Nova Tradução na Linguagem de Hoje (2000) (NTLH)
4

A quinta visão: o candelabro de ouro

41O anjo que havia falado comigo voltou e me acordou, como se acorda alguém que está dormindo. 2Ele me perguntou:

— O que é que você está vendo?

Respondi:

— Estou vendo um candelabro de ouro e em cima dele um vaso para o azeite; há sete lamparinas no candelabro, e há sete tubos por onde o azeite chega até as lamparinas. 3Perto do candelabro, estou vendo duas oliveiras, uma de cada lado.

4.3
Ap 11.4

4Aí perguntei ao anjo:

— Meu senhor, o que quer dizer isso?

5— Você não sabe? — ele perguntou.

— Não, senhor! — respondi.

A promessa de Deus a Zorobabel

6Depois disso, o anjo mandou que eu entregasse a Zorobabel a seguinte mensagem de Deus, o Senhor:

— Não será por meio de um poderoso exército nem pela sua própria força que você fará o que tem de fazer, mas pelo poder do meu Espírito. Sou eu, o Senhor Todo-Poderoso, quem está falando.

4.6
Ed 5.2

7— Diante de Zorobabel, altas montanhas vão virar campos planos. Ele vai trazer a pedra mais importante do Templo, e o povo vai gritar: “Que beleza! Que beleza!”

8O Senhor falou comigo mais uma vez. 9Ele disse:

— Zorobabel pôs o alicerce deste Templo e ele mesmo vai terminar a construção. Quando isso acontecer, o povo saberá que eu, o Senhor Todo-Poderoso, enviei você para falar a eles. 10E os que não deram valor a um começo tão humilde vão ficar alegres quando virem Zorobabel terminando a construção do Templo.

— As sete lamparinas representam os sete olhos do Senhor Deus, que veem tudo o que se passa no mundo inteiro.

4.10
Ap 5.6

11Aí eu perguntei:

— E o que querem dizer as duas oliveiras, uma de cada lado do candelabro?

4.11
Ap 11.4

12E perguntei também:

— E o que querem dizer os dois ramos da oliveira, que estão perto dos dois tubos de ouro por onde passa o azeite?

13— E você não sabe? — ele perguntou.

— Não, senhor! — respondi.

14Então ele explicou:

— Eles representam os dois homens que foram escolhidos e ungidos para servir o Senhor do mundo inteiro.

5

A sexta visão: o rolo voador

51Tive ainda outra visão. Vi um livro em forma de rolo, que estava voando. 2E o anjo me perguntou:

— O que é que você está vendo?

Eu respondi:

— Estou vendo um rolo voando; ele tem nove metros de comprimento por quatro e meio de largura.

3O anjo explicou:

— Neste rolo, está escrita a maldição que vai se espalhar pelo país inteiro. De um lado do rolo, está escrito que serão expulsos do país todos os que roubam; do outro lado, está escrito que serão expulsos todos os que fazem juramentos falsos pelo nome de Deus. 4O Senhor Todo-Poderoso promete que ele mandará essa maldição, e ela entrará nas casas dos ladrões e dos que juram falso pelo nome dele. Ela ficará naquelas casas até que estejam completamente destruídas; e não sobrarão nem vigas nem pedras.

A sétima visão: a mulher dentro da cesta

5O anjo que havia falado comigo voltou e me disse:

— Olhe o que vem vindo agora!

6— O que é isto? — eu perguntei.

Ele respondeu:

— É uma cesta, e ela representa os pecados do povo deste país.

7A cesta tinha uma tampa de chumbo; levantaram a tampa, e lá dentro estava uma mulher sentada. 8O anjo explicou:

— Esta mulher representa a maldade.

Então ele a empurrou para o fundo da cesta e fechou a tampa.

9Olhei e vi duas mulheres que tinham asas como as da cegonha. As mulheres voavam, levadas pelo vento. Elas chegaram, pegaram a cesta e saíram voando. 10Perguntei ao anjo:

— Para onde elas estão levando a cesta?

11Ele respondeu:

— Para a Babilônia. Lá elas vão construir um templo, onde vão colocar a cesta numa base.

6

A oitava visão: os carros de guerra

61Tive mais uma visão. Vi dois montes feitos de bronze, e do meio deles estavam saindo quatro carros de guerra. 2O primeiro carro era puxado por cavalos vermelhos; o segundo, por cavalos pretos;

6.2 a
Ap 6.4
3o terceiro, por cavalos brancos; e o quarto, por cavalos baios.
6.3
Ap 6.2
4Perguntei ao anjo:

— Meu senhor, o que são estes carros de guerra?

5Ele respondeu:

— São os quatro ventos, que estão saindo da presença do Senhor do mundo inteiro.

6.5
Ap 7.1
6O carro puxado pelos cavalos pretos vai para a Babilônia, a terra do Norte; o carro puxado pelos cavalos brancos vai para a terra do Oeste; e o carro puxado pelos cavalos baios vai para a terra do Sul.

7Os cavalos baios saíram, com vontade de correr pelo mundo inteiro. Então o anjo ordenou:

— Vão e corram pelo mundo inteiro!

E eles fizeram isso. 8Aí o anjo me chamou e disse:

— Os cavalos que foram para a terra do Norte vão fazer parar a ira do Senhor contra aquele país.

A coroa de Josué

9O Senhor Deus falou comigo. Ele disse:

10— Vá receber as ofertas feitas por Heldai, Tobias e Jedaías, que voltaram do cativeiro na Babilônia. Depois, vá logo até a casa de Josias, filho de Sofonias, 11com a prata e o ouro que você tiver recebido e faça uma coroa. Coloque a coroa na cabeça do Grande Sacerdote Josué, filho de Jozadaque. 12E diga a ele que o Senhor Todo-Poderoso promete o seguinte: “O homem chamado de ‘Ramo Novo’ brotará das suas próprias raízes e construirá de novo o Templo do Senhor.

6.12
Jr 23.5
33.15
Zc 3.8
13É ele que vai reconstruir o Templo e receber as honrarias que pertencem a um rei. Ele vai sentar no seu trono e reinar. Um sacerdote se sentará no seu próprio trono, e haverá uma paz perfeita entre ‘O Ramo Novo’ e esse sacerdote.” 14Mas depois a coroa será colocada no Templo do Senhor em memória de Heldai, de Tobias, de Jedaías e de Josias, filho de Sofonias.

15Pessoas que moram longe de Jerusalém virão ajudar a construir de novo o Templo do Senhor. Aí vocês saberão que o Senhor Todo-Poderoso me enviou a vocês. Tudo isso acontecerá se obedecerem com todo o coração às leis do Senhor, o Deus de vocês.

Utilizamos cookies de acordo com o nossa Política de Privacidade, respeitando todos as suas informações pessoais.[ocultar]