Nova Tradução na Linguagem de Hoje (2000) (NTLH)
5
Ele

51Já entrei no meu jardim,

minha noiva, minha querida.

Estou colhendo mirra e outras plantas perfumosas;

estou comendo o meu favo de mel

e bebendo o meu vinho e o meu leite.

Coro

Vocês que se amam,

comam e bebam,

até ficarem embriagados de amor!

Quarta canção

Ela

2Eu dormia, mas o meu coração estava acordado.

Então ouvi o meu amado bater na porta.

Ele

Deixe-me entrar, minha querida, meu amor,

minha pombinha sem defeito.

A minha cabeça está molhada de sereno,

e o meu cabelo está úmido de orvalho.

Ela

3Eu já tirei a roupa;

será que preciso me vestir de novo?

Já lavei os pés;

por que sujá-los outra vez?

4O meu amor passou a mão pela abertura da porta,

e o meu coração estremeceu.

5Eu já estava pronta para deixar o meu querido entrar.

As minhas mãos estavam cobertas de mirra,

e os meus dedos também,

e eu segurava o trinco da porta.

6Então abri a porta para o meu amor,

mas ele já havia ido embora.

Como eu queria ouvir a sua voz!

Procurei-o, porém não o pude achar;

chamei-o, mas ele não respondeu.

7Os guardas que patrulhavam a cidade me encontraram;

eles me bateram e me machucaram;

e os guardas das muralhas da cidade me arrancaram a capa.

8Prometam, mulheres de Jerusalém:

se vocês encontrarem o meu amado,

digam que estou morrendo de amor.

Coro

9Você, a mais bela das mulheres, responda:

será que o seu amado é melhor do que os outros?

O que é que ele tem de tão maravilhoso

para fazermos essa promessa a você?

Ela

10-11Entre dez mil homens,

o meu amado é o mais bonito e o mais forte.

O seu belo rosto é corado;

os seus cabelos são compridos, e ondulados,

e pretos como as penas de um corvo.

12Os seus olhos são como os olhos das pombas

na beira de um riacho;

pombas brancas como leite,

banhando-se ao lado da correnteza.

13O seu rosto é bonito como um jardim

de plantas perfumosas.

Os seus lábios são como lírios

que deixam cair pingos de mirra preciosa.

14As suas mãos são bem-feitas

e enfeitadas com anéis de ouro e pedras preciosas.

A sua cintura é como marfim polido,

coberto de safiras.

15As suas pernas são colunas de mármore

assentadas sobre bases de ouro puro.

O meu amado parece um dos montes Líbanos

e é elegante como os cedros.

16É doce beijar a sua boca,

e tudo nele me agrada.

Assim é o meu amado, assim é o meu noivo,

mulheres de Jerusalém.

6
Coro

61Você, a mais bela das mulheres, responda:

para onde foi o seu amado?

Que caminho ele seguiu?

Nós a ajudaremos a encontrá-lo.

Ela

2O meu amor desceu ao seu jardim,

aos canteiros perfumosos.

Ele está alimentando as suas ovelhas no jardim

e colhendo lírios.

3Eu sou do meu amado, e o meu amado é meu.

Ele leva as suas ovelhas para pastarem entre os lírios.

Quinta canção

Ele

4Minha querida, você é bonita como a cidade de Jerusalém,

encantadora como a cidade de Tirza

e impressionante como essas duas cidades.

5Desvie de mim os seus olhos,

pois eles me perturbam.

Os seus cabelos ondulados são como um rebanho de cabras

descendo as montanhas de Gileade.

6Os seus dentes são brancos como ovelhas com a lã cortada,

que acabaram de ser lavadas.

Nenhum deles está faltando,

e todos são bem-alinhados.

7O seu rosto corado brilha atrás do véu.

8Pode haver sessenta rainhas,

oitenta concubinas

e muitas moças;

9mas eu amo somente uma,

aquela que é perfeita como uma pomba.

Ela é filha única

e a querida da sua mãe.

Todas as mulheres olham para a minha amada

e dizem que ela é feliz;

rainhas e concubinas a elogiam e dizem:

10“Quem é esta que parece o nascer do dia,

que é bela como a lua,

brilhante como o sol,

impressionante como esses dois astros

e luminosa como o céu cheio de estrelas?”

11Eu desci ao jardim das amendoeiras

para olhar as plantas novas do vale,

para ver se as parreiras estavam brotando

e se as romãzeiras estavam em flor.

12Eu estou tremendo.

Você me deixou ansioso para amar,

tão ansioso como um condutor de carros de guerra

para entrar na batalha.

Coro

13Volte, volte, sulamita6.13 Esta palavra quer dizer mulher natural de Sulam ou noiva de Salomão..

Volte, volte; nós queremos ver você dançar.

Ela

Por que vocês querem me ver

dançando a dança da noiva?

7
Ele

71Ó filha de um príncipe,

como são bonitos os seus pés calçados de sandálias!

As curvas dos seus quadris são como joias,

são trabalho de um artista.

2O seu umbigo é uma taça

onde não falta vinho.

A sua cintura é como um feixe de trigo

cercado de lírios.

3Os seus seios parecem duas crias,

crias gêmeas de uma gazela.

4O seu pescoço é como uma torre de marfim.

Os seus olhos são como os poços que ficam

ao lado dos portões da grande cidade de Hesbom.

O seu nariz é tão belo como a torre do Líbano,

de onde se avista Damasco.

5A sua cabeça está sempre erguida como o monte Carmelo.

Os seus cabelos são como a púrpura;

até um rei ficaria preso nas suas tranças.

6Como você é linda, minha querida!

Como você me dá prazer!

Como é agradável a sua presença!

7Você é tão graciosa como uma palmeira;

os seus seios são como cachos de tâmaras.

8Vou subir na palmeira

e colher os seus frutos.

Os seus seios são para mim como cachos de uvas.

A sua boca tem o perfume das maçãs,

9e os seus beijos são como vinho delicioso.

Ela

Então que o meu querido beba suavemente deste vinho

que escorre entre os seus lábios e dentes.

10Eu sou do meu amado, e ele me quer.

11Venha, querido, vamos para o campo;

vamos passar a noite nas plantações de uvas.

12Vamos levantar cedo e olhar as parreiras,

para ver se elas já começaram a brotar.

Veremos se as flores estão se abrindo

e se as romãzeiras já estão em flor.

Ali eu lhe darei o meu amor.

13Podemos sentir o perfume das mandrágoras7.13 Acreditava-se que a raiz dessa planta ajudava as mulheres a engravidar e a ter sorte no amor..

Todas as frutas saborosas estão na nossa porta.

Querido, eu guardei para você todo tipo de frutas,

as frutas frescas e as secas.

Utilizamos cookies de acordo com o nossa Política de Privacidade, respeitando todos as suas informações pessoais.[ocultar]