Nova Tradução na Linguagem de Hoje (2000) (NTLH)
5

O livro e o Cordeiro

51Na mão direita daquele que estava sentado no trono eu vi um livro em forma de rolo. Estava escrito dos dois lados e selado com sete selos.

5.1
Ez 2.9-10
Is 29.11
2Vi também um anjo forte, que perguntava bem alto:

— Quem é digno de quebrar os selos e abrir o livro?

3Mas não havia ninguém, nem no céu, nem na terra, nem debaixo da terra5.3 No mundo dos mortos (ver Vocabulário). que pudesse abrir o livro e ver o que lá estava escrito. 4Eu chorava muito porque não se podia achar ninguém que fosse digno de abrir o livro ou de ver o que lá estava escrito. 5Então um dos líderes me disse:

— Não chore. Olhe! O Leão da tribo de Judá, o famoso descendente do rei Davi5.5 Jesus Cristo., conseguiu a vitória e pode quebrar os sete selos e abrir o livro.

5.5 a
Gn 49.9

6Então vi um Cordeiro de pé no meio do trono, rodeado pelos quatro seres vivos e pelos líderes. Parecia que o Cordeiro havia sido oferecido em sacrifício. Ele tinha sete chifres e sete olhos, que são os sete espíritos de Deus que foram enviados ao mundo inteiro.

5.6 a
Is 53.7
7O Cordeiro foi e pegou o livro da mão direita daquele que estava sentado no trono. 8Quando ele fez isso, os quatro seres vivos e os vinte e quatro líderes caíram de joelhos diante dele. Cada um tinha nas mãos uma harpa e algumas taças de ouro cheias de incenso, que são as orações do povo de Deus.
5.8
Sl 141.2
9Eles cantavam esta nova canção:

“Tu és digno de pegar o livro

e de quebrar os selos.

Pois foste morto na cruz

e, por meio da tua morte,

compraste para Deus

pessoas de todas as tribos, línguas,

nações e raças.

5.9
Sl 33.3
98.1
Is 42.10

10Tu fizeste com que essas pessoas

fossem um reino de sacerdotes

que servem ao nosso Deus;

e elas governarão o mundo inteiro.”

5.10
Êx 19.6
Ap 1.6

11Olhei outra vez e ouvi muitos anjos, milhões e milhões deles! Estavam de pé em volta do trono, dos quatro seres vivos e dos líderes

5.11
Dn 7.10
12e cantavam com voz forte:

“O Cordeiro que foi morto

é digno de receber poder,

riqueza, sabedoria e força,

honra, glória e louvor.”

13Então ouvi todas as criaturas que há no céu, na terra, debaixo da terra e no mar, isto é, todas as criaturas do Universo, que cantavam:

“Ao que está sentado no trono

e ao Cordeiro

pertencem o louvor, a honra, a glória

e o poder para todo o sempre!”

14Os quatro seres respondiam: “Amém!” E os líderes caíram de joelhos e o adoraram.

6

Os selos

61Então vi o Cordeiro quebrar o primeiro dos sete selos e ouvi um dos quatro seres vivos dizer com voz forte como o barulho de um trovão:

— Venha!

2Olhei e vi um cavalo branco. O seu cavaleiro tinha um arco, e lhe deram uma coroa de rei. E ele saiu vencendo e conquistando.

6.2
Zc 1.8
6.3,6

3Depois o Cordeiro quebrou o segundo selo. E ouvi o segundo ser vivo dizer:

— Venha!

4Aí saiu outro cavalo, que era vermelho. O seu cavaleiro recebeu o poder de trazer a guerra ao mundo a fim de que as pessoas matassem umas às outras. E ele recebeu uma grande espada.

6.4
Zc 1.8
6.2

5Então o Cordeiro quebrou o terceiro selo. E ouvi o terceiro ser vivo dizer:

— Venha!

Olhei e vi um cavalo preto. O seu cavaleiro tinha uma balança na mão.

6.5
Zc 6.2,6
6Ouvi o que parecia ser uma voz, que vinha do meio dos quatro seres vivos e dizia:

— Meio quilo de trigo custa o que vocês ganham num dia inteiro de trabalho; e um quilo e meio de cevada custa a mesma coisa.6.6 Há falta de alimentos, que são racionados e sobem de preço. E não misturem água no vinho, nem falsifiquem o azeite.

7Depois o Cordeiro quebrou o quarto selo. E ouvi o quarto ser vivo dizer:

— Venha!

8Olhei e vi um cavalo amarelo. O seu cavaleiro se chamava Morte, e o mundo dos mortos o seguia. Estes receberam poder sobre a quarta parte da terra, para matar por meio de guerras, fome, doenças e animais selvagens.

6.8
Ez 14.21

9Então o Cordeiro quebrou o quinto selo. E vi debaixo do altar as almas dos que tinham sido mortos porque haviam anunciado a mensagem de Deus e tinham sido fiéis no seu testemunho. 10Eles gritavam com voz bem forte:

— Ó Todo-Poderoso, santo e verdadeiro! Quando julgarás e condenarás os que na terra nos mataram?

11Cada um deles recebeu uma roupa branca. E foi dito a eles que descansassem um pouco mais, até que se completasse o número dos seus companheiros no trabalho de Cristo, que eram seus irmãos e que iam ser mortos como eles tinham sido.

12Em seguida vi o Cordeiro quebrar o sexto selo. Houve um violento terremoto, o sol se tornou negro como uma roupa de luto, e a lua ficou toda vermelha como sangue.

6.12 a
Ap 11.13
16.18
13As estrelas caíram do céu sobre a terra, como os figos verdes caem da figueira sacudida por um vento forte. 14O céu desapareceu como um rolo de papel que se enrola de novo, e todos os montes e ilhas foram tirados dos seus lugares.
6.13-14
Is 34.4
6.14
Ap 16.20
15Então os reis do mundo inteiro, os governadores e os chefes militares, os ricos e os poderosos e todas as outras pessoas, escravas ou livres, se esconderam nas cavernas e debaixo das rochas das montanhas.
6.15
Is 2.19,21
16E gritavam para os montes e para as rochas:

— Caiam sobre nós e nos escondam dos olhos daquele que está sentado no trono e nos protejam da ira do Cordeiro!

6.16
Os 10.8
Lc 23.30
17Pois já chegou o grande dia da ira deles, e quem poderá aguentá-la?
6.17
Jl 2.11
Ml 3.2

7

Os cento e quarenta e quatro mil do povo de Israel

71Depois disso vi nos quatro cantos do mundo quatro anjos em pé. Eles estavam segurando os quatro ventos da terra a fim de que nenhum vento soprasse sobre ela, nem sobre o mar, nem sobre nenhuma árvore.

7.1
Jr 49.36
Dn 7.2
Zc 6.5
2Então vi outro anjo, que subia do lado leste e que tinha na mão o sinete do Deus vivo. Ele gritou com voz bem forte para os quatro anjos que tinham recebido o poder de fazer estragos na terra e no mar. 3O anjo disse:

— Não façam estragos na terra, nem no mar, nem nas árvores, até que marquemos com o sinete a testa dos servos do nosso Deus.

7.3
Ez 9.4,6
Ap 9.4

4Aí me foi dito o número dos que foram marcados: eram cento e quarenta e quatro mil. Eles pertenciam a todas as tribos do povo de Israel, 5-8doze mil de cada tribo: de Judá, Rúben, Gade, Aser, Naftali, Manassés, Simeão, Levi, Issacar, Zebulom, José e Benjamim.

A grande multidão

9Depois disso olhei e vi uma multidão tão grande, que ninguém podia contar. Eram de todas as nações, tribos, raças e línguas. Estavam de pé diante do trono e do Cordeiro, vestidos de roupas brancas, e tinham folhas de palmeira nas mãos. 10E gritavam bem alto:

— Do nosso Deus, que está sentado no trono, e do Cordeiro vem a nossa salvação.

11Todos os anjos estavam de pé em volta do trono, dos líderes e dos quatro seres vivos. Então eles se jogaram diante do trono, encostaram o rosto no chão e adoraram a Deus, 12dizendo:

Amém! Ao nosso Deus pertencem para todo o sempre o louvor, a glória, a sabedoria, a gratidão, a honra, o poder e a força! Amém!

13Um dos líderes me perguntou:

— Quem são estes que estão vestidos de branco? De onde foi que vieram?

14— Eu não sei. O senhor sabe! — respondi.

Então ele me disse:

— Estes são os que atravessaram sãos e salvos a grande perseguição. São as pessoas que lavaram as suas roupas no sangue do Cordeiro, e elas ficaram brancas.

7.14
Dn 12.1
Mt 24.21
Mc 13.19
15É por isso que essas pessoas estão de pé diante do trono de Deus e o servem de dia e de noite no seu templo. E aquele que está sentado no trono as protegerá com a sua presença. 16Elas nunca mais terão fome nem sede. Nem o sol nem qualquer outro calor forte as castigará.
7.16
Is 49.10
17Pois o Cordeiro, que está no meio do trono, será o pastor dessas pessoas e as guiará para as fontes das águas da vida. E Deus enxugará todas as lágrimas dos olhos delas.
7.17 a
Sl 23.1
Ez 34.23