Nova Tradução na Linguagem de Hoje (2000) (NTLH)
3

31Noites e noites, na minha cama,

eu procurei o meu amado;

procurei, porém não o encontrei.

2Então me levantei e andei por toda a cidade,

pelas ruas e pelas praças.

Eu procurei o meu amado;

procurei, mas não o pude achar.

3Os guardas que patrulham a cidade me encontraram,

e eu perguntei: “Vocês viram o meu amado?”

4E, logo que saí de perto deles,

eu o encontrei.

Eu abracei o meu amado e não o deixei ir embora

até que ele foi comigo à casa da minha mãe,

ao quarto daquela que me deu à luz.

5Mulheres de Jerusalém,

prometam e jurem,

pelas gazelas e pelas corças selvagens,

que vocês não vão perturbar o nosso amor.

Terceira canção

Ela

6O que é aquilo que vem subindo do deserto?

Parece uma nuvem de fumaça de mirra, e de incenso,

e de todo tipo de perfumes vendidos pelos mercadores.

7É a liteira3.7 Cadeira coberta, sustentada por dois cabos de madeira e carregada por dois animais ou dois homens, um na frente e o outro atrás. do rei Salomão;

sessenta soldados, os melhores de Israel,

formam a sua guarda pessoal.

8Todos eles sabem usar bem a espada

e são treinados para a guerra.

Cada um está armado com uma espada,

por causa dos perigos da noite.

9A liteira que o rei Salomão mandou fazer

era de madeira da melhor qualidade.

10As suas colunas eram cobertas de prata,

e o seu teto era de tecido bordado a ouro.

As suas almofadas, forradas de fino tecido vermelho,

foram feitas com carinho pelas mulheres de Jerusalém.

11Mulheres de Sião, venham ver o rei!

O rei Salomão está usando a coroa

que recebeu da sua mãe

no dia do seu casamento,

naquele dia de tanta felicidade.