5
levados em cativeiro tornarem em si, e se converterem, e na terra do seu cativeiro te suplicarem, dizendo: Pecamos, e perversamente obramos, e cometemos iniquidade; 48E se converterem
8.48:
Jr 29.12-14
a ti com todo o seu coração e com toda a sua alma, na terra de seus inimigos que os levaram em cativeiro, e orarem
8.48:
Dn 6.10
a ti para a banda da sua terra que deste a seus pais, para esta cidade que elegeste, e para esta casa que edifiquei ao teu nome; 49Ouve então nos céus, assento da tua habitação, a sua oração e a sua súplica, e faze-lhes justiça; 50E perdoa ao teu povo, que houver pecado contra ti,
8.50:
Ed 7.6
todas as suas prevaricações com que houverem prevaricado contra ti; e faze-lhes misericórdia perante aqueles que os têm cativos, para que deles tenham compaixão. 51Porque
8.51:
Dt 4.20
9.29
Ne 1.10
Jr 11.4
são o teu povo e a tua herança que tiraste da terra do Egito, do meio do forno de ferro; 52Para que teus olhos estejam abertos à súplica do teu servo e à súplica do teu povo Israel, a fim de os ouvires em tudo quanto clamarem a ti. 53Pois tu para tua herança os elegeste de todos os povos da terra, como tens
8.53:
Êx 19.5
Dt 9.26,29
14.2
dito pelo ministério de Moisés, teu servo, quando tiraste a nossos pais do Egito, Senhor Jeová.

Salomão abençoa o povo

54Sucedeu pois que, acabando Salomão de fazer ao Senhor esta oração e esta súplica, estando de joelhos e com as mãos estendidas para os céus, se levantou de diante do altar do Senhor, 55E pôs-se

8.55:
2Sm 6.18
em pé, e abençoou a toda a congregação de Israel em alta voz, dizendo: 56Bendito seja o Senhor, que deu repouso ao seu povo Israel, segundo tudo o que disse: nem
8.56:
Dt 12.10
Js 8.14
21.45
uma só palavra caiu de todas as suas boas palavras que falou pelo ministério de Moisés, seu servo. 57O Senhor nosso Deus seja conosco, como foi com nossos pais; não nos desampare, e não
8.57:
Dt 31.6
Js 1.5
nos deixe; 58Inclinando a si o nosso coração, para andar em todos os seus caminhos, e para guardar os seus mandamentos, e os seus estatutos, e os seus juízos, que ordenou a nossos pais. 59E que estas minhas palavras com que supliquei perante o Senhor, estejam perto, diante do Senhor nosso Deus, de dia e de noite, para que execute o juízo do seu servo e o juízo do seu povo Israel, a cada qual no seu dia, 60Para que todos
8.60:
Dt 4.35,39
Js 4.24
1Sm 17.46
2Rs 19.19
os povos da terra saibam que o Senhor é Deus, e que não outro. 61E seja
8.61:
1Rs 11.4
15.3,14
2Rs 20.3
o vosso coração perfeito para com o Senhor nosso Deus, para andardes nos seus estatutos, e guardardes os seus mandamentos como hoje. 62E o rei
8.62:
2Cr 7.4
e todo o Israel com ele sacrificaram sacrifícios perante a face do Senhor. 63E ofereceu Salomão em sacrifício pacífico o que sacrificou ao Senhor, vinte e duas mil vacas e cento e vinte mil ovelhas; assim o rei e todos os filhos de Israel consagraram a casa do Senhor. 64No mesmo dia
8.64:
2Cr 7.7
santificou o rei o meio do átrio que estava diante da casa do Senhor; porquanto ali preparara os holocaustos e as ofertas com a gordura dos sacrifícios pacíficos: porque o altar de cobre
8.64:
2Cr 4.1
que estava diante da face do Senhor era muito pequeno para nele caberem os holocaustos, e as ofertas, e a gordura dos sacrifícios pacíficos. 65No mesmo tempo celebrou Salomão a festa
8.65:
Gn 15.18
Lv 23.34
Nm 34.5,8
Js 13.5
Jz 3.3
1Rs 8.2
2Rs 14.25
e todo o Israel com ele, uma grande congregação, desde a entrada de Hamate até ao rio do Egito, perante a face do Senhor nosso Deus; por
8.65:
2Cr 7.8
sete dias, e mais sete dias: catorze dias. 66E no oitavo dia
8.66:
2Cr 7.9-10
despediu o povo, e eles abençoaram o rei: então se foram às suas tendas, alegres e gozosos de coração, por causa de todo o bem que o Senhor fizera a Davi seu servo, e a Israel seu povo.